Os Dez Mandamentos mostrará hoje a travessia dos hebreus a pés enxutos no Mar Vermelho

9

A novela Os Dez Mandamentos chega hoje, 10 de novembro, ao momento mais aguardado desde seu anúncio, quando será mostrada a travessia dos hebreus pelo Mar Vermelho, e a perseguição de faraó e seu exército.

A produção das cenas envolveu uma enorme produção e um alto custo financeiro, pois foi necessária a contratação de uma empresa especializada em efeitos especiais de Hollywood para que a representação da abertura do mar fosse feita.

Grande parte das cenas que mostram os hebreus chegando às margens do mar e a perseguição dos egípcios foi filmada na Fazenda Lama Preta, em Itaguaí (RJ). Já os trabalhos de efeitos especiais foram iniciados em maio, de acordo com informações do portal R7.

O capítulo desta terça-feira contará com um atrativo a mais para os telespectadores: a apresentadora Xuxa fará uma participação especial na novela, figurando como uma das hebreias em fuga do Egito.


Usando uma peruca ruiva, Xuxa deverá aparecer atrás de Moisés (interpretado pelo ator Guilherme Winter) em uma das mais importantes cenas do capítulo. A apresentadora usou as redes sociais para pedir aos fãs que gravem suas reações quando a cena de abertura do mar for ao ar.

O engajamento dos telespectadores da novela está tão alto que a hashtag #marvermelho se tornou o assunto mais comentado na noite da última segunda-feira, 09 de novembro, no Twitter.

Considerada o maior sucesso da teledramaturgia da Record, a novela está em contagem regressiva para seus últimos capítulos. O final, agendado para 20 de novembro, vai deixar as pontas soltas para a continuação, que deverá ir ao ar em 2016, contando a história da conquista da Terra Prometida.

Veja fotos dos bastidores:

bastidores os dez mandamentos
Moisés e os hebreus na cena em que começam a travessia

2015-11-10 (3)

2015-11-10
Foram usados milhares de litros d’água para produção da cena em que o mar se fecha sobre os egípcios

bastidores os dez mandamentos

9 COMENTÁRIOS

  1. Essa estória do mar se abrindo, das dez pragas, é tudo mito, fantasia, e o povo, sem informações científicas, aplaude essa pantomima toda como se fosse verdade, com se fossem fatos históricos.

  2. QUERO VER CORAGEM É ESCREVER SOBRE A VERDADE DE TODOS OS TEMPOS QUR O
    “CRISTIANISMO NÃO CONHECE” SE OE 10 MANDAMENTOS MOSTROU AS REALIZAÇÕES DO ETERNO YÁH CRIADOR E FOI UM SUSSESSO GERAL, QUANTO MAS A VERDADE SOBRE O NOME QUE É SOBRE TODOS OS NOMES. VEJA COMO É CURIOSO.

    O nascimento de YAHÔSHAH.

    Mt.1.18 Ora, o nascimento de YAHÔSHUAH foi assim: Estando Miryan, sua mãe, desposada com Yoséf, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito do Eterno
    Mt.1.19 Então, Yoséf, seu marido, como era justo e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente.
    Mt.1.20 E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um malak/anjo do Eterno dizendo: Yoséf, filho de David, não temas receber a Miryan, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito do Eterno.
    Mt.1.21 E ela dará à luz um filho, e lhe porás o NOME de YAHÔSHUAH, porque “Ele” salvará o seu povo dos seus pecados.

    Tenho certeza que fara um grande serviço “ESPIRITUAL” a toda sociedade.

    Jo.17.3 E a vida eterna é esta: que conheçam a ti só por ‘único’ Yáh verdadeiro e a Yahôshuah o Mashyáh, a quem enviaste.

    Que o Eterno YÁH continue os fazendo “PROSPERAR”.

    Shalom a todos [aguardo];

  3. Em relação ao dilúvio – outro evento fantasioso narrado na Bíblia -, leiam isto:

    “Questões Simples que o CRIACIONISMO é Incapaz de Responder

    Enquanto os pontos não esclarecidos do EVOLUCIONISMO sequer são, em geral, compreensíveis pelo senso-comum, o CRIACIONISMO não é capaz de responder questões triviais, facilmente inteligíveis para qualquer pessoa.

    As acusações dos Criacionistas de que a Teoria da Evolução não responde perguntas simples como “Onde estão os fósseis” são claramente falsas. As respostas podem até ser discutíveis ou não inteiramente comprovadas mas pelo menos há uma explicação racional.

    Essa é na verdade, A MAIOR E MAIS FORTE RAZÃO pela qual jamais tive dúvidas de que o Criacionismo de Terra Jovem não passa de um engodo.

    Não é preciso qualquer conhecimento científico específico, não é preciso qualquer jargão não usual. São questões ridiculamente simples, para as quais o CRIACIONISMO adepto do Dilúvio Universal, e fundamentado na velha obra “A Nova Geologia”(1923) do fundamentalista cristão George MacCready Price, não tem qualquer chance de oferecer uma resposta sequer razoável.

    Uma vez tendo ocorrido o Dilúvio, as questões podem ser resumidas em:

    1-COMO OS ANIMAIS ESPECÍFICOS DE CADA REGIÃO FORAM CHEGAR ATÉ LÁ?

    2-COMO AS MILHÕES DE ESPÉCIES VEGETAIS DE CADA REGIÃO DO MUNDO SOBREVIVERAM AO DILÚVIO? HAVIA NA ARCA DE NOÉ EXEMPLARES DE VEGETAIS DE TODAS AS PARTES DO PLANETA?

    3-COMO AS MILHÕES DE ESPÉCIES DE ARTRÓPODOS SOBREVIVERAM AO DILÚVIO? HAVIA NA ARCA UMA SEÇÃO COM MILHÕES DE COMPARTIMENTOS PARA “CASAIS” DE INSETOS, ARACNÍDEOS, CRUSTÁCEOS E SIMILARES?

    4-COMO SOBREVIVERAM OS ANIMAIS AQUÁTICOS DE ÁGUA DOCE?

    5-COMO SE DESENVOLVERAM AS DIVERSAS ETNIAS HUMANAS EM TÃO POUCO TEMPO?

    Posso exemplificar estas questões naquilo que gosto de chamar de ENIGMA DAS CAPIVARAS que diz o seguinte:

    “As Capivaras são exclusivas brasileiras, não havendo em outro lugar do mundo.
    Pelo Criacionismo elas foram criadas juntamente com todas as demais espécies animais.
    No dilúvio todas as Capivaras que não embarcaram na Arca de Noé morreram.
    Então, é lógico que se elas hoje existem, é por que havia um casal delas na Arca, e se não houve evolução, eram como são hoje.
    Foram então desembarcadas por Noé no monte Ararat. Na atual Turquia.
    Como elas não nadam grandes distâncias nem possuem navios. Só podem ter sido trazidas para o Brasil por descendentes de Noé que vieram para a América depois da dispersão.
    Sem tais tribos não haveria os índios por aqui, nem as Capivaras.

    Conclusão lógica:

    Eles trouxeram as Capivaras do Velho Mundo (Europa e Oriente Médio), via Ásia, estreito de Bering, Américas do Norte e Central para finalmente chegar a América do Sul.
    Evidentemente não foram só as Capivaras, mas também as Antas, Tamanduás, Lobos-Guará, Tatus, Jaguatiricas e etc. Animais que não existem em nenhum outro lugar do planeta a começar pelo Velho Mundo.

    Perguntas:

    1-COMO OS ANIMAIS ESPECÍFICOS DE CADA REGIÃO FORAM CHEGAR ATÉ LÁ?
    Como trouxeram essas e mais outras milhares de espécies animais exclusivas do Brasil? Por que nenhuma ficou pelo caminho, nem nenhuma ossada, nem memória nos povos que testemunharam sua passagem, ou que ficaram pelo caminho desde a Ásia até a América Central? Por que não há nenhum registro fóssil, histórico ou mesmo Bíblico de todas as milhões de espécies animais que pelo menos hoje, não mais existem no Velho Mundo? Como Noé as buscou nas diversas partes do mundo para levá-las para a Arca? Se existiam todas no Velho Mundo, como poderiam conviver com os animais de climas gelados e os de climas desérticos?

    Se todas as espécies animais de todo o mundo de hoje existiam juntas no Velho Mundo, e se não houve evolução, então elas eram exatamente como agora. Sendo assim o Velho Mundo teria uma enorme variabilidade de climas, com desertos, florestas tropicais, ambientes gelados, pântanos, cavernas, lagos e etc. Por que não há nenhuma evidência de que tais ambientes existiram? Por que a Bíblia não menciona absolutamente nada sobre eles?

    2-COMO AS MILHÕES DE ESPÉCIES VEGETAIS DE CADA REGIÃO DO MUNDO SOBREVIVERAM AO DILÚVIO? HAVIA NA ARCA DE NOÉ EXEMPLARES DE VEGETAIS DE TODAS AS PARTES DO PLANETA?

    3-COMO AS MILHÕES DE ESPÉCIES DE ARTRÓPODOS SOBREVIVERAM AO DILÚVIO? HAVIA NA ARCA UMA SEÇÃO COM MILHÕES DE COMPARTIMENTOS PARA “CASAIS” DE INSETOS, ARACNÍDEOS, CRUSTÁCEOS E SIMILARES?
    Como trouxeram Milhões de espécies de insetos e aracnídeos terrestres exclusivos da Amazônia? Sem os quais inclusive o ecossistema da floresta não se manteria? Quando os descendentes de Noé se alastraram pelo mundo, já encontraram florestas prontas? Se sim como elas sobreviveram ao Dilúvio? Já deveria haver animais principalmente artrópodes, vitais para a existência do ecossistema, então o Dilúvio não foi Universal. Se não existiam as florestas, por que os descendentes de Noé migrariam para desertos, e como implantaram os ecossistemas?

    E os fungos e bactérias que não poderiam sobreviver ao Dilúvio? Será que a Arca de Noé também possuía reservatório para “casais” de fungos, bactérias e vírus?

    4-COMO SOBREVIVERAM OS ANIMAIS AQUÁTICOS DE ÁGUA DOCE?
    Ou as águas do Dilúvio eram doces? Se sim como sobreviveram os de água salgada? Se era um meio termo, como se explica, sem evolução, que os animais sobreviveriam nesse meio termo?

    5-COMO SE DESENVOLVERAM AS DIVERSAS ETNIAS HUMANAS EM TÃO POUCO TEMPO?
    Na Teologia Bíblica, tanto os nativos das Américas quanto os Africanos e Asiáticos são descendentes do tronco de Can, ou Cão, o filho mais novo de Noé. Qual seria a aparência de Cão? Com certeza não deveria ser radicalmente diferente de seus irmãos e pais ou a Bíblia omitiria algo tão notável? Se dele descenderam Negros, Asiáticos e Ameríndios como é possível que estes tenham assumido características étnicas tão distintas em tão pouco tempo?

    Vejamos por exemplo o caso do negros. Se Cão era de pele clara, qual seria o motivo que levou seus descendentes africanos a ficarem com a pele escura?

    Se um casal de nórdicos passar toda a vida em fortes exposições solares com certeza por volta dos 30 anos terá a pele bem escurecida, mas mesmo após isso um descendente deles não nascerá com a pele perceptivelmente mais escura. A única explicação seria Mutação e Seleção Natural, porém em pouquíssimo tempo.

    Se houve gradativa transformação étnica, por que ela ocorreu? Seria para adaptar os Negros à grande incidência solar da África? Negros são mais resistentes a Câncer de Pele. Seria adaptação?

    Se foi esse o caso, transformações adaptativas em tão pouco tempo, usemos um raciocínio.

    De acordo com a cronologia bíblica essa diferenciação de etnias teve no máximo uns 3000 anos para ocorrer. O que é extremamente rápido em termos biológicos. Nessa proporção deveria ser notável alguma variação recente em etnias que se distanciam de seus locais de origem mesmo que não sofressem miscigenação.

    Porém há arianos habitando a África do Sul há cerca de 300 anos e não há nenhum indício de escurecimento de pele em seus descendentes não mestiços.

    Há negros habitando a América do Norte há quase 300 anos e não há nenhum indício de clareamento de pele em seus descendentes não mestiços.

    Distribuindo animais através do globo

    Se todos os animais terrestres que existem hoje estavam presentes na Arca de Noé, como foram para as ilhas isoladas?

    Por que os descendentes de Noé se dariam ao trabalho de transportar de navio, milhares de espécies que hoje só existem por exemplo nas Ilhas Galápagos? E como implementaram a fauna?

    E não são só ilhas. Mas há também um continente inteiro em questão, a Antártida. Que jamais possuiu qualquer ocupação humana até a Era Contemporânea. Como os pinguins, que não nadam grandes distâncias em águas quentes, foram até lá?

    E quanto a fauna do Ártico? Ursos polares, raposas e gaviões de clima frio. Existiriam há menos de 3.000 anos no berço da civilização? Sob que clima? Ou se adaptaram ao novo ambiente após chegar lá?

    E voltando ao pequenos animais.

    Haveria na Arca de Noé uma seção destinada aos insetos? Com milhões de reservatórios rigidamente discriminados abrigando todo o conteúdo necessário a sobrevivência das mais peculiares espécies algumas das quais microscópicas e indistinguíveis visualmente? Os passageiros da Arca teriam tão avançado conhecimento de Biologia a ponto de realizarem tão rigorosa seleção, manutenção e transporte para depois depositarem as espécies em locais específicos do planeta? Inclusive nas profundezas de cavernas recém descobertas onde não há qualquer indício de incursão anterior humana.? Por quê tão valioso conhecimento se perdeu?

    Se os insetos ao invés de terem sido volutariamente trazidos, tivessem apenas infestado a arca, imaginemos milhões de espécies artropóides, inclusive as que não sobreviveram até a atualidade, convivendo com os demais animais e 8 humanos, por 150 dias

    É POSSÍVEL RESPONDER A ESSAS PERGUNTAS?!?!?

