Líder muçulmano foi condenado no Egito por queimar a Bíblia e insultar a religião Cristã

8

Na última semana um líder muçulmano egípcio foi condenado a 11 anos de prisão por ter rasgado e queimado uma Bíblia Cristã em ato contra o filme Inocência dos Muçulmanos. Ahmed Mohamed Mahmoud, conhecido como Abu Islam, foi condenado pelo crime de blasfêmia. Ele queimou uma Bíblia, em setembro do ano passado na porta da embaixada dos Estados Unidos na cidade do Cairo, no Egito.

O site Ahram Online afirma que Mahmoud queimou a Bíblia como forma de protesto contra o filme anti-islã “A inocência dos muçulmanos”, produzido nos Estados Unidos e que estaria sendo usado como arma de protestos contra os islâmicos. Porém, algum tempo depois foi revelado que o produtor do filme é um egípcio copta cristão, o que aumentou ainda mais a ira dos muçulmanos e protestos antiamericanos dentro do mundo islâmico.

O filho do líder muçulmano também foi condenado pelo mesmo crime, por ter participado do ato contra a Bíblia e ajudado o pai. Ambos recorreram à decisão judicial e irão permanecer em liberdade enquanto aguardam o julgamento final.

O crime de blasfêmia é previsto na constituição egípcia, assinada em dezembro de 2012, em seu artigo 44.


– Insultos ou abuso de todos os mensageiros e profetas religiosos são proibidos – diz o texto da lei.

Segundo o The Christian Post, prisões por insultos ao islã são comuns no Egito, mas são raros os casos em que a fé cristã é envolvida e, normalmente, são casos de perseguição religiosa.

Assista o vídeo da manifestação onde o líder muçulmano rasga e queima a Bíblia:

Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+

8 COMENTÁRIOS

  1. A imagem desse povo tá suja no mundo.
    Islamismo virou sinônimo de terrorismo

    Que esse velho fanático aprenda a respeitar as outras religiões.
    Se não concorda blz, tem o direito seu de critica, mas sem violência.

  2. SE um ser não muçulmano rasgar ou queimar o alcourao que e a bíblia deles eles não prende eles estraçalha o sujeito enforca queima vivo faz todo tipo de barbare com um que cometer tal ato –deveria de fazer com ele o mesmo ate porque a lei deles e olho por olho e dente por dente –tinha que prgar este barbudo e fazer ele ler a bíblia durante 10 anos –assim ele se converteria por ver que o que esta certo e a bíblia não este livro alcourao escrito por outro barbudo a seu próprio interesse ou seja maome–

    • Ele queimou apenas a bíblia não queimou a PALAVRA, e a palavra é Cristo. Queimar o alcorao, o livro biblia, o evangelho segundo o espiritismo, o livro dos mormons, a cabala é protesto contra o que se faz ou fez em nome de Deus; quem pratica o terrorismo é um louco, eles sao fanaticos e fanatismo gera toda especie de problemas e loucuras. E o que ele fez pode trazer problemas pra ele la, pois nao sei que tipo de cristaos vivem la, mas nao devemos desejar o mal para ele, antes pelo contrario, que Deus o proteja de toda e qualquer agressao, que ele nao sofra nenhuma, sejamos pacificos, bem aventurados os pacificadores porque serao chamados filhos de Deus. Um abraço.

    • Penso que o homem que se diz “cristão” e faz um filme contra qualquer outra religião não dá testemunho de Cristo e sim este homem errou ao rasgar uma bíblia,mas o cara não conhece Jesus, e o protesto dele nem é diretamente contra o Cristianismo e sim contra a influência dos “EUA” no Oriente Médio,e esse cara ai jamais teria sido levado a um julgamento sério se isso tivesse acontecido ,sei lá na frente da embaixada da Venezuela. Não!Só foi julgado mesmo porque ofendeu os EUA,a bíblia rasgada é mais um detalhe.

      NÃO julgueis, para que não sejais julgados.
      Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

      MATEUS 7

  3. Nossa, muito legal alguém ser condenado por queimar a bíblia, ele não cometeu blasfêmia alguma, ele não é conhecedor da palavra, a única coisa que poderíamos fazer por ele é demonstrar o quanto respeitamos a fé do outro, isso sim seria uma maneira educada de mostra-lo o correto, a palavra de Deus não ensina a julgar o pecador, muito menos o pecado, hoje em dia para você seguir o verdadeiro amor de Deus está complicado uma vez que esses “pastores” como Malafaia, feliciano se esqueceram de ensinar o amor, o respeito, compaixão, as críticas concebida de julgamentos morais é o que eles tornam a palavra e o dinheiro a religião, Deus, perdoai a humanidade. Abençoai os Judeus, budistas, espíritas, quem não conhece sua palavra, o branco, o negro, o homossexual e perdoa os ditos evangélicos que desconhecem todo seu amor. Entrai no coração deles é mostre como religião e política não podem se unir.

  4. Penso que o homem que se diz “cristão” e faz um filme contra qualquer outra religião não dá testemunho de Cristo e sim este homem errou ao rasgar uma bíblia,mas o cara não conhece Jesus, e o protesto dele nem é diretamente contra o Cristianismo e sim contra a influência dos “EUA” no Oriente Médio,e esse cara ai jamais teria sido levado a um julgamento sério se isso tivesse acontecido ,sei lá na frente da embaixada da Venezuela. Não!Só foi julgado mesmo porque ofendeu os EUA,a bíblia rasgada é mais um detalhe.

    NÃO julgueis, para que não sejais julgados.
    Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

    MATEUS 7

  5. Existem muitas religiões no mundo e muitos livros tidos como sagrados. Em meio a tudo isso, há uma maneira segura de reconhecermos a verdadeira Palavra de Deus e o seu plano de salvação. A Bíblia Sagrada prova ser verdadeira.

    Esse estudo está disponível em Evangelismo.blog.br. Nele, você descobrirá o engano do profeta Maomé, que sem qualquer fundamento ou verdade, afirmou que o Senhor Jesus Cristo nos ensinou a morrer e também a “matar” pela causa de Deus (Sura 9:111 – Alcorão).

    Convido a todos os muçulmanos que porventura acessarem esta notícia a raciocinarem:

    Faz sentido levar uma vida casta na terra (o Alcorão ensina isso) para depois no paraíso levar uma vida promíscua e libertina, com setenta virgens? Onde está a lógica nisso?

    Evangelismo.blog.br
    ………………………..

DEIXE UMA RESPOSTA