Papa Francisco afirma que a igreja não deve “interferir espiritualmente” na vida dos homossexuais

103

Um dos debates mais intensos no meio cristão ultimamente se refere à homossexualidade e ao casamento gay. Nesta quarta-feira, o papa Francisco afirmou durante uma entrevista que a igreja não pode “interferir espiritualmente” na vida dos gays.

Segundo Francisco, a religião tem o direito de expressar suas opiniões sobre todos os temas, mas isso não significa retaliar as pessoas que escolheram viver a partir de princípios conflitantes com os do cristianismo.

“Uma pessoa uma vez me perguntou, de maneira provocadora, se eu aprovava a homossexualidade. Retruquei com outra questão: ‘Quando Deus olha uma pessoa gay, ele endossa a existência dessa pessoa com amor, ou a rejeita e condena?’ Devemos sempre considerar a pessoa”, disse o pontífice católico.

Francisco pontuou ainda que a Igreja precisa “acompanhar” divorciados e homossexuais “com misericórdia” e se relacionar com elas “a partir de suas condições reais de vida”.


Na entrevista, concedida à revista La Civiltà Cattolica, o papa afirmou ainda que as mulheres devem ocupar um espaço maior na Igreja Católica, e rebateu as críticas de que deveria pregar de maneira mais incisiva contra a homossexualidade.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

103 COMENTÁRIOS

  1. Ora o que o papa esta falando ai não e novidade alguma, quem não sabe de tudo isso, ora convenhamos Amar um ser humano enquanto ser humano e logico e correto, agora por ter amizade por exemplo com homossexual, não me compromete a ter que concordar com a pratica que o mesmo pratica, em uma empresa que trabalhei o administrativo era um homossexual trabalhamos por muito tempo juntos na mesma empresa, quando terminou os serviços eu fui para brasilia e na empresa que eu estava em brasilia eu arrumei serviço pra ele e ele veio do estado do Tocantins para trabalhar no mesmo lugar comigo ele era o meu administrativo, eu o mandei buscar por sua competência profissional, sempre nos demos muito bem tudo com respeito e ordem, mas isso nunca me fez concordar com ele de sua pratica homossexual, e eu como um seu amigo sempre que podia mostrava-lhe a verdade bíblica sobre o assunto sem problema algum, ele não aceitou os conselhos que eu sempre lhe dera, passado dois anos ele me ligou dizendo que tinha contraído esta doença perigosa Ayds ou aidis esquece como se escreve, o que eu pude fazer tornar aconselhar para que o mesmo corresse para os pes de Jesus, dai ele nunca mais me ligou perde o contato pois fui embora de brasilia para onde o vento faiz a curva

    • Você condena a prática homossexual mas pratica o adultério e a fornicação Clamando (Márcio Collins). Não vem querer posar de santo, sua banca de homem de Deus acabou:

      clamando disse: 19 de setembro de 2013 ás 12:10 pm
      QUANDO FALEI QUE ERA PEGADOR NUNCA QUE PENSEI EM VOCE JUSSARA, QUERIA TE LEVAR PARA PASSEAR NO MEU BARQUINHO SÓ POARA TE EMBEBEDAR E DEPOIS LARGAR NA ENCRUZILHADA QUE É TEU LUGAR GALINHA VÉIA

      clamando disse: 9 de setembro de 2013 ás 12:29 pm
      “e nem poderia pois como sabes e já experimentou jussara sou macho de verdade me visto como macho e sou pegador”.

      clamando disse: 8 de setembro de 2013 ás 10:20 am
      “levando a jussara para passear…ja volto heheheh”

      • Bereano, Clamando é mais um nojento, hipócrita que tem uma árvore no olho, e gosta de apontar o cisco no olho do próximo, é promíscuo, chulo, torpe.
        E se acha melhor que homossexuais, muitos pessoas de respeito, médicos, professores , vendedores etc.
        Pessoas que cordão cedo, trabalham, e não se metem na vida dos olhos.
        Tenho pena deste bode, denominado clamando.

        • Ora,irmãos quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamo-vos que não vos demorais facilmente do vosso modo de pensar,nem vos perturbeis,quer por espírito,quer por palavra,quer por epístola,como se procedesse de nós,como se o dia de Cristo já tivesse chegado.
          Ninguém de maneira alguma vos engane,pois isto não acontecerá sem que antes venha a apostasia,e se manifeste o homem do pecado,o filho da perdição.
          Ele jGMIX
          STAR DUST
          ESTRELA CAIDA
          PAI DAS SAFADESAS
          MÃE DAS MALANDRAGENS
          AFONSO
          ANA CLARA
          NICE
          BEREANO RADICAL
          EDUARDO PLEBEU
          PAULO
          DESIMAS
          FELIPE
          se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de culto,de sorte que se assentará ,como Deus,no templo de Deus,querendo parecer Deus.
          Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava conosco?
          E agora vós sabeis o que o detém,para que a seu próprio tempo seja manifestado.
          Pois já o mistério da injustiça opera;somente há um (CLAMANDO) que agora o detém..para que seja afastado.

        • chega de varios nick chega de hipocrisia se report apenas vcomo stardust,, todos já sabem que é falcatrua e que só atraui ateu e gays agnóstico e macumbeiros…chega galinha véia…não tem crédito nenhum aqui no site…todos que são cristãos te condenam

          • Então você não me condena, porque você não é cristão. Por que cristão não tem essa atitude:

            clamando disse: 18 de setembro de 2013 ás 6:29 pm
            “ta e ai vai quebrar a vadia a pau ou não vai…se vai vamos parar com a frescura e desce o burralho na bereana stardust”

            clamando disse: 19 de setembro de 2013 ás 12:10 pm
            QUANDO FALEI QUE ERA PEGADOR NUNCA QUE PENSEI EM VOCE JUSSARA, QUERIA TE LEVAR PARA PASSEAR NO MEU BARQUINHO SÓ POARA TE EMBEBEDAR E DEPOIS LARGAR NA ENCRUZILHADA QUE É TEU LUGAR GALINHA VÉIA

            clamando disse: 9 de setembro de 2013 ás 12:29 pm
            “e nem poderia pois como sabes e já experimentou jussara sou macho de verdade me visto como macho e sou pegador”.

            clamando disse: 8 de setembro de 2013 ás 10:20 am
            “levando a jussara para passear…ja volto heheheh”

    • Chega de hipocrisia Clamando (Márcio Collins). Olha o homem de Deus que você é:

      clamando disse: 18 de setembro de 2013 ás 6:29 pm
      “ta e ai vai quebrar a vadia a pau ou não vai…se vai vamos parar com a frescura e desce o burralho na bereana stardust”

      • POIS ENTÃO VAMOS TIRAR AS MASCARAS E MOSTRAR COMOI SE ESCONDER ATRAS DE NICKS clamando disse: 20 de setembro de 2013 ás 8:44 am
        Bereano Radical disse: 23 de agosto de 2013 ás 3:52 pm
        Ah vai arrebentar, sabia que você não deixaria visitar essa notícia. Essa teoria de viagem no tempo é bem ao estilo anjo alienígena do vai arrebentar.

        O demônio não suporta o que? O dízimo? Não foi com dízimo que Jesus expulsou Satanás no Deserto, foi com a Palavra de Deus, exatamente como o STARDUST tem feito com você.

        E sobre o demônio não tocar no dinheiro do dízimo, leia essa reportagem e me responda:

        Acusado de assaltar templos da Igreja Universal é preso em casa
        Apontado como chefe de um bando especializado em assaltar templos da Igreja Universal do Reino de Deus para roubar o dízimo doado por fiéis, Anderson Leonardo Santos de Aguiar, de 32 anos, foi preso na noite de segunda-feira por agentes da 64ª DP (Vilar dos Teles) em casa, no bairro São Mateus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de cometer pelo menos três roubos contra a instituição religiosa. Segundo a polícia, o bandido confessou os crimes após ver vídeos que o flagraram em ação.

        “Vamos investigar se há alguém de dentro da igreja que forneça informações para o acusado e seus comparsas, como o valor arrecadado com o dízimo”, disse o delegado Delmir da Silva Gouvêa, titular da 64ª DP.
        Responder Comentar
        clamando disse: 24 de agosto de 2013 ás 11:32 am
        TENS O NOME DAQUELES QUE INVESTIGAM A VERDADE PARA NÃO SEREM LUDIBRIADOS, MAS SER RADICAL MUITAS VEZES NOS CEGA A PROCURA DE UMA VERDADE, QUE SOMENTE É POSTA PELA FÉ…LEMBRE-SE ABRAÃO NÃO RECEBEU AS PROMESSAS, MAS AS VIU AO LONGE E A CIDADE A QUAL O ARQUITETO E CONSTRUTOR É DEUS, E PELA FÉ ESPERA CHEGAR LA…CUIDE PARA NÃO SE ENSOBERBECER, PAULO FAZ DIVERSAS ADVERTENCIAS SOBRE ISTO..FICAI POIS ARRAIGADOS E SOBREEDIFICADOS NELE, E CONFIRMADOS NA FÉ, ASSIM COMO FOSTES ENSINADOS, ABUNDANDO EM AÇÕES DE GRAÇAS, ONDE VOCE RECEBEU O EVANG.? QUEM PREGOU PARA VOCE ? CERTAMENTE ACEITOU A JESUS EM ALGUM LUGAR, CERTO? LA NESTE LUGAR NÃO RECEBEM DÍZIMOS? ENTÃO VEJA BEM SE ESTES FORAM EM EXCELENCIA DIGNOS DO MESTRE P-ARA TE ANUNCIAR O EVANG. ONDE ESTÁ O ERRO…NELES OU EM SER RADICAL SOBRE ALGO QUE SALVA E LEVA O EVANG. A MILHÕES DE BRASILEIROS…A QUEM DEUS DARA A COROA DA VIDA…A TI OU A ELES…CONHECENDO O CAMINHO , BUSCAI PRIMEIRO O REINO DE DEUS E TODAS AS COISAS VOS SERÃO ACRESCENTADAS, BOM SERIA, QUE A O INVÉS DE ESTAR AQUI AGORA, PREGANDO CONTRA AQUELES QUE GANHAM ALMAS,, VOCE FAÇA ISTO…MÉDICO CURA A TI MESMO
        Responder Comentar
        STARDUST disse: 24 de agosto de 2013 ás 11:45 am
        aonde eu congrego não é cobrado dízimos. inclusive eles ensinam que dízimo não é mandamento. quando eu fiz o primeiro contato com eles, para conhecer o que eles acreditam, a segunda coisa que eles me informaram foi sobre dízimo e que lá eles não recolhem pq não é mandamento.

        eu obviamente já falei pra eles que eu já conhecia essa verdade.

        Clamando… se dízimo é importante pra obra, então pq Jesus e os apostolos não tomavam dízimos para faze-la?

        E paraliticos andavam, cegos enxergavam, mortos ressucitavam…

        Porém vcs recolhem os dízimos, coisa que eles não faziam, mas os milagres nós não vemos…

        clamando explica? ou vai deixar pro freud mesmo?
        Responder Comentar
        clamando disse: 24 de agosto de 2013 ás 2:10 pm
        vejam só como desmascarei mais uma ves o stardust…aqui ele é o bereano….se esqueceu de trocar o nick…é pai das safadesas quero ver se escapar desta agora
        Comentar

        • Clamando (Márcio Collins), não entra comigo que você só perde. Vou te dar um pouco do seu próprio veneno.

          Já que segundo o seu “brilhante raciocínio”, porque o STARDUST respondeu algo que você perguntou para mim, eu sou ele, vou te dar um pouco do seu próprio veneno e te desmascarar usando o seu próprio raciocínio.

          CLAMANDO DESMASCARADO:

          Eu estava falando com o Vai arrebentar (Templo da Igreja Mundial do Poder de Deus é novamente fechado por “perturbação do sossego”), e você se esqueceu de trocar de nick, e respondeu por ele. Então, Clamando (Márcio Collins) também é o covarde do Vai arrebentar? Quantos outros nicks você tem? Eis a prova (segundo o seu “inteligente” raciocínio”):

          Bereano Radical disse: 18 de setembro de 2013 ás 7:12 pm
          Vai arrebentar seu franguinho de terreiro covarde, eu estou com o smarth aguardando seu email. Onde está o seu email? Se você não responder e fugir, eu vou tirar uma foto lá na sua IURD, com uma folha escrita: Bereano Radical esteve aqui, e disponibilizar para todo mundo que quiser por email, para provar o covarde que você é. To esperando seu email.

          Bereano Radical disse: 18 de setembro de 2013 ás 7:16 pm
          arthsalomao gmail, me escreve que vou te responder, e descrever como me identificar, e você faz o mesmo. Vou estar com uma folha de papel, escrita: Bereano Radical esteve aqui.

          Em 40 min eu chego, to aguardando seu email. Achou que ia escapar com esse papinho de 30 minutos? Eu não gosto de brincar com covardes que cantam de galo como você. Vai me esperar se honrar a sua palavra, e me tirar daí no porrete.

          Meu email já está aí, estou esperando sua resposta.

          clamando disse: 19 de setembro de 2013 ás 9:17 am
          é jussara só assim para um homem te pegar hehe esta vale a maxima se me vir agarrado em mulher feia aparta porque é briga…stardust porque não te calas…sei que estão é louco que eu entre no imail deste nick que usas , para saber quem eu sou…mas não colça não entro nesta……quando vais com o grão eu já voltei com o fuba

          Bereano bate o pé e a galinhada corre.

    • Clamando por favor, um comentário meu não está indo ao ar, deixe-me fazer um teste como resposta para tirar uma dúvida em seu tabloide:
      Achado na Net:

      A escritora e pesquisadora de religiões Mary Schultze, autora do livro “A Deusa do Terceiro Milênio”, deu uma lista de personagens onde as bençãos dos papas trouxeram maldição:
      A ex-presidente Washington Luiz, foi deposto do cargo, em 1930, logo após ser abençoado pelo Papa.
      Já a princesa Isabel foi “abençoada” com a sua expulsão do Brasil, depois de um encontro pessoal com o papa.
      O presidente brasileiro Campos Salles – foi assassinado poucos dias depois.
      O Presidente brasileiro Afonso Pena – morreu um mês depois.
      Dos tempos atuais, duas figuras queridas dos brasileiros também passaram por tribulações e, coincidência ou não,tinham recebido a bênção do papa:
      O cantor Roberto Carlos, católico declarado, e sua esposa, Maria Rita, estiveram com João Paulo II em sua última visita ao Brasil, em 97. Pouco mais que um ano depois, ela estava com câncer.
      Já o craque Ronaldinho pediu para o papa abençoar, em 98, as alianças de noivado
      com a modelo Suzana Wemer, antes da Copa da França. Resultado: além de ver terminado o seu noivado com a modelo, aconteceu o pior: o Brasil perdeu a Copa. E como se não bastasse, Ronaldinho passou as últimas semanas resistindo a uma campanha de difamação por parte da imprensa secular, que tentava envolvê-lo em um escândalo junto a uma agência de prostituição, na Itália. Sem falar do problema no joelho que quase o colocou de vez fora dos gramados.Outras figuras importantes
      O evangelista Billy Graam, mesmo conhecendo a fundo a Palavra de Deus, foi a Roma pedir a bênção do papa e, estranhamente, foi acometido do Mal de Parkinson (doença degenerativa do sistema nervoso que provoca tremores incontroláveis).
      O papa abençoou Carlota de Bourbon e quando voltou de Roma, enlouqueceu.
      O príncipe Napoleão IV morreu logo após ter sido abençoado pelo papa, antes de seguir para Zuzulândia.
      Já o príncipe Rodolfo, da Àustria, se suicidou, em 1889, depois de um encontro com o papa.
      O jogador Maradona amargou a derrocada de sua brilhante carreira de outrora. Ele também pediu a bênção do papa, e recebeu. Coincidência ou não, perdeu o título do mais famoso campeão argentino e a sua imagem nunca mais foi a mesma, pois não conseguiu se livrar das drogas até hoje.
      Afonso XII – morreu prematuramente.
      Princesa Lady Diana – Em 1997, morreu em violento acidente auto mobilístico algum tempo antes havia ido a Roma pedir a bênção do papa.
      O Imperador da Áustria, Francisco José – sofreu a terrível derrota de Sadowa.
      Napoleão III – foi preso na Prússia e morreu exilado e destronado.
      Os navios “Santa Maria”e “América” – naufragaram com perda total.
      Diz o ex-padre veneziano, Joseph Zachello que serviu o Papa por 34 anos:
      Em 1851
      Pio IX concedeu a “Rosa de Ouro” ao Rei das Duas Sicilias. Em menos de um ano ele perdeu a coroa e o reino.
      Em 1866
      Ele abençoou o Kaiser da Áustria. Em menos de um ano este imperador perdeu Veneza e a guerra seguinte.
      Em 1867
      o Papa abençoou Maximiliano. Imperador do México. Logo em seguida ele foi destronado e morto a tiros.
      Em 1895
      O Arcebispo de Damasco deu a bênção papal às tropas e frota espanholas. Logo em seguida a Espanha perdeu ambas.
      Em 1897
      O Núncio Apostólico abençoou o grande “Bazar da Caridade”, em Paris. Cinco minutos mais tarde o prédio ardia em chamas e 150 pessoas da aristocracia pereceram, inclusive a filha da Imperatriz da Áustria.
      Em 1906
      Fugene Victoria (Ena), filha do Príncipe Henrique, casou com Afonso XIII, Rei da Espanha. sob a bênção papal. Ela havia sido obrigada a renunciar sua fé protestante e por isso foi abençoada. Embora, uma quinzena mais tarde, tenha escapado milagrosamente de um atentado, no qual 13 pessoas pereceram, seu vestido de noiva ficou todo respingado de sangue.
      Em 1923
      O Papa lhe mandou a “Rosa de Ouro”. Em 1931. ela e o marido foram exilados, quando a Itália se transformou em República, por determinação do Papa. que precisava colocar no Governo daquele país o seu protegido General Franco, para a II Guerra Mundial.
      Em 1924
      Um rico proprietário de terras nos Estados Unidos – Mr. Edwards – converteu-se ao Catolicismo Romano. Dois anos depois foi a Roma receber a bênção do Papa. tendo morrido 4 dias após e deixou uma rica herança para o Vaticano.
      Parece coincidência… Mas é bom não arriscar. Quando Mussolini invadiu a Abissínia e varreu os pobres negros do mapa, o Papa o abençoou nessa “cruzada santa”. Só que, pouco tempo depois, Mussolini e sua amante Clara Petacci foram linchados pelo povo.
      Já Winston Churchill, o Leão da II Guerra Mundial, foi a Roma receber a bênção do Papa. Perdeu logo o prestígio em seu país, mesmo tendo ganho essa Guerra para os Aliados.
      Quanto a Roosevelt, mandou um representante ao Vaticano “apanhar” a bênção. Perdeu o respeito do povo americano e morreu logo em seguida, sem contemplar a vitória para os Estados Unidos.
      Em 1951
      A futura Rainha da Inglaterra foi pedir a bênção do Papa. Pouco tempo depois a Inglaterra perdeu os poços petrolíferos no Irã, o Canal de Suez e a guerra contra o Egito.
      E para encerrar, em 1958 o Cardeal Stritch. de Chicago, ao ser nomeado Representante no Vaticano, para lá se dirigiu. Adoeceu gravemente e o Papa, que havia abençoado sua viagem, não foi capaz de visitá-lo, quando ele teve de amputar um braço e morrer a poucas quadras da Catedral de São Pedro.
      Diante do exposto acima só nos resta orar para que Deus proteja a vida e a carreira de Rubinho e que as “bençãos” do Papa não o alcance também, de modo que possa nos dar novamente a alegria e as vitórias que tanto nos brindava Airton Senna.
      A Palavra de Deus é muito clara quanto à origem da bênção, que só pode vir do Senhor; e de nenhum homem ou imagem, mas o catolicismo insiste em transferir para a figura do papa poderes que só pertencem a Deus. A leitura da Bíblia e a observância de seus mandamentos são capazes de atrair bênçãos sem medida sobre a vida do cristão, conforme diz a Palavra “O Senhor determinará que a bênção esteja nos teus celeiros, e em tudo o que puser a tua mão: e te abençoará na tenda que te dá o Senhor teu Deus” (Deuteronômio 28.8).

  2. O mais interessante são as interpretações de alguns usuários do facebook, principalmente daqueles que acham que Francisco está cendendo a uma determinada causa ou enviando mensagens indiretas a alguns segmentos religiosos.

    Deixar de interferir não é abdicar da missão e muito menos concordar com as propostas da militância lgbt. Não podemos disperdiçar o nosso precioso tempo focando de forma periódica naquilo que consideramos como pecado e mazelas do ser humano. A proposta cristã é lançada, e aos que se sentirem seduzidos a caminhar com Cristo, estejam preparados para renunciar a si próprios e ao mundo.

    A messi é grande e os trabalhadores são poucos.

    Paz e Bem

    • Mauro , vejo os teus comentários e sempre os achei coerentes , mas cá pra nós ; o papa esta demostrando o lado progressista e tornado-se malheavel ; uma coisa coisa é entender uma situação que estamos vivendo neste momento quanto a esta baderna na moral e nos bons costumes, outra é ignorar oque a igreja sempre se posicionou contra .
      Pelo comentário dele nesta entrevista deixou bem claro que vai deixar rolar frouxo, esta parecendo à melancia , verde por fora e vermelho por dentro !!!
      Ele esta destoando de todos outros papas, esta querendo agradar a todos pra não ficar mau na fita

    • Caro Souza,

      é evidente que Francisco não quer que essa cantilena chata da mídia secular pertube a nossa caminhada em detrimento de um combate incessante ao gayzismo. A nossa principal missão assim como a de todos os cristão é a evangelização.

      Quanto a nós fiéis dedicados, saibamos rechaçar a militância lgbt na medida certa advertindo, agindo dentro da lei e evocando mecanismos de defesa para que as práticas ditatoriais utilizadas por eles não suprimam a nossa pregação, tal qual o Pr Marcos Feliciano utilizou em seu último evento.

      Seremos sempre contrários a agenda cultural lgbt respaldados pelas sagradas escrituras e pelos ensinamento da Igreja, mesmo que Francisco não quisesse essa é uma realidade imutável.

      Paz e Bem

  3. Acredito q não interferimos na vida dos homossexuais, criticamos seus comportamento, e seus atos imorais.. Sendo q querem ser privilegiados pelas leis a ponto de não respeitar nos evangélicos. Papa Francisco como um homem de Deus tem q se aprofunda mais na bíblia..

  4. Intrometer não, mas dizer a vdd sim. penso que devemos sim, levar o evangelho aos homossexuais…

    “: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16:15)

  5. Sim, o papa não falou nenhuma novidade sobre os homossexuais, mas a diferença entre ele e vcs e’ que o papa demonstra Cristo no falar e no agir ate’ mesmo quando ele condena algo, enquanto vcs são umas carroças vazias que so’ fazem barulho e são cheios de ódios, Vcs são o que em ingles chamam de self-righteous.. procurem no google a traducao..

    Entre vcs e o papa, eu fico mil vezes com o papa, não apenas pq ele lidera a UNICA igreja criada pelos apostolos de Cristo e que trouxe ate’ nos a historia do Evangelho que hoje pregamos, apesar de todos os seus defeitos nesses dois milenios, mas e’ um fato que podemos contestar mas nao podemos negar… E olha que eu nem sou catolico hein… Sou evangelico desde pequeno, mas confesso que gostaria muito ser catolico, pq eles me parecem ser muito mais santos do que este meio em que me encontro, talvez seja so’ aparencias pra quem esta’ de fora, mas e’ o que me parece…

    • Paulo. Com o conhecimento da bíblia que você demonstra ter,nem precisava fazer esta afirmação,de que adora o papa.Você dizer que o papa lidera a única igreja criada pelos apóstolos de cristo ? Mais que piada.Você já leu ATOS DOS APÓSTOLOS? Com certeza não.Se já leu.O que tu entendeste?Com certeza nada,senão não estaria falando uma asneira dessa.Por favor,me faça saber em qual parte da bíblia, o papa com o seu monumento religioso se enquadra.Pelo que eu sei,só lá em Isaías no capitulo 47.

  6. Estou tentando postar na matéria anterior (Papa Francisco afirma que cristãos devem orar pelos políticos “para que eles governem bem) mas não está sendo publicada, então vou experimentar aqui…

    Achados na Net:

    A escritora e pesquisadora de religiões Mary Schultze, autora do livro “A Deusa do Terceiro Milênio”, deu uma lista destas personalidades e a influência das “bênçãos” do Papa na vida delas.
    O ex-presidente Washington Luiz, foi deposto do cargo, em 1930, logo após ser abençoado pelo Papa.
    Já a princesa Isabel foi “abençoada” com a sua expulsão do Brasil, depois de um encontro pessoal com o papa.
    O presidente brasileiro Campos Salles – foi assassinado poucos dias depois.
    O Presidente brasileiro Afonso Pena – morreu um mês depois.
    Dos tempos atuais, duas figuras queridas dos brasileiros também passaram por tribulações e, coincidência ou não,tinham recebido a bênção do papa:
    O cantor Roberto Carlos, católico declarado, e sua esposa, Maria Rita, estiveram com João Paulo II em sua última visita ao Brasil, em 97. Pouco mais que um ano depois, ela estava com câncer.
    Já o craque Ronaldinho pediu para o papa abençoar, em 98, as alianças de noivado
    com a modelo Suzana Wemer, antes da Copa da França. Resultado: além de ver terminado o seu noivado com a modelo, aconteceu o pior: o Brasil perdeu a Copa. E como se não bastasse, Ronaldinho passou as últimas semanas resistindo a uma campanha de difamação por parte da imprensa secular, que tentava envolvê-lo em um escândalo junto a uma agência de prostituição, na Itália. Sem falar do problema no joelho que quase o colocou de vez fora dos gramados.Outras figuras importantes
    O evangelista Billy Graam, mesmo conhecendo a fundo a Palavra de Deus, foi a Roma pedir a bênção do papa e, estranhamente, foi acometido do Mal de Parkinson (doença degenerativa do sistema nervoso que provoca tremores incontroláveis).
    O papa abençoou Carlota de Bourbon e quando voltou de Roma, enlouqueceu.
    O príncipe Napoleão IV morreu logo após ter sido abençoado pelo papa, antes de seguir para Zuzulândia.
    Já o príncipe Rodolfo, da Àustria, se suicidou, em 1889, depois de um encontro com o papa.
    O jogador Maradona amargou a derrocada de sua brilhante carreira de outrora. Ele também pediu a bênção do papa, e recebeu. Coincidência ou não, perdeu o título do mais famoso campeão argentino e a sua imagem nunca mais foi a mesma, pois não conseguiu se livrar das drogas até hoje.
    Afonso XII – morreu prematuramente.
    Princesa Lady Diana – Em 1997, morreu em violento acidente auto mobilístico algum tempo antes havia ido a Roma pedir a bênção do papa.
    O Imperador da Áustria, Francisco José – sofreu a terrível derrota de Sadowa.
    Napoleão III – foi preso na Prússia e morreu exilado e destronado.
    Os navios “Santa Maria”e “América” – naufragaram com perda total.
    Diz o ex-padre veneziano, Joseph Zachello que serviu o Papa por 34 anos:
    Em 1851
    Pio IX concedeu a “Rosa de Ouro” ao Rei das Duas Sicilias. Em menos de um ano ele perdeu a coroa e o reino.
    Em 1866
    Ele abençoou o Kaiser da Áustria. Em menos de um ano este imperador perdeu Veneza e a guerra seguinte.
    Em 1867
    o Papa abençoou Maximiliano. Imperador do México. Logo em seguida ele foi destronado e morto a tiros.
    Em 1895
    O Arcebispo de Damasco deu a bênção papal às tropas e frota espanholas. Logo em seguida a Espanha perdeu ambas.
    Em 1897
    O Núncio Apostólico abençoou o grande “Bazar da Caridade”, em Paris. Cinco minutos mais tarde o prédio ardia em chamas e 150 pessoas da aristocracia pereceram, inclusive a filha da Imperatriz da Áustria.
    Em 1906
    Fugene Victoria (Ena), filha do Príncipe Henrique, casou com Afonso XIII, Rei da Espanha. sob a bênção papal. Ela havia sido obrigada a renunciar sua fé protestante e por isso foi abençoada. Embora, uma quinzena mais tarde, tenha escapado milagrosamente de um atentado, no qual 13 pessoas pereceram, seu vestido de noiva ficou todo respingado de sangue.
    Em 1923
    O Papa lhe mandou a “Rosa de Ouro”. Em 1931. ela e o marido foram exilados, quando a Itália se transformou em República, por determinação do Papa. que precisava colocar no Governo daquele país o seu protegido General Franco, para a II Guerra Mundial.
    Em 1924
    Um rico proprietário de terras nos Estados Unidos – Mr. Edwards – converteu-se ao Catolicismo Romano. Dois anos depois foi a Roma receber a bênção do Papa. tendo morrido 4 dias após e deixou uma rica herança para o Vaticano.
    Parece coincidência… Mas é bom não arriscar. Quando Mussolini invadiu a Abissínia e varreu os pobres negros do mapa, o Papa o abençoou nessa “cruzada santa”. Só que, pouco tempo depois, Mussolini e sua amante Clara Petacci foram linchados pelo povo.
    Já Winston Churchill, o Leão da II Guerra Mundial, foi a Roma receber a bênção do Papa. Perdeu logo o prestígio em seu país, mesmo tendo ganho essa Guerra para os Aliados.
    Quanto a Roosevelt, mandou um representante ao Vaticano “apanhar” a bênção. Perdeu o respeito do povo americano e morreu logo em seguida, sem contemplar a vitória para os Estados Unidos.
    Em 1951
    A futura Rainha da Inglaterra foi pedir a bênção do Papa. Pouco tempo depois a Inglaterra perdeu os poços petrolíferos no Irã, o Canal de Suez e a guerra contra o Egito.
    E para encerrar, em 1958 o Cardeal Stritch. de Chicago, ao ser nomeado Representante no Vaticano, para lá se dirigiu. Adoeceu gravemente e o Papa, que havia abençoado sua viagem, não foi capaz de visitá-lo, quando ele teve de amputar um braço e morrer a poucas quadras da Catedral de São Pedro.
    Diante do exposto acima só nos resta orar para que Deus proteja a vida e a carreira de Rubinho e que as “bençãos” do Papa não o alcance também, de modo que possa nos dar novamente a alegria e as vitórias que tanto nos brindava Airton Senna.
    A Palavra de Deus é muito clara quanto à origem da bênção, que só pode vir do Senhor; e de nenhum homem ou imagem, mas o catolicismo insiste em transferir para a figura do papa poderes que só pertencem a Deus. A leitura da Bíblia e a observância de seus mandamentos são capazes de atrair bênçãos sem medida sobre a vida do cristão, conforme diz a Palavra “O Senhor determinará que a bênção esteja nos teus celeiros, e em tudo o que puser a tua mão: e te abençoará na tenda que te dá o Senhor teu Deus” (Deuteronômio 28.8).

    • Agora foi… vou postar a matéria:

      A escritora e pesquisadora de religiões Mary Schultze, autora do livro “A Deusa do Terceiro Milênio”, deu uma lista destas personalidades e a influência das “bênçãos” do Papa na vida delas.
      O ex-presidente Washington Luiz, foi deposto do cargo, em 1930, logo após ser abençoado pelo Papa.
      Já a princesa Isabel foi “abençoada” com a sua expulsão do Brasil, depois de um encontro pessoal com o papa.
      O presidente brasileiro Campos Salles – foi assassinado poucos dias depois.
      O Presidente brasileiro Afonso Pena – morreu um mês depois.
      Dos tempos atuais, duas figuras queridas dos brasileiros também passaram por tribulações e, coincidência ou não,tinham recebido a bênção do papa:
      O cantor Roberto Carlos, católico declarado, e sua esposa, Maria Rita, estiveram com João Paulo II em sua última visita ao Brasil, em 97. Pouco mais que um ano depois, ela estava com câncer.
      Já o craque Ronaldinho pediu para o papa abençoar, em 98, as alianças de noivado
      com a modelo Suzana Wemer, antes da Copa da França. Resultado: além de ver terminado o seu noivado com a modelo, aconteceu o pior: o Brasil perdeu a Copa. E como se não bastasse, Ronaldinho passou as últimas semanas resistindo a uma campanha de difamação por parte da imprensa secular, que tentava envolvê-lo em um escândalo junto a uma agência de prostituição, na Itália. Sem falar do problema no joelho que quase o colocou de vez fora dos gramados.Outras figuras importantes
      O evangelista Billy Graam, mesmo conhecendo a fundo a Palavra de Deus, foi a Roma pedir a bênção do papa e, estranhamente, foi acometido do Mal de Parkinson (doença degenerativa do sistema nervoso que provoca tremores incontroláveis).
      O papa abençoou Carlota de Bourbon e quando voltou de Roma, enlouqueceu.
      O príncipe Napoleão IV morreu logo após ter sido abençoado pelo papa, antes de seguir para Zuzulândia.
      Já o príncipe Rodolfo, da Àustria, se suicidou, em 1889, depois de um encontro com o papa.
      O jogador Maradona amargou a derrocada de sua brilhante carreira de outrora. Ele também pediu a bênção do papa, e recebeu. Coincidência ou não, perdeu o título do mais famoso campeão argentino e a sua imagem nunca mais foi a mesma, pois não conseguiu se livrar das drogas até hoje.
      Afonso XII – morreu prematuramente.
      Princesa Lady Diana – Em 1997, morreu em violento acidente auto mobilístico algum tempo antes havia ido a Roma pedir a bênção do papa.
      O Imperador da Áustria, Francisco José – sofreu a terrível derrota de Sadowa.
      Napoleão III – foi preso na Prússia e morreu exilado e destronado.
      Os navios “Santa Maria”e “América” – naufragaram com perda total.
      Diz o ex-padre veneziano, Joseph Zachello que serviu o Papa por 34 anos:
      Em 1851
      Pio IX concedeu a “Rosa de Ouro” ao Rei das Duas Sicilias. Em menos de um ano ele perdeu a coroa e o reino.
      Em 1866
      Ele abençoou o Kaiser da Áustria. Em menos de um ano este imperador perdeu Veneza e a guerra seguinte.
      Em 1867
      o Papa abençoou Maximiliano. Imperador do México. Logo em seguida ele foi destronado e morto a tiros.
      Em 1895
      O Arcebispo de Damasco deu a bênção papal às tropas e frota espanholas. Logo em seguida a Espanha perdeu ambas.
      Em 1897
      O Núncio Apostólico abençoou o grande “Bazar da Caridade”, em Paris. Cinco minutos mais tarde o prédio ardia em chamas e 150 pessoas da aristocracia pereceram, inclusive a filha da Imperatriz da Áustria.
      Em 1906
      Fugene Victoria (Ena), filha do Príncipe Henrique, casou com Afonso XIII, Rei da Espanha. sob a bênção papal. Ela havia sido obrigada a renunciar sua fé protestante e por isso foi abençoada. Embora, uma quinzena mais tarde, tenha escapado milagrosamente de um atentado, no qual 13 pessoas pereceram, seu vestido de noiva ficou todo respingado de sangue.
      Em 1923
      O Papa lhe mandou a “Rosa de Ouro”. Em 1931. ela e o marido foram exilados, quando a Itália se transformou em República, por determinação do Papa. que precisava colocar no Governo daquele país o seu protegido General Franco, para a II Guerra Mundial.
      Em 1924
      Um rico proprietário de terras nos Estados Unidos – Mr. Edwards – converteu-se ao Catolicismo Romano. Dois anos depois foi a Roma receber a bênção do Papa. tendo morrido 4 dias após e deixou uma rica herança para o Vaticano.
      Parece coincidência… Mas é bom não arriscar. Quando Mussolini invadiu a Abissínia e varreu os pobres negros do mapa, o Papa o abençoou nessa “cruzada santa”. Só que, pouco tempo depois, Mussolini e sua amante Clara Petacci foram linchados pelo povo.
      Já Winston Churchill, o Leão da II Guerra Mundial, foi a Roma receber a bênção do Papa. Perdeu logo o prestígio em seu país, mesmo tendo ganho essa Guerra para os Aliados.
      Quanto a Roosevelt, mandou um representante ao Vaticano “apanhar” a bênção. Perdeu o respeito do povo americano e morreu logo em seguida, sem contemplar a vitória para os Estados Unidos.
      Em 1951
      A futura Rainha da Inglaterra foi pedir a bênção do Papa. Pouco tempo depois a Inglaterra perdeu os poços petrolíferos no Irã, o Canal de Suez e a guerra contra o Egito.
      E para encerrar, em 1958 o Cardeal Stritch. de Chicago, ao ser nomeado Representante no Vaticano, para lá se dirigiu. Adoeceu gravemente e o Papa, que havia abençoado sua viagem, não foi capaz de visitá-lo, quando ele teve de amputar um braço e morrer a poucas quadras da Catedral de São Pedro.
      Diante do exposto acima só nos resta orar para que Deus proteja a vida e a carreira de Rubinho e que as “bençãos” do Papa não o alcance também, de modo que possa nos dar novamente a alegria e as vitórias que tanto nos brindava Airton Senna.
      A Palavra de Deus é muito clara quanto à origem da bênção, que só pode vir do Senhor; e de nenhum homem ou imagem, mas o catolicismo insiste em transferir para a figura do papa poderes que só pertencem a Deus. A leitura da Bíblia e a observância de seus mandamentos são capazes de atrair bênçãos sem medida sobre a vida do cristão, conforme diz a Palavra “O Senhor determinará que a bênção esteja nos teus celeiros, e em tudo o que puser a tua mão: e te abençoará na tenda que te dá o Senhor teu Deus” (Deuteronômio 28.8).

    • Pelas barbas do profeta, não foi publicada…!!! Vou postar por partes:
      O ex-presidente Washington Luiz, foi deposto do cargo, em 1930, logo após ser abençoado pelo Papa.
      Já a princesa Isabel foi “abençoada” com a sua expulsão do Brasil, depois de um encontro pessoal com o papa.
      O presidente brasileiro Campos Salles – foi assassinado poucos dias depois.
      O Presidente brasileiro Afonso Pena – morreu um mês depois.
      Dos tempos atuais, duas figuras queridas dos brasileiros também passaram por tribulações e, coincidência ou não,tinham recebido a bênção do papa:
      O cantor Roberto Carlos, católico declarado, e sua esposa, Maria Rita, estiveram com João Paulo II em sua última visita ao Brasil, em 97. Pouco mais que um ano depois, ela estava com câncer.
      Já o craque Ronaldinho pediu para o papa abençoar, em 98, as alianças de noivado
      com a modelo Suzana Wemer, antes da Copa da França. Resultado: além de ver terminado o seu noivado com a modelo, aconteceu o pior: o Brasil perdeu a Copa. E como se não bastasse, Ronaldinho passou as últimas semanas resistindo a uma campanha de difamação por parte da imprensa secular, que tentava envolvê-lo em um escândalo junto a uma agência de prostituição, na Itália. Sem falar do problema no joelho que quase o colocou de vez fora dos gramados.Outras figuras importantes
      O evangelista Billy Graam, mesmo conhecendo a fundo a Palavra de Deus, foi a Roma pedir a bênção do papa e, estranhamente, foi acometido do Mal de Parkinson (doença degenerativa do sistema nervoso que provoca tremores incontroláveis).
      O papa abençoou Carlota de Bourbon e quando voltou de Roma, enlouqueceu.
      O príncipe Napoleão IV morreu logo após ter sido abençoado pelo papa, antes de seguir para Zuzulândia.
      Já o príncipe Rodolfo, da Àustria, se suicidou, em 1889, depois de um encontro com o papa.
      O jogador Maradona amargou a derrocada de sua brilhante carreira de outrora. Ele também pediu a bênção do papa, e recebeu. Coincidência ou não, perdeu o título do mais famoso campeão argentino e a sua imagem nunca mais foi a mesma, pois não conseguiu se livrar das drogas até hoje.
      Afonso XII – morreu prematuramente.
      Princesa Lady Diana – Em 1997, morreu em violento acidente auto mobilístico algum tempo antes havia ido a Roma pedir a bênção do papa.
      O Imperador da Áustria, Francisco José – sofreu a terrível derrota de Sadowa.
      Napoleão III – foi preso na Prússia e morreu exilado e destronado.
      Os navios “Santa Maria”e “América” – naufragaram com perda total.
      Diz o ex-padre veneziano, Joseph Zachello que serviu o Papa por 34 anos:
      Em 1851
      Pio IX concedeu a “Rosa de Ouro” ao Rei das Duas Sicilias. Em menos de um ano ele perdeu a coroa e o reino.
      Em 1866
      Ele abençoou o Kaiser da Áustria. Em menos de um ano este imperador perdeu Veneza e a guerra seguinte.
      Em 1867
      o Papa abençoou Maximiliano. Imperador do México. Logo em seguida ele foi destronado e morto a tiros.
      Em 1895
      O Arcebispo de Damasco deu a bênção papal às tropas e frota espanholas. Logo em seguida a Espanha perdeu ambas.
      Em 1897
      O Núncio Apostólico abençoou o grande “Bazar da Caridade”, em Paris. Cinco minutos mais tarde o prédio ardia em chamas e 150 pessoas da aristocracia pereceram, inclusive a filha da Imperatriz da Áustria.
      Em 1906
      Fugene Victoria (Ena), filha do Príncipe Henrique, casou com Afonso XIII, Rei da Espanha. sob a bênção papal. Ela havia sido obrigada a renunciar sua fé protestante e por isso foi abençoada. Embora, uma quinzena mais tarde, tenha escapado milagrosamente de um atentado, no qual 13 pessoas pereceram, seu vestido de noiva ficou todo respingado de sangue.
      Em 1923
      O Papa lhe mandou a “Rosa de Ouro”. Em 1931. ela e o marido foram exilados, quando a Itália se transformou em República, por determinação do Papa. que precisava colocar no Governo daquele país o seu protegido General Franco, para a II Guerra Mundial.
      Em 1924
      Um rico proprietário de terras nos Estados Unidos – Mr. Edwards – converteu-se ao Catolicismo Romano. Dois anos depois foi a Roma receber a bênção do Papa. tendo morrido 4 dias após e deixou uma rica herança para o Vaticano.
      Parece coincidência… Mas é bom não arriscar. Quando Mussolini invadiu a Abissínia e varreu os pobres negros do mapa, o Papa o abençoou nessa “cruzada santa”. Só que, pouco tempo depois, Mussolini e sua amante Clara Petacci foram linchados pelo povo.
      Já Winston Churchill, o Leão da II Guerra Mundial, foi a Roma receber a bênção do Papa. Perdeu logo o prestígio em seu país, mesmo tendo ganho essa Guerra para os Aliados.
      Quanto a Roosevelt, mandou um representante ao Vaticano “apanhar” a bênção. Perdeu o respeito do povo americano e morreu logo em seguida, sem contemplar a vitória para os Estados Unidos.
      Em 1951
      A futura Rainha da Inglaterra foi pedir a bênção do Papa. Pouco tempo depois a Inglaterra perdeu os poços petrolíferos no Irã, o Canal de Suez e a guerra contra o Egito.
      E para encerrar, em 1958 o Cardeal Stritch. de Chicago, ao ser nomeado Representante no Vaticano, para lá se dirigiu. Adoeceu gravemente e o Papa, que havia abençoado sua viagem, não foi capaz de visitá-lo, quando ele teve de amputar um braço e morrer a poucas quadras da Catedral de São Pedro.
      Diante do exposto acima só nos resta orar para que Deus proteja a vida e a carreira de Rubinho e que as “bençãos” do Papa não o alcance também, de modo que possa nos dar novamente a alegria e as vitórias que tanto nos brindava Airton Senna.
      A Palavra de Deus é muito clara quanto à origem da bênção, que só pode vir do Senhor; e de nenhum homem ou imagem, mas o catolicismo insiste em transferir para a figura do papa poderes que só pertencem a Deus. A leitura da Bíblia e a observância de seus mandamentos são capazes de atrair bênçãos sem medida sobre a vida do cristão, conforme diz a Palavra “O Senhor determinará que a bênção esteja nos teus celeiros, e em tudo o que puser a tua mão: e te abençoará na tenda que te dá o Senhor teu Deus” (Deuteronômio 28.8).

    • Pelas barbas do profeta! Vou postar por partes:

      A escritora e pesquisadora de religiões Mary Schultze, autora do livro “A Deusa do Terceiro Milênio”, deu uma lista de personagens onde as bençãos dos papas trouxeram maldição:
      A ex-presidente Washington Luiz, foi deposto do cargo, em 1930, logo após ser abençoado pelo Papa.
      Já a princesa Isabel foi “abençoada” com a sua expulsão do Brasil, depois de um encontro pessoal com o papa.
      O presidente brasileiro Campos Salles – foi assassinado poucos dias depois.
      O Presidente brasileiro Afonso Pena – morreu um mês depois.
      Dos tempos atuais, duas figuras queridas dos brasileiros também passaram por tribulações e, coincidência ou não,tinham recebido a bênção do papa:
      O cantor Roberto Carlos, católico declarado, e sua esposa, Maria Rita, estiveram com João Paulo II em sua última visita ao Brasil, em 97. Pouco mais que um ano depois, ela estava com câncer.
      Já o craque Ronaldinho pediu para o papa abençoar, em 98, as alianças de noivado
      com a modelo Suzana Wemer, antes da Copa da França. Resultado: além de ver terminado o seu noivado com a modelo, aconteceu o pior: o Brasil perdeu a Copa. E como se não bastasse, Ronaldinho passou as últimas semanas resistindo a uma campanha de difamação por parte da imprensa secular, que tentava envolvê-lo em um escândalo junto a uma agência de prostituição, na Itália. Sem falar do problema no joelho que quase o colocou de vez fora dos gramados.Outras figuras importantes
      O evangelista Billy Graam, mesmo conhecendo a fundo a Palavra de Deus, foi a Roma pedir a bênção do papa e, estranhamente, foi acometido do Mal de Parkinson (doença degenerativa do sistema nervoso que provoca tremores incontroláveis).
      O papa abençoou Carlota de Bourbon e quando voltou de Roma, enlouqueceu.
      O príncipe Napoleão IV morreu logo após ter sido abençoado pelo papa, antes de seguir para Zuzulândia.
      Já o príncipe Rodolfo, da Àustria, se suicidou, em 1889, depois de um encontro com o papa.
      O jogador Maradona amargou a derrocada de sua brilhante carreira de outrora. Ele também pediu a bênção do papa, e recebeu. Coincidência ou não, perdeu o título do mais famoso campeão argentino e a sua imagem nunca mais foi a mesma, pois não conseguiu se livrar das drogas até hoje.
      Afonso XII – morreu prematuramente.
      Princesa Lady Diana – Em 1997, morreu em violento acidente auto mobilístico algum tempo antes havia ido a Roma pedir a bênção do papa.
      O Imperador da Áustria, Francisco José – sofreu a terrível derrota de Sadowa.
      Napoleão III – foi preso na Prússia e morreu exilado e destronado.
      Os navios “Santa Maria”e “América” – naufragaram com perda total.
      Diz o ex-padre veneziano, Joseph Zachello que serviu o Papa por 34 anos:
      Em 1851
      Pio IX concedeu a “Rosa de Ouro” ao Rei das Duas Sicilias. Em menos de um ano ele perdeu a coroa e o reino.
      Em 1866
      Ele abençoou o Kaiser da Áustria. Em menos de um ano este imperador perdeu Veneza e a guerra seguinte.
      Em 1867
      o Papa abençoou Maximiliano. Imperador do México. Logo em seguida ele foi destronado e morto a tiros.
      Em 1895
      O Arcebispo de Damasco deu a bênção papal às tropas e frota espanholas. Logo em seguida a Espanha perdeu ambas.
      Em 1897
      O Núncio Apostólico abençoou o grande “Bazar da Caridade”, em Paris. Cinco minutos mais tarde o prédio ardia em chamas e 150 pessoas da aristocracia pereceram, inclusive a filha da Imperatriz da Áustria.
      Em 1906
      Fugene Victoria (Ena), filha do Príncipe Henrique, casou com Afonso XIII, Rei da Espanha. sob a bênção papal. Ela havia sido obrigada a renunciar sua fé protestante e por isso foi abençoada. Embora, uma quinzena mais tarde, tenha escapado milagrosamente de um atentado, no qual 13 pessoas pereceram, seu vestido de noiva ficou todo respingado de sangue.
      Em 1923
      O Papa lhe mandou a “Rosa de Ouro”. Em 1931. ela e o marido foram exilados, quando a Itália se transformou em República, por determinação do Papa. que precisava colocar no Governo daquele país o seu protegido General Franco, para a II Guerra Mundial.
      Em 1924
      Um rico proprietário de terras nos Estados Unidos – Mr. Edwards – converteu-se ao Catolicismo Romano. Dois anos depois foi a Roma receber a bênção do Papa. tendo morrido 4 dias após e deixou uma rica herança para o Vaticano.
      Parece coincidência… Mas é bom não arriscar. Quando Mussolini invadiu a Abissínia e varreu os pobres negros do mapa, o Papa o abençoou nessa “cruzada santa”. Só que, pouco tempo depois, Mussolini e sua amante Clara Petacci foram linchados pelo povo.
      Já Winston Churchill, o Leão da II Guerra Mundial, foi a Roma receber a bênção do Papa. Perdeu logo o prestígio em seu país, mesmo tendo ganho essa Guerra para os Aliados.
      Quanto a Roosevelt, mandou um representante ao Vaticano “apanhar” a bênção. Perdeu o respeito do povo americano e morreu logo em seguida, sem contemplar a vitória para os Estados Unidos.
      Em 1951
      A futura Rainha da Inglaterra foi pedir a bênção do Papa. Pouco tempo depois a Inglaterra perdeu os poços petrolíferos no Irã, o Canal de Suez e a guerra contra o Egito.
      E para encerrar, em 1958 o Cardeal Stritch. de Chicago, ao ser nomeado Representante no Vaticano, para lá se dirigiu. Adoeceu gravemente e o Papa, que havia abençoado sua viagem, não foi capaz de visitá-lo, quando ele teve de amputar um braço e morrer a poucas quadras da Catedral de São Pedro.
      Diante do exposto acima só nos resta orar para que Deus proteja a vida e a carreira de Rubinho e que as “bençãos” do Papa não o alcance também, de modo que possa nos dar novamente a alegria e as vitórias que tanto nos brindava Airton Senna.
      A Palavra de Deus é muito clara quanto à origem da bênção, que só pode vir do Senhor; e de nenhum homem ou imagem, mas o catolicismo insiste em transferir para a figura do papa poderes que só pertencem a Deus. A leitura da Bíblia e a observância de seus mandamentos são capazes de atrair bênçãos sem medida sobre a vida do cristão, conforme diz a Palavra “O Senhor determinará que a bênção esteja nos teus celeiros, e em tudo o que puser a tua mão: e te abençoará na tenda que te dá o Senhor teu Deus” (Deuteronômio 28.8).

    • Pois é, o artigo que tentei postar não foi aprovado pelo diretor do site… Porque eu não sei, talvez porque eu sou evangélico e aqui as preferencias são para ateus, gays e católicos!
      Me perdoem diretoria do Gospel+, mas é o que eu estou entendendo, na matéria anterior “Papa Francisco afirma que cristãos devem orar pelos políticos “para que eles governem bem”
      não consegui fazer a minha defesa dom o colaborador Reinaldo (católico).
      Deveras eu esteja enganado… Assim então antecipo as minhas desculpas!

      • QUE qui e que qui há qualequie você o tempo todo fala mal de nos nos ofende o tempo todo e ainda generaliza tudo você o anta mondel aquele nojento do frota, e você vem falar umas asneira dessa, não ai não Seja mais honesto contigo mesmo, eu concordo que tem muitos crentes que as vezes eu digo as vezes se extrapola agora generalizar ora tenha a santa paciência, você nunca pediu desculpa por tantas vezez que nos tem ofendido, eu algumas vezes que que eu mesmo vi que extrapolei eu me retratei, eu não sei o porque dessa brigaiada, sera que vocês imagina que isso tudo vai acabar bem?

    • Cade o meu comentário moderador ? leia com atenção pra ver se ofendi a alguem ! porque esta me censurando, os gay e ateus escreve um monte de palavrão, ofende os cristão , ofende a nossa crença e vcs deixam passar !!!

  7. A ICR, instituição antiga é notório, mas quanto a evangelização é um zero a esquerda, também pudera eles não têm compromisso com o evangelho? Vivem mergulhados na idolatria? Prova disso a frase acima, é bem verdade que não devemos descriminar os gays, outra coisa é concordar com a prática.

    • Jorge Vinicius vc tem q fazer uma separação das palavras, julgar pessoas e uma coisa, concordar com seus atos e outra, nos defendemos o q nos através da bíblia aprendemos e usamos seus argumentos para provar q atos como esse são errados aos olhos de Deus, hoje em dia os homossexuais estão querendo casar na igreja e ter um casamento abençoado por Deus, brigão na justiça para obrigar o casamento na igreja, mas a bênção de Deus nenhuma lei pode obriga-lo a dar.. Nós evangélicos e também pastores pecamos, não somos perfeitos e é através disso q nos tentamos abrir os olhos das pessoas para q não cometam o mesmo erro para não sofrer o q muitas passaram!!!

