Papa Francisco minimiza sua popularidade: “Jesus também foi e terminou na cruz”

170

O papa Francisco comentou sua popularidade mundial, alavancada por suas posturas de compaixão e atenção aos menos favorecidos, e destacou que não se deixa levar pelos afagos da mídia, porque, a seu ver, sempre haverá momentos de críticas.

As afirmações, lúcidas, foram feitas à rádio Renascença, uma emissora de Portugal. “Muitas vezes, me pergunto como será a minha cruz, como é a minha cruz. As cruzes existem, não as vemos, mas existem. Também Jesus foi popular em um certo momento e terminou como terminou. Para ninguém está garantida a felicidade mundana”, afirmou Francisco.

O pontífice católico, em um momento de descontração, revelou que “nunca conheceu um português bravo”, fazendo referência a um padre do país que é seu amigo, e acrescentou que conhece pouco da nação: “Em Portugal, só estive uma vez no aeroporto, há anos, quando vinha para Roma, num avião da Varig que fazia escala em Lisboa, por isso, só conheço o aeroporto. Mas conheço muitos portugueses”.

Sem fugir aos assuntos mais sérios e urgentes, como a crise imigratória de refugiados que buscam abrigo na Europa, Francisco afirmou que a origem do problema é a idolatria ao deus dinheiro.


“É a ponta de um iceberg. Vemos estes refugiados, esta pobre gente que escapa da guerra, que escapa da fome, mas essa é a ponta do iceberg. Porque debaixo dele, está a causa. E a causa é um sistema socioeconómico mau e injusto, porque dentro de um sistema econômico (dentro do mundo, falando do problema ecológico, da sociedade socioeconômica, da política) o centro tem de ser sempre a pessoa. E o sistema económico dominante, hoje em dia, descentrou a pessoa, colocando no centro o deus dinheiro, que é o ídolo da moda. Ou seja, há estatísticas, não me recordo bem (isto não é exato e posso equivocar-me), mas 17% da população mundial detém 80% das riquezas”, afirmou.

Francisco também pediu aos cristãos que sejam misericordiosos e reconheçam quando cometem erros: “Precisamos aprender a não julgar os outros porque podemos ser hipócritas. Um risco que todos devem tomar cuidado”.


170 COMENTÁRIOS

    • Stardust,

      Agora critique a igreja dele por sustentar a tese dos dízimos.

      Só fala das evangélicas.

      Vou logo dizendo. Se falar alguma coisa dele, eu mando o seu e o nome de Emanuelle pra serem disciplinados, tipo uma pena de mil ave marias e mil pai nosso, mas a cada meia hora, durante uma novena.

  1. Lopes prepara porque agora os protestantes vão despejar todo o veneno destilado. Esse povo tem ódio e Obsessão pelo Papa. Dessa vez farão tantos comentários que será impossível ler todos.

    • Emanuelle,

      Viu aí? O papa disse que você para de julgar.

      Se não parar, vou escrever, mandar um email, telefonar, telegrafar, fazer sinais em forma de fumaça, tudo que for preciso pra que você, se não parar, seja julgada e condenada pelo seu pastor.Esse daí é santo, até que enfim um santo.

    • Os evanjegues piram., e sabe porque Emanuelle eles morrem e não terão um líder como o papa Francisco.,os líderes dos hereges são

      Valdosandiablo,malandrofaia., erre erre ., Macedo ku de burro., o barriga de bosta do duque ., o larapio do Manuel ferrado do mensalão., entres outros demônios ..simples assim

      • LOPES PINGUÇO
        Vou te dar unas dicas pra vc sair candidato a Prefeito ai da tua cidade.

        veja os projetos que vc vai passar pra população

        —————- SLOGAN DE PUBLICIDADE DA CAMPANHA DE LOPES PINGUÇO ….

        Para Prefeito vote LOPES CACHACEIRO……Nº 0000

        VEJA OS PROJETOS DE LOPES CACHACEIRO QUANDO ASSUMIR A PREFEITURA DA CIDADE.

        VAMOS LÁ..

        Primeiro projeto de Lopes pinguço.

        Se eleito for, Lopes pinguço vai distribuir 10 barril de pinga em cada bairro da Cidade..

        Segundo projeto de Lopes pinguço.
        Criar o dia dos cachaceiros tendo como exemplo ele próprio

        Terceiro projeto de Lopes pinguço.
        Criar o dia de caga nos santos de barro, nesse dia todos os evangélicos vão ser convidados a cagar em cima dos santos que não andam, não falam e não veem .

        Quarto projeto do Lopes pinguço.

        Criar o dia dos corno , esse projeto tem o apoio da própria mulher do Lopes pinguço.

        Quinto projeto do Lopes pinguço.
        Criar o dia de lambe fiofó dos padres pedófilos , nesse dia ele mesmo Lopes pinguço vai reunir os padrecos e vai lamber o fiofó fidido e sujo dos padreco..

        Esses são alguns projetos que LOPES PINGUÇO vai implantar no decorrer da sua administração como prefeito.

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        chorei largado

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        vote em LOPES pinguço ano que vem para prefeito.

    • Emanuelle pertubada.

      Não são os evangélicos que diz que a tua igreja é a grande meretriz prostituta, é a Bíblia que diz.
      contra fatos não há argumentos. esta escrito em Apocalipse.

      Igrejas evangélicas existem várias, mais meretriz católica só existe uma.

      Foi JESUS quem disse, sai dela povo meu para que não seja cúmplices dos seus pecados e flagelos.

      • A Mãe das Meretrizes e das Abominações
         

        Quanto mais profundamente entramos na história da Igreja Católica Romana e suas práticas correntes, mais impressionados ficamos com a interessante exatidão da visão recebida por João,  séculos antes que ela se tornasse uma lamentável realidade. A atenção de João é despertada para o título ousadamente colocado sobre a fronte da mulher: “Mistério, Babilônia a Grande, a Mãe das Meretrizes e Abominações sobre a Terra (Apocalipse 17:5). Infelizmente, porém,  a Igreja Católica Romana se adapta  à descrição “mãe das meretrizes e abominações” exatamente como também se adapta a outras. Isto se deve em grande parte à exigência anti-bíblica de que seus sacerdotes sejam celibatários. 

        O grande apóstolo Paulo era um celibatário e recomendou essa vida a outros que desejassem se devotar inteiramente ao serviço de Cristo. Ele, porém, não fez disso uma condição   para a liderança  como a Igreja  Católica tem feito, impondo, assim, um fardo desnaturado  sobre todo o clero, o qual muito poucos conseguem suportar. Pelo contrário, ele escreveu que o bispo deveria ser “marido de uma só mulher” (1Timóteo 3:2), fazendo as mesmas exigências para os oficiais.  (Tito 1:5-6). 

        Pedro, que os Católicos erroneamente afirmam ter sido o primeiro papa, era casado. Assim eram pelo menos alguns dos outros apóstolos. O fato não era o de terem eles se casado antes de Cristo os chamar, mas isso era aceito como uma norma corrente. O próprio Paulo dizia que ele tinha o direito de se casar como os outros: “E também o de fazer-nos acompanhar de uma mulher irmã, como fazem os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor (meio-irmãos, filhos de Maria e José), e Cefas (Pedro)? (1 Coríntios 9:5). 

        A Igreja Católica Romana, entretanto, tem insistido sobre o celibato, embora muitos papas, como Sérgio III (904-911), João X (914-928), João XII (955-963), Benedito V (964), Inocêncio VIII (1484-1492), Urbano VIII  (1623-1644),  e Inocêncio X (1644-1655), bem como milhões de cardeais, bispos, arcebispos, monges e padres através da história tenham violado estes votos. O como  torna prostitutas aquelas com quem coabitam secretamente.  Roma é em verdade “a mãe das meretrizes”! Sua identificação como tal é inconfundível. Nenhuma outra cidade, igreja ou instituição na história do mundo  com ela se rivaliza em praticar particularmente este mal. 

        A história está repleta de dizeres que zombam do falso clamor da Igreja sobre o celibato e revelou sua verdade: “o eremita mais santo tem sua prostitutaRoma tem mais prostitutas do que qualquer outra cidade porque tem a maioria dos celibatários”, são exemplos. Pio II declarou que Roma era “a única cidade cheia de bastardos” (filhos de papas e cardeais). O historiador católico e ex-jesuíta Peter da Rosa escreve: 

        Os papas tinham garotas com 15 anos de idade, eram culpados de incesto e perversões sexuais de toda sorte, tinham inumeráveis filhos, eram assassinados em atos de adultério (por maridos ciumentos que os encontravam na cama com suas esposas) … Daí a velha frase católica, por que ser mais santo do que o papa? 

        Em matéria de abominação, mesmo os historiadores católicos admitem que entre os papas estavam alguns dos mais degenerados monstros sem consciência da história. Seus inumeráveis crimes de violência, muitos dos quais estão além de qualquer crença, têm sido citados por muitos historiadores a partir de documentos reservados que revelam a profundidade da depravação papal, alguns dos quais a serem apresentados em capítulos futuros. Chamar qualquer desses homens de “Sua Santidade, Vigário de Cristo”, é zombar da santidade de Cristo. Ainda assim o nome de cada um desses incríveis papas perversos – assassinos de massas, fornicadores, ladrões, warmongers, alguns culpados do massacre de milhares – é decantado com louvores na lista oficial de papas da Igreja. Essas abominações que João previu não apenas ocorreram no passado, mas até em nossos dias, como veremos.

         

        Embriagada com o Sangue dos Mártires
         

        Em seguida João nota que a mulher está embriagada – e não com bebida alcoólica. Ela está embriagada com “o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus…” (apocalipse 17:6). O quadro é horrível. Não são apenas suas mãos  que estão tintas de sangue, mas está embriagada com ele. O assassinato de inocentes que por amor à consciência não concordariam com suas exigências totalitárias tanto a refrescaram e excitaram, que ela está em êxtase. 

        Logo pensamos nas Inquisições (Romana, Medieval e Espanhola) que durante séculos prenderam a Europa em suas garras terríveis. Em sua História da Inquisição, Canon Llorente, que foi o secretário da Inquisição em Madri de 1790 a 1792, e tinha acesso aos arquivos de todos os tribunais, calculou que somente na Espanha o número de condenados excedeu a 3 milhões, com cerca de 300.000 queimados na estaca. Um historiador católico comenta sobre os acontecimentos que conduziram à supressão da Inquisição Espanhola em 1809: 

        Quando Napoleão conquistou a Espanha em 1808, um oficial polonês do seu exército, Coronel Lemanouski, registrou que os Dominicanos (a cargo da Inquisição)  se trancaram em seu mosteiro em Madri. Quando as tropas de  Lemanouski forçaram a entrada, os inquisidores negaram a existência de quaisquer câmaras de tortura. 

        Os soldados   revistaram o mosteiro e as descobriram sob os pisos. As câmaras estavam cheias de prisioneiros, todos nus, muitos loucos. As tropas francesas, acostumadas à crueldade e sangue, não conseguiram segurar seus estômagos diante da visão. Esvaziaram as câmaras de tortura, jogaram pólvora sobre o mosteiro e o explodiram. 

        Para conseguir as confissões dessas pobres criaturas, a Igreja Católica Romana usava torturas engenhosas, tão cruciantes e bárbaras, que ficaríamos doentes com a sua descrição. O historiador da Igreja, Bispo William Shaw Kerr, escreve: 

        A abominação mais hedionda de todas era o sistema de tortura. A narração de suas operações a sangue frio faz-nos estremecer  diante da capacidade de seres humanos em matéria de crueldade. E eram decretadas e reguladas pelos papas que afirmavam representar Cristo na terra… 

        Cuidadosas anotações foram feitas não apenas de tudo que era confessado pelas vítimas, mas de seus protestos, gritos, lamentações, interjeições quebradas e apelos por misericórdia. A coisa mais comovente na literatura da Inquisição não é a narração de seus sofrimentos, deixada pelas vítimas, mas os frios memoranda guardados pelos oficiais dos tribunais. Ficamos chocados e estarrecidos, exatamente porque não havia a mínima intenção de chocar-nos. 

        Os remanescentes de algumas das câmaras de horror permanecem na Europa e podem ser visitados hoje. Elas permanecem como memorial  para os zelosos seguidores dos dogmas católicos romanos, os quais permanecem com força total ainda hoje e para uma Igreja que afirma ser infalível e até os dias atuais justifica tais barbaridades. São também memoriais da espantosa exatidão da visão de João em Apocalipse 17. Em um livro publicado na Espanha em 1909, Emelio Martinez escreve: 

         A esses 3 milhões de vítimas (documentados por Llorente), deveriam ser acrescentados milhares e milhares de Judeus e Mouros deportados de suas terras natais… Em apenas um ano, 1481,  e apenas em Sevilha, o Santo ofício (da Inquisição) queimou 2.000 pessoas . Os ossos e retratos  de outros 2.000 … E outros 16.000 foram condenados a variadas sentenças. 

        Peter de Rosa reconhece que sua própria Igreja Católica “foi responsável por perseguir judeus, pela Inquisição, pelos extermínio dos hereges aos milhares, pela re-introdução da tortura na Europa como parte do processo judicial”. Mesmo assim a Igreja Católica Romana jamais admitiu oficialmente que tais práticas fossem más, nem se desculpou com o mundo nem com qualquer das vítimas ou seus descendentes. Nem podia o Papa João Paulo II se desculpar hoje, porque “as doutrinas responsáveis por essas coisas terríveis ainda estão em vigor”. Roma não mudou interiormente em nada, sejam quais forem as palavras melífluas que ela diga, quando servem aos seus propósitos.

         

        Mais Sangue do que os Pagãos
         

        A Roma pagã praticava os esportes de atirar aos leões, queimar ou de outra maneira matar milhares de cristãos e não poucos judeus.  Ainda assim a Roma “cristã” exterminou muitas vezes esse número, tanto de cristãos como de judeus. Além das vítimas da Inquisição, houve os Huguenotes, Albigenses, Valdenses e outros cristãos que foram massacrados, torturados e queimados na estaca às centenas de  milhares, simplesmente porque se recusaram a se alinhar com a Igreja Católica Romana  e sua corrupção e aos  seus dogmas e práticas heréticos. Por questão de consciência eles tentaram seguir os ensinamentos de Cristo independentes de Roma e por esse crime foram amaldiçoados, caçados, aprisionados, torturados e assassinados. 

        Por que iria Roma se desculpar ou mesmo admitir esse holocausto? Ninguém exige que ela preste contas hoje. Os Protestantes já esqueceram as centenas de milhares de pessoas queimadas na estaca por abraçar o simples evangelho de Cristo e recusarem se dobrar diante da autoridade papal. Incrivelmente, os Protestantes agora estão abraçando Roma como cristã, enquanto ela insiste em que os “irmãos separados” se reconciliem com ela aceitando os seus termos imutáveis. 

        Muitos líderes evangélicos pretendem trabalhar com os Católicos Romanos para evangelizar o mundo até o Ano 2.000. Eles não querem saber de nenhuma recordação “negativa”  dos milhões de pessoas torturadas e assassinadas pela Igreja à qual eles agora prestam honra, ou ao fato de que Roma prega um falso evangelho de sacramentos e obras. 

        A Roma “cristã” exterminou judeus aos milhares  – muito mais do que a Roma pagã jamais o fez. A Terra de Israel foi considerada  como propriedade da  Igreja Católica Romana, não dos judeus. Em 1096, o Papa Urbano II promoveu a primeira cruzada  para retomar Jerusalém dos Muçulmanos. Com a cruz em seus escudos e armas defensivas, os cruzados massacraram os judeus por toda a Europa em seu caminho até a Terra Santa. Praticamente,  o seu primeiro ato ao retomar Jerusalém  “para a Santa Madre” foi apinhar todos os judeus numa sinagoga e os incendiar. Esses fatos históricos não podem ser varridos para debaixo do tapete do ajuntamento ecumênico, como se jamais tivessem acontecido. 

        Nem pode o Vaticano fugir da grande responsabilidade pelo Holocausto Nazista, o qual era inteiramente conhecido por Pio XII, apesar do seu silêncio completo durante toda a guerra sobre um dos assuntos mais importantes. (22) O envolvimento do Catolicismo no Holocausto  será examinado mais tarde. Se o papa tivesse protestado, como os representantes das organizações judaicas  e as Forças Aliadas lhe pediram que o fizesse, ele teria condenado sua própria Igreja . Os fatos são inescapáveis: 

        Em 1936 o Bispo Berning havia falado com o Fuehrer por quase uma hora. Hitler assegurou ao seu senhorio que não havia diferença fundamental entre o Nacional Socialismo e  a Igreja Católica. Não tinha a Igreja que o interrogava considerado os judeus como parasitas e os trancado em guetos?

        “Estou apenas fazendo”, ele se gabou, “o que a Igreja tem feito por quinze séculos, somente com mais eficiência”. Sendo ele próprio católico , disse a Berning que “admirava e pretendia promover o Cristianismo”. 

        Existe, certamente, outra razão pela qual a Igreja Católica Romana não tem se desculpado nem se arrependido  destes crimes. Como poderia? A execução dos hereges (inclusive dos judeus) foi decretada pelos papas “infalíveis”. A própria Igreja Católica afirma ser infalível, portanto suas doutrinas não poderiam estar erradas. 

         

        Reinando Sobre os Reis da Terra
         

        Finalmente, o anjo revela a João que a mulher “é a grande cidade que domina sobre os reis da terra” Apocalipse 17:18. Sim, e novamente apenas uma: a Cidade do Vaticano. Os papas coroaram e depuseram reis e imperadores, exigindo obediência, amedrontando-os com excomunhão. No tempo do Primeiro Concílio Vaticano,  em 1869, J. H. Ignaz von Dollinger, professor de História da Igreja em Munique preveniu que o Papa Pio IX forçaria o Concílio a fazer um dogma infalível fora  “daquela teoria favorita dos papas – que eles podiam forçar reis e magistrados  com excomunhão e suas conseqüências, para prosseguir com suas sentenças de confisco, prisão e morte…”. Ele relembrou seus companheiros católicos romanos de algumas das más conseqüências da autoridade política papal: 

        Quando, por exemplo, (o Papa) Martinho IV colocou o Rei Pedro de Aragão sob excomunhão e interdição… Prometendo em seguida indulgências de todos os pecados  àqueles que o guerreassem e o (tirano) Carlos (I de Nápoles) foi  contra Pedro, e finalmente declarou seu reinado falso… o que custou aos dois reis da França e Aragão suas vidas e ao francês a perda de seu exército…” 

        O Papa Clemente IV, em 1265, depois de vender milhões de italianos do Sul a Carlos de Anjou, em troca de um tributo anual de oitocentas onças de ouro, declarou que ele seria excomungado se o primeiro pagamento  fosse efetuado além do termo declarado e que na segunda negligência a nação inteira incorreria em interdição… 

        Embora João Paulo II  não tenha mais o poder de fazer tais exigências brutais atualmente, sua Igreja ainda retém os dogmas que o autorizam a fazer isso. E os efeitos práticos de seu poder não são menores do que os dos seus predecessores, embora exercitados bem por  trás da cena.. O Vaticano é a única cidade que troca embaixadores com as nações e ele o faz com os países mais importantes da terra. Os embaixadores vêm ao Vaticano de todos os países importantes, inclusive dos Estados Unidos,  não por mera cortesia, mas porque o papa é hoje o governante mais importante da terra. Até mesmo o Presidente Clinton viajou até Denver em Agosto de 1993 para saudar o papa. Ele se dirigiu a ele como o “Santo Padre” e “Sua  Santidade”. 

        Sim, embaixadores de nações vieram a Washington  D.C., a Paris ou a Londres, mas só porque o governo nacional tem sua capital lá. Nem Washington, Paris, Londres ou qualquer outra cidade enviaram embaixadores a outros países. Só a Cidade do Vaticano  faz isso.  Ao contrário de qualquer outra cidade na terra o Vaticano é reconhecido como estado soberano com seus próprios direitos, separado e distinto da nação da Itália que o rodeia. Não existe outra cidade na história em que isso tenha acontecido e esse ainda é o caso hoje.

        Só do Vaticano se  poderia dizer que é a cidade que reina sobre os reis da terra. A frase “a influência mundial de Washington” não significa a influência de uma cidade, mas dos Estados Unidos, cuja capital lá se encontra. Quando, porém, se fala da influência do Vaticano ao redor do mundo, é exatamente o que isso significa – a cidade e o poder mundial do Catolicismo Romano e do seu líder, o papa. O Vaticano é absolutamente único. 

          

         

        Esqueça e Reconstrua Babilônia
         

                    Alguns sugerem que o Vaticano se mudará para a Babilônia, no Iraque, quando ela for reconstruída. Mas por que o faria? O Vaticano tem preenchido a visão de João de sua localização em Roma durante os últimos quinze séculos.  Além do mais, já mostramos a conexão com  a antiga Babilônia, a qual o Vaticano tem mantido através de toda a história no Cristianismo paganizado que ela tem promulgado. Quanto à antiga Babilônia, ela nem existia durante os últimos 2.300 anos  “para reinar sobre os reis da terra’. A Babilônia estava em ruínas, enquanto a Roma pagã e depois a Roma católica, a nova Babilônia, estava realmente reinando sobre os reis da terra. 

        Um historiador do século dezoito contou 95 papas que afirmavam ter o poder divino para depor reis e imperadores. O historiador Walter James escreveu que o Papa Inocêncio III (1185-1216)  “tinha toda a Europa em sua rede” (25). Gregório IX (1227-1241) trovejava que o papa era o senhor e mestre de todos e de tudo.  O historiador R. W. Southern declarou: Durante todo o período medieval havia em Roma uma única autoridade temporal e espiritual (o papado), exercitando poderes que no fim excederam os que jamais haviam existido sob as garras do imperador romano. 

        Que os papas reinaram sobre os reis é um incontestável fato histórico, o qual documentaremos inteiramente, mais tarde. Por causa disso, tão horríveis abominações foram cometidas, conforme João previu, é indiscutível. O Papa Nicolau I (858-867) declarou: “Só nós(os papas) temos o poder de prender e soltar, de absolver Nero e condená-lo, e os Cristãos não podem, sob pena de excomunhão, executar outro julgamento senão o nosso, o qual é infalível”. Ao mandar que um rei destrua um outro, Nicolau escreveu: 

        Nós o ordenamos, em nome da religião, a invadir seus estados, queimar suas cidades, e massacrar seu povo… 

        A informação qualificativa que João nos dá sob inspiração do Espírito Santo, para identificar a mulher, que é uma cidade,  é específica, conclusiva e irrefutável. Não existe cidade sobre a terra, no passado ou no presente, que preencha todos esses critérios, exceto a Roma católica e agora a Cidade do Vaticano. Esta inescapável conclusão se tornará cada vez mais clara, à medida em que procedermos à revelação dos fatos. 

        Capítulo 6 do livro 

        “A Woman Rides the Beast” (A Mulher Montada na Besta) 

        de Dave Hunt – Traduzido por Mary Schultze

  2. Todos me conhecem a um bom tempo aqui, sou fiel a sagrada tradição católica apostólica romana e esse glamour em torno de Francisco não agrada nem um pouco a base da Igreja, estejam todos cientes.

    Espero que seja só uma fase.

    Aos Católicos, rezemos por Francisco.

    • Mauro,

      Vocês não gostam não é da relevância do nome dele no meio da imprensa e povo, sim do poder dele.

      Se ele pactuasse de tuas ideias, ao certo você estaria jubilante com popularidade dele, pois servo de vocês. Sucede que ele não serve aos desmandos católicos, não comunga com tudo que a igreja fez de mal.

      Vocês tramam nos bastidores pro morte dele, a renúncia, repetindo-se, pois, o mesmo fato que se deu com bento 16, portanto, as duas testemunhas prevista em 11 de apocalipse, disso gerando tanto temor que ninguém mais haverá de querer o cargo, que ficará sob a jurisdição de 24 cardeais.

      É só esperar.

      • Levi, o seus devaneios são cômicos! O poder de um papa é relativo mesmo que ele abuse do Motu Proprio.

        O Papa é um esplêndido comunicador. Ele pisca para os seus dois eleitorados divergentes, como um político que deseja ganhar votos nas cidades liberais com uma mensagem e no interior conservador com outra. Faz com que ambos os lados se sintam seguidores de um Francisco que ainda estamos conhecendo.

        • Mauro,

          Não é o que ocorreu.

          Do contrário, cada papa que passou, bom ou ruim, deixou sua marca. Se assim não fosse, os dogmas seriam revogados. Por exemplo, o dogma da infalibilidade, este foi votado quando os cardeais estavam no almoço, e em tendo retornado, foram surpreendidos. Mas mesmo assim, desde 1870 que vive, não passa não, não muda.

  3. Também Jesus foi popular em um certo momento e terminou como terminou. Palavras do Francisco de Roma.

    Avisem ao “papa” que Jesus não terminou na cruz ele começou a obra de engenharia socai mais perfeita que nunca será replicada pleo homem.

    Jesus Cristo vive.

    Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. João 20:17

    Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim. João 15:26

    Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Colossenses 3:1

    Com esta ultima passagem já podemos ver que este homem que e idolatrado como algo não sendo nada não conhece o Senhor da igreja.

    Palavras mortas e de falsa humildade.

    Agora que venham os idolatras e os bajuladores tanto os ignorante quantos os não tão ignorantes,isto não importa a verdade nunca será mudada, ainda mais pelo pó.

      • Janete,

        Ele falou e com todas as letras dos padres que vivem encastelados, de carros zero e de consideráveis valor monetário.

        Ele não é igual a você que fala da casa do vizinho quando a dele é terra arrasada.

        Do contrário, pediu perdão aos evangélicos pelo que a igreja dele fez contra eles.

      • E por que você acha que este comentário tem á haver com o que eu postei?

        E sim o dinheiro se tornou um ídolo nas igrejas comerciais assim como os “cantores” do circo gospel e os merce narios que se escondem atrás dos títulos, ídolos vivos.

        Idolatria é idolatria não importa a denominação,religião,etc.

        A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. Tiago 1:27

        Não terás outros deuses diante de mim. Êxodo 20:3

        Não terás outros deuses diante de mim; Deuteronômio 5:7

        Não seguireis outros deuses, os deuses dos povos que houver ao redor de vós; Deuteronômio 6:14

        Não fareis outros deuses comigo; deuses de prata ou deuses de ouro não fareis para vós. Êxodo 20:23

        Porque, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores),
        Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.
        Mas nem em todos há conhecimento; porque alguns até agora comem, com consciência do ídolo, coisas sacrificadas ao ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, fica contaminada.
        1 Coríntios 8:5-7

        E para completar ainda existe a dependecia em homens vejamos oque Deus pensa a respeito disso:

        Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor! Jeremias 17:5

        É melhor confiar no Senhor do que confiar no homem. Salmos 118:8

        Deixai-vos do homem cujo fôlego está nas suas narinas; pois em que se deve ele estimar? Isaías 2:22

        É melhor confiar no Senhor do que confiar nos príncipes. Salmos 118:9

        • É você falou tudo agora,

          Os católicos vivem endeusando padre marcelo, fábio, reginaldo, zezinho, joão maria, esses cantores gospeis. Endeusam o papa, Endeusam o bispo, o arcebispo, os padres, endeusam as imagens, endeusam tudo, tudo que aparecer na frente deles, eles endeusam. Mas coitados foram treinados pra se ajoelhar, pra beijar mão de padres, pra repetir as coisas como se fosse milicias, treinados para andar com os símbolos católicos no pescoço e nas mãos((crucifixos…)

          • E os evangélicos vivem endeusando o ódio a igreja católica. Tanto que muito, mas muito deles não sabem viver o amor. É só briga, fofoca, julgamento, hipocrisia, soberba, arrogância, inveja, insultos. Coitados! Se vivessem na época de Cristo, não tenho dúvida nenhuma que eles teriam crucificado Jesus antes dos fariseus e doutores da lei.

          • Alias toda crueldade, falta de amor, pecado praticado pelos filhos da igreja no passado só pode ter sido praticados pelos antepassados dessa gente cruel. E hoje, muitos descendentes dos santos católicos ficam ouvindo os netos dos seus algozes criticarem!!!

          • Ando com crucifixo para lembrar do amor extremo que Jesus tem por mim e por você, aliás muitos pastores de igrejas sérias usam. Que confuso o seu protestantismo! Uso também para não ser confundida como seguidora de seitas protestantes, porque quando pensam que sou protestante logo solto os cachorros. Prefiro que me xinguem a me chamar de seguidora de Lutero.

          • Eu sou católico, desculpe, é muito mais ofensivo aos ouvidos de quem tem um mínimo de senso de justiça do que ouvir sou universal, sou assembleiano, sou presbeterino;

            Essas igrejas não possuem em rastro tão feia história, tão humilhantes capitulos homicidas,.

            Cristo não usava cruz, não usava penduricalhos, pois homem tão simples como os demais.

            Vocês fazem uso desses adornos, depois acham ruim quando encontram satanistas apelando pelos mesmos direitos de uso das imagens do capeta deles.

            Cristo deve estar no coração e nos atos, não fora dele em forma de negocinhos, hemhemhem.

            E uma religião de aparências, não de vida verdadeira e de santidade.

          • Fábio,

            Quem faz isso, é a tua igreja mesmo.

            Chama os outros credos cristãos de seita, se diz a única de Cristo.

            Espere aí, meu caro, sua igreja sempre quis se sobressair às custas do desmerecimento, do achincolhar das outras. Quem com o ferro fere, com ele será ferido. Quem espalha vento, colhe tempestade.

          • Mas realmente é a única criada por Cristo. Não existe dúvida nisso! Somente os que querem destruir a única igreja criada por Jesus Cristo (Católica) tentam inventar estórias desmentindo fatos que a História não nega.

            “Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”

          • Pedro foi católico?

            Então devia ter muita vergonha, nunca escreveu que o fosse, muito menos disseram isso dele.

            Vc funciona direito no tocante a massa cinzenta?

          • Esse termo deram a lutero assim como deram aos cristão e não quer dizer que seja tua igreja idolatra romana né cara pálida.
            É tão fácil refutar vocês que dar até dó.

          • Ora, Lutero não era bêbado?

            Tá colocando num mesmo patamar o padre beberrão, Pedro e Cristo?

            Cristo não disse que era católico, ninguém antes de terceiro século também o disse.

            Todos irresponsáveis?

          • Já imaginou Cristo dizendo eu sou católico apostólico ROMANO?

            Espere aí, ROMANO?

            Vou perguntar de novo, ROMANO?

            Cristo, o ROMANO?

            Agora é pra rir mesmo.

          • A igreja edificada no primeiro século que espalhou o Cristianismo por todo o planeta
            não foi a CCB!!!!,
            não foi a IURD!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

            Cristo disse: “Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei A minha Igreja”

            Foi a igreja Católica, a igreja que conduziu sozinha toda a evangelização cristã por 1500 anos. Graças a ela, o cristianismo chegou aos teus antepassados. É sem dúvida nenhuma, a igreja edificada por Cristo. Mesmo porque, todos se consideravam católicos até 1519 quando os homens começarem a criar AS igrejas protestantes.

            A todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados santos: Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
            (Paulo dizendo aos ROMANOS 1:7)

            Aos ROMANOS, Levi!

          • Quando se prossegue na leitura de Atos, vê-se a perseguição brutal que os primeiros cristãos sofreram, em todos os lugares. Sabe-se que durante os três primeiros séculos, os cristãos foram ridicularizados, feridos, maltratados, perseguidos, despojados, exilados, aprisionados, acorrentados, torturados, arrastados pelas ruas, crucificados, queimados vivos, jogados aos leões.

            Por causa da fé, os primeiros cristãos enfrentaram tudo isso, até que no ano 313 Constantino resolveu oficializar o cristianismo. Os judeus, que se opunham aos cristãos, bem como outras religiões, foram obrigados por decreto a se tornarem cristãos. Obviamente, isto é um erro, pois a Palavra diz: “não por força e nem por violência, mas pelo meu Espírito” (Zacarias 4:6).

            No entanto, Constantino também aboliu todos os deuses do mundo antigo e seus templos foram transferidos para a administração da agora poderosa “igreja”, com patrocínio estatal. Começava aí a tão falada prostituição religiosa, a promiscuidade político/religiosa, o ressurgimento da antiga prática babilônica de misturar religião e estado, que a igreja católica nunca abandonou. Constantino imaginava estar fazendo um grande serviço para Deus, mas na verdade criou um monstro que nunca mais pode ser contido, e avacalhou muito o projeto de Deus para a Humanidade. Especula-se muito sobre suas razões, porém uma coisa é certa: sua conversão duvidosa le proporcionu aproveitar-se politicamente da situação. Até mesmo em concílios religiosos ele dava seu pitaco. 

            Em suma, Constantino fez todos se “converterem” por decreto, e chamou a essa agora enorme comunidade de “universal”, em grego katholikós – geral, universal, latinizado para catholicus. Esse era o projeto do imperador, uma religião global – algo que o futuro inimigo de Cristo também tentará fazer em breve. O poder dessa igreja foi dado aos sacerdotes mais próximos da corte, que logo buscaram ser os chefes de todos os outros.  Passando a denominar-se “o pai de todos” (em latim: “papa”), criaram uma espécie de “genealogia” que regredia trezentos anos. 

            Ou seja, para legitimar que estava assumindo a cadeira (“cathedra”, de onde derivou mais tarde a palavra “catedral”) não apenas por decreto imperial, os “papas” afirmaram ser os chefes da igreja porque eram “sucessores legítimos de Pedro”.  Segundo essa teoria, Pedro teria sido o primeiro “papa”. Esta pretensão choca-se frontalmente com as palavras de Jesus em Mateus 23:9: “E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus”.

            Até hoje essa informação (a árvore genealógica ou “linha sucessória”) tem chegado ao mundo como se fosse não apenas a partir do ano 313, mas desde o primeiro século. Isso não é verdade. Atos 11:26 mostra que antes de 313 não havia igreja católica e, sim, Igreja Cristã. As pessoas que acreditavam em Cristo não eram católicas, mas cristãs! Se você ler todo o livro de Atos dos Apóstolos, que abarca o primeiro século, verá que em nenhum momento a igreja foi chamada de católica. Tudo isto está não só nos livros de religião, mas nos livros de História. A história do mundo nos explica como surgiu a igreja católica apostólica romana. Além do mais, o apóstolo Pedro foi um líder conhecido pelos cristãos primitivos, mas nunca foi de fato “papa”

          • CARTA DE INÁCIO DE ANTIOQUIA – Aqui, Inácio de Antioquia, bispo e mártir, em sua epístola à Igreja de Smirna ele se refere à Igreja de Cristo chamando-a de IGREJA CATÓLICA:

            “Considerai legítima a EUCARISTIA [missa] realizada pelo bispo ou por alguém que foi encarregado por ele. Onde aparece o bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que onde está Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA” (Inácio de Antioquia, bispo cristão martirizado por volta de 107 d.C. por sua fidelidade a Cristo – Carta aos Esmirniotas cap. 8).

          • O SÍMBOLO DOS APÓSTOLOS – É o “Credo”, composto pelos apóstolos, recitado pelos católicos em diversas circunstâncias. Dele temos vários e antigos registros, inclusive, encontramo-lo escrito no original de uma carta (c. 225) do bispo Marcelo de Ancyra , e figura também nos escritos de Justino, o mártir (150 d.C): Nele dizemos textualmente:

            “Cremos na SANTA IGREJA CATÓLICA… na vida eterna. Amém”

          • CÂNON DE MORATORI – Escrito por volta de 150 d.C. este documento se refere à igreja primitiva com o nome de IGREJA CATÓLICA:

            “Deve-se, entretanto, reconhecer uma só Igreja, disseminada por toda a terra. João também, no Apocalipse, embora escreva só para as sete Igrejas, fala para todas. As cartas a Filemon, Tito e as duas a Timóteo, se bem que tenham sido redigidas por amor (a essas pessoas), não o foram menos para a honra da IGREJA CATÓLICA e para organização da disciplina eclesiástica. Há em circulação também uma epístola aos Laodicenses e uma aos Alexandrinos, escritas sob o nome de Paulo em favor da heresia de Marcião, e certo número de outras, que não podem ser aceitas na IGREJA CATÓLICA, porque não convém misturar o fel e o mel”.(Cânon de Muratori escrito por volta de 150 dC).

          • Ué!!!! Pra onde é que foi a IGREJA PRIMITIVA? Virou sorvete?
            E se ela virou sorvete é de se supor que as portas do inferno PREVALECERAM contra a Igreja de Cristo (São Mateus 16,18) a qual “não tinha nome” e passou a chamar-se “IGREJA CATÓLICA”.E Cristo, como é que fica nesta história? UM FALSO PROFETA que profetisa algo que não se concretiza?

            Pelo que historicamente sabemos, antes de Constantino somente havia a Igreja primitiva e algumas seitas heréticas com pouquíssima ou nenhuma importância. O arianismo ainda não tinha surgido e o gnosticismo desaparecera no século III.

            Portanto, se Constantino tivesse interesse em valer-se do cristianismo somente poderia ter escolhido a Igreja primitiva e nenhuma outra seita com pouca ou nenhuma importância para que pudesse ser-lhe de algum proveito.

          • Virou sorvete quando a igreja de Roma começou a perseguir as demais. Tiveram que se esconder.

            Sim as portas do inferno bem que tentaram prevalecer contra. Mas ficaram firmes e calados enquanto o povo de Roma, as portas, apenas se fazia de única e mandona.

            Cristo é um falso profeta em não dizer o nome da tua igreja, ROMANA; De outra banda, é verdadeiro, pois tua igreja nunca venceu os verdadeiros cristãos, os que seguiam o evangelho, portanto os evangélicos.

            Se valeu constantino de parte dos evangélicos da igreja primitiva, tendo se separado e formado essa igreja que mais usou a espada do que a Cruz.

            Ainda tem dúvidas?

          • não sei o rapaz ai… mas eu tenho…

            gostaria de uma fonte histórica que fundamentasse essa tese esdrúxula que vc postou, mostrando uma única seita cristã que tenha seguido os ensinos apostólicos… os Cátaros não podem ser indicados, como vc tentou fazer em outra postagem, afinal, sua existencia data de depois do ano 1000, além de que, eles tinham doutrinas estranhas ao que a biblia mostra ser a dos apóstolos, como, a matéria ter sido criada pelo “deus do mal”, para aprisionar nela o espírito do “Deus bom”, sendo então, todo o universo material maligno, e o Criador do Mundo (o deus que vcs adoram) seria o Deus do Mal. Em consequentemente, condenavam a maternidade, pois a mãe estaria produzindo mais matéria, alagando então que toda mulher grávida estaria p possessa.

            no aguardo!!!

          • opa.. já ia me esquecendo…

            como eu sempre te cobra as fontes históricas das informações fraudulentas que vc posta, eu estaria sendo HIPÓCRITA se te passasse tanta informação sem indicar a fonte histórica…

            então…

            anota ai:

            livro de Arno Borst “Les Cathares”,
            obras de Michel de Roquebert: Histoire des Cathares, e “L’ Epopée cathare”em vários volumes assim como as de René Nelly,

            (Estes dois últimos autores são pró cátaros).

            NO AGUARDO LEVY!!

          • Nostafora,

            Desnorteado, veja que eu escrevi o Ele, referência usual e especial a Deus e a Cristo. Se fosse a João, teria sido apenas o ele.

            Mobral, mobral, mobral. Procure lê no Youtube, vai vê o que é direitinho. Procure logo. Viu o exemplo da anciã de 83 na América Central? Vá, aprender não tem tempo ruim, não.

          • Levy.. não costumo aceitar videos do youtube como fontes histórica.. kkkk

            até porque, vc não vai encontrar nenhuma pessoa séria que aceite…

            mas vamos lá… para não te deixar totalmente desnorteado aqui e fazer com que vc passe mais vergonha ainda, então vou pedir que vc me indique então um video que ateste essa pataquada que vc falou..

            mas veja…

            para que um video postado no youtube possa ser aceito como fonte de informação, ele próprio deve fazer a referência histórica que comprove o que ele está dizendo…

            no aguardo!!!

        • O SÍMBOLO DOS APÓSTOLOS – É o “Credo”, composto pelos apóstolos, recitado pelos católicos em diversas circunstâncias. Dele temos vários e antigos registros, inclusive, encontramo-lo escrito no original de uma carta (c. 225) do bispo Marcelo de Ancyra , e figura também nos escritos de Justino, o mártir (150 d.C): Nele dizemos textualmente:

          “Cremos na SANTA IGREJA CATÓLICA… na vida eterna. Amém”

          • 15 RAZÕES PORQUE DEIXEI DE SER CATÓLICO ROMANOConfissões de um Ex-padre

            “E ouvi outra voz do céu que, que dizia sai dela povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas. Apocalipse 18:4”.

            Ex Padre Josias de Souza Lima

            15 razoes porque deixei de ser católico romano:

            1- Porque Jesus disse “Examinai as Escrituras porque cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de Mim testificam” (João 5:39).
            Se é pelo intermédio das Escrituras e mediante os ensinos de Jesus que “uma vez aceitando-O alcançamos a salvação” exclui-se, portanto que seja pela igreja católica.

            2 Não sou católico romano porque sendo a religião cristã fundada por Cristo, foi durante 200 anos divulgada sem modificações nem acréscimos, mas dali pra cá surgiram novas doutrinas,
            falsificações, e toda a sorte de cerimônias estranhas ao Novo Testamento, que foram discutidas em concílios e aprovadas por homens, daí nascendo a Igreja Católica Romana.
            “Mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviam mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente”(Romanos 1:25).

            3- Não sou Católico Romano, porque atendendo ao pedido de Jesus no que Ele diz examinai as Escrituras, isso tenho feito e nunca encontrei nos livros sagrados do Novo Testamento o “Ofício da
            Missa”.
            A razão porque não encontrei, é que foi composto pelo Papa Gregório I uns 600 anos depois de Cristo.

            4 Não sou Católico Romano, porque não encontrei uma passagem no novo testamento que mostre algum dos apóstolos diante do altar incensando imagens. 
            A razão porque não encontrei, é que o culto das imagens foi decretado pelo 2.º Concilio de Nicéia 787 depois de Cristo. 

            5 Não sou Católico Romano, porque não encontrei no Novo Testamento
            um só trecho que fale de ter havido na Igreja primitiva alguma procissão eucarística.
            A razão porque não encontrei, é que começou em 1360 anos depois de Cristo.

            6- Não sou Católico Romano, porque não encontrei um versículo qualquer na Bíblia que recomende o uso do rosário.
            A razão porque não encontrei, é que apareceu com o Pedro Eremita em 1090 depois de Cristo.

            7- Não sou Católico Romano, porque não encontrei na Bíblia
            Sagrada um só mandamento que proíba o casamento dos ministros da religião.
            A razão porque não encontrei, é que foi proibido pelo Papa Gregório VII em 1074 depois de Cristo.

            8 Não sou Católico Romano porque não encontrei nas Escrituras Sagradas a palavra “Purgatório”.
            A razão porque não encontrei, é que não existe e só foi promulgado pelo concílio de Trento, em 1563 depois de Cristo. Antes desta data não havia nenhuma alma no purgatório, pois não havia sido criado pelo Papa.

            9 Não sou Católico Romano porque não encontrei uma só passagem no Novo Testamento que mostre algum ministro de Deus aspergindo água benta no caixão de um morto e fazendo-lhe recomendação.
            A razão porque não encontrei, é que foi criado pela Igreja Católica, a fabricação da água benta apareceu 1000 anos depois de Cristo.

            10 Não sou Católico Romano porque não encontrei na Palavra de Deus que se deve orar e render culto aos Santos e aos Anjos.
            A razão porque encontrei, é que foi criado pela Igreja no ano 788
            depois de Cristo. E o culto das imagens foi decretado pelo 2º Concilio de Nicéia em 787 depois de Cristo.

            11 Não sou Católico Romano, porque não encontrei nas Escrituras Sagradas que entre Deus e os homens há outro mediador e intercessor fora de Jesus Cristo (I Tim 2:5)

            12 Não sou Católico Romano porque não encontrei na Bíblia Sagrada a ”confissão auricular”.
            A razão porque não encontrei, é que foi estabelecida como doutrina pelo
            4º concilio de Latrão Roma em 1215 depois de Cristo.

            13 Não sou Católico Romano porque não encontrei na Escrituras Sagradas a “Transubstanciação” doutrina da hóstia transformada no corpo de Cristo (osso, carne, nervos, unhas, cabelos, sangue, espírito e divindade).
            A razão porque não encontrei, é que esta inovação foi criada no concilio de Latão em 1215 depois de Cristo.

            14 Não sou Católico Romano porque a Bíblia diz que “se alguém ouvir as palavras deste livro vivera,
            mas se alguém lhe acrescentar mais alguma coisa. Deus lhe fará vir sobre eles as pragas escritas neste livro. E se alguém “Tirar quaisquer palavra do livro desta profecia, Deus lhe tirara a sua parte da arvore da vida e da cidade Santa.” (Apocalipse 22:18,19).

            15 Não sou Católico Romano, porque disse Jesus em Apocalipse “sai dela povo Meu para que não sejas participante dos seus pecados e não tomes partes nas suas pragas” (Apoc. 18:4).

            Ao leitor inteligente, bastam estas advertências, uma vez que provamos que Roma Papal incorre nas condenações de Deus. Ela mudou, acrescentou, e diminuiu a palavra divina em concílios e decretos, por estas razoes não sou Católico Romano.
            E no dia que encontrar qualquer Católico Romano Padre ou leigo que provar com versículos a autenticidade para tais doutrinas, deixo de ser Cristão Evangélico para ser Católico Romano.

    • Não, ele estava falando dos jegues católicos que andam de carro novo e de primeira qualidade, que ficam encastelados dentro das casas paroquiais e igreja, os padres católicos.

          • kkkk

            Luciano, são mais promíscuos do que a mãe…

            a seita romana nasceu prostituida e deu a luz as filhas quengas, que por sua vez cagou netas vadias…

            é um ciclo sem fim…

          • casamento gay e agora divórcio autorizado para qualquer um que não queira mais conviver com o cônjuge… nudismo em seitas cristãs…

            sal grosso e “fogueira santa” e culto desatador de nós…

            isso se parece muito com prostituição do evangelho!!!

          • Emanuelle,

            Qual o problema com a diversidade cristã?

            O que isso traz de mal pra vocês católicos?

            Não conseguem nem deter os padres pedófilos de vocês, os ladrões de vocês, aí vem contar e recontar o número de igrejas evangélicas?

            Melhor cada um por si, do que tua igreja matando pra ficar sozinha.

            Lá se dividem, mas não se matam. A tua é una por matar os dissidentes. Aliás, é bom explicar os católicos gregos, russos, ortodoxos, os da igreja brasileira, os shalon, os opus days da vida…os da linha da esquerda e os da direita e os do centro, os jesuitas, os dominicanos…, eu pedi,mas precisa não, Sei que são gato e cachorro no mesmo saco.

            Deus não quis ficar morando com quem divergia dele, os rebelados, vocês ficam. São, portanto, maiores que o Deus de Abraão, Jacó e José, de Cristo e sues apóstolos. Eta igreja hipócrita que quer passar ao mundo união, quando de quando em quando estão cortando, disciplinando, colocando na geladeira, os do clero, os fieis,,,,

          • ora Levy, vai dar uma de “santo” agora? kkkk

            lá se divide mas não se matam? kikkkkkk

            Lutero matou tanto ou muito mais que a seita romana em séculos de existencia…

            João Calvino idem…

            quanto aos padres pedófilos… bem… nem a seita romana e muito menos o protestantismo… até porque, a quantidade de padres pedófilos ao que vemos se manteve estável na seita romana, ao passo que no protestantismo só cresce…

            bandidos no sacerdócio? kkkkk é até engraçado ver vc falar… é o sujo falando do mal lavado…

            é como vc tentar limpar o chão com bosta kkkkkk

            casamento gay e agora divórcio autorizado para qualquer um que não queira mais conviver com o cônjuge… nudismo em seitas cristãs…

            sal grosso e “fogueira santa” e culto desatador de nós…

            isso se parece muito com prostituição do evangelho!!!

          • Nostafora.

            Lutero matou por ser católico, não por ser evangélico.

            Prove se os cátaros, os valdenses, pedro e os demais apóstolos mataram. A igreja primitiva de onde vem os evangélicos não matou ninguém. Daqui a pouco você vai atribuir todas as mazelas de todos os credos que não comungam com o catolicismo e também os que são dissidentes dela aos evangélicos, os cristãos verdadeiros.

            Manteve estável o número de padres pedófilos. Só um ingênuo pra dizer que há estabilidade em subregistros, em algo cujo número nunca foi devidamente objeto de registro oficial em faca da igreja esconder. Mula sem cabeça, no Brasil há quantas, meu caro? Ou será que não mais estão registrando tão importante animal?

            Comparar matador de passarinho com matador de gente, foi o que você falou sobre bandidos no sacerdócio. Os da igreja citada carregam sangue de inocentes e aos borbulhões, Quer dizer que você anda confundindo crime hediondo com pequeno furto? Parabéns.

            O poder judiciário no Brasil deu aos gays o direito de fazer uso de uma instituição terrena, o casamento. Igreja alguma, meu caro, encontra-se aqui pra impedir que o uso das metodologias deixadas pro ser humano. Engraçado que ficam muitos a criticar o casamento, que é uma prisão, que é isso e aquilo outro. Duma ora pra outra vira santo casamento. Meu caro, se existe produtos vindo da perfeita alemanha, há no mercado os feitos no Uruguai. Falava-se contra a promiscuidade desse povo, agora que querem se casar, as normas do casamento não servem pra eles. Tenho nada a ver se façam uso do cálice pra cear, digo igual a Paulo, que examine o homem a si mesmo. Não o homem examinar o outro.

            Nudismo, sobre isso, vá lá pro interior do Brasil colocar vestes nos índios, e de passagem, sente a pua em Deus, por tê-los ainda hoje despidos.

            Quanto a sal grosso, vá até Israel, procure um lugar em que foi lançado sal por ordem de Deus, Encontrando, lance uma bomba nuclear.

            Tire da bíblia a página que Cristo usa barro pra curar cego.

          • kkkkk Levy tentanto fazer parte dos “Cátaros” kkk

            creio que vc não saiba que uma dessas seitas matava mulheres grávidas kkkkkk

            puxa Levy… será que tua seita é herdeira dos assassinos de mulheres grávidas? kkkk

            Levy… prove que uma unica dessas seitas protestantes não advém do protestantismo hisórico inaugurado por um dos assassinos que citei…

            Lutero, enquanto católico, segundo alguns registros, matou um amigo de colégio e se tornou padre para escapar da prisão…

            depois que se tornou protestante é que “desimbestou” a cometer assassinatos diversos sob o manto da religiosidade protestante!

            Quanto ao casamento gay…

            meu caro Levyano…

            o Poder Judiciário não está obrigando nenhuma seita religiosa a casar gays…

            o casamento homossexual é obrigatório apenas em cartorios…

            mas vemos o protestantismo se adiantando ao Poder Judiciário e já celebrando tais casamentos com AS “BÊNÇAS DI DEUS” kkkkkkkkk

            Levy… Nudismo entre índios que não creem nesse seu deus é normal…

            pensei que estávamos falando de Cristãos kkkkkk

            Mas se os cristãos protestantes querem se portar como índios e ficar pelados para louvar a deus.. tudo bem.. quem sou eu para contradizer não é Levy? mas seria interessante que já que querem se portar como indios que fossem viver nas florestas e passassem a cultuar outros deuses também kkkkkkk

            será que o barro que cristo usou para curar um cego estava salgado? kkkkk

            sal grosso é usado na umbanda Levy..

            “sessão do descarrego” é prática umbandista…

            lembrando que Cristo não cobrou pelo barro com cuspi… mas não é o tipo de prática que vemos nas seitas que fazem tal “trabalho” kkkk

            mas tudo bem.. se querem aderir ao “umbandismo” e levar suas práticas para dentro de suas seitas, que o façam… é tipo um “sincretismo religioso” entre a umbanda, candomblé e o Cristianismo protestante.

          • Nostafora,

            Caramba, os cátaros matavam as mulheres grávidas? Tem certeza disso mesmo?

            Se for só isso, é bem menos ruim que tua igreja católica que matava qualquer tipo, qualquer pessoa;

            Vc é descendente de muito mais perigoso, pois matava, como disse, qualquer um.

            Os cristãos evangélicos advêm de Cristo, o assassinado, não assassino de ninguém.

            Lutero era católico, e todos católicos são acostumados a certas coisas ruins, inclusive matar. Voces gostaram tanto dele, que o premiaram a ser padre.

            O poder judiciário não obriga, foram os gays começaram a exigir o casamento nas igrejas, inclusive tua igreja deve rever já já o preconceito por aceitação.

            O nudismo não é pecado, sim a forma. Se você se encontra numa praia, comum que as pessoas estejam seminuas, diferente pra quem esteja no centro de uma cidade com trajes de praia.

            Rapaz quando estou despido no banheiro, trocando de roupas, fazendo sexo, não se pode adorar a Deus por conta da nudez? Teólogo católico de primeira.

            Sal grosso ou sal fino foi usado pelos judeus, numa ação de Deus. Nada impede que seja usado por outros povos, pois o importante não é o sal, sim a palavra de Deus operativa.

            A bíblia fala de indivíduos carregados, e pra se sentir o inverso, só descarregando. Como o carrego é grande pra certas pessoas, nada mais que habitual fazer um sessão. ou seja, um conjunto de coisas.

            Traga um recibo dos que pagaram pra ser curadas nas igrejas:

            Não é levar o que é do umbandismo, sim o umbandismo que trouxe pro seu ritual coisas da bíblia.

            Você é de fazer qualquer um sentir dó, pois muito despossuído do poder de distinção das coisas. Pra que usa esse negócio que fica entre o par de orelhas que você usa?

          • Levy sendo leviano kkk

            bem.. sei lá… eu sempre achei um absurdo matar mulheres grávidas…

            mas se vc acha que matar mulher grávida é menos grave que enforcar uma mulher acusada de bruxaria ou matar crianças, jovens ou adultos por não aceitarem sua própria fé, então não vou nem tentar dissuadi-lo disto… apenas informá-lo que todas essas práticas foram usadas pelo protestantismo kkkkk

            quanto aos rituais espíritas usados nas seitas protestantes… Levy… vc pode até negar, mas se fosse feito isso na seita romana vc estaria contra… mas como é feito nas seitas protestantes vc tenta minimizar…

            mas fato é que o protestantismo deu prosseguimento a prostituição da religião!!

          • Nostafora,

            Eu não acho absurdo matar mulheres grávidas, eu abomino tal prática.

            Agora se você acha que uma criança, que não possui defesa alguma, é menos ruim. Então defenda tua igreja, pois antes de matar, violenta sexualmente; em verdade algumas deixa vivas depois de violentar.

            Não tento minimizar, apenas não demonizo. posso achar estranho, mas a fé, cada uma a conduz como quer. Mais a mais, o fato da pessoa buscar algo que nunca trouxe cura pra resolver seus problemas, significado há pra Deus, pois opera em prol desse necessitado. Aí vai você usa a mesma coisa,todavia se frusta em face de não conseguir, ou seja, questão de fé.

            O protestantismo vendeu-se a quem?

            Tua igreja é que faz acertos, acordos, e vem dizer que são os evangélicos?

          • Agora se você acha que uma criança, que não possui defesa alguma, é menos ruim. Então defenda tua igreja, pois antes de matar, violenta sexualmente; em verdade algumas deixa vivas depois de violentar.

            R: não acho nada “menos ruim” Levy… acho abominável qualquer tipo de ato deste tipo… matar uma criança ou matar uma mulher grávida são atos abomináveis COMETIDOS PELOS CRISTÃOS… tanto católicos como protestantes…

            “Não tento minimizar, apenas não demonizo. posso achar estranho, mas a fé, cada uma a conduz como quer. Mais a mais, o fato da pessoa buscar algo que nunca trouxe cura pra resolver seus problemas, significado há pra Deus, pois opera em prol desse necessitado. Aí vai você usa a mesma coisa,todavia se frusta em face de não conseguir, ou seja, questão de fé.”

            tá minimizando sim Levy… rituais das religiões afro estão se perpetrando no seio do protestantismo… mas vc tem razão em dizer que eles tiraram tais rituais da biblia… ou seja… estão corretos em sua interpretação e assim o protestantismo e as religiões afro estão se aproximando umas das outras, assim como a seita romana se aproxima deles no que se refere a imagens…

            ou seja: vc está se mostrando hipócrita!!! quanto as imagens e “santos” da seita romana, vcs descem o pau na seita romana, sendo que tal doutrina também existe nas religiões afro…

            mas quanto aos rituais das religiões afro, como os que já citei, ai vc vem querer defender dizendo que isso é tirado da biblia? kkkk

            é tudo a mesma coisa Levy!!

            prostituição do evangelho!!

            O protestantismo vendeu-se a quem?

            R. a quem pagar mais… o protestantismo vendeu-se a Hitler na alemanha nazista… o protestantismo vendeu-se a política nos dias de hj… o protestantismo está se vendendo aos homossexuais…

            Tua igreja é que faz acertos, acordos, e vem dizer que são os evangélicos?

            R: Não havia dito nada… mas agora eu digo… AMBAS AS KENGAS ESTÃO SE VENDENDO!!!

          • NOSTAFORA

            A BIZARRICE TUA: “não acho nada “menos ruim” Levy… acho abominável qualquer tipo de ato deste tipo… matar uma criança ou matar uma mulher grávida são atos abomináveis COMETIDOS PELOS CRISTÃOS… tanto católicos como protestantes…”

            RESPOSTA – NAS IGREJAS EVANGÉLICAS NUNCA SE MATOU UMA MOSCA, PORTANTO PODE FREQUENTAR SEM MEDO, VEJA, ATÉ VOCÊ NÃO SERIA MORTO, CUMPRINDO LEMBRAR, MOSCAS, BARATAS, FORMIGAS,

            A BIZARRICE TUA: “tá minimizando sim Levy… rituais das religiões afro estão se perpetrando no seio do protestantismo… mas vc tem razão em dizer que eles tiraram tais rituais da biblia… ou seja… estão corretos em sua interpretação e assim o protestantismo e as religiões afro estão se aproximando umas das outras, assim como a seita romana se aproxima deles no que se refere a imagens…”

            RESPOSTA – VOCÊ É MUITO CONTRÁRIO AOS POVOS AFRICANOS. ACHA QUE O AFRICANO NÃO TEM NADA A OFERECER? NÃO SEI O MOTIVO DESSA SUA RIXA CONTRA O POVO VIZINHO, IMAGINE SE FOSSE FELICIANO DIZENDO ESSAS ASNEIRICES; NÃO ESQUEÇA QUE O ORIENTE MÉDIO ESTÁ BEM PERTO DA ÁFRICA, ENTÃO MUITAS COISAS EM COMUM, POIS FILHOS DE DEUS.

            A BIZARRICE TUA: “a quem pagar mais… o protestantismo vendeu-se a Hitler na alemanha nazista… o protestantismo vendeu-se a política nos dias de hj… o protestantismo está se vendendo aos homossexuais…”

            TUA IGREJA É QUE SE JUNTOU A MUSSOLINE, DELE RECEBENDO DINHEIRO DA ITÁLIA E DO AMIGUINHO DE MUSSU, O CATOLIQUINHO HÍTLER

            A BIZARRICE TUA: ” Não havia dito nada… mas agora eu digo… AMBAS AS KENGAS ESTÃO SE VENDENDO!!!”

            RESPOSTA, EPA, RESPEITE A SUA MÃE.

          • “NAS IGREJAS EVANGÉLICAS NUNCA SE MATOU UMA MOSCA, PORTANTO PODE FREQUENTAR SEM MEDO, VEJA, ATÉ VOCÊ NÃO SERIA MORTO, CUMPRINDO LEMBRAR, MOSCAS, BARATAS, FORMIGAS”

            R. kkkkkkkk

            pois é… nas seitas “evangélicas’ não existem pa$tores estupradores… como também não existem pastores que escondem dinheiro na biblia para levar para outro pais sem pagar impostos kkkkk

            acho que seria bom vc se entender com os HISTORIADORES que escreveram um monte de besterias nos livros de história, dizendo que o protestantismo histórico queimou bruxas na fogueira, assassinaram pessoas que discordavam de sua fé… DERAM APOIO AO NAZISMO…

            —————-

            VOCÊ É MUITO CONTRÁRIO AOS POVOS AFRICANOS. ACHA QUE O AFRICANO NÃO TEM NADA A OFERECER? NÃO SEI O MOTIVO DESSA SUA RIXA CONTRA O POVO VIZINHO, IMAGINE SE FOSSE FELICIANO DIZENDO ESSAS ASNEIRICES; NÃO ESQUEÇA QUE O ORIENTE MÉDIO ESTÁ BEM PERTO DA ÁFRICA, ENTÃO MUITAS COISAS EM COMUM, POIS FILHOS DE DEUS.

            R: eu contrário aos povos africanos? de maneira alguma Levy, nos cultos e rituais deles, eles não mexem com a vida de pessoas que não acreditam no que eles creem… como também não vejo eles no congresso nacional com uma bancada inteira tentando interferir no Estado e com tal bancada totalmente corrupta… kkkk

            Quem vive tacando o pau nos adeptos de doutrinas africanas são os protestantes, como o próprio marco feliciÂnus já fez…

            enteda-se vc lá com ele…

            como eu disse… se o protestantismo quer trazer para dentro de suas seitas os rituais das religiões afro.. que tragam Levy, mas devem levar a honestidade daquele povo também e parar de falar mal dos outros kkkkkkkk

            —————–

            TUA IGREJA É QUE SE JUNTOU A MUSSOLINE, DELE RECEBENDO DINHEIRO DA ITÁLIA E DO AMIGUINHO DE MUSSU, O CATOLIQUINHO HÍTLER

            R: bem.. não tenho igreja… se o catolicismo romano recebeu proventos de Mussoline, é só mais uma prova de que o cristianismo nasceu prostituido, cresceu prostituido e de crias prostitutas kkkkk

            quanto a Hitler… sei lá Levy, mas a história conta que ele se tornou protestante, chegando a ter práticas identicas aos grandes pa$tores, fundando sua própria seita… INCLUSIVE, recebeu apoio de 99% dos protestantes alemães…

            e claro, uma forcinha sobrenatural de Lutero, que escreveu coisas do tipo:

            A Alemanha deve ficar livre de judeus, aos quais após serem expulsos, devem ser despojados de todo dinheiro e jóias, prata e ouro, e que sejam incendiadas suas sinagogas e escolas, suas casas derrubadas e destruídas (…), postos sob um telheiro ou estábulo como os ciganos (…), na miséria e no cativeiro assim que estes vermes venenosos se lamentassem de nós e se queixassem incessantemente a Deus”. – (“Sobre os judeus e suas mentiras” de Martinho Lutero.)

            lembrando ainda que em novembro de 1933, uma manifestação protestante reuniu um recorde de 20.000 pessoas (para a época) e aprovou três resoluções:
            A- Adolf Hitler é a conclusão da Reforma;
            B- Judeus Batizados devem ser retirados da igreja (luterana);
            C- O Antigo Testamento deve ser excluído da Sagrada Escritura.
            (Buchheim, Glaubnskrise im 3.Reich,124-136)

            que blzs heim Levy? kkkkkkkkkkkkkk

            ————————-

            Quanto a minha mãe… eu respeito… claro… não sou como xessus que não honrou a própria mãe.. kkkkkkk

            Mas no que se refere ao Cristianismo Levy…

            como eu disse.. prostituta mãe e kenga filhas e netas!!!

          • Nostafora.

            pois é… nas seitas “evangélicas’ não existem pa$tores estupradores… como também não existem pastores que escondem dinheiro na biblia para levar para outro pais sem pagar impostos kkkkk

            levi – ESTAMOS FALANDO DE MORTE EM SÉRIE, PECADOS QUEM NÃO TEM, OS PRÓPRIOS DISCÍPULOS DE CRISTO TIVERAM. MAS IGUAIS A TEUS COLEGAS COMUNISTAS, NUNCA. DÁ APOIO A COMUNISTAS, ERA PRA VOCES ATEUS NÃO TEREM DADO E NEM ENSINADO MATAR POR MATAR, PRA ESTAR NO PODER COMO ESSA IGREJA A QUE ME REFIRO.

            acho que seria bom vc se entender com os HISTORIADORES que escreveram um monte de besterias nos livros de história, dizendo que o protestantismo histórico queimou bruxas na fogueira, assassinaram pessoas que discordavam de sua fé… DERAM APOIO AO NAZISMO…

            levi- NAZISMO FOI CUNHADO NA TUA IGREJA, POIS DE LÁ BROTOU O FACISMO, MUSSOLINE, E O NAZISMO, O TAMBÉM CATÓLICO HÍTLER, ESTE LEVADO DA IGREJA AUSTRÍACA PARA A ALEMANHA. TUDO BEM ARMADO.

            R: eu contrário aos povos africanos? de maneira alguma Levy, nos cultos e rituais deles, eles não mexem com a vida de pessoas que não acreditam no que eles creem… como também não vejo eles no congresso nacional com uma bancada inteira tentando interferir no Estado e com tal bancada totalmente corrupta… kkkk

            É SÓ SE LANÇAR NO OCEANO À BRAÇADAS. EM LÁ CHEGANDO VAI ENCONTRAR TUDO ISSO. AQUI SÃO MAIS PASSIVOS, SÃO MAIS INTROSPECTOS.

            Quem vive tacando o pau nos adeptos de doutrinas africanas são os protestantes, como o próprio marco feliciÂnus já fez…

            levi- FELICIANO E OUTROS FALAM CONTRA CULTOS AO DIABO, SEJA AFRICANO, GALEGO, CELTA…. NÃO CONTRA A CULTURA AFRO, POIS CHEIA DE NUANCES QUE NÓS TEMOS NO SANGUE E NO DIA A DIA.

            como eu disse… se o protestantismo quer trazer para dentro de suas seitas os rituais das religiões afro.. que tragam Levy, mas devem levar a honestidade daquele povo também e parar de falar mal dos outros kkkkkkkk

            levi- FIQUE CALMO, NÃO SE FALA DELES POR FALAR. FALA-SE DOS CULTOS QUE BUSCAM O ENCARDIDO.

            R: bem.. não tenho igreja… se o catolicismo romano recebeu proventos de Mussoline, é só mais uma prova de que o cristianismo nasceu prostituido, cresceu prostituido e de crias prostitutas kkkkk

            levi- TAÍ VOCÊ A PROVA VIVA DA CRIA CATÓLICA.

            quanto a Hitler… sei lá Levy, mas a história conta que ele se tornou protestante, chegando a ter práticas identicas aos grandes pa$tores, fundando sua própria seita… INCLUSIVE, recebeu apoio de 99% dos protestantes alemães…

            levi, DE QUAL IGREJA PROTESTANTE? A TUA? UM POVO SOB A FORÇA DE UM ESTADO É CORRETO QUALQUER AFIRMAR QUE 99% AGIU DELIBERADAMENTE? VÁ DIZER ISSO NUMA RODA DE COREIANOS DO NORTE, DE RUSSOS, DE CATÓLICOS, DE ROMANOS, DE VENEZUELANOS, DE CUBANOS, DE AFEGANISTÃOS, DE LÍBIOS. SÓ SENDO BARRIDO PRA DIZER UMA COISA DESSA.

            e claro, uma forcinha sobrenatural de Lutero, que escreveu coisas do tipo:

            A Alemanha deve ficar livre de judeus, aos quais após serem expulsos, devem ser despojados de todo dinheiro e jóias, prata e ouro, e que sejam incendiadas suas sinagogas e escolas, suas casas derrubadas e destruídas (…), postos sob um telheiro ou estábulo como os ciganos (…), na miséria e no cativeiro assim que estes vermes venenosos se lamentassem de nós e se queixassem incessantemente a Deus”. – (“Sobre os judeus e suas mentiras” de Martinho Lutero.)

            lembrando ainda que em novembro de 1933, uma manifestação protestante reuniu um recorde de 20.000 pessoas (para a época) e aprovou três resoluções:
            A- Adolf Hitler é a conclusão da Reforma;
            B- Judeus Batizados devem ser retirados da igreja (luterana);
            C- O Antigo Testamento deve ser excluído da Sagrada Escritura.
            (Buchheim, Glaubnskrise im 3.Reich,124-136)

            que blzs heim Levy? kkkkkkkkkkkkkk

            LUTERO ESCREVEU E MUITO POR SER POLÍTICA DA IGREJA CATÓLICA PERSEGUIR JUDEUS. ELE TINHA DEZ ANOS DE IDADE QUANDO A IGREJA DELE DETERMINOU QUE FOSSEM OS JUDEUS À FORÇA CONVERTIDOS EM CATÓLICOS. OUTRO QUE FEZ À FORÇA O QUE A IGREJA DELE QUERIA, MAS UM DIA REBELOU-SE, POR ISSO O NOME DE PROTESTANTES, ENTENDEU OU QUER QUE DESENHE?

            ————————-

            Quanto a minha mãe… eu respeito… claro… não sou como xessus que não honrou a própria mãe.. kkkkkkk

            ONDE JESUS NÃO HONROU A MÃE DELE, FOI RÍSPIDO EM FACE DA EXPOSIÇÃO DELA. QUERIA ELE EVITAR QUE A FAMÍLIA SOFRESSE O QUE OCORREU QUANDO TEVE QUE IR PRO EGITO, LEMBRA-SE DISSO?

            Mas no que se refere ao Cristianismo Levy…

            como eu disse.. prostituta mãe e kenga filhas e netas!!!

            PROVA DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO, É QUE VOCÊ É AVÓ, A MÃE E A NETA COM ESSA QUALIDADE. REUNIU TUDO EM VOCÊ.

          • ESTAMOS FALANDO DE MORTE EM SÉRIE, PECADOS QUEM NÃO TEM, OS PRÓPRIOS DISCÍPULOS DE CRISTO TIVERAM. MAS IGUAIS A TEUS COLEGAS COMUNISTAS, NUNCA. DÁ APOIO A COMUNISTAS, ERA PRA VOCES ATEUS NÃO TEREM DADO E NEM ENSINADO MATAR POR MATAR, PRA ESTAR NO PODER COMO ESSA IGREJA A QUE ME REFIRO.

            R: Levy… mortes em série ocorreram no Judaismo… no catolicismo e principalmente E GRANDEMENTE no protestantismo…

            é disso que estamos falando… TODOS ASSASSINOS EM NOME DE DEUS!!

            ————–

            levi- NAZISMO FOI CUNHADO NA TUA IGREJA, POIS DE LÁ BROTOU O FACISMO, MUSSOLINE, E O NAZISMO, O TAMBÉM CATÓLICO HÍTLER, ESTE LEVADO DA IGREJA AUSTRÍACA PARA A ALEMANHA. TUDO BEM ARMADO.

            R: desconheço essa “estória” de “cunhado por tua Igreja”… Mas tudo bem… admitindo tal fato para não prolongar a conversa… O PROTESTANTISMO ABRAÇOU A CAUSA, AGARRANDO COM UNHAS E DENTES… COMO VEMOS NA HISTÓRIA KKKKKKKKKK

            ————————

            eu contrário aos povos africanos? de maneira alguma Levy, nos cultos e rituais deles, eles não mexem com a vida de pessoas que não acreditam no que eles creem… como também não vejo eles no congresso nacional com uma bancada inteira tentando interferir no Estado e com tal bancada totalmente corrupta… kkkk

            É SÓ SE LANÇAR NO OCEANO À BRAÇADAS. EM LÁ CHEGANDO VAI ENCONTRAR TUDO ISSO. AQUI SÃO MAIS PASSIVOS, SÃO MAIS INTROSPECTOS.

            R: pois é.. aqui no BRasil os protestantes arrumaram uma maneira melhor de arrancar dinheiro da população menos esclarecida… tanto nos templos das seitas como no congresso naciona abraçando-se ao dinheiro pago pelo governo para que não vejam as mazelas com a populaçãol!!

            ————-

            levi- FELICIANO E OUTROS FALAM CONTRA CULTOS AO DIABO, SEJA AFRICANO, GALEGO, CELTA…. NÃO CONTRA A CULTURA AFRO, POIS CHEIA DE NUANCES QUE NÓS TEMOS NO SANGUE E NO DIA A DIA.

            R: Levy, não estamos falando da “cultura” africana em si… e sim dos cultos religiosos…

            são as práticas dos cultos religiosos africanos que estamos falando… e tais práticas estão sendo levadas aos montes para dentro dos cultos protestantes… será que são os africanos que estão corretos em seus cultos, e aos poucos o protestantismo está “consertando” este erro? kkk logo logo estão invocando o “zé pilintra” para oferecer a ele uma galinha preta com sal grosso e uma dose de cachaça kkkk

            ————————–

            levi- FIQUE CALMO, NÃO SE FALA DELES POR FALAR. FALA-SE DOS CULTOS QUE BUSCAM O ENCARDIDO.

            R: Levy, tais não buscam o “encardido”, cultuam os deuses que eles interpretaram na história e na biblia… e tais cultos estão sendo levados para o protestantismo… SIMPLES!!!

            ——————-

            levi- TAÍ VOCÊ A PROVA VIVA DA CRIA CATÓLICA.

            R: vc também kkkkkkkkkkk

            ————————–
            DE QUAL IGREJA PROTESTANTE? A TUA? UM POVO SOB A FORÇA DE UM ESTADO É CORRETO QUALQUER AFIRMAR QUE 99% AGIU DELIBERADAMENTE? VÁ DIZER ISSO NUMA RODA DE COREIANOS DO NORTE, DE RUSSOS, DE CATÓLICOS, DE ROMANOS, DE VENEZUELANOS, DE CUBANOS, DE AFEGANISTÃOS, DE LÍBIOS. SÓ SENDO BARRIDO PRA DIZER UMA COISA DESSA.

            R kkkkkkkk … pois é Levy… os protestantes se aliarem a Hitler para assassinar os Judeus e se tornarem fortes no estado, foi por pura pressão do dominador do Estado.. mas os católicos se aliarem a Constantino, imperador do maior império da época, ai é só corrompimento do Cristianismo kkkkkkkkk

            ora Levy, depois vcs “crentis” ficam todos irritatinhos quando digo que todo Cristão é hipócrita desde a essência… (quase todos)!!!

            ———————-

            e claro, uma forcinha sobrenatural de Lutero, que escreveu coisas do tipo:

            A Alemanha deve ficar livre de judeus, aos quais após serem expulsos, devem ser despojados de todo dinheiro e jóias, prata e ouro, e que sejam incendiadas suas sinagogas e escolas, suas casas derrubadas e destruídas (…), postos sob um telheiro ou estábulo como os ciganos (…), na miséria e no cativeiro assim que estes vermes venenosos se lamentassem de nós e se queixassem incessantemente a Deus”. – (“Sobre os judeus e suas mentiras” de Martinho Lutero.)

            lembrando ainda que em novembro de 1933, uma manifestação protestante reuniu um recorde de 20.000 pessoas (para a época) e aprovou três resoluções:
            A- Adolf Hitler é a conclusão da Reforma;
            B- Judeus Batizados devem ser retirados da igreja (luterana);
            C- O Antigo Testamento deve ser excluído da Sagrada Escritura.
            (Buchheim, Glaubnskrise im 3.Reich,124-136)

            que blzs heim Levy? kkkkkkkkkkkkkk

            LUTERO ESCREVEU E MUITO POR SER POLÍTICA DA IGREJA CATÓLICA PERSEGUIR JUDEUS. ELE TINHA DEZ ANOS DE IDADE QUANDO A IGREJA DELE DETERMINOU QUE FOSSEM OS JUDEUS À FORÇA CONVERTIDOS EM CATÓLICOS. OUTRO QUE FEZ À FORÇA O QUE A IGREJA DELE QUERIA, MAS UM DIA REBELOU-SE, POR ISSO O NOME DE PROTESTANTES, ENTENDEU OU QUER QUE DESENHE?

            R: Gostaria que desenhasse Levy, afinal, Lutero faleceu, se não me falhe a memória, quase trinta anos depois de sua excomunhão da seita romana… e mantinha firme seus ideais assassinos… seu incentivo ao pecado e ao antissemitismo …

            acorda Levy… suas balelas não ganham guarita na história…

            ————————-

            ONDE JESUS NÃO HONROU A MÃE DELE, FOI RÍSPIDO EM FACE DA EXPOSIÇÃO DELA. QUERIA ELE EVITAR QUE A FAMÍLIA SOFRESSE O QUE OCORREU QUANDO TEVE QUE IR PRO EGITO, LEMBRA-SE DISSO?

            R: tá tentando minimizar a estupidez de xessus com a mãe Levy??

            “o que tenho eu contigo mulher?” – foi uma das frases ditas na cara dele e somente para ela… nada de exposição Levy…

            todos sabiam que ele era filho dela.. tanto que os relatos biblicos dizem: FILHO DE MARIA!!!

            afora o fato dele não ter recebido a própria mãe que foi procurá-lo…

            e tem ainda o fato do filho nunca ter chamado a própria mãe de mãe…

            e tem ainda o fato de que o cara, segundo vcs, é deus.. o todo poderoso.. e subiu aos céus e deixou a “véinha” para morrer e depois ser julgada com a possibilidade de ser condenada a danação eterna caso cometa qualquer pecadinho e não tenha tempo de se “arrepender”…

            para mim, isso se parece muito com falta de respeito, reconhecimento e consideração com a própria mãe…

            sei lá Levy… imagine.. eu, ganhando um premio milionário na loteria iria gozar desses milhões e deixar minha mãe morando em um casebre de madeira? kkkkkk

            ——————-

            Mas no que se refere ao Cristianismo Levy…

            como eu disse.. prostituta mãe e kenga filhas e netas!!!

            E NÃO ADIANTA ESPERNIAR… FAZER BIRRINHA.. KKKKK

          • ainda exemplificando Levy:

            vc diz que Lutero era como era porque aprendeu muita coisa errada dentro da seita romana…

            talvez… não posso dizer que ele não tenha tomado gosto por sangue humano ali… afinal, todo bom Cristão gosta do gosto do sangue humano…

            mas veja:

            “Em relação a Deus, e a tudo que importa na salvação e condenação, o homem não possui livre-arbítrio, é um cativo, um prisioneiro, um escravo, seja da vontade de Deus, seja da vontade de Satanás”(1)
            “Tudo que fazemos é por necessidade, não por livre-arbítrio, pois o livre-arbítrio não existe” (2)

            fonte: 1 – (Bondage of the Will, Martin Luther: SelectionsFrom His Writings, ed. by Dillenberger,Anchor Books, 1962 p. 190)… 2 – (Ibid, p. 188)

            eu sei que isso ele não aprendeu na seita Romana…

            entre tantos outros ensinamentos que ele deu na sua grande diversidade literária deixada depois da reforma, vc vai encontrar muitos… muitos… muitos ensinamentos como este ai… TOTALMENTE DIVERGENTE DA SEITA ROMANA E TAMBÉM DO QUE SE ENSINA HJ NO PROTESTANTISMO… ou seja… o protestantismo acabou retornando a alguns ensinos feitos pela seita romana em contradição aos do “unxido Lutero”.

  4. Porque que será que o papa não segue o exemplo de PEDRO e prega batismo de arrependimento…
    PEDRO não aceitou que um homem chamado Cornélio se ajoelha-se aos seus pés..
    porque que o papa aceita que seus fiéis se ajoelham aos seus pés.

    PEDRO batizou mais de três pessoas no batismo por emersão.
    porque que o papa não faz o mesmo.

    • Que bom que você estava lá no Rio de Janeiro. Eu também estava lá durante os 7 dias. Me parece que eu até te vi lá em Copacabana. Você não é aquele jegue que estava perdido, foi capturado pela polícia e levado para o zoológico?

    • O QUERIDO QUANDO ALGUEM SE AJOELHA DIANTE DO PAPA NAO E PARA ADORAR COMO FEZ O CENTURIAO CORNELIO DIANTE DO APOSTOLO PEDRO, MOISES TAMBEM PROSTOU DIANTE DO SEU SOGRO JETRO E NENHUM PROTESTANTE TEVE A CORAGEM DE TAXA-LO DE IDOLATRA.

      • Damata, Atos 10:25,26 E aconteceu que, entrando Pedro, saiu Cornélio a recebê-lo, e, prostrando-se a seus pés o adorou.
        Mas Pedro o levantou, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem. Pedro mostrou que estava errado ele fazer tal coisa,porque ambos eram homens,como poderia esta certo ajoelhar aos pés do papa que é homem também,?
        Damata,ouve um grande engano de sua parte com relação a Moisés ele estava agradecendo por Jetro haver levado sua esposa e seus filhos, Êxodo 18:1-8 Ora Jetro, sacerdote de Midiã, sogro de Moisés, ouviu todas as coisas que Deus tinha feito a Moisés e a Israel seu povo, como o SENHOR tinha tirado a Israel do Egito.
        E Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, a mulher de Moisés, depois que ele lha enviara,
        Com seus dois filhos, dos quais um se chamava Gérson; porque disse: Eu fui peregrino em terra estranha;
        E o outro se chamava Eliézer; porque disse: O Deus de meu pai foi por minha ajuda, e me livrou da espada de Faraó.
        Vindo, pois, Jetro, o sogro de Moisés, com seus filhos e com sua mulher, a Moisés no deserto, ao monte de Deus, onde se tinha acampado,
        Disse a Moisés: Eu, teu sogro Jetro, venho a ti, com tua mulher e seus dois filhos com ela.
        Então saiu Moisés ao encontro de seu sogro, e inclinou-se, e beijou-o, e perguntaram um ao outro como estavam, e entraram na tenda.
        E Moisés contou a seu sogro todas as coisas que o Senhor tinha feito a Faraó e aos egípcios por amor de Israel, e todo o trabalho que passaram no caminho, e como o Senhor os livrara,quando alguém se ajoelha diante do papa ou padre é no sentido de adoração porque eles o tem como santos. Isaías 44:6-21 -Assim diz o Senhor, Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.
        E quem proclamará como eu, e anunciará isto, e o porá em ordem perante mim, desde que ordenei um povo eterno? E anuncie-lhes as coisas vindouras, e as que ainda hão de vir.
        Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro Deus fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça.
        Todos os artífices de imagens de escultura são vaidade, e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas, nada vêem nem entendem para que sejam envergonhados.
        Quem forma um deus, e funde uma imagem de escultura, que é de nenhum préstimo?
        Eis que todos os seus companheiros ficarão confundidos, pois os mesmos artífices não passam de homens; ajuntem-se todos, e levantem-se; assombrar-se-ão, e serão juntamente confundidos.
        O ferreiro, com a tenaz, trabalha nas brasas, e o forma com martelos, e o lavra com a força do seu braço; ele tem fome e a sua força enfraquece, e não bebe água, e desfalece.
        O carpinteiro estende a régua, desenha-o com uma linha, aplaina-o com a plaina, e traça-o com o compasso; e o faz à semelhança de um homem, segundo a forma de um homem, para ficar em casa.
        Quando corta para si cedros, toma, também, o cipreste e o carvalho; assim escolhe dentre as árvores do bosque; planta um olmeiro, e a chuva o faz crescer.
        Então serve ao homem para queimar; e toma deles, e se aquenta, e os acende, e coze o pão; também faz um deus, e se prostra diante dele; também fabrica uma imagem de escultura, e ajoelha-se diante dela.
        Metade dele queima no fogo, com a outra metade prepara a carne para comer, assa-a e farta-se dela; também se aquenta, e diz: Ora já me aquentei, já vi o fogo.
        Então do resto faz um deus, uma imagem de escultura; ajoelha-se diante dela, e se inclina, e roga-lhe, e diz: Livra-me, porquanto tu és o meu deus.
        Nada sabem, nem entendem; porque tapou os olhos para que não vejam, e os seus corações para que não entendam.
        E nenhum deles cai em si, e já não têm conhecimento nem entendimento para dizer: Metade queimei no fogo, e cozi pão sobre as suas brasas, assei sobre elas carne, e a comi; e faria eu do resto uma abominação? Ajoelhar-me-ei ao que saiu de uma árvore?
        Apascenta-se de cinza; o seu coração enganado o desviou, de maneira que já não pode livrar a sua alma, nem dizer: Porventura não há uma mentira na minha mão direita?
        Lembra-te destas coisas, ó Jacó, e Israel, porquanto és meu servo; eu te formei, meu servo és, ó Israel, não me esquecerei de ti.

  5. Esse papa esteve no Brasil, em nenhum momento pegou na Bíblia para pregar a palavra de DEUS.
    Era multidão de pessoas idolatrando ele..
    JESUS disse, quem não é comigo e contra mim.
    quem não prega a palavra de DEUS como ela tem que ser pregada vai prestar conta a DEUS..

        • ora Levy, estude rapaz… leia as teses de Lutero e vai ver que essa informação que vc trouxe TAMBÉM É INVERÍDICA…

          vcs protestantes costumam divulgar informações sem comprová-las… falam tanto de Lutero e de suas teses, mas nunca leram uma linha sobre Lutero e tiveram preguiça até de ler as teses dele…

          • Isso mesmo! Não dá moleza para esses filhos da serpente não!
            Eles nem sabem que o herege Lutero suicidou!
            A que causas se deu o Suicídio do Fundador do Protestantismo : Lutero ?
            1546 – Lutero morre embriagado, na cidade de Eisleben, no dia 18 de fevereiro.
            SUÍCIDIO
            Eis o depoimento do seu criado, Ambrósio Kudtfeld, que mais tarde se tornou médico:

            “Martinho Lutero, na noite que antecedeu a sua morte, se deixou vencer por sua habitual intemperança, e com tal excesso, que fomos obrigados a carregá-lo totalmente embriagado, e colocá-lo em seu leito. Depois nos retiramos ao nosso aposento sem pressentir nada de desagradável. Pela manhã voltamos ao nosso patrão para ajudá-lo a vestir-se, como de costume. Mas, que dor,vimos o nosso patrão Martinho pendurado de seu leito e estrangulado miseramente.

            “Tinha a boca torta e a parte direita do rosto escura; o pescoço roxo e deformado. Diante de tão horrendo espetáculo, fomos tomados de grande terror. Corremos sem demora aos príncipes, seus convidados da véspera, para anunciar-lhes aquele execrável fim de Lutero. Eles ficaram aterrorizados como nós. E logo se empenharam com mil promessas e juramentos, que observássemos, sobre aquele acontecimento, eterno silêncio, e que colocássemos o cadáver de Lutero no seu leito, e anunciássemos ao povo que o ‘Mestre Lutero’ tinha improvisamente abandonado esta vida”.

            Este relato do suicídio de Lutero foi publicado em Anversa, no ano de 1606, pelo sensato Sedúlius.

            Dois médicos comprovaram os sintomas de suicídio relatados pelo seu doméstico Kudtfeld. Foram eles Cester e Lucas Fortnagel.
            As informações desse último foram publicadas pelo escritor J. Maritain, em seu livro: “Os Três Reformadores”.
            Nesse livro o autor oferece ainda uma impressionante lista de amigos e companheiros de Lutero que se suicidaram.

          • Vale ressaltar que Lutero era suicida: Lutero tinha um temperamento extremamente mórbido e neurótico. Depois de sua revolta contra a Igreja, a sua neurose atingiu os limites extremos. Estudos especializados lhe atribuem uma “neurose de angústia gravíssima”, do tipo que leva ao suicídio. (Roland Dalbies, em “Angústia de Lutero”)
            O suicídio de Lutero é afirmado tanto por católicos como por protestantes. Eis o depoimento do seu criado, Ambrósio Kudtfeld, que mais tarde se tornou médico:
            “Martinho Lutero, na noite que antecedeu a sua morte, se deixou vencer por sua habitual intemperança, e com tal excesso, que fomos obrigados a carregá-lo totalmente embriagado, e colocá-lo em seu leito. Depois nos retiramos ao nosso aposento sem pressentir nada de desagradável. Pela manhã voltamos ao nosso patrão para ajudá-lo a vestir-se, como de costume. Mas, que dor! Vimos o nosso patrão Martinho pendurado de seu leito e estrangulado miseramente.
            “Tinha a boca torta e a parte direita do rosto escura; o pescoço roxo e deformado. Diante de tão horrendo espetáculo, fomos tomados de grande terror. Corremos sem demora aos príncipes, seus convidados da véspera, para anunciar-lhes aquele execrável fim de Lutero. Eles ficaram aterrorizados como nós. E logo se empenharam com mil promessas e juramentos, que observássemos, sobre aquele acontecimento, eterno silêncio, e que colocássemos o cadáver de Lutero no seu leito, e anunciássemos ao povo que o ‘Mestre Lutero’ tinha improvisamente abandonado esta vida”.
            Este relato do suicídio de Lutero foi publicado em Anversa, no ano de 1606, pelo sensato Sedúlius. Dois médicos comprovaram os sintomas de suicídio relatados pelo seu doméstico Kudtfeld. Foram eles Cester e Lucas Fortnagel. As informações desse último foram publicadas pelo escritor J. Maritain, em seu livro: “Os Três Reformadores”. Nesse livro o autor oferece ainda uma impressionante lista de amigos e companheiros de Lutero que se suicidaram.
            Portanto, irmãos separados da Igreja Católica por esse falso e ébrio reformador, abram os olhos, e voltem à verdadeira Igreja de Jesus Cristo. É fácil de reconhecê-la. Está claro nos Santos Evangelhos que a verdadeira Igreja de Cristo é uma só (Mt. 16, 18). É o que aí lemos: “Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja.

          • Nostafora.

            Engraçado, né?

            Vocês católicos lançaram o marginal Lutero em lugar de destaque, ensinaram as coisas ruis de vocês a ele. Esperava o que? Já viu algum que faça diferente do que aprenderam na tua igreja?

            Bebedeiras, mentiras, homicidas, perseguidores, são as características de vocês. tendo tudo isso se feito dele um protestante.

            Mas depois,na igreja evangélica ele conseguiu se ajeitar. Tornou-se um verdadeiro cristão.

            Quanto a se suicidar-se. Dificilmente eu também não faria diferente. É difícil a gente olhar pra vida pregressa e não ficar com remorso de morte. e aí num momento de fragilidade se suicidar?

            Se vocês tivessem vergonha, teriam todos se suicidado, Mas não tem, ai ficam criticando.

          • depois tem um tempo ele virou um “verdadeiro cristão” Levy? kkkkk

            talvez,.. a beira da morte ele se tornou um verdadeiro protestante…

            ou seja: bebado, inconveniente, louco, hipócrita, assassino, incentivador ao pecado e amante da tal Maria “mãe dideus” kkkk

            um belo exemplo de verdadeiro protestante…

            lembrando ainda que em meio as famosas teses, tão vomitadas pelos protestantes como a luz nas trevas romanas, em sua maioria enaltecem as doutrinas de tal seita…

            é só lê-las… kkkk

        • TESES DE LUTERO ACEITAS PELA IGREJA CATÓLICA:
          1 Ao dizer: “Fazei penitência”, etc. [Mt 4.17], o nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo quis que toda a vida dos fiéis fosse penitência.
          3 No entanto, ela não se refere apenas a uma penitência interior; sim, a penitência interior seria nula, se, externamente, não produzisse toda sorte de mortificação da carne.
          7 Deus não perdoa a culpa de qualquer pessoa sem, ao mesmo tempo, sujeitá-la, em tudo humilhada, ao sacerdote, seu vigário.
          16 Inferno, purgatório e céu parecem diferir da mesma forma que o desespero, o semidesespero e a segurança.
          17 Parece desnecessário, para as almas no purgatório, que o horror diminua na medida em que cresce o amor.
          18 Parece não ter sido provado, nem por meio de argumentos racionais nem da Escritura, que elas se encontram fora do estado de mérito ou de crescimento no amor.
          19 Também parece não ter sido provado que as almas no purgatório estejam certas de sua bem-aventurança, ao menos não todas, mesmo que nós, de nossa parte, tenhamos plena certeza.
          25 O mesmo poder que o papa tem sobre o purgatório de modo geral, qualquer bispo e cura tem em sua diocese e paróquia em particular.
          31 Tão raro como quem é penitente de verdade é quem adquire autenticamente as indulgências, ou seja, é raríssimo.
          35 Não pregam cristãmente os que ensinam não ser necessária a contrição àqueles que querem resgatar ou adquirir breves confessionais.
          36 Qualquer cristão verdadeiramente arrependido tem direito à remissão pela de pena e culpa, mesmo sem carta de indulgência.
          38 Mesmo assim, a remissão e participação do papa de forma alguma devem ser desprezadas, porque (como disse) constituem declaração do perdão divino.
          40 A verdadeira contrição procura e ama as penas, ao passo que a abundância das indulgências as afrouxa e faz odiá-las, pelo menos dando ocasião para tanto.
          41 Deve-se pregar com muita cautela sobre as indulgências apostólicas, para que o povo não as julgue erroneamente como preferíveis às demais boas obras do amor.
          42 Deve-se ensinar aos cristãos que não é pensamento do papa que a compra de indulgências possa, de alguma forma, ser comparada com as obras de misericórdia.
          45 Deve-se ensinar aos cristãos que quem vê um carente e o negligencia para gastar com indulgências obtém para si não as indulgências do papa, mas a ira de Deus.
          47 Deve-se ensinar aos cristãos que a compra de indulgências é livre e não constitui obrigação.
          49 Deve-se ensinar aos cristãos que as indulgências do papa são úteis se não depositam sua confiança nelas, porém, extremamente prejudiciais se perdem o temor de Deus por causa delas.
          56 Os tesouros da Igreja, dos quais o papa concede as indulgências, não são suficientemente mencionados nem conhecidos entre o povo de Cristo.
          60 É sem temeridade que dizemos que as chaves da Igreja, que lhe foram proporcionadas pelo mérito de Cristo, constituem este tesouro.
          61 Pois está claro que, para a remissão das penas e dos casos, o poder do papa por si só é suficiente.
          71 Seja excomungado e maldito quem falar contra a verdade das indulgências apostólicas.
          76 Afirmamos, pelo contrário, que as indulgências papais não podem anular sequer o menor dos pecados veniais no que se refere à sua culpa.
          77 A afirmação de que nem mesmo S. Pedro, caso fosse o papa atualmente, poderia conceder maiores graças é blasfêmia contra São Pedro e o papa.
          78 Afirmamos, ao contrário, que também este, assim como qualquer papa, tem graças maiores, quais sejam, o Evangelho, os poderes, os dons de curar, etc., como está escrito em 1 Co 12.
          91 Se, portanto, as indulgências fossem pregadas em conformidade com o espírito e a opinião do papa, todas essas objeções poderiam ser facilmente respondidas e nem mesmo teriam surgido.
          94 Devem-se exortar os cristãos a que se esforcem por seguir a Cristo, seu cabeça, através das penas, da morte e do inferno;
          95 e, assim, a que confiem que entrarão no céu antes através de muitas tribulações do que pela segurança da paz.

          Vai estudar! Ignorante! É que sempre falo com o Zezé: hoje em dia estudar está muito fácil. Até a queimadura tem 1º, 2º, 3º e 4º grau.

        • A LENDA DA EXPOSIÇÃO DAS 95 TESES DE LUTERO

          Assegurou Gottfried Fitzer, no livro Was Luther wirklich sagte: nunca houve a propalada exposição pública das “noventa e cinco teses” de Lutero. É UMA FARSA, também confirmada por dois historiadores, Erwin Iserloh e KIemens Houselmann. Do relato de Johannes Schneider, um criado de Lutero, é que se extraiu de maneira errada e fantasiosa, a notícia da afixação das teses. Não encontramos, em seu manuscrito, nenhuma referência a este fato, escreveu apenas: “No ano de 1517, Lutero apresentou em Wittenberg, sobre o EIba, segundo a antiga tradição da universidade, certas sentenças para discussão, porém modestamente e sem haver desejado insultar ou ofender alguém” . Foi tudo uma farsa que engana os protestantes até hoje. Sabe-se que esta lenda da afixação das teses, foi inventada mais tarde, após a morte de Lutero, pelo alemão Melanchthon, em 1546. Provou-se que ele, Melanchthon, em 1517, estava na cidade de Tünbigen, e não em Wittenberg.

          Sábio conselho é o de Jesus nas Escrituras: O diabo é o pai da mentira (Jo 8,44).

          Se a ação de Lutero de lançar suas teses não tinha nada de excepcional, por que posteriormente isso foi lembrado em muitos livros didáticos de “história” com conotações de heroicidade ou excepcionalidade? Em primeiro lugar, porque os desdobramentos não necessariamente luteranos de uma “fé reformada” ganhou avultado corpo e agentes sociais. Sem isso, não há quem celebre ou crie memória social em torno de determinado evento. Em segundo lugar, várias idéias de outros escritos de Lutero foram utilizadas por políticos e intelectuais da segunda metade do século XIX para, muito antes de Max Weber, promover o capitalismo não encorajado pela fé cristã. Foi ao final do século XVII, contexto da expansão militar de Luís XIV (que revogou o Édito de Nantes em 1685), que se começou a celebrar nos meios “protestantes” o FALSO dia de lançamento das teses de Lutero, como um “marco de ruptura” com Roma. Essa farsa os engana até hoje. Muitos protestantes de hoje e outros que já morreram, nunca leram essas teses que muito defendem o Papa como intercessor de Cristo na terra. (Vide Teses 61, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77, 78, 79, 80, 81, 83, 84, 87, 89, 90, 91). (Fonte consultada: Alexander Martins Vianna Prof. do Depto. de História da FEUDUC-RJ).

          Se perguntarmos hoje a qualquer iludido protestante: Por que Lutero se rebelou contra a Igreja? Ele vencido pela astúcia do diabo diria: Porque o Papa vendia indulgência. Aí reside a farsa pregada pelos “pastores”. Nesse instante se lhe apresentarmos as teses 51 e 91 do próprio Lutero, causaremos o mais desastroso desconforto ao coitado do protestante, dizia Lutero nessas teses:

          “Deve-se ensinar aos cristãos que o papa estaria disposto – como é seu dever – a dar do seu dinheiro àqueles muitos de quem alguns pregadores de indulgências extorquem ardilosamente o dinheiro, mesmo que para isto fosse necessário vender a Basílica de S. Pedro”. (Tese 51).

          “Se, portanto, as indulgências fossem pregadas em conformidade com o espírito e a opinião do papa, todas essas objeções poderiam ser facilmente respondidas e nem mesmo teriam surgido”. (Tese 91).

          Isso prova que quem vendia indulgência era o desobediente monge Tetzel na Alemanha, sem o conhecimento do Papa, onde teve alguns embates com o também monge Lutero. Após o conhecimento do Papa, Tetzel foi repreendido e morreu de desgosto na cidade de Lipzing. Tetzel e Lutero haviam sido convidados a apresentar-se ao Papa para justificar suas brigas, tendo Tetzel morrido, Lutero resolveu desobedecer e recusou-se a cumprir a convocação de seu superior. Insuflado por príncipes devassos, optou por rebelar-se e foi excomungado, fundando para si o protestantismo. Adiante, forjaram até uma falsa bula, para dizer que o Papa autorizava Tetzel. Maldade.
          Na verdade, Lutero nunca “reformou” a Igreja, senão sua bíblia particular, arrancando-lhe sete livros, e a própria doutrina humana que criou. A Igreja instituída por Cristo será a mesma ontem, hoje e sempre. Até agora, Judas Scariotes foi o mais ousado rebelde que a integrou. A Igreja tem a assistência prometida por Cristo até o final dos tempos (Mt 28,19-20), e não compactua com os sofismas dos inúmeros hereges que o tempo devora. Nunca a Igreja de Cristo adotou a doutrina de Lutero, daí não caber a palavra “reforma” ao que Lutero inventara.
          Se desejar orientação, procure uma Igreja Católica, só esta foi fundada por Jesus Cristo, é a única presente em todas as cidades de todos os paises do mundo, é a única que não tem letreiro na fachada, é muito fácil identificar. Já uma igreja fundada por um pecador nada poderá fazer por sua alma, pois eles mesmos se dirigem a Igreja Católica em busca de seus documentos de batistérios para provarem que são batizados. Suas “igrejas” custavam até pouco tempo R$ 17,00 o alvará de abertura, a Igreja Católica de Jesus Cristo custou-lhe a vida. “…Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela”. (Ef 5, 25). Só esta pode te declarar ímpio, pagão (Mt 18,17).

          Santo Inácio de Antioquia no ano 106 já escrevia: ”Onde estiver o bispo, esteja o povo, assim como onde está Jesus Cristo, está a Igreja Católica”. (Carta aos Esmirnenses, 8, ano 106 d.C.).

          Afaste-se dos que promovem dissensão (divisões da fé), este não servem a Cristo. (Romanos 16,17-18).
          “Não te fieis neles ainda que digam coisas boas” (Jeremias 12, 6).

        • Levi herege e ignorante! Como você não sabe nada de Lutero, vai ai mais uma aulinha, já que o seu pastor de bodes, sem cultura não te ensina:
          LUTERO E MARIA
          Quantos protestantes usam o nome de Lutero para justificar as suas heresias, mentiras e falsos testemunhos, contra a única Igreja de Jesus Cristo? Perseguem os Santos, Virgem Maria, Imagens, o Santos Padre etc. Como se não bastasse, criam doutrinas satânicas, adulteram a Bíblia Sagrada e se dividem como se a Igreja de Jesus Cristo fosse um corpo místico mutilado e desunido.
          Mas será que eles seguem mesmo Lutero? Ou será que Lutero é apenas um bode expiatório para suas heresias? Lutero jamais acusou o Santo Padre de ter dado ordens para que se vendessem indulgências (Absolvições), muito pelo contrario, Lutero isenta o Santo Padre de qualquer culpa a respeito disso, mas o protestantismo fez o seu papel maligno de criar as fábulas sobre indulgências, o mesmo se fez com a inquisição.
          Lutero era devoto de Maria, jamais pregou qualquer coisa contra a Bem Aventurada, nunca negou a sua intercessão; ai fica a pergunta: por que os protestantes não seguem o criador do protestantismo? Já que usam o seu nome para se justificar, então use toda a sua ideologia; seria o mais coerente.
          O protestantismo de hoje em dia não tem nada a ver com Lutero; ele era alcoólatra, fornicador, adúltero e esquizofrênico, mas não cometeria o erro de perseguir a Mãe de Deus como fazem hoje os filhos da serpente. Eu mesmo sendo um critico de Lutero, tenho que reconhecer que se ele estivesse vivo hoje, estaria chorando vendo no que se transformou aquilo que ele mesmo começou, não tenho dúvidas, Lutero cuspiria na cara dos protestantes de hoje em dia.
          A virgindade perpétua de Maria:
          Segundo Lutero, Jesus Cristo era filho único de Maria e seus irmãos eram primos, ele também não deixa de mencionar que na cultura Hebraica primos eram tratados como irmãos.
          “Cristo era o único filho de Maria. Das entranhas de Maria, nenhuma criança além dEle. Os ‘irmãos’ significam realmente ‘primos’ aqui: a Sagrada Escritura e os judeus sempre chamaram os primos de ‘irmãos’.” (Martinho Lutero, Sermões sobre João 1-4, 1534-39)
          “Cristo, nosso Salvador, foi o fruto real e natural do ventre virginal de Maria. Isto se deu sem a cooperação de um homem, permanecendo virgem depois do parto.” (Martinho Lutero, idem)
          “Virgem antes, no, e depois do parto, que está grávida e dá à luz. Este artigo (da fé) é milagre divino” (Lutero, já no fim de sua vida: [FiM95], pg.1122 Sermão Natal 1540: WA 49,182)
          “Ele, Cristo, nosso Salvador, era o fruto real e natural do ventre virginal de Maria … Isto aconteceu sem a participação de qualquer homem e ela permaneceu virgem mesmo depois disso” (Lutero, “Sermões sobre João”, cap. 1 a 4, 1537-39 dC)
          “Creio firmemente que Maria, conforme as palavras do Evangelho que afirmam que de uma Virgem nos nasceria o Filho de Deus, permaneceu sempre pura e intacta Virgem durante e depois do nascimento de seu Filho” (Ulrich Zwinglio, citado em “Corpus Reformatorum” v.1, p.424)
          Maternidade divina de Maria:
          Como todo o devoto de Maria, Lutero afirma com todas as letras que a Bem Aventurada era Mãe de Deus. Lutero também não deixa de alfinetar Nestório e seus Nestorianos ao afirmar que não existe dois Cristos (Cristo Homem e Cristo Deus).
          “Deus diz: ‘o filho de Maria é meu Filho somente.’ Desta forma, Maria é a Mãe de Deus.” (Martinho Lutero, Ibidem)
          “Deus não recebeu sua divindade de Maria; todavia, não segue que seja conseqüentemente errado afirmar que Deus foi carregado por Maria, que Deus é filho de Maria, e que Maria é a Mãe de Deus. Ela é a Mãe verdadeira de Deus, a portadora de Deus. Maria amamentou o próprio Deus; ele foi embalado para dormir por ela, foi alimentado por ela, etc. Para o Deus e para o Homem, uma só pessoa, um só filho, um só Jesus, e não dois Cristos. Assim como o seu filho não são dois filhos… Mesmo que tenha duas naturezas.” (Martinho Lutero, “Nos Conselhos e na Igreja”, em 1539)
          “Esta é a consolação e a transbordante bondade de Deus, que Maria seja sua verdadeira mãe, Cristo seu irmão, Deus seu Pai… Se acreditares assim, então estás de verdade no seio da Virgem Maria e és seu querido filho.” (Lutero, Kirchenpostille, ed. Weimar, 10.1, p. 546.)
          “Por isso em uma palavra compendia-se toda a sua honra: quando se a chama mãe de Deus, ninguém pode dizer dela maior louvor. E é preciso meditar em nosso coração o que significa ser mãe de Deus.” (Lutero, Comentário ao Magnificat, de 1521, [FiM95], pg.1121. Sermão, 1522:WA 7,572)
          Imaculada Conceição:
          Algo que deixa as pessoas totalmente confusas com a divisão protestante, são as suas contradições, pois os protestantes dizem que a doutrina da Imaculada Conceição só foi inventada a partir de seu dogma em (1854), segundo os teólogos protestantes, antes de (1854) ninguém acreditava na doutrina da Imaculada Conceição, sendo assim, a crença protestante é de que uma doutrina só passa a existir depois que é proclamado seu dogma; porém Lutero em 1527 já pregava a doutrina da Imaculada Conceição séculos antes do seu dogma ser proclamado, alguns teólogos protestantes como Arthur Carl Piepkorn (1907-1973) mantêm a aceitação do dogma da Imaculada Conceição a partir dos escritos de Lutero.
          ”É uma doce e piedosa crença esta que diz que a alma de Maria não possuía pecado original; esta de que, quando ela recebeu sua alma, ela também foi purificada do pecado original e adornada com os dons de Deus, recebendo de Deus uma alma pura. Assim, desde o primeiro momento de sua vida, ela estava livre de todo pecado” (Lutero, Sermão sobre o Dia da Conceição da Mãe de Deus de 1527)
          “É uma opinião doce e piedosa que a infusão da alma de Maria ocorreu sem o pecado original; de modo que, ao infundir a sua alma imune ao pecado original, foi adornada com presentes de Deus, recebendo uma alma pura, infusa por Deus; assim, desde o primeiro momento em que começou a viver ela esteve livre de todo o pecado.” (Sermão: “No dia da concepção da Mãe de Deus,” Dezembro [?] 1527, de Hartmann Grisar, S.J. Luther, da tradução da versão do alemão para o inglês por E.M. Lamond, editado por Luiggi Coppadelta, Londres: Kegan Paul, trincheira, Trubner, primeira edição, 1915, Vol. IV [ de 6 ], p. 238; revisado por Werke alemão, Erlangen, 1826-1868, editado por J.G. Plochmann e J.A. Irmischer, editado por L. Enders, Francoforte, 1862 ff., 67 volumes; citação 15 2 , p. 58)
          “É cheia de graça, proclamada para ser inteiramente sem pecado, algo tremendamente grande. Para que fosse cheia pela graça de Deus com tudo de bom e para fazê-la vitoriosa sobre o diabo.” (Martinho Lutero, Livro Pessoal de Oração, 1522)
          Parece-me que Lutero tinha visões do futuro, só pode, pois ele acreditava em uma doutrina que segundo os protestantes, só foi criada três séculos depois da rebelião. Incrível isso!
          Veneração à Maria:
          Bem, sendo ele devoto de Maria, Lutero venerava a Mãe de Deus, doutrina totalmente repudiada pelos filhos da serpente.
          “A veneração de Maria está inscrita no mais profundo do coração humano.” (Martinho Lutero, Sermão em 1º de setembro de 1522.)
          “Maria é a mulher mais elevada e a pedra preciosa mais nobre no Cristianismo depois de Cristo… Ela é a nobreza, a sabedoria e a santidade personificadas. Nós não poderemos jamais honrá-la o bastante. Contudo, a honra e os louvores devem ser dados de tal forma que não ferem a Cristo nem às Escrituras.” (Martinho Lutero, Sermão na Festa da Visitação em 1537.)
          “Nenhuma mulher é como tu! És mais que Eva ou Sara, sobretudo, pela nobreza, bem-aventurança, sabedoria e santidade!” (Martinho Lutero, Sermão na Festa da Visitação em 1537.)
          “Devemos honrar Maria como ela mesma desejou e expressou no Magnificat. Louvou a Deus por suas obras. Como, então, podemos nós a exaltá-la? A honra verdadeira de Maria é a honra a Deus, louvor à graça de Deus. Maria não é nada para si mesma, mas para a causa de Cristo. Maria não deseja com isso que nós a contemplemos, mas, através dela, Deus.” (Martinho Lutero, Explicação do Magnificat, em 1521.)
          “Quem são todas as mulheres, servos, senhores, príncipes, reis, monarcas da Terra comparados com a Virgem Maria que, nascida de descendência real (descendente do rei Davi) é, além disso, Mãe de Deus, a mulher mais sublime da Terra? Ela é, na cristandade inteira, o mais nobre tesouro depois de Cristo, a quem nunca poderemos exaltar bastante (nunca poderemos exaltar o suficiente), a mais nobre imperatriz e rainha, exaltada e bendita acima de toda a nobreza, com sabedoria e santidade” (Lutero, Comentário ao Magnificat)
          “Não há honra, nem beatitude, que se aproxime sequer, por sua elevação, da incomparável prerrogativa, superior a todas as outras, de ser a única pessoa humana que teve um Filho em comum com o Pai Celeste.” (Lutero, Deutsche Schriften, 14, 250)

          “Maria é a maior e a mais nobre jóia da Cristandade logo após Cristo… Ela é nobre, sábia e santamente personificada. Jamais conseguiremos honrá-la suficientemente.” (Lutero, Sermão do Natal de 1531)
          Intercessão de Maria e de todos os Santos:
          E como não poderia faltar, um verdadeiro devoto de Maria, pede a intercessão da Bem Aventurada e de todos os Santos.
          “Ninguém nunca se esqueça de invocar a Virgem e os santos pois eles podem interceder por nós.” (Lutero, Prep. ad mortem)

          A Igreja Luterana no (Manifesto de Dresden), se propõe a voltar à suas origens e propagar todo o seu amor e devoção a Bem Aventurada, assim como Lutero o fazia, sabendo que tal devoção foi retirada do quadro doutrinal da Igreja Luterana por causa da propagação dessas seitas protestantes ditas pentecostais, tais seitas usavam o nome de Lutero sem ao menos saber quem foi Lutero. Nesse manifesto os Luteranos se propõe a examinar corretamente as Aparições Marianas e aceitá-las.
          Pequeno trecho do “Manifesto de Dresden” (05/1982)
          “Somente Deus pode permitir que Maria se dirija ao mundo, através de aparições. Cristãos Evangélicos da Alemanha, deveremos talvez continuar a opor-lhes recusa e indiferença? Temos o direito de examinar tais fatos. Seria o cúmulo da tolice ignorarmos a voz de Deus que fala ao mundo, pela mediação de Maria, e dar-lhe as costas, unicamente, porque Ele faz ouvir sua voz através da Igreja Católica”
          No mesmo manifesto, Teólogos Protestantes Alemães afirmam que a Igreja Católica é a única que cumpre perfeitamente a profecia Bíblica onde diz: (Todas as gerações proclamarão Maria Bem Aventurada até o fim dos tempos).
          Pequeno trecho do “Manifesto de Dresden” (05/1982)
          ”No seu Magnificat, Maria declara que todas as gerações a proclamarão bem-aventurada até o fim dos tempos. Todos nós verificamos que esta profecia se cumpre na Igreja Católica e, nestes tempos dolorosos, com intensidade sem precedentes. Na Igreja Evangélica, tal profecia caiu em tão grande esquecimento que dificilmente se encontra algum vestígio da mesma.”
          Quando vemos a Igreja Luterana se propondo voltar à suas origens, é porque a coisa está feia mesmo no protestantismo.
          Lutero acreditava na:
          Maternidade Divina de Maria.
          Virgindade Perpétua de Maria.
          Imaculada Conceição.
          Para Lutero Maria era:
          A maior jóia depois de Jesus Cristo.
          Mulher totalmente venerável.
          Nossa intercessora ao lado dos Santos e Santas.
          Então fica a pergunta:
          De onde vieram as serpentes protestantes que tentam dar uma abocanhada certeira no calcanhar da Bem Aventurada?
          Voltem para casa luteranos, a Igreja única de Jesus Cristo estará de braços abertos para recebê-los novamente. Desde que a conversão seja de coração.
          Autor: Cris Macabeus.
          Referencias bibliográficas:
          Martinho Lutero, Sermões sobre João (1534-39).
          Sermão Natal (1540).
          Ulrich Zwinglio, citado em Corpus Reformatorum.
          Martinho Lutero, Nos Conselhos e na Igreja (1539).
          Lutero, Kirchenpostille, ed. Weimar.
          Lutero, Comentário ao Magnificat (1522).
          Lutero, Sermão sobre o Dia da Conceição da Mãe de Deus de (1527)
          Martinho Lutero, Livro Pessoal de Oração, (1522).
          Martinho Lutero, Sermão em 1º de setembro de (1522).
          Martinho Lutero, Sermão na Festa da Visitação em (1537).
          Lutero, Deutsche Schriften.
          Lutero, Sermão do Natal de (1531).
          Manifesto de Dresden (05/1982).
          ☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☻☻♥♥

          • Emanuelle,

            Condenem Cristo, pois foi Ele quem disse que dos nascidos de homem, o maior entre todos foi o seu primo, João Batista.

            Quanto a proclamar Maria bem aventurada, claro que qualquer um na terra a proclama, pois levou em seus braços, amamentou em seus seios, deu colo, o filho de Deus, a única mulher do mundo a fazer tal coisa. Aliás, disse ante e repito, qual homem, não estou nem falando mulher, que não gostaria de ter sido a mãe do filho de Deus?

            A discussão é outra. Vocês não encontram Cristo ensinando culto à sua mãe, mas o fazem. Tornaram uma criatura como se Deusa fosse, Vocês católicos em conjunto com os demais cristãos capitularam a bíblia, e se havia algum livro que vocês esqueceram de colocar que acaso determinasse culto à mãe de Cristo, não me negaria de modo algum, por ser de costume amarrar o burro onde o dono do burro manda.

            Se havia livros que diziam que Maria não teve outros filhos, então se omitiram também.

            Primo era João Batista. Quanto a chamar de irmão, daqui a pouco você nessa leseira sua e de tua igreja vão dizer que José foi vendido pro Egito pelos primos, que Arão era primo de Moisés, que Jacó era primo de Isaú.

            O nome irmão é usado de igual forma como todo a língua do mundo, onde evangélicos se tratam uns com os outros por irmãos, maçons também, o clero católico entre si, são francisco com os animais, os poetas com o sol e a lua.

            Vocês são doidos e varridos, do tipo que joga pedra na lua. Ficaram a vida toda falando que celibato é doutrina de Cristo, mas tiveram que calar agora em face do santo papa, esse é santo (pois sem papa na língua, aliás, o primeiro papa sem papa na língua), que se trata de doutrina da igreja, não dos santos apóstolos.

            Vá estudar, e não fique adulterando os textos, textos que mudam a santa palavra de Deus.

            Disse e repito, o império romano criou essa história de Maria não consumando o casamento, portanto deslegitimando os irmãos de Cristo, para fins de evitar que fossem à busca de parentes Dele pra reinar sobre Roma.

            Ou seja, nome da prostituta que se deitou, segundo a bílblia, com quem paga a ela, tendo matado Cristo, Paulo, Pedro, mas que vocês a homenagearam colocando no nome da seita de vocês(e ai se não colocasse) o nome ROMANA, reverência à cidade que espelhou o povo judeu no mundo todo. É o mesmo que um judeu colocar o nome babilônia e egito em algo seu e que preze muito. Foi um descaso, um deboche do império romano que vocês aceitaram, e que não mudaram até hoje.

          • “Condenem Cristo, pois foi Ele quem disse que dos nascidos de homem, o maior entre todos foi o seu primo, João Batista.”

            kkkkk

            ou seja… João Batista é maior que Cristo kkkkk e isto dito pelo próprio Cristo…

          • Nostafora

            Cristo não foi nascido de um homem, mas apenas de uma mulher, posto que seu pai é Deus.

            Já João, o nascido de homem com mulher, a forma tradicional.

            Meu caro, um dia você vai aprender a pensar. Enquanto não, resta a mim ter que desenhar.

            Se o bebesauro não compreender, é só choramingar. Eu volto pro berço da criancinha pra ensinar.

          • João Batista foi nascido de mulher… de homem ninguém nasce…

            não me venha com desculpinhas Levy.. o texto é claro…

            NASCIDO DE HOMEM.. que quer dizer nascido da carne humana…

            cristo nasceu de Maria, que é carne humana…

            c* não faz filho Levy, portanto não há como nascer de homem.

            kkkkkk vc está incluindo texto na biblia Levy… não tem essa parte que vc citou: nascido de homem com mulher… kkkkk

          • Nostafora,

            Vá pra frente do espelho, Estando lá, procure mexer com as orelhas pra frente e pra trás, Tente que vai conseguir.

            Digo isso em face de que você já conseguiu as outras coisas, relinchar e dar coice. portanto, cavalo,burro e jumento.

            Se não for dessa família, trate de colocar o nome. Nostafora Pereira Burro. Aliás, os judeus não usaram essa turma pra por como sobrenome. Você passa a usar, e muito bem aplicado.

            Tá interpretando texto brilhante, seja os da bíblia seja os que eu falo, portanto a razão de mudar de nome. O cara mais inteligente que já vi.

          • Levy, descendente de burro falante são os protestantes kkkkk

            mas o fato é que: de nascidos de homem só João Batista…

            então meu caro.. o próprio cristo indicou quem é maior que ele mesmo!!!

            Cristo, apesar da biblia dizer que ele é “deus”, ele nasceu de Maria que pertence ao genero humano, ou seja: HOMEM… além de que, a própria biblia diz que Maria “concebeu” do inspiritusantu, ou seja… ou seja: Cristo é nascido de homem também…

            ora Levy… essas interpretações esdrúxulas que vcs fazem para fazer a biblia convergir de acordo com suas vontades chegam a ser hilárias…

          • Nostafora,

            Bom entendedor, com meia palavra entende um sermão.

            Um mau entendedor, um sermão não entende nada, ou dorme ou despreparado.

            É o seu caso. Despreparado até a tampa.

          • Levy, para o bom entendedor, um pingo é letra…

            portanto… “Quando veio a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, NASCIDO DE UMA MULHER, nascido sob o domínio da Lei… A fim de nos conferir a adopção filial.” (Gal 4,4-5).

            bem Levy… nascido de “homem” é impossível, portanto depreende-se que xessus indicava nesta frase o “genero humano”…

            o texto acima é claro e mostra que xessus nasceu de uma mulher… ou seja… NASCIDO DO GENERO HUMANO…

            Se segundo ele mesmo dos nascidos de homem não há ninguém maior que João Batista, então não é xessus que deve ser adorado…

            vcs estão fazendo me*da kkkkkkkkk

          • Nostafora,

            Não sei. Só sei que é assim.

            Cristo disse e está dito e bem dito, bendito também. Vá em busca do céu se queixar com Ele.

            Dos nascidos de homem e mulher, o maior é João Batista, o primo Dele.

            Já o nascido de mulher e Deus, o maior é Ele próprio.

            Onde é que está Maria? Ela era ou não era nascida de homem e mulher? Claro que era.

            Mas não era maior que sobrinho dela.

            Já imaginou. Maria é mãe do maior entre os maiores dos céus e da terra. Em passada assemelhada é tia da pessoa mais importante da terra.

            Quer dizer que Cristo lembrou de seu primo, mas esqueceu da própria mãe?

            Vá se queixar com o bispo.

          • kkkkkkkkk

            como é? eu li isso direito?

            vamos ver:

            “Dos nascidos de homem e mulher, o maior é João Batista, o primo Dele.”
            “Já o nascido de mulher e Deus, o maior é Ele próprio.”

            é… eu li direito sim kkkk

            Levy… isso é o que vc diz… MAS NÃO É O QUE ESTÁ NA BIBLIA…

            Na biblia diz claramente que “dos nascido de MULHER” NÃO HÁ NENHUM MAIOR QUE JOÃO BATISTA… depois fazendo referencia ao reino do céu, disse que de lá, o menor é maior que João…

            Mas Cristo é nascido de mulher (o anjo anunciador disse claramente: conceberá um filho)… e estava neste mundo quando disse tais palavras…

            ou seja… ele, estando aqui, mostrou que João é maior que ele… portanto… como eu disse, vcs cristãos estão fazendo me*da… estão adorando o cara errado… o cara que é para ser adorado é João, pois ele é maior que xessus kkkkkk

            “grória a joão batista” kkkkkkkkk

            não adianta esperniar Levy…

            vcs cristãos são todos uma farsa interpretativa kkkk

          • Nostafora,

            Desnorteado, veja que eu escrevi o Ele, referência usual e especial a Deus e a Cristo. Se fosse a João, teria sido apenas o ele.

            Mobral, mobral, mobral. Procure lê no Youtube, vai vê o que é direitinho. Procure logo. Viu o exemplo da anciã de 83 na América Central? Vá, aprender não tem tempo ruim, não.

        • Olha o que diz Lutero:“… Seja um pecador e peque fortemente, mas creia e se alegre em Cristo mais fortemente ainda…Se estamos aqui (neste mundo) devemos pecar…Pecado algum nos separará do Cordeiro, mesmo praticando fornicação e assassinatos milhares de vezes ao dia”. (Carta a Melanchthon, 1 de agosto de 1521 (American Edition, Luther’s Works, vol. 48, pp. 281-82, editado por H. Lehmann, Fortress, 1963).
          “Por isso em uma palavra compendia-se toda a sua honra: quando se a chama mãe de Deus, ninguém pode dizer dela maior louvor. E é preciso meditar em nosso coração o que significa ser mãe de Deus.” (Lutero, Comentário ao Magnificat, de 1521, [FiM95], pg.1121. Sermão, 1522:WA 7,572).

        • Martinho Lutero é verdadeiramente o moralista da lama… sua impureza “assustava” até os Demônios: “Deixemos que casem secretamente com a sua cozinheira… se a mulher não quiser ter relação sexual, deixemos vir a criada. E se a esposa reclamar, o marido deve responder à admoestação: vá para o diabo” (Martinho Lutero). O pai dos protestantes era um luzeiro queimado.
          A força dos protestantes não está na verdade; mas sim, na língua: calúnia, maledicência, mentira e difamação. Nem Deus escapou da língua maligna de Martinho Lutero: “Certamente Deus é grande e poderoso, é bom e misericordioso, e tudo quanto se pode imaginar nesse sentido, mas é estúpido” (Martinho Lutero).
          O pai dos protestantes, “porco” impuro, dizia que a castidade era um milagre… então, desprezando essa virtude “impossível” de ser vivida, cometia as ações mais repugnantes: “A castidade não está em nosso poder… O homem não pode vencer a inclinação natural ao casamento. Quem quiser ficar solteiro deve depor o título de homem e provar que é um anjo ou um espírito, pois Deus não concede isto a um homem”.

          “Cristo, tão piedoso, também teve que fornicar antes de morrer” (Martinho Lutero).

          “Eu fui monge, eu queria seriamente ser piedoso. Ao invés, eu me afundava sempre mais: eu era um grande trapaceiro e homicida” (Martinho Lutero).
          “Eu aqui me encontro insensato e endurecido, ocioso e bêbado de manhã à noite… Em suma, eu que devia ter fervor de espírito, tenho fervor da carne, da lascívia, da preguiça e da sonolência” (Martinho Lutero).
          O orgulhoso “reformador” desprezou a graça de Deus para mergulhar nos vícios… mergulho profundo e obstinado: “Quando te disser o diabo: Não bebas, responde-lhe: Por isso mesmo que me proíbes, é que hei de beber, e em nome de Jesus Cristo beberei mais copiosamente” (Martinho Lutero).

          Olha o que diz Lutero:“… Seja um pecador e peque fortemente, mas creia e se alegre em Cristo mais fortemente ainda…Se estamos aqui (neste mundo) devemos pecar…Pecado algum nos separará do Cordeiro, mesmo praticando fornicação e assassinatos milhares de vezes ao dia”. (Carta a Melanchthon, 1 de agosto de 1521 (American Edition, Luther’s Works, vol. 48, pp. 281-82, editado por H. Lehmann, Fortress, 1963).

        • Se as senhoras e senhoritas protestantes conhecessem o “amor” e o “respeito” que Martinho Lutero tinha pelas mulheres, com certeza todas abandonariam esse “barco” furado: “O corpo das mulheres não é forte, e a sua alma é ainda mais fraca, no sentido comum. Assim é um assunto sem importância que o Senhor coloque uma selvagem ou civilizada ao nosso lado. A mulher é meio criança. Aquele que toma uma mulher deveria considerar-se como o guarda de uma criança… ela é semelhante a um animal caprichoso” (Martinho Lutero).

          O pai dos protestantes vivia na impureza e convidava a todos para esse mar de lama… aconselhava abertamente o adultério: “Não é proibido ter o homem mais de uma mulher. Hoje eu não poderia proibir isto… Confesso que se um homem deseja casar com muitas mulheres, eu não posso proibir isto, pois não é oposto à Sagrada Escritura” (Martinho Lutero).

          O pai dos protestantes possuía uma maneira muito “caridosa” e “prática” para abrir os ouvidos das pessoas simples: “Os camponeses não queriam escutar nada; por isso, era preciso abrir-lhes o ouvido com balas de espingarda, para que as suas cabeças voassem pelos ares” (Martinho Lutero).
          Se a contradição fosse virtude, Martinho Lutero seria o maior de todos os santos.
          O pai dos protestantes tratava o povo com rudeza e ira… era um homem descortês e violento… não pregava com o coração, mas com os punhos: “Porque Deus deu a lei e ninguém a observa, Ele instituiu, como suplemento, os senhores da vara, os condutores e os castigadores. Assim a escritura, por semelhança, dá a função dos legisladores: eles devem ser como os homens que conduzem mulas; é necessário constantemente subjugá-las e chicoteá-las; de outra forma não caminharão”
          Martinho Lutero… homem mentiroso e falso… matava e colocava a culpa em Deus. Deus pode fazer obras más? “Eu, Martinho Lutero, na rebelião, matei todos os burgueses, pois fui eu quem ordenou que eles fossem levados à morte. Todo o seu sangue está sobre a minha cabeça; mas o deixei com Deus, Nosso Senhor, porque ele me ordenou que assim fizesse”.

          Martinho Lutero possuía um coração cheio de ódio, revolta e maldade… a sua impaciência e ira não compadeciam dos fracos e limitados: “Não quero saber nada de misericórdia… ninguém se deve compadecer dos camponeses teimosos, obcecados, cegos, mas bater neles com cordas, pau e foice, como se faz com cães furiosos. Eles são, com certeza, revoltosos, ladrões, assassinos e blasfemadores, de modo que entre eles não há nenhum que não tenha merecido dez vezes a morte, sem compaixão… o burro quer pauladas, e este povo quer ser governado pela força” (Martinho Lutero).

          Martinho Lutero era beberrão… “comia” bebida alcoólica com farinha. Bebia e se gabava de ser beberrão: “No beber, não quero que outros entrem em competição comigo” (Martinho Lutero).

          Martinho Lutero viveu alguns meses na solidão, mas o seu coração estava em contínuo barulho. Ao invés de aproveitar o tempo para pensar em Deus e mudar de vida, entregava-se desabridamente às paixões vergonhosas da luxúria, como ele mesmo escreve em 1522: “Sou um famoso namorador… tive já três mulheres ao mesmo tempo, e as amava tão ardentemente que perdi duas delas, que foram procurar outros maridos… quanto a ti, amigo Spalatino, és um namorador mole, não tendo sequer a coragem de ser marido de uma só”. A linguagem do famoso “reformador” é repugnante… digna de um boêmio… de um viúvo alegre.
          O pai dos protestantes, ambicioso e vaidoso, quis ser luz… quis pairar acima de todos… mas caiu no lamaçal de todos os vícios. Ele mesmo reconheceu tamanha decadência: “… Deus resiste aos soberbos” (1 Pd 5, 5).
          Martinho Lutero não foi um super-santo… nem super-homem… mas sim, um super-revolucionário. Homem de novas “doutrinas”… podres doutrinas.
          “Quem não combate o papado, de todo o coração, não pode alcançar a salvação eterna”. Eis um dos “dogmas” dos protestantes.
          Martinho Lutero, homem furibundo, orgulhoso e caprichoso… queria que todos inclinassem a cabeça diante de sua terrível doutrina. Aos que não a aceitavam, ele escrevia com ódio e insulto: “Se nós castigamos ladrões com a forca, bandidos com a espada, hereges com o fogo, por que não agredimos com qualquer arma estes doutrinadores da corrupção, estes Cardeais, estes Papas e toda esta bicharada da Sodoma romana, que leva toda a Igreja à putrefação? Por que não lavamos as nossas mãos no sangue deles?”
          “… Seja um pecador e peque fortemente, mas creia e se alegre em Cristo mais fortemente ainda…Se estamos aqui (neste mundo) devemos pecar…Pecado algum nos separará do Cordeiro, mesmo praticando fornicação e assassinatos milhares de vezes ao dia”. (Carta a Melanchthon, 1 de agosto de 1521 (American Edition, Luther’s Works, vol. 48, pp. 281-82, editado por H. Lehmann, Fortress, 1963).

          Não sigamos o conselho de Lutero: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da igreja.” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).

          • Emanuelle,

            Esperar o que de um católico dessa época.

            Mesmo que tivesse se convertido ao evangelho, deixado o protestantismo dele, ainda assim teria muita coisa ruim, aprendido pela convivência com as doiduras de tua igreja.

            O povo já não aguentava mais, Era perseguição aos coitados dos judeus, aos coitados dos católicos, lembrando que começou contra os evangélicos no século 11, onde logo depois foi criada, vejam só, a Santa Inquisição.

            Nessa época todos se encontravam ríspidos com a tua igreja católica, ela estava num pé e noutro pelo fato dos portugueses/judeus terem descoberto com a Escola de Sagres novas terras, fato que se deu ainda no século 13, mas que estavam calados, razão e motivo dela determinar a conversão obrigatória deles ao catolicismo. Esse fato, podem constatar, fez do povo judeu, um povo triste, povo cabisbaixo. Não conheço povo mais triste, sendo que até a música, o fado, é só lamentos.

      • Emanuelle como você se preocupou tanto em pesquisar a vida de Martinho Lutero, você deveria também pesquisar sobre sua igreja Católica. Tanto a Igreja Católica ou as Evangélicas, tem como base de fé a Bíblia, então a Bíblia é a base de tudo. E quando vc fala do Martinho Lutero, como você é uma pesquisadora da história das religiões, VOCÊ DEVE SE LEMBRAR que naquela época QUEM NÃO CONCORDAVA COM AS IDÉIAS DO PAPA ou com AS DOUTRINAS CATÓLICAS eram chamados de Hereges ou Bruxos E CONDENADOS A FOGUEIRA. Então não há como CONDENAR LUTERO COMO UM SANGUINÁRIO e ESQUECER DAS ATROCIDADES DE QUE A IGREJA CATÓLICA FEZ ATRAVÉS DE SEUS LÍDERES MAIORES, os PAPAS. Você deve-se lembrar do grande Galileu Galilei que ao afirmar que a Terra era redonda, SÓ ESCAPOU DA FOGUEIRA, porque negou isso diante do Papa. E quando ele saiu desse interrogatório com o Papa, alguém lhe perguntou: “E aí Galileu, negou que a terra era redonda”?? E ele respondeu: “Negar, eu neguei. Mas que a terra é redonda isso ela é.”

        • A Igreja Católica que se diz ser a única e verdadeira religião fundada por Jesus.
        • A Reforma Protestante alega ser o retorno às origens da fé, ao Verdadeiro Cristianismo, enfim o verdadeiro confessor da fé legítima dos Primeiros séculos. Então para vermos QUAL DOS 02 MOVIMENTOS – Católico ou Evangélico – SERIA VERDADEIRO ou NÃO, temos que nos comparar os dois movimentos com a Bíblia que é a regra de fé e a base do segmento doutrinário que ambos seguem. Como vc disse que estudou Teologia, acredito que vc deva ter aprendido o que vou discorrer abaixo, ou talvez essa PARTE NÃO LHE FOI ENSINADA. Vamos aos fatos:

        • Me parece que você é uma pessoa que gosta de ler e pesquisar, então acredito que você deve ter estudado a História da Igreja Primitiva e vc deve ser estudado que até o ano 300 da Era Cristã, esses cristãos primitivos eram perseguidos e mortos por causa de sua fé porque não se prestavam a fazer a culto a religião do Império Romano, que era a adoração e a veneração ao Imperador de Roma. A partir do Ano 300 D.C. quando o Imperador Romano Constantino se tornou cristão, o que aconteceu?? Aquela comunidade cristã que era perseguida, agora com o Imperador Romano fazendo parte da mesma, acabou a perseguição, acabaram-se as mortes, pois o Chefe maior do Vasto Império Romano era um deles. Só que “esses tempos de paz e bonança” em vez de serem bons para a Igreja Primitiva, FOI A PIOR COISA QUE HOUVE PARA OS CRISTÃOS PRIMITIVOS, pois com essa conversão de Constantino “veio uma enxurrada de pessoas” para o seio da igreja, pessoas que nunca tiveram realmente uma conversão genuína e com isso começaram os ERROS DOUTRINÁRIOS dentro da Igreja Primitiva – acredito que vc deva ter estudado isso no seu curso de Teologia – e aí com o passar dos anos esses DESVIOS DOUTRINÁRIOS foram se aumentando mais e mais e aquela Igreja Primitiva que seguia a Palavra de Deus na íntegra se apostou da fé começando a seguir um monte de Ensinos Pagãos e se tornando a Igreja Católica Romana que temos hoje. É duro falar ou ouvir isso, mas se você teve um bom e genuíno Curso de Teologia, deva ter estudado isso. E olha que os Apóstolos de Cristo enquanto estavam vivos escreveram sobre esse cuidado dos cristãos para NÃO SE AFASTAREM da Palavra de Deus dando ouvido a ensinos de homens e até mesmo de demônios. Olha o que eles escreveram: • “Cuidai, pois, de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue. Eu sei que depois da minha partida entrarão no meio de vós lobos cruéis que não pouparão rebanho, e que dentre vós mesmos (os anciãos) se levantarão homens, falando coisas perversas para atrair os discípulos após si” (Atos 20:28-30).” “falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras” (2 Coríntios 11:13-15).”

        Nada acontece de uma só vez… A transformação do Cristianismo de Atos dos Apóstolos no cristianismo de Roma não se fez da noite para o dia. É o resultado de um lento processo. A partir do momento em que a tradição é colocada em pé de igualdade com a Bíblia e, muitas vezes, posta acima da Bíblia, começa-se a ter grandes desvios. E como você gosta de ler e pesquisar, acredito QUE VOCÊ DEVA TER ESTUDADO SOBRE OS DESVIOS DOUTRINÁRIOS que foram surgindo através do séculos e acredito que você deva ter estudado sobre alguns que vou mencionar abaixo:

        Ano 310 – Dentre as mais antigas tradições humanas criadas pela ICAR, se encontram a oração pelos mortos e o sinal da cruz, as quais apareceram quase 300 anos, após a morte de Cristo. Ano 320 – Introdução do uso de velas. Ano 375 – Veneração aos anjos e santos falecidos. Ano 394 – Início da celebração da Missa.

        Ano 431 – Adoração a Maria, mãe de Jesus, com a invenção do termo “Mãe de Deus”, conforme o Concílio de Éfeso. Ano 500 – Adoção das vestes especiais para os sacerdotes. Ano 526 – Adoção do rito chamado “Extrema Unção”.
        Ano 593 – Invenção da doutrina do Purgatório.
        Ano 600 – Papa Gregório I adota o Latim na celebração da Missa. Observação: Paulo proíbe orações em línguas estranhas e a Bíblia ensina que as orações só devem ser feitas a Deus, nunca aos anjos ou santos. (Ver Mateus 11:28; Lucas 1:46; Atos 10:25; Atos 14:14-18).
        Ano 610 – Foi criado o papado, usando-se o título de origem pagã (Maximus Pontifex), dado ao bispo de Roma pelo maligno imperador Focas, com o objetivo de desacatar o bispo Ciríaco, de Constantinopla, o qual o havia excomungado, por ter ele assassinado o seu predecessor Maurício. Gregório I, então Bispo de Roma, recusou o título de Papa, o qual seria aceito pelo seu sucessor, Bonifácio III. Observação – Jesus nunca nomeou Pedro como líder dos apóstolos, tendo apenas ordenado que ele apascentasse as Suas ovelhas – os judeus – do mesmo modo como iria entregar Suas outras ovelhas – os gentios – ao apóstolo Paulo. (Ver Gálatas 2:14-15; Lucas 22:24-26; Efésios 1:22-23; Colossenses 1:18 e 1 Coríntios 3:11). Não existe relato algum de que Pedro tenha estado em Roma e ali permanecido por 25 anos. O terceiro bispo de Roma, Clemente, afirmou que não existe evidência alguma de que Pedro tenha estado em Roma, no Século I. E o único Apóstolo que poderia ter sido considerado o MAIOR NOME DENTRO DO CRISTIANISMO SERIA PAULO e NÃO PEDRO. Pois Paulo foi sem dúvida nenhuma “o maior dos Apóstolos” e foi aquele que trouxe “a base do Cristianismo” através de suas pregações e de suas cartas. É o homem que mais tem Livros escritos na Bíblia. Foi o Apóstolo que mais fundou Igrejas em todo o Império Romano e que estabeleceu Líderes para apascentar o rebanho de Deus. Paulo era Poliglota: Falava o Hebraico, o Aramaico, o Grego e alguns acham que ele falava também o Latim. Era um homem culto tendo estudado na maior Universidade de sua época e tendo um dos maiores mestres de todo o tempo: O Rabino Gamaliel. Quando o Imperador Nero mandou colocar fogo em um dos bairros de Roma e tendo colocado a culpa nos cristãos e jogando a opinião pública contra eles, fez uma verdadeira perseguição e matança de cristãos primitivos de sua época e Paulo por ser o maior vulto do cristianismo foi considerado sendo O CHEFE PRINCIPAL da Seita dos Nazarenos – como eram chamados os cristãos primitivos pelos romanos – foi cassado, preso, levado para Roma, julgado e condenado a morte pela Alta Corte Romana.

        Ano 709 – Teve início a prática pagã de beijar os pés dos papas, copiada do costume de beijar os pés dos imperadores. (A Bíblia proíbe tal prática, conforme Atos 10:25-26; Apocalipse 19:10; 22:9).
        Ano 750 – Foi criado o poder temporal dos papas. Quando o imperador Pepino tomou posse do trono da França, vindo da Itália, ele convocou o Papa Estevão II para lutar contra os lombardos. Estes foram derrotados e Pepino presenteou o papa com uma parte da cidade de Roma, uma colina chamada ??? onde se faziam vaticínios, cujo nome daria origem ao nome “Vaticano”. Jesus recusou as glórias do mundo que Lhe foram oferecidas por Satanás, mas o papa as aceitou. (Mateus 4:8-9; 20:25-26; João 18:38).
        Ano 788 – Começou a prática de adorar a cruz e as relíquias dos santos falecidos. A grande mentora desta prática pagã foi a monstruosa imperatriz Irene, que mandou furar os olhos do próprio filho, Constantino VI, temendo que este lhe tomasse o poder. Logo depois, ela convocou um concílio da igreja, a pedido de Adriano I, então Papa de Roma. Irene foi canonizada como santa pela ICAR, onde começou a ser venerada. (A IDOLATRIA é um pecado condenado na Bíblia, conforme Êxodo 20:4; 3:17; Deuteronômio 27:15 e Salmo 115).

        Ano 850 – Foi criada a chamada “água benta”, misturada a uma pitada de sal, abençoada pelo sacerdote, sendo mais uma cópia do paganismo. Ano 890 – Início da veneração a São José.
        Ano 965 – Batismo dos sinos, instituído pelo Papa João XIV.
        Ano 998 – Jejum e abstinência de carne, às sextas-feiras, durante a quaresma. Alguns pesquisadores da história da ICAR afirmam que os hierarcas que criaram esta lei estavam interessados na comercialização do pescado. (Esta prática é contrária à Bíblia, conforme Mateus 15:10; 1 Coríntios 10:25 e 1 Timóteo 4:1-3). Observação – O chamado Sacrifício da Missa foi se desenvolvendo paulatinamente, tendo se tornado obrigatório no século XI. A Bíblia ensina que o sacrifício de Cristo na cruz do Calvário foi oferecido de uma vez por todas e jamais pode ser repetido, mas apenas comemorado na Ceia do Senhor. (Ver Hebreus 7:27; 9:26-28 e 10:10-14).
        Ano 1079 – Decretado o celibato obrigatório dos padres e freiras, pelo Papa Bonifácio VII. Observação – Cristo não impôs esta regra aos Seus apóstolos. Pedro era casado e Paulo ensina que os bispos devem ser maridos de uma só mulher, devendo educar bem os filhos (Ver a 1 Timóteo 3:2-5, 12).
        Ano 1090 – O rosário (separação de contas) foi instituído por Pedro, o Eremita. Ele copiou tal costume dos hinduístas e muçulmanos, sendo mais uma prática pagã, com a repetição de palavras, condenada por Cristo, conforme Mateus 6:1-5.
        Ano 1184 – Início da Inquisição contra os hereges, pelo Concílio de Verona. Jesus nunca ensinou que os dissidentes de Suas doutrinas fossem perseguidos. [E a própria ICAR, diga-se de passagem, é dissidente das doutrinas de Cristo]. Interessante que quando surgiu o Cristianismo, os Judeus consideravam esse novo movimento como herege e por isso os cristãos primitivos eram perseguidos e até mortos pelos Judeus, por causa disso. Inclusive o Apóstolo Paulo, até então Saulo de Tarso, foi um grande perseguidor da igreja por causa do zelo que tinha pela Lei de Moisés.
        Ano 1190 – Começa a venda de indulgências, como forma de apagar os pecados, incentivando, assim, a legalidade dos mesmos. Observação – A Bíblia condena este tipo de transação e foi por causa da venda de indulgências que Martinho Lutero pregou as 95 teses no portão da Igreja de Wittenberg, dando início à Reforma Protestante. Martinho Lutero leu na Bíblia “que o justo viverá pela fé” e que “os pecados do homem é perdoado através do sangue de Jesus e não pela compra de indulgências.
        Ano 1215 – Instituição da Eucaristia. Supostamente, por um miraculoso ato e palavras executados pelo sacerdote, a hóstia e o vinho se transformam no corpo e sangue de Cristo. Os católicos praticam o canibalismo, que é condenado veementemente na Sagrada Escritura. A Ceia do Senhor é apenas um memorial de Sua morte e nunca uma repetição do Seu sacrifício, conforme é dito na Missa. (Ver Lucas 22:19-20; João 6:3 e 1 Coríntios 11:26).

        No mesmo ano, foi instituída a confissão auricular, que se tornou um meio de controlar as pessoas, a fim de saber se eram realmente praticantes das doutrinas católicas. Seu autor foi o Papa Inocêncio III, durante o Concílio de Latrão. Observação – A Bíblia nos ordena a confessar os pecados a Deus (Ver o Salmo 51:1-10; Lucas 7:48; 15:21 e 1 João 1:9).
        Ano 1220 – Começou a adoração à hóstia, por decreto do Papa Honório. “Um abismo chama outro abismo”,conforme o Salmo 42:7. Observação – A Bíblia ensina que Jesus instituiu apenas duas ordenanças: o Batismo e a Ceia do Senhor). (Ver Mateus 28:19-20; 26:26-28).

        Ano 1229 – A ICAR proíbe aos leigos a leitura da Bíblia e coloca o LIVRO SANTO no Índice dos livros proibidos, como se fosse um compêndio de pornografia. O caso é que, lendo a Bíblia, os católicos poderiam descobrir as falcatruas da ICAR e darem o fora da mesma, por terem encontrado a verdade. A partir da Reforma Protestante O POVO TEVE ACESSO AS ESCRITURAS e muitos lendo a Bíblia passaram a se converterem. Ano 1287 – Foi inventado o escapulário por Simão Stock, um monge britânico. Trata-se de um pedacinho de tecido marrom, com a imagem da Senhora dos católicos, levando o usuário à crença (antibíblica) de que quem usar este escapulário em contato com a pele, ficará protegido de todo o mal e ainda será retirado do purgatório (pois crêem que o usuário deste objeto jamais irá para o inferno), no primeiro sábado, após sua morte. Observação – Trata-se de uma boa dose de fetichismo, no que, sem dúvida, a ICAR é especialista. Ano 1414 – No

        Concílio de Constança, foi proibido aos leigos o vinho “consagrado” na Missa, ficando a comunhão restrita ao pão e o vinho permitido somente ao celebrante. Observação – Como sempre, a ICAR torceu a Palavra de Deus, a qual nos ordena a celebrar a Ceia do Senhor com o pão e o fruto da vide (Ler Mateus 26:27 e 1 Coríntios 11:26-29).
        Ano 1439 – A doutrina do Purgatório é transformada em dogma (como tudo que rende lucro à ICAR), no Concílio de Florença. Observação – Não existe na Bíblia referência alguma ao Purgatório. O que nela aprendemos é que: “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” (1 João 1:7-9). “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida” (João 5:24).“PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito” (Romanos 8:1). E além do mais se houvesse o Purgatório não precisaria de ninguém seguir a coisas Deus, bastava que ao morresse tivesse tivesse muitos amigos que REZASSEM e FIZESSEM TERÇOS por ele e assim sendo essa pessoa iria sair do Purgatório e iria para o céu.
        Ano 1508 – Surge a oração da Ave-Maria, completada 50 anos mais tarde, e oficialmente aprovada pelo Papa Sixto V, no final do Século 16.
        Ano 1545 – O Concílio de Tento é convocado para fazer a Contra-Reforma, declarando que a tradição tem o mesmo valor da Bíblia. Observação – Por tradição se entendem os ensinos da ICAR. Os fariseus foram severamente censurados por Jesus por guardarem a tradição acima dos mandamentos divinos. (Marcos 7:7-13; Colossenses 2:8; Apocalipse 22:18).
        Ano 1546 – Durante o Concílio de Trento, os livros apócrifos (ou seja, os não considerados canônicos pela igreja judaica) foram acrescentados à Bíblia Católica, a fim de respaldarem algumas de suas doutrinas heréticas, inclusive a dos católicos se ajoelharem diante do Papa. (Ver Apocalipse 22:8-9).
        Ano 1560 – O credo do papa Pio IV é imposto, 1560 anos após o credo dos apóstolos. Observação – Os cristãos verdadeiros retêm a Sagrada Escritura como o seu credo. Portanto, esse credo papista não nos interessa. (Ler Gálatas 1:8).
        Ano 1834 – Pio IX cria o Dogma da Imaculada Conceição de Maria (ou seja, que Maria nasceu sem pecado, cuja significação muitos católicos ignoram). A Bíblia ensina que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3:23). A própria Maria afirmou que necessitava de um Salvador, conforme Lucas 1:30, 46-47.
        Ano 1870 – Pio IX (que era dado a visões noturnas) cria o Dogma da Infalibilidade Papal. (Sobre este assunto temos um artigo). Trata-se de mais uma blasfêmia da ICAR, um sinal típico da sua apostasia, a qual será consumada com a vinda do Anticristo, conforme Paulo prediz na 2 Tessalonicenses 2:2-12; Apocalipse 17:1-9 e 13:5-8,18.).
        Ano 1907 – O Papa Pio X condena o Modernismo e todas as descobertas científicas não aprovadas pela ICAR. Pio IX havia feito o mesmo, em sua Encíclica “Sillabus of Errors”, editada em 1864. Ano 1930 – Pio XI condena o ensino público.
        Observação – À ICAR, interessava que as classes menos favorecidas continuassem ignorantes, a fim de se manterem escravizadas.

        Ano 1931 – O mesmo Papa Pio XI confirma a heresia de que “Maria é a Mãe de Deus”, quando a própria Maria afirma precisar de salvação e ser dependente do seu filho, conforme Lucas 1:46-47 e João 2:1-5.
        Ano 1950 – É proclamado por Pio XII o último (até agora) Dogma da Assunção de Maria aos céus, levada pelos anjos. Observação – Pio XII vivia encharcado de drogas, tinha visões – como aquela do sol rodopiando no céu, e abençoou o blefe da aparição de “Maria” aos pastores portugueses. Observação – Segundo os escritores (ambos ex-padres) Aníbal Reis (A Senhora de Fátima) e Mario de Oliveira (Fátima Nunca Mais), tudo não passou de um golpe político. As aparições de “Maria” são criadas pela ICAR, a fim de garantir o seu prestígio mundial. Isso mostra sua adesão ao espírito da Nova Era, quando esta igreja chegará a 100% das práticas pagãs, as quais, segundo alguns escritores bíblicos, já atingem os 75%. Conclusão – Qual será a próxima invenção da ICAR?
        Os mesmos que nos chamam herege, são eles os próprios hereges, segundo a verdade bíblica, sendo passíveis da condenação de Paulo, conforme Gálatas 1:6-8. Que esses mentecaptos religiosos abram os seus olhos míopes e atentem nestas palavras do Senhor: “Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas” (Apocalipse 18:4).

        No tocante a idolatria, acho interessante que até uns 15 anos atrás, os católicos NÃO TINHAM ESSA DESCULPA ESFARRAPADA DE QUE NÃO ADORAVAM IMAGENS, mas como os Evangélicos começaram a crescer muito e a s igrejas católicas estavam ficando vazias, foi adotado o Movimento Carismático dentro da Igreja Católica – movimento esse que nada mais é do que uma imitação do Movimento Pentecostal dos evangélicos – imitando e copiando o meio pentecostal, cantando nossas músicas e hinos, a pregação dos Padres carismáticos imitam as pregações dos pastores pentecostais, fazem missas de curas e libertações igual as igrejas pentecostais fazem. Adotaram a leitura da Bíblia, coisa que antes não faziam e usavam apenas um panfleto com a liturgia da mesma. E para não ficar contraditório o uso de imagens e a proibição bíblica, inventaram essa desculpa de que não adoram imagens e que as tem apenas como lembrança dos homens e mulheres santos do passado e ainda dizem que NUNCA ENSINARAM ADORAÇÃO e a VENERAÇÃO das imagens, mas não é isso que a História mostra. Basta conversar com uma pessoa que foi católica há muitos anos atrás e ver: . Como que antes as pessoas carregavam em procissão pelas ruas as suas imagens. .Quando alguém confessava o seu pecado ao padre, o que ele mandava fazer?? “Vá e se ajoelha ao pé do santo tal e reze tantas ava-maria e tantos pai nossos”.

        .Em 370 D. C. foi instituído o culto aos santos professador por Basílio e Gregório de Nazianzo. .Só lembrando que Ano 431 foi oficializado a Adoração a Maria, mãe de Jesus, com a invenção do termo “Mãe de Deus”, conforme o Concílio de Éfeso.
        .Em 789 D. C. tem ínicio do culto as imagens e réliquias.
        .Em 880 D. C. é instutuído a canonização dos santos. .
        A padroeira que o Brasil elegeu chama-se APARECIDA e não o Deus vivo. .E o que falar do Papa Católico, o Líder Mundial da Igreja de Roma, que quando esteve no Brasil foi a igreja de Aparecida e se ajoelhou e rezou diante da referida imagem?? e o que falar do processo de Canonização onde o Papa te o poder de fazer uma pessoa se tornar santo?? O Catolicismo Romano jamais admitirá que prega a divindade de Maria, da mesma forma que nega a adoração a ela. Entretanto, os fatos falam por si só e provam o contrário: .Ela é também chamada de “Rainha do Céu”, o mesmo nome de uma divindade pagã da Assíria (Jr 7.18; 44.17-25); é parte de sua liturgia a reza Salve-rainha. .É também chamada de Mãe de Deus. A palavra grega usada para “mãe de Deus” originalmente significa “portadora de Deus”. A expressão “mãe de Deus” foi usada em razão das controvérsias cristológicas da época para dar ênfase à divindade de Jesus.
        A Bíblia diz que Deus é eterno (Sl 90.2, Is 40.28), e, como tal, não tem começo. Como pode Deus ter mãe? Há contra-senso teológico nessa declaração. A mãe é antes do filho, isso pressupõe a divindade de Maria, que seria antes de Deus, mas Ele existe por si mesmo (Êx 3.14).
        O Concílio de Calcedônia, em 351, declarou o termo “como mãe do Jesus humano”. A Bíblia esclarece que Maria é mãe do Jesus homem e nunca mãe de Deus (At 1.14). .E o que falar dos feriados dos Dias Santos, onde esses dias são para rezas, oferendas, missas e procissões ao santo mencionado do dia?? Adoração e Culto as imagens sempre foi uma tradição na Igreja Romana que hoje eles tentam ocultar.

        Então não façam como os Judeus na época primitiva que PREFERIRAM FICAR COM SUAS TRADIÇÕES do que ACEITAR OS ENSINAMENTOS DE CRISTO através da Igreja Primitiva. De modo nenhum Jesus pode perder a glória dele. Ter uma foto na carteira é uma coisa, colocar uma imagem em um suporte e levá-la na rua com pessoas fazendo procissão, é outra. Isso tira a glória de Jesus.

        Quem se entregou numa cruz sem ter NENHUM pecado… foi Jesus, e nenhum apóstolo! Então de modo nenhum eles podem receber uma parcela da glória, porque comparados com Jesus… não fizeram nada em relação a salvação da humanidade. Outra coisa: Se a morte de Jesus fez rasgar o véu do santuário,(Marcos 15:38) por que consideraríamos uma oração a uma pessoa morta se agora tenho total acesso ao que ressuscitou? “Eu sou o Senhor, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, ás imagens de escultura” (Is 42:8) Quero deixar bem claro, que não se trata do meu ponto de vista, e sim, do ponto de vista Bíblico, ou seja, de acordo com o que está escrito na Palavra de Deus.Deus é que proíbe o uso de imagens na adoração, como meios de comunhão com Ele (Isa 42.8; veja também Is 44.9-20). Deus também não é adorado por meios de objetos representativos de outros seres (Mt 4.10). Ele deve ser adorado diretamente – a Trindade na Unidade e a Unidade na Trindade – qualquer outra pessoa, constitui um adultério espiritual, e jamais pode ser considerada uma adoração em espírito e em verdade (Jo 4.23,24). Por mais que justifiquem, a classificação de idolatria no serviço litúrgico católico jamais será mudada. E dificilmente um católico fiel pensará biblicamente. A condenação é dura: ‘os idólatras’, disse Deus, ‘NÃO ENTRARÃO NO REINO DE DEUS’! – Apocalipse 20:08 Deus mandou construir os querubins de ouro sobre a arca em que ficavam os Dez Mandamentos (Êx. 25:17-22) e desenhar querubins no véu que separava o Santo Lugar do Santíssimo (Êx. 25:31-33). Deus, porém, não incentivou nem ordenou a ninguém prestar quaisquer atos de adoração, veneração, procissão ou culto a essas imagens.

        Os católicos romanos tentam justificar o uso de imagens, fazendo distinção entre o que eles chamam de idolatria, que é devoção dada unicamente a Deus, hiperdulia, que é concedida a Maria, e dulia, uma forma inferior de devoção que é concedida aos santos. O povo, particularmente aqueles que são analfabetos, dos quais os países católicos romanos possuem tantos, não entende nada dessas diferenças técnicas feitas pelos teólogos. Eles adoram as imagens de Maria e os santos da mesma forma pela qual adoram as imagens de Cristo, e geralmente com muito mais fervor. Eles adoram também o ‘SANTO SACRAMENTO’ que eles crêem ser o verdadeiro corpo, alma e divindade de Cristo. O único nome que encontramos para o seu costume é idolatria (…) No começo do século sétimo, Gregório, o Grande (590-604), um dos Papas mais fortes, aprovou oficialmente o uso de imagens nas igrejas, mas insistiu que elas não fossem adoradas. Mas durante o século oitavo, ofereceram-se-lhes orações e elas foram rodeadas de uma atmosfera de ignorante superstição, de modo que até os muçulmanos zombavam dos cristãos, chamando-os de adoradores de ídolos.
        Em 726, Leão III, o imperador bizantino tentou consertar o abuso em seus domínios, ordenando que as imagens e quadros fossem colocados tão alto que as pessoas não pudessem beijá-los. Mas quando fracassou em conseguir seu intento, emitiu uma ordem proibindo o uso das imagens nas igrejas, chamando-as de pagãs e heréticas. Para apoiar a sua ação realizou um sínodo em Constantinopla, em 754, que deu a sanção eclesiástica ao seu ato. Esta grande controvérsia veio a ser conhecida como a disputa “iconoclasta”, uma palavra que significa “destruição de imagens”.
        Mas em 787, um concílio reuniu-se em Nicéia (Bitínia), repudiou o concílio anterior e sancionou plenamente o culto às imagens e aos quadros nas igrejas. Também não posso deixar de tecer alguns comentários sobre o a tradição. A Bíblia não foi escrita pela tradição e sim pela inspiração do Espírito Santo, como afirma a o texto da Segunda Epístola de Pedro, capítulo 1, versículo 21: “Porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo.” Cf. At 1:16; Hb 10:15-17; 2 Pr 1:21. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça”. 2 Tm 3:16 Eis mais uma sutileza da Igreja de Roma e do Papismo. Ao colocar a TRADIÇÃO ACIMA DA INSPIRAÇÃO do Espírito Santo, Roma pode ditar o que bem entender. Tudo se justifica uma vez que Roma e seus papas é que ditam a verdade através da tradição humana que eles inventaram. Destarte uma profusão de doutrinas estranhas ao cristianismo são aceitas pelo romanismo sem hesitação. Além disso, o “infalível” sumo Pontífice se arroga o direito de dizer o que bem entende com base em suas elucubrações e na tradição que ele mesmo acha ser superior às Sagradas Escrituras.

        É assim que, em nome de Deus, milhares de milhões de pessoas foram achacadas, execradas, perseguidas, torturadas, trucidadas, estranguladas e queimadas ainda vivas, deixando na história um rastro de sangue e cinzas que jamais pode ser apagado da memória da humanidade, sob pena de vermos se repetir na história o ressurgimento da inquisição e o recrudescimento de um tipo de catolicismo mais retrógrado e tridentino. Roma fará de tudo para esconder esse passado nojento e podre. Seus padres ficam irritadíssimos quando se indaga sobre este aspecto mais abjeto de sua história. Apesar de toda aparência de piedade do atual marketing católico romano, continuam sendo como os fariseus dos tempos de Cristo: verdadeiros sepulcros caiados. Ao colocar a tradição acima das Escrituras, Roma se equipara aos fariseus antigos, que defendiam a mesma idéia. Achavam que eram os verdadeiros intérpretes da lei de Moisés porque haviam recebido uma tradição oral que só eles possuíam. Achavam que essa tradição fora dada pelo próprio Moisés e por isso achavam que eram donos do sagrado e podiam manipular o povo com seus preceitos religiosos e humanos, afastando-os da verdade e impondo-lhes um fardo religioso insuportável.

        Vejo que ainda nosso povo sofre na inocência, por motivo de não examinar as Sagradas Escrituras no intuito de aprender, mas para criticar. Quando alguém cita que a igreja primitiva cultuava e incluia em seus cultos supostas imagens não considera que: .A genuina igreja primitiva dos Apóstolos que Jesus deixou, já tinha sido extinguida da terra, ja havia muito tempo,pelos imperadores romanos, qual eles se auto denominaram igreja primitiva. Ainda até hoje dizem ser a continuidade dela. alias isso faz com que muitos ainda na falsa idéia acreditam. Membros da igreja genuina foram mortos em coliseus e praças publica por esses motivos: .Renunciaram esses absurdos implantados pelo imperador romano quando resolveu dizer que se converteu a cristo. Ou seja entrou no sistema original mas implantou o sistema pagão da sua cultura. Toruxe consigo todos os costumes e rituais pra dentro da igreja que teve resistencia e desconforto dos verdadeiros adoradores e comprometidos, que os matou e destrui a todos que a ele se opos, ficando agora nas mãos de roma o comando e as redeas, mudando e incluindo principios. leia a historia toda, se conseguir. Isso não foi totalmente liberado dos porões de roma ainda, e vendem ainda a população essa falsidade, contra os santos que foram fiéis até a morte e negaram com o valor de suas vidas estas aberrações que citam da igreja primitiva.

    • Só o Zezé, animalzinho de estimação do Edir Macedo, frequentador de seita para ter um raciocínio tão medíocre como esse.
      Realmente: o pior cego é aquele que não quer enxergar. Como éTRISTE o VÍCIO de MENTIR. Nós, católicos, ADORAMOS somente o DEUS Vivo e Verdadeiro.

      O ÓDIO que o senhor tem contra a IGREJA CATÓLICA é que o mantém vivo… mas do JUÍZO de Deus o senhor NÃO ESCAPARÁ: “Porquanto, todos nós teremos de comparecer manifestamente perante o tribunal de Cristo, a fim de que cada um receba a retribuição do que tiver feito durante a sua vida no corpo, seja para o bem, seja para o mal” (2 Cor 5, 10).

      Vocês conseguem TOLOS para as suas SEITAS através da CALÚNIA… a religião de vocês é a LÍNGUA e a “Doutrina” é a CALÚNIA.

      • Dizem que os crentes se converteram dos ídolos a Deus…

        1Tessalonicensses.1:9- Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro,

        Ídolos na Bíblia: não são somente imagens de deuses, mas todas as coisas que venham ocupar o lugar de Deus. Figuras- símbolos, figas, patuás, figuras, imagens de ouro, prata, pau, pedra, gesso, barro de qualquer objeto, coisas semelhantes a estas que tenham algum vínculo de fé e confiança
        espiritual, e que tomem o lugar de Deus em nosso coração.

        Êxodo. 20:1-6ENTÃO falou Deus todas estas palavras, dizendo:

        Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

        Não terás outros deuses diante de mim.

        Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

        Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

        E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

        Deus proibiu fabricar as imagens, proibiu crer nelas e proibiu adorá-las.

        Deus manda quebrar e destruir tudo que for imagem, dizendo que são maldição.

        Desde Gênesis a Apocalipse a Bíblia condena toda a sorte de imagem e a idolatria.

        Deuteronômio. 7:25,26- As imagens de escultura de seus deuses queimarás a fogo; a prata e o ouro que estão sobre elas não cobiçarás, nem os tomarás para ti, para que não te enlaces neles; pois abominação é ao SENHOR teu Deus.

        Não porás, pois, abominação em tua casa, para que não sejas anátema, assim como ela; de todo a detestarás, e de todo a abominarás, porque anátema é.(MALDIÇÃO)

        Deuteronômio. 27:15. Maldito o homem que fizer imagem de escultura, ou de fundição, abominação ao SENHOR, obra da mão do artífice, e a puser em um lugar escondido. E todo o povo, respondendo, dirá: Amém.

        O que é  o crer?. Crer: depositar fé, confiar, fazer votos, fazer oração, ajoelhar diante dela, prestar culto, homenagens, festas, cânticos, preces, fazer pedido na oração, interceder a imagem e objetos.(Gênesis. 15.6; Romanos.10.4–Salmo. 95.6– 97:7– 115- 4-8,).

        Isaias. 42:8- Eu sou o SENHOR; este é  o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura, ídolos.

        Isaias. 44:15- Então serve ao homem para queimar; e toma deles, e se aquenta, e os acende, e coze o pão; também faz um deus, e se prostra diante dele; também fabrica uma imagem de escultura, e ajoelha-se diante dela.

        Isaias. 44: 9-20; 45:16,20 – 46:5-10, – I Coríntios.10:14 à 23- II Coríntios. 6: 14 à 18.

        I João. 5: 21- Apocalipses. 2: 14,20-
        9:20,21- 21:8- 22:15.

        Há muitos outros textos que falam sobre a mesma coisa.

        Temos autoridade em Nome de Jesus Cristo para realizarmos libertações, mas devemos estar atentos de como lidar com os demônios, se não eles vão lhe fazer cair em suas mentiras sutis e disfarçadas.

        OBS.: Idolatria não é  uma imagem  somente, mas tudo que de alguma maneira aplicamos qualquer “crença”, por exemplo: qualquer objeto fabricado pelo homem: objeto de madeira, figuras em papel
        serão símbolos de idolatria, figuras ou pinturas,  fitas, pulseira, correntes e anéis,  confeccionados  por mãos humanas, ao qual devotamos alguma crença, confiança e não exclusivamente na “PALAVRA DE DEUS”. Devemos estar atento vigiar o nosso adversário.

        Os demônios são mentirosos e nos tentará a crer nestes objetos, que não tem nenhum valor, são dramáticos, vão gritar diante destes objetos, para iludir os homens de Deus, para desviar a atenção a confiança que depositamos aos mandamentos da “Palavra”.

        Temos como exemplo: A serpente de bronze que foi feita no deserto mandada por Deus, precisou ser destruída pelo sacerdote, por causa do homem que fizeram  objeto de adoração.

        Admoestação é para serem estudadas e se for em concordância com a Palavra de Deus. Teremos que ser humildes para mudar os conceitos que aprendemos errados.

        Quando os setenta discípulos voltaram alegres porque os demônios lhes obedeciam, Jesus disse-lhes, não fiquem felizes pela a autoridade que tens sobre os
        demônios e sim porque seu nome está escrito no livro da vida. (Lucas. 10- Mateus. 10)

        Quando diz para não fazer objetos e figura alguma do céu, da terra e debaixo do mar, em madeira, ouro ou prata ou metal, em qualquer coisa que venham a depositar “fé” confiança e crença. Tudo é  idolatria. E para Deus, é abominação.

        É por causa disso, que os homens de Deus não devem consultar aos demônios, ou qualquer tipo de pergunta, (A Bíblia condena consultar os demônios, isso é espiritismo, obra de feitiçaria).

        Com autoridade vamos manietar (Amarrar) e mandar desocupar a casa e sair, fazendo assim para libertação das pessoas.

        As campanhas de libertação, deverão ser feitas com a Palavra de Deus, tudo em  Nome de Jesus, e não com objetos que causam em pessoas sem instruções, sem conhecimento a crença nestes objetos, isto será idolatria, maldição e, não benção.

        O ser humano por natureza tem o instinto de adoração, e o intuito do diabo, é desviar essa adoração para a criatura ao invés do Criador.

        Deus te abençoe!!!

        • Emanuelle,

          Useira e vezeira na prática de tudo idolatrar é tua igreja e teus irmãos católicos.

          Santa missa, santa igreja, santo padre, santo dinheiro, santas e santos italianos(eta lugar pra ter santo, justo o povo que compunha o exército do império que mais tempo humilhou a humanidade), santa cruz, santa piedade, santa maldade, santa diversidade, santa hipocrisia, santa idolatria, santa papagaiada.

          Depois se ajoelham sob os pés do que ou de quem vocês designaram de santos, e pegue culto, e pegue idolatria, e pegue, e pegue, e pegue, a beijar, sei não, sei não, sei não.

    • Mais uma vez você demonstrou Zé Mané que é herege, herege, herege, seguidor da doutrina do APÓSTATA Lutero! Você é muito analfabeto, por que você não aproveita e também vai estudar. Hoje em dia estudar está sendo muito fácil, até a queimadura já tem o 1º, 2º, 3º e 4º grau. Quem sabe assim você vai ter capacidade intelectual para debater com alguém sabendo apresentar provas, fundamentos e argumentos convincentes. Seja mais honesto! A sua mente tem um vazio tão grande que nada serve de prova para você. A sua mente é bloqueada em receber a verdade porque vocês servem ao pai da mentira. O seu problema não é o analfabetismo porque conheço analfabetos dignos, educados, sinceros e inteligentes (o que não é o seu caso). O veneno do protestantismo está te corroendo e tornando uma pessoa insensata e amarga. Agora repita comigo: SE O CATOLICISMO É A MERETRIZ, LOGO OS PROTESTANTANTES SÃO FILHOS DA P/U/T/A, POIS O PROTESTANTISMO VEIO DO CATOLICISMO.
      Agora tome remédio para ficar liberto dessa sua diarreia mental.
      ♥♥♥ ♥♥♥ ♥♥♥☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺

  6. ércio Santos Um santo nunca será um miserável! Tu és ateu Tércio? Enfim, se fores cristão, creio eu que conheças as escrituras bíblicas. Tércio se tu encontrasses a arca da aliança a qual tinha em cada canto imagens de anjos, vc a quebraria? E se por ventura entrasses no templo de Salomão o qual suas colunas eram anjos esculpidos? Tércio não querendo tomar muito do teu tempo, mas, tu achas q os anjos valem mais que os santos? Os quais merecem menos respeito? E outra, se fores cristão, não sabes tu que quem segue JESUS não morre!? Este Vive em CRISTO, um mistério insondável? Enfim, caro Tércio, antes do protestantismo a igreja católica já existia, e muito antes! Por sinal o nosso fundador é Pedro escolhido por JESUS, Lutero não posso dizer o mesmo este até achou ter autoridade para mudar a bíblia de 73 livros, tirou e passou a ter 66; se não querem ser católicos apenas respeitem, não estou diminuindo nenhum cristão por sua igreja, até porque essa divisão veio muito antes da tua existência e quem a fez prestará conta. E quem estuda à bíblia com humildade nunca será enganado. Tenho visto em outros comentários sobre padres não casarem, gente, vcs nunca viram na bíblia a passagem que diz: alguns são eunucos, para servir o rei, outros se fazem de eunucos para obra de DEUS. É um dom, respeitem a vontade DEUS.

  7. Emanuelle pertubada.

    Te digo mais, já que o teu padre cachaceiro não tem coragem de te dizer.

    dar o rabo sem se casar é pecado, chama-se fornicação, continua nessa orgia do diabo sua estúpida que vc vai pro inferno de cabeça pra baixo.

    vc disse, que me viu lá no dia que o papa esteve no Brasil. que eu era um jumento levado para um zoológico .

    olha, ser comparado a um jumento é muito bom, porque o jumento foi o único animal que o SENHOR JESUS montou, esse animal esteve junto a JESUS, isso é maravilhoso , o jumento é abençoado por DEUS.

    Agora pertubada presta atenção, assim como vc me viu lá no dia que o papa esteve no Brasil, eu também te vi. tinha uma prostituta com o rabo de fora que seguia o papa, era vc, quando os policiais te viu te pegou e te expulsou do local.

    Agora veja bem, se eu sou um jumento como vc disse, eu estou abençoado.

    Já vc no teu caso, vc esta perdida, porque a Bíblia diz que por uma prostituta o máximo que se paga é um pedaço de pão. (provérbio 6.26 )

    Então, responde, quem vale mais, o jumento ou a prostituta?

    • ZEZE

      ———————————————————————————————————-
      “Emanuelle pertubada.”

      Além de burr0, c0ntinua anarfabétic0.
      V0cê é que e$tá PERfurad0 e enTUBAD0 p0r um grande p…
      Melh0ra 0 p0rtuguê$, tá terrível.
      $e é e$$e 0 nível da tua cultura, e$tá$ fud….
      ———————————————————————————————————-
      “Te dig0 mai$, já que 0 teu padre cachaceir0 nã0 tem c0ragem de te dizer.”

      0 velh0 err0 de c0nfundir 0 t0d0 c0m a parte.
      $e um padre é de$0ne$t0, entã0 t0d0$ $ã0?
      P0r e$$e raci0cíni0, $e um pa$t0r é ladrã0, entã0 t0d0$ $ã0?!
      ———————————————————————————————————-
      “dar 0 rab0 $em $e ca$ar é pecad0, chama-$e f0rnicaçã0, c0ntinua ne$$a 0rgia d0 diab0 $ua e$túpida que vc vai pr0 infern0 de cabeça pra baix0.”

      Primeir0 que eu nunca fiz i$$0 de “dar 0 rab0”, em meu ca$ament0 nã0 fazem0$ e$$a depravaçã0, e nenhuma mulher deveria fazer.
      $egund0, nã0 me arrepend0 de nada, nem na minha “primeira vez”, nem h0je.
      Ni$$0 ninguém p0de interferir, nem g0vern0$ nem igreja$, $eja qual f0r.
      E 0utra, a virgindade ante$ d0 ca$ament0 $ó é exigida da mulher.
      E e$tá c0mpr0vad0 que v0cê$ h0men$ qua$e nunca $e ca$am virgen$.
      P0r que e$$e tratament0 diferenciad0?
      A Bíblia é a palavra de Deu$, que é infinitamente ju$t0, p0rtant0 nã0 c0mete inju$tiça$, e ne$$e ca$0 da $up0$ta f0rnicaçã0, nã0 há pr0p0rçã0 entre 0 pecad0 e 0 ca$tig0, nã0 há ju$tiça.
      P0rtant0, 0 $ex0 ante$ d0 ca$ament0 NÃ0 é errad0, pecad0 0u f0rnicaçã0.
      E tem religiõe$ que c0ndenam até 0 $ex0 DEP0I$ D0 CA$AMENT0!!!!
      Falam que é pecamin0$0 e que $ó deve $er feit0 para pr0criaçã0.
      Quem c0nc0rda c0m i$$0 merece um dipl0ma de 0tári0.
      ———————————————————————————————————-
      E eu nã0 p0$$0 ir a um lugar que nã0 exi$te, 0 $up0$t0 infern0.
      ———————————————————————————————————-
      “0lha, $er c0mparad0 a um jument0 é muit0 b0m, p0rque 0 jument0 f0i 0 únic0 animal que 0 $ENH0R JE$U$ m0nt0u, e$$e animal e$teve junt0 a JE$U$, i$$0 é maravilh0$0 , 0 jument0 é abenç0ad0 p0r DEU$.”

      Entã0, deixe alguém m0ntar em v0cê e $eja abenç0ad0.
      ———————————————————————————————————-
      “Ag0ra veja bem, $e eu $0u um jument0 c0m0 vc di$$e, eu e$t0u abenç0ad0.”

      V0cê é 0utr0 animal: 0 m0rceg0 (vive na$ treva$ e g0$ta).
      0u 0 m0$quit0: da b0ca $ó $ai m…
      0u 0 dragã0: $e acha 0 máxim0 e $0lta f0g0 em quem di$c0rda.

      ———————————————————————————————————-
      “Já vc n0 teu ca$0, vc e$ta perdida, p0rque a Bíblia diz que p0r uma pr0$tituta 0 máxim0 que $e paga é um pedaç0 de pã0. (pr0vérbi0 6.26 )
      Entã0, re$p0nde, quem vale mai$, 0 jument0 0u a pr0$tituta?”

      Tua$ idéia$ e$tã0 errada$.
      Nã0 $0m0$ pr0$tituta$, crent0lóide (crente + debilóide).
      Ma$ tant0 um jument0 quant0 uma pr0$tituta valem mai$ que v0cê.
      ——————————————————————————————–

  8. LUTERO O FUNDADOR DO PROTESTANTISMO É A BESTA DO APOCALÍPSE ?

    No ano 100 da era cristã, os rabinos judeus se reuniram no Sínodo de Jâmnia (ou Jabnes), no sul da Palestina, a fim de definir a Bíblia Judaica. Isto porque nesta época começavam a surgir o Novo Testamento com os Evangelhos e as cartas dos Apóstolos, que os judeus não aceitaram. Nesse Sínodo, os rabinos definiram como critérios para aceitar que um livro fizesse parte da Bíblia, o seguinte:

    (1) Deveria ter sido escrito na Terra Santa; (2) Escrito somente em hebraico, nem aramaico e nem grego; (3) Escrito antes de Esdras (455-428 a.C.); (4) Sem contradição com a Torá ou lei de Moisés. Esses critérios eram mais nacionalistas, mais do que religiosos, fruto do retorno do exílio da Babilônia em 537aC.

    Por esses critérios não foram aceitos na Bíblia judaica da Palestina os livros que hoje não constam na Bíblia protestante, citados anteriomente. Mas a Igreja católica, desde os Apóstolos, usou a Bíblia completa: A SEPTUAGINTA.

    1)- Até o ano de 1.500, a única Bíblia Cristã existente na face da terra era a Bíblia Católica! Foi Martinho Lutero, um ex-sacerdote, excomungado pela Igreja, que, ao criar a “sua” igreja, denominada de “Igreja Luterana”,forjou a “sua bíblia”, tomando a Bíblia Católica com os SETE LIVROS tirados por ele porque o incomodava com suas teses heréticas, e que passou desde então a ser chamada de “bíblia protestante”.

    2)- Aliás, a Bíblia que os Apóstolos e Evangelistas nos deixaram contém exatos 73 livros. Martinho Lutero, simplesmente tirou SETE LIVROS DA BÍBLIA CATÓLICA e “fez” assim a “sua bíblia protestante”, contendo 66 Livros. PERGUNTA QUE NÃO CALA : Com que autoridade ele fez isto ?.

    3)- Ora, todos sabemos que o número de satanás é 6(Seis). Sabemos que é ele (satanás) quem causa divisão e discórdia no Povo de DEUS.

    4)- Portanto, Martinho Lutero foi um instrumento que o maligno usou para tirar milhões de criaturas da presença (física) de Deus na Eucaristia, e da única e verdadeira Igreja fundada por Cristo ( Conf. Mateus 16,18).

    5)- Concluindo: o número de Martinho Lutero é 6 (seis) e a “sua bíblia” tem 66 (sessenta e seis) livros, o que dá o número 666…… o que pensar diante disso?

    • A IGREJA CATÓLICA NUNCA FOI FUNDADA POR CRISTO E SIM PELO IMPERADOR ROMANO CONSTANTINO A IGREJA INSTITUÍDA POR CRISTO FOI EM JERUSALÉM E TIAGO IRMÃO DE JESUS FOI SEU PRIMEIRO BISPO.

  9. “Reconhecemos – como devemos – que muito do que eles (=os católicos) dizem é verdade: que o papado possui a Palavra de Deus e o ofício dos Apóstolos, e que recebemos as Sagradas Escrituras, o Batismo, o Sacramento e o púlpito deles. O que saberíamos nós acerca disso se não fosse por eles?” (Sermão sobre o Evangelho de São João, capítulos 14 a 16, pregado em 1537; “Obras de Lutero”, vol. 24, Sn. Louis, Mo.:Concórdia, 1961, p. 304).

      • Emanuelle;

        Das duas uma. Ou ele disse quando era católico, portanto obrigado a exaltar e até mentir sobre a igreja dele. mas também pode ser que ele estivesse querendo fazer ou ser diplomático, dizendo isso na frente dos que estavam querendo levá-lo para a tortura.

          • Emanuelle.

            Ele tinha inventado o protestantismo, uma vírgula, minha cara.

            Ele simplesmente iniciou uma derrubada da tua igreja, coisa que os evangélicos não têm nada a ver.

            Reação à tua igreja, isso sim, pelos próprios católicos, cansados da tirania de vocês.

            Pensa o que? Que iria ficar o resto da vida pisando o pescoço dos adeptos de tua igreja e do povo que não era católico?

            Deus é grande e deu a liberdade aos de dentro da igreja, tendo beneficiado aos demais cristãos calado à força pelo sistema romano.

  10. No final da vida de Lutero, admitindo seu erro, escrevia arrependido: “Se o mundo durar mais tempo, será necessário receber de novo os decretos dos concílios (católicos) a fim de conservar a unidade da fé contra as diversas interpretações da Escritura que por aí correm.” (Carta de Lutero à Zwinglio In Bougard, Le Christianisme et les temps presents, tomo IV (7), p. 289). Ele morreu e sua multidão de seguidores foi entregue a “condenação eterna”.
    ☺☺☺☺☺☺♥

  11. Caro Nosferatu, eis a resposta para o seu questionamento:
    Palavras de Lutero:

    “Este não quer o batismo,
    aquele nega os sacramentos;
    há quem admita outro mundo entre este e o juízo final,
    quem ensina que Cristo não é Deus;
    uns dizem isto, outros aquilo,
    em breve serão tantas as seitas e tantas as religiões quantas são as cabeças”

    (Luthers M. In. Weimar, XVIII, 547 ; De Wett III, 6l).

    • “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Martinho Lutero: Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.

      dito pelo pai do protestantismo…

      depois reclamam que eu digo que a seita romana nasceu prostituta e deu cria a uma legião de quengas…

      a seita romana é a mãe das seitas protestantes que tem como pai, Lutero!!!

      • Nosferatu..

        Se tua mãe tivesse conversado com Cristo, logo ela seria prostituta?

        Não sabia que prostituta seria as mulheres que a gente dirige a palavra.

        Que é que é isso, meu caro, com preconceitos contra a mulher?

          • Se teu pai foi um ladrão, você é?

            Tua mãe prostituta. Tuas irmãs são por extensão da carga genética?

            Então sou Deus, pois filho de Deus.

            Sou diabo, pois irmão de Lúcifer, e com ele me rebelei e pra cá vim.

            Ladrão algum pode ser condenado como tal, pois apenas segue o que o destino traçou pra ele.

            Eta, vamos ter que tirar todos da cadeia. Estamos cometendo uma baita de uma injustiça, né meu caro?

          • Levy, seu meu pai foi ladrão, eu talvez não seja, se não roubar claro kkk

            mas se ao invés de tomar rumo na vida, decidi seguir o exemplo do meu velho, e comecei minha carreira no crime tentando roubar e matar meu pai, então sou bandido pior que ele!!1

            Agora se é seu deus quem decido quem vai ser bandido e que não vai ser, ai eu não posso fazer nada… só creio que cada um tem direito a escolha, ser honesto ou ser bandido… isso tá até no seu livro de fábulas, onde é chamado de “livre arbítrio”!!

            Mas o nosso assunto aqui é bem simples Levy…

            seita romana prostituta e filhas e netas kengas, afinal, seguiram o exemplo da mãe!

          • Disse bem, protestantismo.

            Rebelião dos católicos em desfavor da própria igreja.

            Cristianismo/evangélicos, grupo que guarda relação com Cristo, nunca se afastou da doutrina de Cristo. Perseguido, calou-se, as mas mesmo assim muitos foram mortos. A esse grupo de cristãos se juntou os rebelados da católica, tendo esta igreja passado a genericamente a taxá-los como se fossem todos nascidos de Lutero, o padre que deu início a rebelião dentro da própria igreja. Evangélicos não podem ser confundidos com protestantes, pois estes são os rebelados da igreja, fato a partir de 1500.

            O que falar além disso, nostafora, é crime.

            Papagaio é papagaio e louro é louro,

          • “Cristianismo/evangélicos, grupo que guarda relação com Cristo, nunca se afastou da doutrina de Cristo”

            e grupo que nunca existiu !!!

            é bem simples Levy, vc quer se desvencilhar do protestantismo por ter me visto tantas vezes mostrar as verdades históricas a respeito e não ter como negar que tanto a prostituta mãe como as seitas kengas, são assassinas e hereges do próprio livro doutrinário.

            o Cristianismo, historicamente falando meu caro, nasceu em Xessus, seguiu-se com os apóstolos, se tornou a seita católica que mais tarde se tornou a seita romana…

            neste meio tempo, nasceram os agnósticos, pais de algumas doutrinas que creio que vc desconheça e aliou-se aos agnósticos, por seguir doutrinas semelhantes, alguns ex-católicos, nascendo seitas como as que vc já citou em outras ocasiões como os cátaros…

            Mas de toda a forma que vc olhar para a histórica Levy, vc verá a seita romana como a mãe prostituta e para as filhas kengas que se conhece hj!

          • Nostafora,

            Não fale isso da tua igreja.

            Mas de todo o modo, o que se tem é que o cristianismo nunca se resumiu à católica, sempre eu disse isso, tanto que todos os historiadores aduzem que a romana nasceu no século 3. Sei bem que os católicos não gostam de ouvir isso, é admitir demais.

            Fique calmo, meu caro, o que é do homem o bicho não come.

            Se católica nasceu com constantino, nada impede dela se converter pro puro evangelho de Jesus. Deus esquece o passado dela, esquece que quem a criou foi um matador da própria família.

            Não é feio errar, sim permanecer no erro.

            Diga o povo de sua igreja que ele e sua igreja procure uma evangélica mais próxima e se converta. Deus ama o pecador, vai perdoar o pecado de todos.

            Depois dela se arrepender, tire esse nome ruim que ela carrega, ROMANA, colocando novo nome. tipo: igreja católica apostólica renovada, ou apostólica da judeia, ou apostólica de Cristo, Pense numa placa cuja denominação ficaria bonita: igreja católica apostólica de Cristo, ou então, cristã. ICAC.

            Rápido, quem sabe Deus deixa de aplicar o justo castigo.

          • kkk vc não suporta ouvir a verdade kkkk eita Levy Levyano kkkk

            “tanto que todos os historiadores aduzem que a romana nasceu no século 3”

            rapaz… eu nunca conheci um unico desses “todos os historiadores” que vc mensionou que aduzem que a seita romana tenha nascido no século 3…

            já li muitos livros historicos que dizem o contrário…

            mas gostaria muito que vc citasse um desses “todos os historiadores” com a indicação da literatura para que eu possa comprovar essa informação…

            veja só… como eu poderia orientar um católico a deixar a seita prostitua e assassina romana para ingressar em uma das filhas prostitutas e assassinas?

            puxa… seria como limpar o chão com me*da kkkk

          • converter ao islã e ter que acreditar em um deus tão assassino quanto o dos “deistas” cristãos?

            prefiro permancer na lógica e na crença de que eu faço meu futuro e conquisto com a força dos meus próprios braços o meu sustento…

            Mas Levy…

            agora, com sinceridade, achei que vc iria postar o nome de um dos “todos os historiadores” com a referencia d obra kkkkkkkkkkkk

          • Nostafora,

            Tá brincando, meu caro?

            Não sou Cristo, não. Curar cego, eu?

            Se você nessa idade não conseguiu enxergar numa biblioteca um livro sequer, é que você é cego, sendo que o teu guia somente põe pra você ler os livros dos bajuladores católicos.

            Creia em Deus.

            Quem matou não foi Ele, sim os da tua igualha. os humanóides fanáticos e descrentes.

          • ihhh enrolou kkkk

            não Levy, eu nunca consegui enxergar um unico livro com essa falácia que vc informou ai…

            vamos lá Levy… seja caridoso conosco e indique o nome de um desses “todos os historiadores” e a obra que refere esta pataquada!!!

          • Nostafora,

            Luciano tem trazido textos nessa linha a que me refiro.

            Tem ele mais tempo e paciência pra consultar e trazer, inclusive ofertando a bibliografria do que traz.

            Escreva a ele pedindo. Ou, melhor, conteste as fontes apontadas por ele.

          • kkkk

            Luciano trouxe textos com informações SEM FONTES…

            mas neste caso aqui Levy, foi vc quem DISSE O QUE DISSE…

            e como eu não posso “desler” o que foi lido, então, já que disse que TODOS OS HISTORIADORES dizem o que vc disse, então me mostre ao menos um desses “TODOS OS HISTORIADORES” KKK

            vc fez a me*da e tá querendo que o Luciano limpe sua khda? kkkkkkkk

    • Invejoso! Essa frase é minha quando dirijo-me a você e ao seu esposo Zezé. Aposto que você aprendeu muita coisa. Esses pastores de bode não tem interesse de informar a verdade. Como sempre pegam a Bíblia ou qualquer história e pegam parte que interessam.
      ♥♥♥☺☺☺☺☺☺☻☻☻☻☻☻☻

  12. Eu sempre costumo dizer que a nossa fé evangélica não está edificada sobre Lutero, Calvino, Zwinglio ou qualquer outro reformador protestante do século XVI. Mesmo se Lutero fosse mesmo um alemão bêbado e adúltero que cometeu suicídio, eu responderia com um grande: eeeeeeeeeee daí? Temos dezenas, senão centenas de papas que foram muito piores.
    Temos uma enorme lista de papas que foram assassinos, pedófilos, sodomitas, estupradores, incestuosos, racistas, escravocratas, anti-semitas, torturadores, misóginos e facínoras sedentos de sangue (alguns dos quais o leitor pode conferir clicando aquie aqui), e mesmo assim os católicos não deixaram de ser católicos por causa disso. Ao contrário: continuam chamando a criatura de “Santo Padre” (note que nenhum evangélico é tão cínico ao ponto de chamar Lutero de “o Santo Lutero”).

    Os papistas não conseguem
    entender que nós não consideramos Lutero infalível, como eles consideram os papas deles. Nós somos honestos e humildes o suficiente para admitir o óbvio: que Lutero era tão humano, mortal, pecador e falível quanto qualquer um de nós. E que, mesmo tendo os seus erros, exerceu um papel proeminente e fundamental nas denúncias da apostasia romana e restaurou boa parte das doutrinas bíblicas, que já tinham sido abandonadas há muito tempo. A conduta e a vida particular de Lutero não influenciam a vida dos evangélicos do século XXI. Sua doutrina, sim.

    A razão pela qual os “apologistas” católicos estão sempre tão desesperados em caluniar Lutero é porque eles sabem que tem que desviar a doutrina para o lado pessoal. Eles sabem que no campo doutrinário são massacrados. Então eles vão para o pessoal. Querem retratar Lutero como um monstro satânico e o maior pecador de todos os tempos, pensando que assim irão escandalizar um evangélico e afastá-lo da doutrinacristã e bíblica. Um evangélico minimamente instruído sabe o quanto essa estratégia papista é estúpida e que não serve para enganar ninguém.

    Evangélicos não seguem Lutero, seguem Jesus. Lutero, assim como qualquer outro ser humano do mundo, deve ser ouvido somente na medida em que seu discurso condiz com as Escrituras, com os ensinos de Jesus. Até o apóstolo Paulo, ao invés de simplesmente dizer “sejam meus imitadores”, fazia questão de dizer aos coríntios: “sejam meus imitadores, como eu o sou de Cristo”(1Co.11:1). Em outras palavras, a “imitação” a Paulo estava condicionada à sua obediência a Cristo. Se Paulo pecasse (e ele era humano), não era para os coríntios
    seguirem essa conduta. Da mesma forma, se Lutero errou, não precisamos seguir seus erros.

    Papistas têm uma dificuldade incrível em entender isso, porque há uma diferença abismal entre o trato dos evangélicos para com Lutero e o trato dos papistas para com o papa. A obediência dos evangélicos a Lutero é condicional à obediência deste à Cristo, enquanto a obediência dos católicos ao papa éincondicional, pelo pressuposto da infalibilidade, segundo o qual o papa não pode errar em matéria de fé. Mas eles pensam que Lutero é para nós o que o papa é para eles. É
    por isso que os apologistas caluniadores a serviço de Roma insistem na presunção de que derrubando Lutero eles derrubam o protestantismo, como se a validade da doutrina protestante dependesse da “infalibilidade” de Lutero, a qual nenhum protestante jamais creu – nem o próprio Lutero, por sinal.

    Quando uma calúnia inventada por eles fracassa, eles são rápidos em inventar calúnias novas, substituindo e atualizando seu arsenal de injúrias e difamações. Tente dar uma lida no que os sites católicos dizem sobre a morte de Lutero. Uns dizem que ele se
    arrependeu no final da vida e voltou ao catolicismo romano. Outros dizem que ele se matou. Outros dizem que ele morreu em um bar, de tanto beber. Daqui a pouco eles vão dizer que Lutero se converteu ao catolicismo carismático e gravou um CD com o padre Marcelo. Eu não duvido.

    A verdade é que estes doutrinadores papistas estão tão desesperados em inventar calúnias novas que nem se dão conta de refutar as que já foram inventadas antes e que contradizem a nova versão. Eles são divertidos. Hilários. Para que se faça justiça,
    cabe ressaltar que em meio a tantas calúnias diferentes e autocontraditórias sobre a morte de Lutero, o site católico Veritatis Splendor surpreendentemente disse que Lutero morreu de… causas naturais! Sim, eles não se decidem mesmo.

    Você vai a um site católico e eles dizem que Lutero aceitava os livros apócrifos porque os incluía em sua versão da Bíblia, e então vai a outro site católico e este outro site vocifera contra Lutero dizendo que ele “arrancou sete livros da Bíblia”. Ora, decidam-se de uma vez: Lutero aceitava os apócrifos ou ele
    “mutilou a Bíblia”? O mais engraçado de tudo é quando essas duas acusações diferentes e contraditórias entre si são feitas por um mesmo site, por um mesmo autor e num mesmo artigo! Sim, acredite. O orkuteiro Evaldo Gomes escreveu um artigo hilário sobre o cânon bíblico onde diz que Lutero cria na “antiguidade e canonicidade” dos apócrifos, e no parágrafo final do mesmo artigo afirma que ele adotou um cânon “farisaico” (risos) sem os apócrifos. O desespero deles em caluniar Lutero é tão grande que dá luz a distúrbios bipolares.

    Mesmo eu não dando a mínima para as calúnias deles, e mesmo considerando inútil qualquer tentativa de desmoralizar a pessoa de Lutero, é bom colocar um ponto final em tantas aberrações inventadas por eles, por questão dejustiça e não por questão denecessidade. Neste quesito, os apologistas cristãos norte-americanos estão muito à frente dos apologistas cristãos brasileiros. Há blogs destinados inteiramente a refutar as calúnias católicas que são despejadas covardemente sobre Lutero.

    • Luciano,

      Preciso nas suas ilações. Disse com um texto melhor trabalhado o que a gente vem pouco a pouco refutar desses caluniadores.

      Quando se faz a vontade católica, quando se estar nela, o indivíduo é um santo, quando sai de lá ou entre em discorda de algum ponto dessa igreja, passam a caluniar o próximo, isto apenas por mudar de lado, imagine se tal formasse um exército contra ela.

      Gatinho criado por católico é santo gato, santa galinha, santa vaquinha, santo piolho, santo micróbio, pois serve ao cidadão de primeira grandeza católico, o ariano dos religiosos.

      Mas quando é animal ou praga do lado dos outros credos, aí a coisa muda. É o diabo do gato do crente, a maléfica galinha do muçulmano, a chifruda vaca indiana, as pestes piolhentas dos pajés….

      Eta povo ariano, o melhor povo do mundo, o católico é a reça galega entre os que possuem credo. Tanto é que o católico hitler leva essa tese do pais dele, a Áustria católica, pra Alemanha evangélica.

      É santa igreja, santo padre, santa doutrina, santa mulher, santo homem, santa cruz, santa palavra, santa sé, santo crucifixo, santo dia, pai de santo, mãe de santo, santa inquisição, santa cruzada, santa morte, santa oração, cidade santa-roma, santo sepulcro, ora, ora, ora, à primeira vista, parece bonito. Mas não é em face de distinguir o deles, dar destaque ao que é deles. E por outra banda, permite a outros povos fazerem a mesma coisa, basta vê que existe um líder deles que não pode sofrer uma crítica, uma sequer, que logo partem pra cima.

      O meu Cristo, foi cuspido, torturado, mal afamado, caluniado, morto, eta homem de paz, eta homem tolerante, eta homem que não reagiu e nem ensinou a reagir a críticas fundadas ou não.

      Têm muitas religiões que precisam aprender o exemplo de Cristo, o que não foi destemperado com a religião judaica, tendo entrado nela, tendo pregado nela, tendo sido amigo dela, jamais entrou em conflito direto, jamais desfez os que o antecederam.

      Demonstrou afeição e apreço aos profetas do judaísmo, a Moisés, a Davi, a Elias, super respeitoso, Ele mesmo visitou o templo de Jerusalém por várias vezes. Adorava a Deus nas Casas de Oração.

      Deixou bem claro que não veio pra revogar, sim aperfeiçoar a lei.

      Mas esses religiosos devem achar Jesus um besta, um b

    • Luciano,

      Muito Preciso nas suas ilações.

      Disse usando um texto melhor trabalhado as palavras que a gente pouco a pouco refutamos aos caluniadores deste site.

      É assim mesmo. Quando se faz a vontade católica, quando se estar nela, o indivíduo é um santo. Quando se sai de lá ou discorde de algum ponto dessa igreja, passam eles, católicos, a caluniarem o próximo, isto apenas por mudar de lado, imagine se os dissidentes tivessem a pretensão de formar um exército para combatê-la.

      Gatinho criado por católico é santo gato, santa galinha, santa vaquinha, santo piolho, santo micróbio, pois serve ao cidadão de primeira grandeza católico, o ariano dos religiosos.

      Mas quando é animal ou praga do lado dos outros credos, aí a coisa muda. É o diabo do gato do crente, a maléfica galinha do muçulmano, a chifruda vaca indiana, as pestes piolhentas dos pajés….

      Eta povo ariano, o melhor povo do mundo, O católico é a raça galega entre os que possuem credo. Tanto é que o católico hitler leva essa tese do pais dele, a Áustria católica, pra Alemanha evangélica.

      É santa igreja, santo padre, santa doutrina, santa mulher, santo homem, santa cruz, santa palavra, santa sé, santo crucifixo, santo dia, pai de santo, mãe de santo, santa inquisição, santa cruzada, santa morte, santa oração, cidade santa-roma, santo sepulcro.

      Ora, ora, ora, à primeira vista, parece bonito tantas palavras adjetivadas.

      Não é não, pois finda distinguindo o que é deles, dando destaque ao que é deles.

      E por outra banda, temos que reconhecer que é algo perigoso nessa ingênua mania de tudo qualificar de santo. É que permite a outros credos fazerem a mesma coisa, bastando vê que existe um líder de um desses credos, que viveu há mil e quatrocentos anos, que não pode sofrer crítica alguma, uma sequer, pois seus seguidores logo partem pra guerrear.

      Imaginar que o meu Cristo foi cuspido, torturado, mal afamado, caluniado, morto.

      Eta homem de paz, eta homem tolerante, eta homem que não reagiu e nem ensinou a reagir a críticas fundadas ou não.

      Têm muitas religiões que precisam aprender o exemplo de Cristo, o que não foi destemperado com a religião judaica, tendo entrado na igreja dela, tendo pregado nessa igreja, tendo sido amigo dela, jamais vivenciou ou estimulou conflitos contra ela, jamais desfez os líderes dessa igreja que o antecederam.

      Demonstrou afeição e apreço aos profetas do judaísmo, a Moisés, a Davi, a Elias, ou seja, super respeitoso mesmo. Ele mesmo visitou o templo de Jerusalém por várias vezes. Adorava a Deus nas Casas de Oração.

      Deixou bem claro que não veio pra revogar, sim aperfeiçoar a lei dessa religião/estado.

      Mas esses religiosos devem achar Jesus uma besta quadrada, um burro, pois muito amigo, muito diplomático.

    • LUCIANO

      Olha que lista legal de papas:

      Paulo II – Adorava homens “lindos e desejáveis” e morreu de infarto dando a bunda pro seu rapaz favorito, o moço devia ser grande mesmo, Sua Santidade não aguentou.

      Julio II – Foi quem contratou Michelangelo para pintar a Capela Sistina.
      Era pederasta, gostava da companhia” de meninos.

      Alexandre VI – O currículo deste aqui é uma aula de Direito Penal. Ladrão, corrupto, simoníaco, homicida, torturador, amante da própria filha…

  13. QUE DISCURSAO BOBA.SABE EU ATE GOSTARIA DE VOLTAR A IGREJA CATOLICA ,MAS O QUE ME IMPEDE E QUE ELA NAO DEMONSTRA FRUTOS DE TRANSFORMACAO EM SEUS FIEIS,COLOCANDO EM CHEQUE O EVANGELHO POR NAO TER O PODER TRANSFORMADOR QUE A BIBLIA DIZ QUE ELE TEM.A IGREJA SO PREGA RELIGIOSIDADE E SEUS FIEIS VIVEM COMO PROFANSO EM TODOS OS LUGARES,A OBSERVAR VICIADOS EM ALCOOL E CIGARRO ALEM DE PARTICIPANTES DE LUGARES ESCUSOS.SANTIDADE NAO SE PROCLAMA E SIM SO RELIGIOSIDADE.SERIA PARA DEUS MAIS IMPORTANTE VIDA DE RELIGIOSO OU OBEDIENCIA A SUA PALAVRA?PENSEMOS O QUE IMPORTA DE VERDADE,SE DEFENDER UMA RELIGIOSIDADE OU PRATICAR A PALAVRA DE DEUS.

    • Lima, voce muda de religiao por causa de pessoas? Todas as religioes do mundo contem os que seguem as premissas respectivas e, tambem, os hipocritas.
      Desde a idade media, catolicos franciscanos nao sabem o que é blusa ou calça, vivem de roupão! Pergunta pra eles se eles gostam fo luxo de alguns bispos… antes de lutero ja havia criticos aos que abusam de superfluos, até hoje há… mas são pouquissimos os que seguem os ensinamentos de Cristo. Independente dos erros dos lideres, seja sabio, só siga o caminho que eles nao querem andar.

      Está até perigoso selecionar que igreja ficar. Para ser sincero, só pesquise os valores fundamentados, veja CIC(aquele livro amarelo grosso), confirme o que tem de veracidade nela, e a partir daí, aponte os erros de muitos padres atraves dela. Conforme profecias seculares supõe-se a eclipsaçao da igreja, isso faz pensar que nascemos na pior era possivel, no que se refere ao respeito ao evangelho deixado pelos apostolos.

    • Lima fica ai onde está ., herege ou se preferir vai pro Brás ., lá tem seus camaradas ., aliais aproveita que amanhã é sábado e vai na plenitude lá a unção e do jeito que gosta .,
      O tal de apóstrofo agenor sugue barriga de bosta ., também soltando umas bufas gasosas ungidas ., para espantar o capeta. Kkkkkk

      Depois vai no templo de Salomão ., lá tão vendendo o tijolinhos do alicerce financeiro.,e ai gostou.,.

      Cala boca herege, fanfarrão olha para as aberrações protestantes antes de abrir sua bocarra de chacal filhote de lutero seguidor de seitinhas mundanas

      • Lopes,

        Vou seguir o conselho de Rubens.

        Vou pro judaísmo. Eu fiquei a vida toda criticando a igreja dos pais de Cristo, de Davi, de Moisés.

        Vou voltar ao primeiro amor demonstrado por Deus ao homem na terra, a igreja judaica.

        Tcha, tô em busca do chapeuzinho na cabeça, da barba e do cabelo mais esticado de um lado, sim, ia esquecendo, do paletó preto com as calças tipo pega bode.

        • Lopes e Rubem,

          Não sei pra que Cristo veio aqui criar um novo seguimento, o tal cristianismo, que se seguiu com a primeira placa(romana no século 3) e agora com muitas igrejas(valdenses, cooptas, cátaros, batistas, católica grega e ortodoxa).

          Sabia, desconfiava que tinha alguma coisa de errado.

  14. (volto ao início do comentário que fiz em 16 de setembro de 2015 ás 6:42 am)

    Levi fornecer fontes? KKKKKKKKK

    A fonte dele é o ódio à igreja católica – constatado em 100% os seus comentários. Muitos, mas muitos mesmos, inoportunos.

    Por causa desse ódio vale qualquer coisa, como por exemplo, desenvolver pensamento/discurso que, embora seja errado ou mentiroso, ele apresenta como verdadeiro. E pior… Existem muitos protestantes que se deliciam com estas estórias mentirosas, nelas acreditando como se tratasse das palavras do Senhor!!!! Mas, por que querem acreditar?

    ÓDIO!

    • Ódio,

      Quem sabe bem disso é tua igreja, a que passou séculos e séculos usando dessa receita.

      Não se faça de não conhecedor. Não aplauda o que tua igreja fez de monstruoso, sim o que fez de bom. Encontra esse último adjetivo nela, pois nem tudo é ruim por completo.

  15. A “igreja católica” e tão corrupta e gananciosa que as ditas “igrejas comerciais evangélicas”,.
    E só observar o quanto esta copiou os modismos do “circo gospel! para tentar mante fieis ou para atrair novos idolatras, padres cantores, missas animadinhas com musicas ao estilo “gospel’, palestras motivacionais vazias, etc. A velha formula medieval refinada e redecorada mas as mesmas ladainhas,mescladas ao mercantismo dos mercenários da fé que gostam de ser chamados de pentecostais ou neo pentecostais.

    E para os defensores agressivos, ignorantes e cegos da dita “igreja idolatra” digo o seguinte,

    Hoje o tal papa, que se diz herdeiro do trono do Apostolo Pedro ,e cheio de ouro e prata mas não pode dizer ao aleijado levanta e anda.

    E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. Atos 3:6

    Isto e poder vindo do alto,isto é autoridade comissionado pelo Espirito de Deus,isto é andar no Espirito de Deus:

    Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Romanos 8:14

    Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. 1 Coríntios 4:20

    Este é o versículo que separa o falso do verdadeiro..

    O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica. 2 Coríntios 3:6

    De que adianta tanta conversa morta sobre coisas que passaram e nada mais são, Deus e o Senhor sobre todas as coisas e um novo azeite vem para encher aqueles que são seus portanto amados:

    Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade.
    Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra.
    De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra.
    Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.
    E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas.
    E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;
    Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade,
    E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos.
    2 Timóteo 2:19-26

DEIXE UMA RESPOSTA