Brasil

Superior Tribunal de Justiça decide que mortes por recusa à transfusão de sangue devido a questões religiosas não são crime

Comments (16)
  1. Marcos Oliveira disse:

    Se é uma decisão pessoal de um adulto tolo, ok.

    Quando tratamos de filhos destes tolos deveria ser crime sim.

    1. karinaesteves disse:

      POR ISSO O MoTIVU DE TANTAS GUERRAS,RESPEITA A RELIGIAO DOS OUTROS,A DECIZAO DOS OUTROS ,PROS OUTROS TAMBEM SUAS ATITUDES,RELIGIAO E ESCOLHAS PODER SER TOLAS

      1. Glaucia disse:

        Porque não procura uma escola e aprende gramática antes de vir dar opiniões idiotas em tom de verdade universal heim???

  2. STARDUST disse:

    Como o STJ considera que pais que preferem ver a filha morrer a receber uma transfusão de sangue só porque a religião deles não permite não cometeram um crime???

    Meu Deus do céu… a justiça dos homens é ridícula. E essas religiões que dizem que fazem a vontade de Deus também.

    1. CAROL disse:

      As Tjs fazem sim, a vontade de Deus. Os medicos e que nao sabem tartar direito e depois culpam os pais e a religiao. Veja aqui: http://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/perguntas/biblia-transfusoes-de-sangue/

  3. Eduardo Nobre disse:

    Jeremias 19:5:

    “Construíram no alto das colinas altares e os consagraram a Baal, a fim de queimarem seus próprios filhos como holocaustos oferecidos ao deus Baal; procedimento que jamais requeri e nunca me veio à mente desejar isso”.

    1. CAROL disse:

      Nao misture uma coisa com outra. Muito cuidado pq quem julgar sera julgado por Deus com a mesma medida com que julgou. Veja aqui: http://www.jw.org/pt/ensinos-biblicos/perguntas/biblia-transfusoes-de-sangue/

  4. felipe disse:

    absurdo total
    a menina nem teve chance de escolher
    o que causa o fanatismo religioso

    1. karinaesteves disse:

      CADA UM COM SUA VIDA MEU,RESPEITA PRA SER RESPEITADO,OCE NAO ESCOLHEU DAR RE NO KIBE E EXIGE RESPEITO

  5. Eduardo Nobre disse:

    Quanto fanatismo. Karine, o direito de um termina quando começa o direito do outro. Posso respeitar a sua religião até o ponto em que ela prejudique a vida de outros seres humanos.

    Imagine que um louco funde uma religião que diga que tem matar quem não se ajoelho para a Lua cheia, nós temos que respeitar e deixar ele assassinar pessoas?

    Da mesma forma, devemos permitir que um pai deixe seu filho morrer por causa de uma religião? Nesse caso, o direito do pai está ultrapassando o direito à vida e escolha da criança, é obrigação sim do governo interferir pela criança.

    Já basta de fanáticos sacrificando seus filhos por causa de religião.

    1. karinaesteves disse:

      MAS DAI KEM TEM KE VER ISSO E JULGAR É O TJ E OS DA TAL RELIGIAO ,NAO NOIS POR A CUIE,NA NOSSA RELIGIAO TEM MUITA COISA ERRADA TAMEN

  6. luciano disse:

    Atentado contra a vida de alguém é crime,cadeia pros pais que proibirem a necessidade do filho receber uma transfusão de sangue.

  7. Elder Lima disse:

    Total absurdo! Mas, o mais absurdo ainda, é a “justiça” não considerar isso um crime!!!

    1. clamando disse:

      É AQUELA FAMOSA HISTÓRIA PALMADA NÃO PODE , MAS MATAR NA BARRIGA DA MÃE PODE, NOSSA JUSTIÇA ESTÁ TODA EQUIVOCADA E MALÉFICADA.

  8. Leon disse:

    Tem gente que acredita que uma virgem pode dar à luz a um ser sendo ele mesmo seu próprio pai. O que importa é respeitar a crendice dos outros, seja ela o mais idiota. Respeito é tudo.

    1. mauro disse:

      Concordo desde de que ela não seja promotora da morte, assim como promovem os nossos irmãos islâmicos mais radicais.

  9. mauro disse:

    A medida pastoral adotada pelos Apóstolos, longe de constituir uma doutrina universal, tinha caráter meramente pastoral, visando não criar obstáculos para o Evangelho, em razão de questões secundárias, não-doutrinárias. A medida, por isso mesmo, configura-se extraordinária e pontual (válida apenas para as comunidades de Antioquia, Síria e Cilícia), motivo pelo qual Paulo pôde, posteriormente escrever: “Que ninguém procure o seu próprio interesse, mas o dos outros. Comei de tudo o que se vende no mercado, sem vos colocar questões por motivos de consciência” (1Coríntios 10,24-25).

    Diante disso, verifica-se quão absurda e antibíblica seja essa doutrina jeovista que proíbe a transfusão de sangue, que em nada contribui para a Vida! Se não fosse assim, os TJs também deveriam se circuncidar.

    Não é do meu perfil entrar no mérito de ensinamentos alheios, mas como cristãos devemos sempre zelar pela vida.

    Lamentavelmente muitas serão ceifadas.

    1. mauro disse:

      retificando…”entrar no mérito dos ensinamentos alheios”

    2. CAROL disse:

      http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL146947-5603,00-TRANSFUSAO+DE+SANGUE+PODE+SER+PREJUDICIAL+DIZEM+CIENTISTAS.html

  10. Eu também acho que não é crime a recusa de transfusão de sangue, mas é uma coisa muito simples: A falta de amor, que é uma coisa muito pior.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *