Papa Francisco admite uso de contraceptivos para evitar que epidemia de zika gere mais danos

35

A epidemia do vírus zika e a possibilidade real de essa ser a causa do surto de microcefalia na América Latina levou o papa Francisco a admitir que em situações extremas, métodos contraceptivos, como o uso de preservativos ou pílulas anticoncepcionais, são aceitáveis.

A fala histórica do papa sobre o tema aconteceu em uma entrevista concedida por ele durante a viagem de volta a Roma após sua primeira visita ao México.

Questionado se a Igreja Católica admitiria o aborto em casos constatados de microcefalia, Francisco foi enfático: “O aborto não é o menor de dois males. É um crime. Matar uma pessoa para salvar a vida de outra é o que a máfia faz. É um mal absoluto. No caso de evitar a gravidez, não é um mal absoluto. […] No mal menor, estamos falando um conflito entre o quinto e o sexto mandamentos. O papa Paulo VI permitiu que freiras na África usassem contracepção [para se prevenirem] caso fossem estupradas. Mas não confundam o mal de evitar a gravidez com o aborto”, disse.

Paulo VI exerceu o pontificado entre 1963 e 1978, e sua permissão para que as freiras usassem anticoncepcionais para prevenir a gravidez em casos de estupro foi uma reação a uma “situação difícil”. De acordo com a agência Reuters, Francisco não deu maiores detalhes sobre esse precedente, mas é possível que o fato tenha acontecido no antigo Congo Belga, durante os anos 1960.


Por fim, o pontífice católico pediu às autoridades envolvidas no combate ao vírus e ao mosquito transmissor uma maior agilidade: “Eu também gostaria de exortar os médicos a fazerem tudo para encontrar vacinas contra os mosquitos que carregam esta doença. Temos que trabalhar nisso”, finalizou.

“O papa Francisco trabalha com a mentalidade de um padre dentro do confessionário. Se no momento é alternativa para as pessoas terem tranquilidade de espírito, então é perdoável que um casal não siga um princípio e use métodos anticoncepcionais artificiais. Jamais seria perdoável fazer o aborto”, contextualizou Francisco Borba, coordenador do núcleo Fé e Cultura da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

35 COMENTÁRIOS

  1. Não se trata de papa aceita ou não, camisinha e anticoncepcionais , tem que ser usados sempre.

    que conversa e essa, de lider de igreja querer se intrometer na vida alheia.

    cada uma sabe o que é melhor pra sim, não é papa, nem pastor ou qualquer comendo de angu , que pode se intrometer.

    tenho dito.

    • Zeze, o Papa é o único líder religioso que a humanidade ouve, obedece e segue. Pois, sua missão é um imperativo divino: ‘APASCENTA AS MINHAS OVELHAS’. É preciso citar o versículo?

      • Rui, eu não sigo papa, sigo a JESUS, quem deu a vida por mim na cruz do calvário foi JESUS, e não papa idolatra pertubado , quem seguir papa vai pro inferno de cabeça pra baixo.

        Idolatra não herdará o reino do céu, é o que esta escrito e que seu cumpra ……….

        • Rui, te digo mais, como que o papa vai apascentar, pastorear as ovelhas, se ele não apascenta nem ele mesmo? A Bíblia ensina o caminho do céu , o papa ensina o caminho do inferno, através da idolatria, da pafifaria, da podridão do pecado.

          Porque que o papa não prega o novo nascimento? Como JESUS pregou pra Nicodemos lá em João 03….

      • Rui,
        Tá bebendo que tipo de água, a que passarinho não bebe?

        A humanidade segue o papa, Então os budistas, os islâmicos, os judeus, os espíritas, os evangélicos, os tribais, são seguidores do Papa?

        Meu caro, se os católicos não seguem ele, bastando vê que usam camisinha, abortam…vc é cego, surdo e louco.

        Outra coisa, a lei brasileira permite o aborto quando confirmada a possibilidade de grave dano cerebral, como a ausência dele. A microcefalia é um distúrbio dessa natureza, sendo mais ou menos grave dependendo de cada caso.

        Papagaio é bicho pior que burro, este pelo menos não fala nada. Sabe-se mesmo que é burro, o papa, digo, o papagaio rui, por falar, conduz a gente à falsa ilusão que é sábio.

      • Leandro
        certamente vi que ele pede agilidade, mas não deveria colocar como plano b o combate ao mosquito e muito menos como plano a o controle da natalidade, deixando a pouca das coisas que fizeram certo ao londo destes anos, para coabitar com um erro.
        O certo acabar com o mosquito, não deixar a dilama se aproveitar desta desgraça ocupando todos os meios de comunicação , assim desviando do assunto principal, o assalto aos cofres público, as centenas de empresários que quebraram, os milhões de brasileiros desempregados,a saúde em um caos falta de remédio , sem médicos, ( os mafiosos ) sem leitos o ovo morrendo a mingua, sem segurança, nós somos os prisioneiros, e por ai a fora, sem falar nos impostos mais caros do planeta……ps deixa para la

  2. Jesus Cristo deu-lhe as chaves do céu – o que ele ligar na terra estará ligado no céu e o que desligar na terra será desligado no céu. Nunca leste tal passagem na bíblia sagrada? Ou a referiste ao teu pastor?

    • Rui,

      Ou Jesus não disse tal com esse sentido, ou a humanidade não está aceitando teus papas como eletricistas, o liga/desliga deles tá desenegisado.

      Tua igreja estabeleceu que haveria culto à Maria como se deusa fosse, quem além dos católicos cultuam Maria?

      Estabeleceu a infalibilidade papal, qual outra religião ou seguimento que tem ele como infalível?

      Estabeleceu que a salvação é encontrada no barco de pedro. Além dos católicos migrarem pro outros seguimentos, nenhum acha que somente vão se salvar os católicos.

      Tua igreja estabeleceu Pedro como primeiro papa, qual outra igreja entende assim? Ora,sequer concebem Pedro como papa, todas, só vocês romanos mesmo.

      Dogma, casamento só os da católica. Vcs. casam os orientais, os indígenas, os evangélicos, os espíritas, os de religião afro?

      Bom parar com essa empáfia, pois sequer são cristãos autênticos, mas sim os evangélicos, que nunca trouxe pra dentro de seus cultos as santidades/heresias/ritos de outros.

    • “Nunca leste tal passagem na bíblia sagrada? Ou a referiste ao teu pastor?”

      Isto Jesus disse a todos os seus discípulos, e não a Pedro apenas:

      “Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu” Mateus 18:18

    • Rui a chave,o cabeca da igreja, e Pedro ou Jesus?A pedra fundamental, angular sobre a qual todo edificio, leia-se vidas humanas,sao construidas nao cai.O fundamento e um homem, ou o Senhor.Falta-lhe conhecimento para ver como se traduz o versiculo dentro da lingua original que e o grego koine, e ai vc se torna papagaio da mentira.Nao conheces, e nem leu a biblia,sequer 2 vezes.

  3. O papa, assemelhança de todos os líderes religiosos, deveria invocar aos membros de suas igrejas um trabalho de mutirão, inclusive todos se associando numa tarefa.

    Será possível que nem num câncer essa nossa humanidade consegue ser solidária, unida, com o mesmo propósito?

    Aliás, deve partir do papa esse apelo, pois a América Latina, apesar do grande avanço dos evangélicos, ainda é católica em sua maioria.

  4. Igreja que se adapta a cada situacao,quando na verdade deveria influencia-la,que tem uma doutrina nova a cada dia,nao e igreja e seita.O problema do problema, nao e enxerga-lo como se deve,mas sim estabelecer conceitos humanos,para assuntos divinos, e depois relativizar quando nao puder sustenta-los.Eu nunca vi a igreja na epoca dos apostolos,sendo tao flex.Ser flex e uma doutrina bem humana,satanica e nada divina,ainda que satisfaca os interesses humanos do presente,e traga uma aparencia de tolerancia.E se Jesus mudasse seus pensamentos a cada situacao humana,a biblia ja teria caido por terra,ha muito, e nem faria diferenca em nossas vidas.

        • Qual o problema? Fingimento.

          Os padres não têm filhos, mas exigem que seus liderados, os católicos, tenham.

          Acham pouco o fingimento, buscam na bíblia a fundamentação de que se deve ter muitos e jamais evitar, apenas da forma natural.

          A igreja, sabendo que não o tema não deve ser tratado dessa forma, eis que proíbe os meios de evitar que não os naturais. Quando não conseguido evitar pelos meios naturais, os católicos abortam ou tentam abortar, aí vem toda a estrutura da igreja apontando e fazendo acusação contra o casal, a mãe, pois pecadores e pecadora. Enfim, o domínio, gerando a eterna submissão desse católico à igreja.

          • Mas não fica falando e nem impondo a outrem.

            Os evangélicos nesse tema, eis que já avançaram, sendo que muitos fazem uso de forma normal.

            É um assunto pessoal, da família, a igreja não tem nada com isso. E se for pecado, eis que é cometido não contra a igreja, pois não ficam a falar e comentar o que fazem. Aliás, os católicos fazem o mesmo, mas a igreja deles é que fica arrotando discurso moralista.

DEIXE UMA RESPOSTA