Lateral esquerdo do Palmeiras afirma que ora diariamente de joelhos para que o time não seja rebaixado

5

O lateral esquerdo do Palmeiras, Juninho, comentou recentemente em uma entrevista sobre a difícil situação do time na tabela do Campeonato Brasileiro. Após passar pelo rebaixamento em 2012, o jogador afirma que não quer passar de novo por essa situação e afirma que ora todos os dias de joelhos para que o time não seja novamente rebaixado para a série B da competição.

– Não é fácil levantar a cabeça. Está difícil. Passei pelo rebaixamento em 2012 e não quero passar de novo, pelo amor de Deus. Todo dia me ajoelho e peço a Deus para não passar de novo o que passei – afirmou o jogador.

– Tentamos de todas as formas e erramos. Não pode acontecer mais. Não há mais tempo para erros. Temos que sair dessa situação o mais rápido possível – completou.

De acordo com a ESPN, Juninho foi um dos atletas que mais sentiram psicologicamente o rebaixamento do Palmeiras em 2012, e ele só continua no time porque a diretoria criou impedimentos para liberá-lo ao Fluminense. Seu contrato com o clube se estende até dezembro e não tem previsão de ser renovado.


– Independentemente da minha situação no clube, quero ajudar o Palmeiras. É muito difícil, o Campeonato Brasileiro é muito competitivo e não podemos deixar passar jogos em casa, com a torcida apoiando dessa maneira. (…) Perdemos todo jogo por causa de um detalhe. Não dá tempo. O Campeonato Brasileiro não perdoa. Temos que nos acertar dentro de campo e aproveitar as oportunidades que aparecem. Em alguns jogos, você tem duas oportunidades e ganha. Precisamos de atenção para isso não acontecer mais. Na situação em que estamos, não dá tempo – declarou o jogador, que também cobra uma reação dos companheiros de equipe em favor do time.

– O professor está colocando, mas a galera tem que dar conta do recado. É trabalhar no dia a dia para chegar aqui e dar conta. Muitos jogadores estão pegando ritmo agora, mas isso não é desculpa. Temos que trabalhar e inverter a situação – declarou.

O Palmeira atualmente está a uma posição da zona de rebaixamento do campeonato, à frente do Criciúma apenas por uma vitória, visto que ambas as equipes somam 17 pontos.


5 COMENTÁRIOS

  1. É meu amigo só orar não adianta,você tem que pregar também,seja um profeta no seu clube,tome como exemplo kaká e neymar que são pregadores em seus clubes,me parece que você é muito tímido,precisa se libertar desta timidez.

DEIXE UMA RESPOSTA