“Jesus” invade Metrô e convence pessoas a cederem assentos reservados a idosos; Assista

13

Que Jesus faz milagre muita gente já sabe, assim como quase todas as pessoas sabem que se deve respeitar os assentos reservados a idosos, gestantes e pessoas com necessidades especiais no transporte público.

No entanto, esse direito é tão desrespeitado que um programa de humor resolveu apelar para a figura de Jesus Cristo para constranger as pessoas que ocupam esses assentos mesmo que existam idosos, gestantes ou deficientes físicos de pé durante a viagem.

Um humorista mexicano se vestiu como Jesus, equipou-se de uma galheta e um asperge, e foi ao metrô da Cidade do México para realizar milagres: constranger os mal-educados a ceder os assentos reservados às pessoas a quem eles são destinados.

Durante a esquete, é possível ver diversas pessoas constrangidas por serem “denunciadas” desrespeitando os direitos adquiridos em lei por quem tem necessidades especiais. Aos gritos de “milagre”, o “Jesus” mexicano comemora cada pessoa que é convencida a ceder o lugar, e praticamente dá um banho de “água benta da torneira” naqueles que resistem.


Assista ao vídeo bem-humorado:

Assine o Canal

Respeito

É importante que o princípio do respeito aos lugares reservados a pessoas com necessidades especiais seja difundido entre a população. No Brasil, por exemplo, o cenário não é diferente do apresentado no vídeo de humor gravado no México.

Com o envelhecimento da população brasileira, que cada vez vive mais e vê a média de idade subir ano a ano, é necessário que os idosos tenham seus direitos respeitados, afinal, não contam mais com o vigor físico da juventude, quando trabalhavam e produziam, colaborando para a construção da nossa sociedade. O mesmo direito se estende às gestantes e pessoas com condições físicas limitadas.

13 COMENTÁRIOS

  1. Notícias da criança estrangulada por pai pastor.
    Criança fica com graves sequelas no ES
    Evangélico matou a esposa e agrediu a filha em janeiro deste ano.
    Menina de dois anos sofreu paralisia cerebral e teve fala e visão afetadas.
    A menina de dois anos e dois meses que apanhou e foi estrangulada pelo pai, um pastor evangélico, em janeiro deste ano, ainda sofre com as sequelas causadas pela agressão. O crime aconteceu no bairro Justiça, em Anchieta, Litoral Sul do Espírito Santo. Por conta dos socos e pancadas, a pequena Manoela sofreu traumatismo craniano e paralisia cerebral, o que afetou a fala, a visão e os movimentos da menina, que depende completamente dos familiares.
    O pastor João Pontes matou a esposa, Lilian Nascimento Freitas, de 33 anos, e bateu e estrangulou a filha, no dia 3 de janeiro. Na época do crime, ele contou que agiu por ciúmes, durante uma discussão do casal. Depois do assassinato e da agressão, Pontes fugiu para o Norte do Rio de Janeiro, mas foi preso. Ele continua no Centro de Detenção Provisória de Guarapari, também no Sul do Espírito Santo.
    A criança, que tinha apenas um ano e seis meses quando sofreu nas mãos do pai, foi socorrida por um vizinho. O socorro só aconteceu dez horas após o crime. A espera afetou a oxigenação do cérebro da criança, ocasionando a paralisia cerebral. Manoela chegou a ficar cerca de um mês em coma. Atualmente, a menina se alimenta por meio de uma sonda, respira por uma cânula na traqueia e ainda faz uso de seis medicamentos.
    Antes do caso, Manoela era uma menina ativa, alegre e bastante comunicativa, conforme contam os familiares. Hoje, vendo as limitações da neta, o avô Manoel Negrini não consegue conter a tristeza. “É muito triste. Sempre choro. Ela era muito inteligente”, disse.
    Apesar de todos os problemas, a família ainda tem esperanças de ver a menina curada e correndo novamente pela casa.
    “Hoje, queria levar ela para um médico fora pra ver se alguém pode fazer algo por ela”, disse a avó Vera Lúcia Negrini. “Ela foi muito sacudida. De repente, tem uma operação. Queríamos um médico pra ajudar”, comentou a tia Cláudia Negrini. “Meu sonho é ver a Manu andando. Mas se isso não acontecer, ela vai ter todo o nosso amor”, disse o avô.
    O pastor João Pontes está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari, na Grande Vitória.
    Globo.com

  2. O JESUS CATÓLICO FAZ MILAGRES KKK, MAS NA VERDADE BOM SERIA QUE PESSOAS QUE DEPENDEM, DO TRANSPORTE PÚBLICO EM PAISE SUB-DESENVOLVIDOS RESPEITASSEM AOS IDOSOS.

    • E ainda sim você, porquê achou que eu “saí do armário” passou a se oferecer para mim:

      clamando disse: 12 de agosto de 2015 ás 8:06 am
      VOU POSTAR A MINHA FOTO DE SUNGA, ESPERO QUE GOSTE KKKK
      (matéria Famosa cantora gospel Natalie Grant posa de maiô para revista feminina e causa polêmica)

      Repito a minha resposta Clamando:

      Se toca, eu tenho idade para ser seu bisneto Clamando…. eu simplesmente não te quero.

      • Como me tornei “pior que eles”, se nunca fui “melhor que eles”? Aliás, nem sou melhor que você Clamando, ou que qualquer outro ser humano.

        Essa é sua “técnica” para “curar gay” (já que vocês acreditam nessas bobagens)? Você mostra sua foto de sunga, para traumatizar o coitado ao ponto de nunca mais querer ver um homem nu (porquê a cena deve ser bizarra e traumática)? Só que não. Homossexualidade não é doença, e você não é exemplo de homem.

        Clamando, como eu já disse uma vez, a sua foto de sunga só serve para animar pessoas de baixa auto estima (ao ver você de sunga, vão ver que a situação deles não é tão ruim assim), o que não é o meu caso.

        Então repito minha resposta para você:

        ….. Eu não te quero. :D

DEIXE UMA RESPOSTA