Noiva prende filha recém-nascida à cauda de seu vestido e a arrasta pelo templo: “Ela estava coberta por Cristo”

14

Uma cerimônia de casamento inusitada terminou numa enorme polêmica no estado norte-americano do Tennessee. A noiva Shona Carter-Brooks prendeu sua filha recém-nascida à cauda de seu vestido e a arrastou pelo chão da igreja enquanto caminhava até o altar.

Muitos dos convidados demonstraram incômodo com a cena, e a noiva foi alertada que ela poderia ser denunciada às autoridades de defesa dos direitos da criança. No entanto, ela se defendeu dizendo que sua filha estava “coberta por Cristo” e no momento de sua entrada na igreja, a menina estava “acordada e segura”.

De acordo com o jornal Daily Mail, Shona Carter-Brooks e Johnathan Brooks se casaram no mês passado, e a noiva mantém a foto da bebê presa à cauda de seu vestido em seu perfil no Facebook.

As imagens da cerimônia se espalharam pela internet e muitos especialistas afirmam que a atitude de Shona foi perigoso, pois a menina poderia ter se arranhado ou ficado presa em alguma coisa no chão da igreja.


“Me desculpe, mas se eu tivesse visto isso teria me levantado do meu lugar e tirado o bebê daquela situação. É algo muito idiota”, escreveu um dos internautas.

A noiva, no entanto, segue irredutível: “As pessoas me questionam por que fiz, fazem comentários negativos. Nós cremos que estamos cobertos pelo sangue daquele que nunca perde seu poder. Então para a mídia, rádio, jornais e quem mais que queira falar sobre o assunto: ‘Mídia, mídia sei como funciona, independente da situação ou do propósito sempre haverá coisas negativas a se dizer! A resposta é que fizemos o que nós queríamos fazer, e enquanto Jesus estiver ao nosso lado tudo vai funcionar bem e continuar bem”.

14 COMENTÁRIOS

    • e pq nao pode?deixe de ser tao religioso,filho nao e castigo e nem pecado,o importante é que ela estava se consertando na lei de Deus,e em nenhum momento a palavra so Senhor fala que é proibido e que é pecado mulher que ja tem filho,casar na igreja,pecado seria se ela continuasse na prostituiçao com o marido dela.”conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

    • E porque não poderia?Por acaso o “templo” tem mais valor que o ser humano?”Deus não habita em templos feitos por mãos humanas”atos: 17:24. Temos que entender de uma vez por todas a “igreja” somos nós, e o lugar onde entramos para coletivamente adorar a Deus é um lugar para “pecadores” sendo esses arrependidos e a outros que não são! O caminho da cura e libertação!Deus nos abençoe!

  1. Mas parece aqueles caras que pregam com uma cobra no pescoço. Parece que faz uma coisa desnecessária, e quer que Deus a proteja. Como assim não vai acontecer nada? É necessário arrastar a garotinha assim?

  2. Ser coberto pelo sangue de Jesus implica que a nem a condenação da Lei e nem o poder condenatório do pecado tem poder em nossas vidas, por conta do sacrifício vicário de Cristo, derramando seu sangue em nosso favor. Não significa que o sangue, o liquido que saiu fisicamente do corpo de Jesus, irá nos livrar de todo o mau, nos abençoar, nos prosperar e fazer com que a mão de Deus pese sobre quem nos ofende.
    Declarar o poder do sangue Cristo tem sido como um amuleto para muitos cristãos, como se isso o blindasse de tudo. O próprio Jesus tinha litros desse sangue nele e isso não impediu que Ele fosse perseguido, insultado e assassinado.
    Não nos esqueçamos, portanto, do SACRIFÍCIO de Cristo e o que isso nos traz como bênção.

  3. Ela nada mais fez do que querer se exibir em seu casamento, como para ela o seu casamento é uma realidade única na vida, ela decidiu fazer bobagens coma filha, como se este ato dela agrada-se ao Criador e as pessoas. O que ela fez nada mais foi do que mostrar sua pura vaidade, pois não há motivo para se prender um bebê na veste de casamento e sair arrastando ele.

  4. Isso é a cultura dos insanos atos proféticos, cada dia uma quer aparecer mais que o outro, em breve vai ter coisa pior enquanto esse povo não se voltar unica e exclusivamente às Escrituras.

DEIXE UMA RESPOSTA