Mulher Melão: “Preferi ficar no Inferno”, sobre não ser Crente e desfrutar os Prazeres da Vida

2

Mulher melão, nome “artístico” da modelo e dançarina Renata Frisson, causou surpresa ao afirmar no programa do apresentador e comediante Danilo Gentili, durante entrevista, que havia se tornado “crente”, mas deixou de ser ao não conseguir suportar ficar sem ter relações sexuais.

Questionada pelo apresentador se já havia se tornado “crente” alguma vez, a Mulher Melão disse que apenas uns dois anos atrás havia passado cerca de oito (08) meses como “crente”, porém, em segredo, e que quase se “enforcou” por não poder fazer sexo.

Perguntada sobre o motivo de ter deixado de ser “crente”, Melão disse que preferiu ficar no inferno, ao que parece, para desfrutar os prazeres da vida, referindo-se a liberdade de poder ter relações sexuais fora do casamento. Veja:

Assine o Canal

Sobre os “crentes” e o sexo

A palavra “crente” se popularizou para designar os cristãos evangélicos, assim como também a palavra “protestante”. Todavia, e não por acaso, a bíblia declara que até satanás é crente, veja:

“Você crê que existe um só Deus? Muito bem! Até mesmo os demônios crêem — e tremem!” (Tiago 2:19)

Crente é, portanto, toda pessoa que acredita em alguma coisa e isso inclui a crença em Deus. Porém, quando falamos de crentes em Jesus Cristo, o que determina sua fé não é apenas a crença que professa, mas sim os ensinos que pratica. Esse é o motivo do questionamento na passagem de Tiago 2:19. Ou seja; de que não basta crer, tem que viver! Caso contrário, a mera crença não te salvará. Por isso afirmou Jesus:

“Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.” (João 15:10)

No quesito obediência, o sexo para os cristãos evangélicos (crentes em Deus que seguem os ensinamentos de Cristo) é uma benção de Deus para ser desfrutada como expressão de um amor real que leva ao casamento. Não se trata apenas de prazer momentâneo, mas de profunda intimidade e do compromisso de cuidar um do outro, em todos os aspectos, pelo resto da vida. Por isso está escrito:

“Vocês não leram que, no princípio, o Criador ‘os fez homem e mulher’ e disse: ‘Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne’? Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne (Mateus 19:4-6)


2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA