Morre o pastor José “Neco”, líder da Assembleia de Deus em Alagoas

1

O pastor José Antônio dos Santos, 83 anos, faleceu na última sexta-feira, 24 de julho, em São Paulo, por falência múltipla dos órgãos. O presidente da Assembleia de Deus em Alagoas havia sido internado no começo de julho para passar por uma cirurgia.

“Neco”, como era tratado pelos fiéis, vinha sofrendo com problemas no fígado, precisou ser transferido para a capital paulista, onde foi submetido a uma cirurgia, mas não se recuperou, o que o levou a óbito.

A denominação que era liderada por Santos divulgou uma nota destacou o trabalho do pastor nas últimas três décadas e o crescimento resultante desse esforço. Confira a nota:

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Alagoas comunica, com pesar, o falecimento do pastor-presidente José Antonio dos Santos, aos 83 anos, ocorrido na manhã desta sexta-feira (24).


Segundo a família, após uma fase de tratamento, desde o início deste mês, no Hospital Santa Paula, na região de Santo Amaro, em São Paulo, o pastor José Neco, como é conhecido carinhosamente, não resistiu, devido a uma falência múltipla dos órgãos, causada por disfunções hepáticas.

A família do pastor comunica ainda que o corpo chegará em Maceió amanhã, 25 de julho, pela manhã. A cerimônia de despedida acontecerá na igreja-sede, na Rua Moreira e Silva, bairro do Farol.

Nesta quinta-feira à noite, 23 de julho, o pastor José Neco se submeteu a uma cirurgia. Segundo familiares, houve complicações no funcionamento do fígado, por isso a necessidade de exames mais específicos em outro Estado. E a intervenção cirúrgica se fez necessária.

A denominação, no qual o pastor presidiu durante 30 anos, tem mais de 150 mil membros em Alagoas, sendo cerca de 40 mil em Maceió. Atualmente, a instituição possui 150 congregações na capital e conta com 120 campos no interior do Estado, inúmeras subcongregações e 564 pastores, sem contar os presbíteros e diáconos.

Além de presidente da AD em Alagoas, era líder da União de Ministros das Assembleias de Deus no Nordeste (Umadene) e vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

1 COMENTÁRIO

  1. Esse pastor, porque não foi politiqueiro e ladrão do Evangelho, mas um cristão humilde, bom e discreto, não teve nenhum comentário dos crentes que comentam aqui, mas se fosse um certo mala, e outros vendilhões, crentes que comentam aqui já estariam se descabelando e chorando igual ao povo da Coréia do Norte quando morre um ditador do país. Que Deus conforte a família nesta hora de luto e despedida.

  2. O Pastor José Antonio dos Santos, presidente das Assembleias de Deus em Alagoas, foi um exemplo de vida,homem integro e sincero,exemplo a ser seguido,sua biografia, sem nenhum favor, é digna de ser lembrada, pela postura como se conduziu, isto é, com simplicidade e humildade,fez a diferença em um tempo de tanta gente com nariz empinado,
    Quem sabe se alguns não irão mudar suas posturas e arrepender-se a tempo.
    Aproveito a oportunidade para pedir orações pela família enlutada.

DEIXE UMA RESPOSTA