    Acho que já é suficiente.

    Enfim, são questões triviais, que não exigem conhecimento científico apurado, basta pensar, e perguntar a qualquer Criacionista adepto do Dilúvio Universal, o que inclui a maioria esmagadora. Perguntas simples.

    É claro que tudo isso pode ser explicado sob justificativas não usuais, como milagres, mistérios divinos, talvez uma recriação divina em determinadas partes do mundo, ou mesmo algumas hipóteses mirabolantes, coincidências fabulosas! Tudo bem! Isso seria uma resposta. Porém, como diria Michel Ruse:

    MAS ISSO É CIÊNCIA?!?!

    E agora? O Criacionismo já era? Está aniquilado? Ou basta uma pequena concessão?

    Que tal simplesmente renegar a Universalidade do Dilúvio?

    Há indícios de que de fato ocorreu um dilúvio extenso na região do Velho Mundo, que poderia ser o descrito pela Bíblia. Bastaria essa simples concessão para que a Bíblia não só conservasse, mas até aumentasse seu valor histórico? Bastaria apenas admitir que o Dilúvio não foi Universal, como realmente fazem alguns criacionistas mais flexíveis?

    Infelizmente, não é tão simples assim. Renegar a Universalidade do Dilúvio poderia ser útil para melhorar um pouco a pretensão científica do Criacionismo. Mas Teologicamente, principalmente no âmbito da Ontologia e da Soteriologia, agora entrando num campo mais restrito, seria um completo desastre. A Teologia Bíblica simplesmente pode desabar por completo.

    Sem o Dilúvio Universal, poderíamos assumir que muitos seres humanos além da família de Noé teriam sobrevivido, o que incluiria descendentes do povo de Node, cuja origem a Bíblia deixa obscura, e de Caim. Teríamos então hoje em dia pessoas descendentes de outras linhagens que não as de Sem, Jafé e Canaã?

    E os Nefilins? Teriam sobrevivido? Se sim onde estariam? Isso resolveria o problema da diversas etnias e culturas diferentes espalhadas por todo o globo?

    Se tivéssemos hoje descendentes do povo de Node, que possivelmente jamais habitou o paraíso, e dos Nefilins, estariam eles submetido ao Pecado Original? Ou seriam fruto de algo muito pior? A queda dos Anjos por exemplo. Estariam esses seres incluídos no plano de salvação? Trariam eles o Pecado Original?

    Se admitíssemos que mesmo sem um Dilúvio Universal todos esse seres humanos ou semi-humanos não tivessem sobrevivido, ainda restam outras questões. O que extinguiu os dinossauros? O Dilúvio? Então por que os dinossauros aquáticos não sobreviveram? Por que tantos fósseis de espécies extintas? E quanto a proposição de que o fora o Dilúvio que mudara as condições climáticas do planeta? Condições que antes teriam permitido as pessoas viverem quase Mil anos. O que dizer então das evidências das Eras Glaciais?

    E ONDE ESTÃO AS PROVAS DO CRIACIONISMO?

    Os Criacionistas vivem exigindo provas do Evolucionismo. Um deles, o Creation Science Evangelism oferece U$ 250.000 para quem der uma prova científica a favor da evolução. Ou irá a falência ou não aceitará nenhuma das provas, os evolucionistas porém pelo menos mostram fósseis transicionais, orgãos vestigiais, a distribuição geográfica das espécies, a similaridade do DNA e etc.

    O que os Criacionistas mostram? Onde estão os vestígios da Arca de Noé? Onde estão os vestígios da Torre de Babel? Onde estão os fósseis dos Nefilins? Ou as ossadas dos milhões de seres humanos mortos no Dilúvio? Onde estão as evidências do fabuloso evento de Josué parando o Sol sobre Jericó? Onde está toda a água do Dilúvio?”

    Fonte: w w w . evo. bio. br /LAYOUT/QuestoesSimples. h t m l

  4. Para mim, eu amo essa novela e não tenho nada contra a sair um pouco da palavra, o importante é a essencia da mensagem, falar de quanto é grandioso o Deus que servimos, o seu poder não tem limites, para ele abrir o mar vermelho e fechar, é como para nós fecharmos ou abrirmos uma porta ou uma janela.
    Que a Record continue assim, investindo em coisas que nos acrescentam e não nos denigre como certas emissoras. Isso só está contribuindo para que aqueles que ainda não conhecem Jesus, tenham vontade de conhece-lo mais a fundo, lendo a sua palavra e caminhando para a sua casa. Quanto aos que duvidam, e levam como se fosse uma brincadeira, devemos orar pelos mesmos, devem ter muitos problemas em vários setores de sua vida e por isso, descarregam em ofender a nossa fé.
    Parabens Record.

DEIXE UMA RESPOSTA