Igreja diz que queda do avião da Malaysia Airlines na Ucrânia foi uma mostra da “ira de Deus” contra os pecadores

3

Mais uma tragédia se tornou pretexto para os fiéis da Igreja Batista de Westboro pregar a “ira de Deus” sobre a humanidade. Para eles, o acidente aéreo com o avião da Malaysia Airlines, que resultou na morte de 298 pessoas, seria fruto de um castigo divino.

Conhecidos por seus protestos contundentes, os fiéis da Igreja de Westboro disseram que o acidente no território ucraniano foi um gesto divino para expressar sua ira contra os pecados da humanidade, e basearam sua afirmação na passagem bíblica de Jeremias 06: 15.

“’Ficarão eles envergonhados da sua conduta detestável? Não, eles não sentem vergonha alguma, nem mesmo sabem corar. Portanto, cairão entre os que caem; serão humilhados quando eu os castigar’, declara o Senhor”, diz o texto no Velho Testamento.

Em seu Twitter, a Igreja de Westboro afirmou que a “ira de Deus” recai sobre os pecadores que insistem em não mudar de postura. A publicação, limitada a 140 caracteres, é um resumo de um texto publicado no blog da denominação, onde eles afirmam que holandeses, malaios, australianos, indonésios e alemães mortos na queda do Boeing 777 pagaram o preço por “se recusar a se arrepender de vários pecados, como a prostituição”.


Causas do acidente

As autoridades internacionais ainda investigam os fatos sobre a queda do voo MH 17 na última semana. A 33 mil pés de altura e com 298 pessoas a bordo, o avião foi atingido por um míssil e caiu próximo à cidade de Torez, região de Donetsk, na Ucrânia.

Essa área tem sido palco de disputas entre rebeldes pró-Rússia, que desejam independência da Ucrânia. A Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma moção de repúdio contra a iniciativa dos rebeldes em atacar e derrubar um avião de passageiros, e cobra da Rússia mais ação na busca por uma solução para as investigações sobre o acidente.

Dentre os mortos, 193 são holandeses, 43 malaios, 27 australianos, 12 indonésios, 10 britânicos, 4 alemães, 4 belgas, 3 filipinos, 1 canadense e 1 neozelandês.


3 COMENTÁRIOS

  1. Se Deus tivesse a pretensão de de se “vingar” dos maus elementos, os primeiros seriam os FALSOS PROFETAS que tomam o dinheiro dos incautos fiéis em seus templos, vendendo o nome de Jesus.
    2Cor. 11:12-15; Mateus 10:8

DEIXE UMA RESPOSTA