Incêndio florestal consome vegetação de montanha mas não atinge cruz de madeira; “Lembrete de que Deus cuida de seus filhos”, diz morador

3

Um incêndio florestal destruiu a vegetação de uma área de 1.700 hectares e pelo menos duas casas no sul do estado norte-americano da Califórnia, mas não foi suficiente para consumir um monumento em forma de cruz colocado no topo das montanhas Azusa.

Erguida em 2007, a estrutura é visível a quilômetros de distância e serve de referência para os moradores que desejam chegar ao pico das montanhas e aproveitar a vista do Vale de San Gabriel.

Feita de madeira, a cruz ficou na rota do incêndio e para os moradores, o monumento não resistiria ao fogo, segundo informações do Charisma News. Porém, para a surpresa de todos, a estrutura permanece de pé, intacta.

Além da cruz, o local continha um grande A também em madeira, em referência ao nome da montanha. Um internauta publicou uma foto no Facebook da cruz e comentou o fato de ela passar incólume: “Tudo nas montanhas foi queimado, inclusive o ‘A’ de Azusa. Depois de casas queimadas, centenas de residências evacuadas e a cidade coberta de fumaça, havia uma coisa, não só de pé, mas intocada. Deus é bom, Deus é poderoso e Deus é digno de todo o louvor”, escreveu.


Outro internauta escreveu nas redes sociais que a cruz estava “brilhando através da fumaça, porque o sol reflete na tinta branca, e aumenta a visibilidade mesmo com toda a fumaça e cinzas no ar”.

O fotógrafo Ryland Tálamo publicou uma imagem da cruz após o incêndio e relatou suas experiências com alunos de uma universidade da cidade nas trilhas das montanhas: “Para os alunos, é comum caminhar pela trilha até o topo da montanha e se sentar ao pé da cruz. Ela nos lembra que, apesar de sermos parte de uma universidade específica, somos também parte de uma comunidade maior, que não se limita apenas a Azusa, mas ao resto do mundo. É um símbolo e um lembrete de que Deus cuida de Seus filhos em todas as circunstâncias, o tempo todo”, disse Ryland.

Cruz intacta no topo da montanha Azusa
Cruz intacta no topo da montanha Azusa

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

3 COMENTÁRIOS

  1. Um sujeito viandante rumava estrada afora chegando em uma encruzilhada esta la um honbre montando uma cruz, o viandante disse bom dia, o honbre arrespondeu bom dia, e ai começou o prosorio, conversa vai conversa vem, o viandante preguntou pru hombre ho sior ja estamos um tempão jogando conversa fora e colocando os fuxico em dia, mar lhe pergunte acuma e su nome memo o sujeito arrespondeu ora o meu nome esta relacinado com o que eu estou a fazer, se tem inteligencia arresponde acuma e meu nome disse, o viandante pensou pensou e nada, então o hombre disse meu nome e ARMANDO CRUZ DA ESTRADA, AI O VIANDANTE despediu-se do Armando e se foi mais adiante passou um caminhão daqueles que e o sonho de qualquer carreteiro das antigas um studebekr uma maravilha o viandante banou a mão o caminhão parou e fes tche tche o barulho do escapamento de ar, bora disse o motorista e la se forão, e conversa vai conversa vem o carona preguntou ho sior tem um tempão que tamo colocando os fuxico em dias e jogando conversa fora acuma e o su nome memo, o motorista disse meu nome esta na minha profissão, acuma chama o motora, quem for bam bam diga ai

DEIXE UMA RESPOSTA