Melissa Gurgel: evangélica, nova Miss Brasil diz ser virgem e prega respeito aos princípios de fé

10

Melissa Gurgel, a nova Miss Brasil eleita no dia 27 de setembro, concedeu uma entrevista recentemente e revelou que guarda sua virgindade para o casamento por conta da doutrina evangélica, que ela pratica desde a infância.

Aos 20 anos de idade, Melissa Gurgel diz que não tem preconceito com quem pensa diferente dela em relação ao sexo, e ressalta que se sente bem com sua escolha.

“Sou virgem, fiz a Atitude 434 quando tinha 12 anos e acredito que isso seja uma escolha muito pessoal. Por acreditar em Deus e nos princípios bíblicos, mas trata-se de um sentimento maior que existe dentro de mim. Estou bem assim. Acredito no amor, quero ter uma família comprometida. Mas é importante ressaltar que sou virgem e sou contra o preconceito. Contra qualquer tipo de preconceito, racial, religioso, cultural. Cada um deve viver sua vida de acordo com aquilo que acredita, como achar melhor, eu respeito e não tenho nada contra quem não pensa como eu”, pontuou a Miss Brasil.

O Atitude 434 é um movimento de pureza sexual que nasceu nas igrejas evangélicas durante os anos 2000 e é marcado pelo uso de uma aliança de prata, assim como o hoje popular Eu Escolhi Esperar.


Solteira após o fim de um namoro de um ano e três meses com um rapaz do Ceará, seu estado natal, Melissa Gurgel disse ao Clic RBS que não se importa com o assédio masculino e que na maioria das vezes não tem problemas com isso.

“Não estou saindo com ninguém. O mundo das celebridades ainda é algo novo em minha vida, agora sou uma pessoa pública e estou focada no meu trabalho. O objetivo é trazer a coroa do Miss Universo para cá, representar bem o país e crescer profissionalmente. Teve somente uma situação desagradável, quando estava em um evento e um homem tentou passar a mão boba em mim enquanto eu tirava uma foto. Na ocasião, fui bem séria com ele e exigi respeito. Porém, quando as pessoas são educadas eu procuro levar com bom humor”, concluiu.

10 COMENTÁRIOS

  1. BONS EXEMPLOS MERECEM SER SEGUIDOS.
    CLARO VAI APARECER POR AQUI , INCULTOS NEÓFITOS, DIZENDO QUE CRISTÃO NÃO PODE SER MISS QUALQUER COISA ASSIM.
    COMO DIZEM QUE NÃO PODE SER POLÍTICO.
    MAS POSSO TODAS AS COISAS NEM TODAS ME CONVÉM.
    ESTAS EU DESCARTO E SIGO PARA FRENTE, EM BUSCA DO PRÊMIO , MIRANDO O ALVO QUE É JESUS.

  2. Bom… A eleição ao cargo de miss é uma forma de culto à beleza, afinal, tal posição se adquire com base no exterior. De agora em diante, sua imagem será vinculada a muitas coisas e as fotos de seu corpo serão vistas por todo tipo de pessoa. Muito homens depravados vão se masturbar olhando para ela e até lésbicas a desejarão. Não vejo em que isso será proveito para O Reino de DEUS. Dentre tudo que seja lícito fazer, a auto-exposição das formas corporais, com certeza é algo que não convém ao cristão professo. Ah! Não sou neófito. Maranata!

  3. Infelizmente é muito triste ver o quanto o evangelho está deturpado na mente das pessoas, e o quanto as pessoas estão a perder a beleza biblica que Deus colocou em cada um de nós. P´ra não ser ofensivo e hostil vou simplesmente fazer uma pergunta a todos os internautas acerca deste assunto da miss Brasi.
    Se Jesus fosse uma jovem pertencente a uma nação conhecida pela sua sensualidade e lúxuria, ele entraria num concurso de miss que idolatram a beleza, e tiraria as fotos que essa jovem tirou, e colocaria a público a uma multidão de pessoas totalmente imorais?

  4. Sera que ela tem no minimo ideia do que fala?Principios da fe?Serio entao que ela explique quais sao e qual e o evangehl odo Reino que Jesus pregou.Esta igreja que se apresenta hoje esta tao seca,quanto os reservatorios de varios estados,que quer se valer deste tipo de figura,achando,que deste modo estara fazendo algum bem ao Reino do ceus e pregando sua mensagem.Vergonhoso ,isto sim,so estao fazendo publicidade,pessima alias,a igreja nao e feita de “famosinhos inuteis”que so falm besteria,sao apoiados por falsos pastores,que so bajulam por interesses proprios,e acabam criando este evangelho paralelo ao original,morto,separado de Deus,a margem do caminho estreito,com uma larga porta que conduz os cegos e incautos ao precipicio.Julgando as palavras destes desorientados nao vemos uma vez a citaçao de Jesus como Rei,sempre falm dele no passado ou como uma criança recem nascida,e falam de Deus com um provedor de todas as necessidades as mais egoistas imaginaveis.Afirmo e repito Deus esta chamndo aqueles que sao seus para que sejam Luz e nao andem nas trevas.Acorda povo.Deus e Amor mas tambem Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA