Cantora Gwen Stefani testemunha superação do divórcio: “É incrível como Deus trabalha”

1

A cantora Gwen Stefani revelou que seu relacionamento com Deus tem se tornado mais intenso após um recente período de dificuldades que atravessou, e manifestou sua gratidão pelo apoio que recebeu de pessoas próximas.

Atualmente, a cantora que é conhecida pelos trabalhos com a banda No Doubt e também por sua carreira solo, é uma das técnicas da versão norte-americana do reality show The Voice.

Em entrevista a uma emissora de rádio de Boston, Gwen contou que o divórcio de Gavin Rossdale, em outubro, após 13 anos de união, foi bastante traumático, mas que Deus enviou as pessoas certas para estar com ela: “Parece que eu estive neste casulo e eu estava pronta para me libertar, por muitas razões. E tem um monte de pessoas ao meu redor que vieram para ajudar e me faz sentir como uma nova pessoa e me elevar”, disse.

“Existem amigos incríveis que já passaram por coisas semelhantes ao mesmo tempo. É incrível como Deus trabalha e coloca as pessoas para ajudá-lo através de tempos difíceis”, acrescentou Gwen.


Essa separação e as experiências que viveu no período em que precisou de ajuda para superar as dificuldades a fizeram colocar um novo foco sobre seu dom: “Quando a minha vida explodiu, isso foi como uma chamada que me levou ao chão. Foi como se alguém me dissesse, ‘é tempo para usar seu dom de novo’”.

A cantora vem de uma família católica e tempos atrás o diário Daily Mail a fotografou levando seus três filhos à igreja. Essa característica religiosa levou Gwen Stefani a comentar, em uma entrevista ao programa Late Night With Seth Meyers no ano passado, que seu filho Kingston, de nove anos, orou pelo irmão mais novo, Apollo, quando ela ainda nem estava grávida.

“Kingston me perguntou: ‘Mãe, você vai ter um bebê? Eu quero que você tenha um bebê’”. Eu disse: ‘Acabou’. Nós não vamos mais ter outro bebê. Esta é a nossa família”, disse a cantora, antes de revelar a reação de seu filho, que começou a orar para ganhar mais um irmão: “Kingston tem uma ligação direta com Deus. Então ele começou a orar: ‘Querido Deus, por favor, deixe a minha mãe ter um bebê. Por favor, Deus! Por favor, deixe minha mãe ter um bebê’. E quatro semanas mais tarde, eu estava grávida. Agora ele ora para tudo. Por favor, Deus, por favor, deixe-me ter isso ou aquilo. Sim! Ele realmente acredita”, finalizou, rindo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA