Internautas evangélicos repercutem o incêndio na boate em Santa Maria de forma negativa: “O diabo fez sua colheita”

102

Apesar da consternação nacional pela tragédia em Santa Maria, RS, alguns evangélicos usaram as redes sociais para manifestar sentimentos destoantes da maioria.

Num contraste às mensagens de apoio que diversos líderes cristãos enviaram aos familiares das vítimas, essas manifestações foram baseadas em insensibilidade, em sua maioria.

A principal associação feita pelos internautas, nesse caso, era ao diabo. As mensagens traziam referências a uma ação demoníaca que resultou no acidente dentro da boate.

Mensagens como “Pelo menos eu não corro o risco de morrer queimado em boate… Só os filhos do diabo!”, publicada por um usuário, foram comuns durante o dia de ontem.


“Esse é mais um caso que me lembra Sodoma e Gomorra. Tenda da iniquidade (boate de Santa Maria)”, publicou outro internauta. A mesma linha de comentário foi seguida por uma usuária do Twitter: “Eu realmente acho que esse negócio na boate foi criminal, e que era o diabo em cada pessoa daquela banda”.

O modo como a tragédia foi vista por esses internautas aparenta um distanciamento do sentimento de amor ao próximo: “Não tenho pena desse povo que morreu na boate. Não tenho mesmo”, escreveu um tuiteiro.

O Tumblr “Deus Perdoa” publicou um print screen de uma conversa no Twitter, onde um usuário afirma que espera que a tragédia “sirva de lição” para os frequentadores de boate: “Quero ver quem vai pras baladas curtir e ficar se mostrando”.

Um suposto vizinho da boate Kiss teria testemunhado o socorro às vítimas e fez coro ao discurso desprovido de compaixão: “O diabo juntou todos e fez sua colheita, eu presenciei tudo pois a boate é ao lado do meu apartamento”, escreveu.

twitter - incendio

Num artigo publicado no site Meio Bit, o colunista Marcel Dias afirmou que as redes sociais não são utilizadas de forma proveitosa pela maioria das pessoas.

“As reações em redes sociais foram bem previsíveis. Pessoas indignadas, pessoas reclamando das pessoas indignadas alegando que elas não tem ligação com as vítimas e, portanto, não poderiam sentir pelo ocorrido. Pessoas fazendo piadas de gosto duvidoso. Pessoas se ofendendo com as piadas. Religiosos dizendo que foi punição de Deus para com os ‘pecadores’ que estavam se divertindo ao invés de buscar Jesus. Enfim, um monte de lixo e ruído em uma situação onde o mais importante era passar informações sobre o ocorrido e sobre como ajudar da melhor forma”, observou.

Porém, as manifestações públicas de líderes evangélicos pedindo orações e demonstrando a consternação com a tragédia, demonstram que o comportamento não é unânime no meio.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

102 COMENTÁRIOS

  1. Concordo plenamente que não devemos enfiar a religiosidade em tudo, mesmo porque sou contra a religiosidade… A verdadeira Religião dispensa a religiosidade. No entanto, não podemos esquecer que, a despeito de toda a religiosidade ou verdadeira religião, o espiritual existe e está, totalmente ativo, no planeta Terra! Não se esqueçam que o Diabo está vivo e ativo na vida de todas as pessoas, independente do credo que estas pessoas professam.O simples fato de sermos humanos é o bastante para que o Diabo nos ataque vinte quatro horas… As intempéries naturais e os acidentes ou incidentes, as fatalidades, acontecem a todos independente de qualquer coisa pois, como bem diz a Bíblia, o que o homem semear isso ceifará. Onde já se viu, soltar fogos ou usar de artifícios pirotéquinos em ambientes, totalmente fechados?. Onde já se viu fazer a cobertura metálica de um templo, onde centenas de pessoas se reúnem semanalmente, sem as devidas precauções da engenharia e com rigorosas medidas de segurança? Agora, não podemos, também, descartar a atividade oportunista envidada no mundo espiritual sobre tais condições, pois, para o Diabo, como já disse, pouco importa se quem vai morrer é crente ou não, uma vez que sua missão é ROUBAR, MATAR E DESTRUIR… Graça e paz.

  2. Todos naquela Boate, estavam frente a frente com a morte, assim como o salteador Dimas, estava na cruz para morrer por causa dos seus erros. Ele clamou por salvação na hora da sua morte, e Jesus lhes disse: Dimas, hoje tu estaras comigo no paraíso. Dimas não precisou correr para dentro de nem uma igreja para receber o perdão dos seus pecados. Ele apenas clamou para Jesus e disse: Lembra-te de Mim… A salvação foi imediata.. Como poderemos julgar aquelas pessoas?? Quantos talvez clamaram na hora da morte e foram salvos!!! Deus é o salvador Onipresente, Ele esta em todo o lugar oferecendo salvação.. Não temos o direito de julgarmos a ninguem, a salvação pertence a Deus…

  3. Podemos pensar de forma diferente, quanto aquelas pessoas, porque estavam dentro de uma boate. Mas o Espírito do Senhor, Ele adentra presidios, boates, bares, onde alguem clamar por salvação, o Espirito do Senhor se faz presente. Porque o próposito principal do Senhor é Salvar. Tenho certeza que muitas daquelas pessoas clamaram, e o Senhor não olhou para a placa escrita boate, porque o olhar do Senhor é diferente do nosso. Tenho certeza que Deus não olhou para nenhum jovem daqueles, com vontade de matar. Se alguem clamou, Ele salvou..Não importa o local que estavam..Este é o verdadeiro amor de Deus.

  4. PARABÉNS. VOCE DISSE MUITO BEM. ITAMAR

    SÓ É BOM RESSALTAR QUE NAQUELA BOATE ERA PARA MIL PESSOAS E TINHA QUASE O DOBRO OU O DOBRO MAS DEUS CONHECE OS SEUS FILHOS QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE NOS TODOS.

    • Lembrei-me de um fato ocorrido, no naufrágio do Titanic. Pessoas contaram que quando o navio começou a afundar as pessoas se jogavam ao mar desesperadas, e muitas antes de morrerem, ouviam gritos de um homem, que dizia: Creia no Senhor Jesus Cristo e seras salvo… E afundavam no mar, com as mãos levantadas para cima… Aceitando Jesus como seu Salvador.. Éra hora da morte, mas O Salvador estava ali, presente, oferecendo vida eterna. O plano de Salvaçãoi do Senhor vai até o nosso último suspiro….Não podemos julgar esta pessoas, como alguns comentam, dizendo que foram para o inferno. Será que alguem não recebeu a salvação nos ultimos minutos de sua vida???

      • GENTE ACORDA , A COLHEITA ESTA SENDO FEITA A MUITO TEMPO , NÃO SOBRA NINGUÉM AINDA MAIS NESSE BRASIL DE INJUSTIÇA PESSOAS BOAS TRANQUILAS MORREM A NAS MÃOS DE BANDIDOS TODOS O DIAS A VIOLENCIA DO TRANSITO MATA CENTENAS TODOS OS DIAS TAMBEM AS DROGAS VITIMANDO PESOAS O DIABO PRA MIN É ESSE GOVERNO MALDITO , QUE NÃO FAZ NADA PRA MUDAR ESSAS LEIS ESSES EVANGELICOS SAFADOS SÓ SABEM COBRAR POR ORAÇÕES E PREÇOS ALTISSIMOS , SE O DIABO ESISTIR QUERO VER ELES COZINHADO NO TAXO DE SEU MESTRE A , BIBLIA DIZ DE GRAÇA DAI DE GRAÇA RECEBEI TO PASSADA COM ESSE POVO E DESACREDITADA DESSES SERES HUMANOS OU MELHOR DESUMANOS SÓ SABEM CRITICAR JULGAR AMAR QUE BOM JA ERA BEIJOS A TODOS QUE DEUS ESTEJAM COM TODOS VEJAM BEM A POLITICA ESTA NOS MATANDO A TODOS NESSE BRASIL.

  5. Não podemos ignorar, que muitos acidentes, tragédias, mortes, e até tempestades, podem ter origem diabólicas.. Existem legiões de demonios, atacando sem cessar, e destruindo vidas. O diabo veio para matar e destruir. Não podemos ignorar, as artimanhas, a sutileza, do Diabo, que semeia desgraças, doenças, enfim…Tragêdias, podem ser, sim, ciladas do Diabo. São verdadeiras fúrias diabólicas..A opressão existe, não podemos ignorar isto…Quando Jesus estava no barco com os discipulos, Mt.8:23-27, Levantou-se uma grande tempestade e Jesus estava dormindo. Quem estava comandando, aquela tempestade éra o Diabo, tentando atacar e destruir, até mesmo Jesus que estava dormindo. Por isto os discipulos o acordaram, e Jesus reprrendeu o vento. E tudo se acalmou…A origem daquela tempestade éra Satânica !!!

  6. O Barbeiro

    Um homem, como de costume, foi ao barbeiro cortar o cabelo e fazer a barba. Como eram conhecidos, o barbeiro e o cliente, enquanto o serviço era executado conversavam sobre diversos assuntos até que o barbeiro comentou:
    – Deus não existe!
    O cliente surpreso, perguntou:
    – Como é que é? Deus não existe?
    E o barbeiro argumentou:
    – Isso mesmo que você ouviu. Deus não existe! Vejo todos os dias na televisão crianças passando fome, vivendo na miséria, políticos roubando impunemente, inocentes morrendo de maneira bárbara e tantas outras coisas revoltantes. Você acha que se Deus existisse Ele permitiria tanta injustiça? Deus não existe!
    O cliente ouviu tudo muito atento. Enfim o corte ficou pronto e a barba estava feita, o cliente levantou-se, pagou a conta e saiu refletindo sobre tudo o que houvera escutado do barbeiro até que se deparou com um mendigo na esquina, sentado no chão com os cabelos embaraçados, batendo nos ombros e com a barba enorme ainda por fazer. Vendo isso voltou na mesma hora a barbearia e chegando afirmou:
    – Barbeiros não existem!
    O barbeiro ouvindo isso, não entendeu, mas o cliente reafirmou:
    – Barbeiros não existem!
    – Como não existem? Eu estou aqui, sou barbeiro. Você deve estar ficando doido, como você diz pra mim que eu não existo. Sou um barbeiro.
    Então o cliente explicou:
    – Chegando a esquina vi um homem com os cabelos grandes e embaraçados e com a barba por fazer. Se barbeiro existisse ele não estaria assim.
    – Ah!, eu existo, sim!. O problema é que ele nunca veio até aqui cortar o cabelo e fazer a barba.
    – Pois é, disse então o cliente, Deus também existe, o problema é que as pessoas não vão até Ele. Deus está sempre de portas abertas todos os dias aguardando que a gente resolva arrumar nossas vidas…

    • AS DUAS PORTAS E OS DOIS CAMINHOS
      Artigo de JUANRIBE PAGLIARIN*
      O PROVÉRBIO POPULAR DIZ:
      “Todos os caminhos levam a Deus”.
      MAS HÁ UM PROVÉRBIO MUITO SUPERIOR, QUE DIZ:
      “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Provérbios 14:12).
      Percebeu que, no início deste provérbio, a palavra “caminho” está no singular, mas no final da frase aparece no plural? Isto não é erro de concordância.
      O provérbio sagrado está mostrando que o dito popular deveria ser assim corrigido: “Todos os caminhos do homem levam à morte”. Isto porque os homens costumam julgar como certos os seus próprios “caminhos”, mas, na verdade, toda esta criatividade religiosa, que não veio da Palavra de Deus, ou está em contradição a ela, são caminhos que levam à morte.
      Jesus alertou:
      “ENTRAI PELA PORTA ESTREITA. PORQUE LARGA É A PORTA E ESPAÇOSO O CAMINHO QUE CONDUZ À PERDIÇÃO, E MUITOS SÃO OS QUE ENTRAM POR ELA” (Mateus 7:13).
      Os caminhos criados pela imaginação humana são frequentados pela maioria e levam diretamente a uma porta larga e convidativa, com néons coloridos que acendem e apagam, cartazes chamativos e muitas pessoas que parecem felizes. A porta émuito atraente. Quem fica diante dela imaginaque, lá dentro, há muita vida. Mas, todos os que entram pela porta larga, encontram a morte…
      “E PORQUE ESTREITA É A PORTA E APERTADO O CAMINHO QUE CONDUZ À VIDA, POUCOS SÃO OS QUE A ENCONTRAM” (Mateus 7:14).
      Nenhum atrativo há nesta pequena porta. Parece até tenebrosa. Há nela a sombra de ummonte que sugere uma caveira. Seus batentessão banhados de sangue. E, para passar por ela, por ser tão estreita, a pessoa tem que entrar ajoelhada. Poucos são os que se interessam em entrar por ela. Mas, todos os que se esforçam para entrar pela Porta estreita, encontram a Vida!
      É UM PARADOXO:
      A PORTA QUE PARECE TER VIDA É A DA MORTE.
      E A PORTA QUE LEMBRA A MORTE É A DA VIDA!
      Cada pessoa é livre para escolher o que quiser. Mas, se a pessoa deseja viver, tem de escolher a porta certa. E para que uma escolha tão séria não ficasse dependente do discernimento de uns poucos iluminados, e para que ninguém corresse o risco de deduzir equivocadamente ­ e escolher a porta errada, e até mesmo para que ninguém dissesse que era difícil escolher a Porta certa diante de tantas opções religiosas, Jesus apontou para Si mesmo e disse:
      “EU SOU A PORTA. SE ALGUÉM ENTRAR POR MIM, SALVAR-SE-Á. ENTRARÁ E SAIRÁ, E ACHARÁ PASTAGENS” (João 10:9).

DEIXE UMA RESPOSTA