    • A maioria do que vou falar logo em seguida está tudo na Bíblia, mas estou com preguiça de pegar esses versículos ou o contexto inteiro… Creio que cada um tem que julgar a si mesmo e que todos como homossexuais e divorciados são bem vindos a igreja evangélica, mas o evangelho tem que ser pregado e as obras das trevas tem que ser condenadas! Arrependei-vos que é chegado o reino de Deus, abandonai todas as obras das trevas que são infrutíferas, abandonai o homossexualismo, abandonai o adultério, pois Deus condena essas práticas… Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz a igrejas… Nós amamos vocês, então nós temos que falar a verdade e a verdade dói, mas melhor ouvir a verdade do suposto inimigo do que ter um abraço do falso do amigo!! Deus repreende e açoita a todos aqueles que ele ama!! – E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. (Efésios 5:11)

    • PITA esta luz que você esta enxergando e muito fraquinha e igual luz de lamparina no meio de uma mata fechada, o papado sempre esteve encima do muro em todos os tempos, e sempre em toda a historia da católica os tais papas sempre optaram para seus próprios umbigos sempre puxaram para suas próprias sardinhas, em toda a historia estiveram do lado oposto, isso que ele falou ai não tem novidade alguma, a importância que dao em suas falas e somente mídia sabe o que e mídia mais nada além de mídia, são falas jogadas ao vento dentro do vaiticano e o pau que rola e homossexualismo corrupção e máfia ate os menos intendidos como eu sabe disso, procure uma luz mais clara que esta e como um tomate maduro que cai no chão e se espatifa,

  8. É isso, aliás! o que será que ele quiz dizer com isso!?? será que a igreja está dizendo através
    do papa, que vai acolher os homosexuais, mesmo que tenham assumidas publicamente que são
    homosexual!.Talvez, até possam fazer isso, porem,vai depender das conta bancária e das suas
    posses.Sempre foi assim, não é agora que que vão mudar. Agora, de espiritualidade essa gente
    são zero a esquerda. Espirito é uma inspiração, isto é, a natureza é uma inspiração de DEUS;
    criada por DEUS, porem, executada por seu filho, pelo qual nos trouxe a verdade, isto é, nos
    revelando a vida. É ISSO, FIQUEM NA PAZ DE CRISTO.

  9. Eu só gostaria de saber se os gays lêm e acredita na BIBLIA e se eles acreditam, porque não obedecem? em Leviticos 20. e Romanos.cp. 1. deixa Claro a posição de Deus em relaçao a esta pratica e da um conselho aos que desejam receberem o perdão em 1ª.Corintios. 6, 9 a 20..É dizer que ama a Deus todos diz mas obedecer é a sua palavra é que diz o quanto amamos a ele…Em salmos 24. esta escrito que a terra e todos os moradores pertencem a Deus, MAS ELE DIZ QUEM SÃO AQUELES QUE VAI MORAR COM ELE UM DIA E O QUE FAZER PRA MORAR COM ELE.
    Não adianta pregar pra os rebeldes ele são e pronto, a Biblia diz que ele vão mal a pior enganado e sendo enganados, e que receberiam o que lhe convinham. 2ª.Timotei. 3, 1 a 17….

  10. O papa não sabe nada da Bíblia, não sabe nada de Deus, fica enganando o monte de tontos, é um cego guiando outros, é a palavra de Deus se cumprindo, ele está se opondo a palavra de Deus que condena tais práticas, realmente é o imperio romano abrindo caminho para o anti cristo, falso profeta e sua corja, acorda crentes!

    • Muito bem Adriana ! Essa é a visão que a mídia secular quer que nós tenhamos uns pelos outros.

      Talvez ela consiga de maneira sórdida atingir os seus objetivos.

      Paz e Bem

    • nossa, como voce é lunático
      dá até vergonha de ler as coisas que voces escrevem

      vcs não tem o direito de julgar NINGUEM

      quem são voces pra falar o que é certo ou errado ??/

      existem centenas de reiligões alem da sua
      vcs não são os donos da verdade

      apoio o Papa
      ele falou a verdade

      mas os seguidores do ódio, como voce, lógicamente que vão ficar contra
      mas voces TAMBÉM vão acertar as contas de voces no fim
      ai eu quero ver, quem esta certo e quem esta errado

      vá pagar seu dizimo, vá
      crente burra

      • Caro Felipe, como vc mesmo disse, nos não temos direito de julgar ninguém, pois alias não somos diferentes todos nos fomos pecadores, o q falamos não foi lido em um livro homofobico, isso foi lido na palavra de Deus, o papa Francisco tem q como líder orientar seu povo conforme a palavra de Deus, e não e isso q ele faz, ele quer ensinar do seu jeito e defendendo os homossexuais, sendo q Deus e contra eles…
        “Por causa das coisas que essas pessoas fazem, Deus a entregou a paixão vergonhoso. Pois até as mulheres trocam suas relações naturais pelas q são contra a natureza. E tambem os homens deixam as relações naturais com as mulheres e se queimam de paixão uns pelos outros. Homens tem relações vergonhosas uns com os outros e por isso recebem em si mesmo o castigo q merecem por causa dos seus erros.(Romanos 1-26:27)
        Vocês sabem que os maus não terão parte no Reino de Deus. Não se enganem pois os imorais, os adoram a santos, os adúlteros, os homossexuais, os ladroes, os avarentos os bêbados, os caluniadores e os assaltantes não terão parte no Reino de Deus.(1 (coríntios 6-9:10) reflita!!! :)

  11. A Fé é uma graça divina. Em bom português, isto significa que ela é um presente de Deus ao homem, não uma decisão humana. A decisão que existe é simplesmente de aceitar, ou não, a Fé que Deus oferece. Contra esta decisão há todo tipo de apego ao temporal (dinheiro, poder, sexo, Aifones… basicamente, tudo o que se perde na morte). A favor, contudo, há a perfeição divina. Há a ação do Espírito Santo. Há a Verdade.

    Parece um jogo ganho de antemão, mas sabemos todos e mais ainda o sabe quem sentou por horas a fio, dia após dia, ano após ano, como em uma confissão, ouvindo a horrenda banalidade do mal que se repete de coração em coração que é tão fácil trocar nossa herança por um prato de lentilhas. Ou por um belo par de seios, ou por um empreguinho legal, ou um carro novo.

    O que nos há de atrair a Deus, contudo, é sempre Ele mesmo. Em última instância, estamos falando de corresponder ao amor divino, um amor eterno, que ama cada indivíduo e ajuda – através da Igreja – cada indivíduo a se livrar daquilo que o torna menos ele mesmo. O pecado, afinal, é a negação de si mesmo. Quando eu peco, estou sendo falso em relação a mim mesmo. Se eu traio minha mulher, estou sendo menos o marido dela (que eu sou!) e mais um adúltero genérico, exatamente igual a todo e qualquer patético frequentador de casas de suingue ou bordéis.

    Para a imprensa, contudo e aí voltamos ao tema deste texto, que já parecia esquecido, nada disso existe ou importa. Existe apenas a titilação da novidade, inclusive e especialmente a falsa novidade da última apresentação da mesma tentação velha e desgastada.

    No momento, estamos na transição entre a titilação da sodomia que está rapidamente deixando de ser titilante pelo excesso de repetição, a não ser que se trate de lesbianismo (mocinhas núbeis (tem) um apelo maior que o de rapazes fazendo o mesmo) para a da pedofilia (que está passando de coisa medonha a coisa excitante do momento).

    Mas tanto faz. Tanto uma quanto a outra são a mesma coisa, a mesmíssima e velhíssima prática de desviar-se do fim de um ato para arrancar dele um prazer que deveria ser a recompensa, não o objetivo. No fundo, dá no mesmo fornicar, entregar-se à sodomia, pedofilia ou zoofilia ou simplesmente, como faziam os romanos, comer e vomitar para poder comer mais. Ou comer produtos “diet” em megadoses, como se faz hoje em dia. É a mesma busca do prazer sem suas consequências, da recompensa sem o prêmio.

    Quando, então, a imprensa e o religioso no momento, o Papa Francisco tentam se comunicar, o que temos é um diálogo de surdos.

    Francisco vai responder às perguntas que lhe são colocadas a partir do ponto de vista da eternidade (“sub species aeternitatis”), enquanto a imprensa vai buscar basicamente ***novidades***. Ora, por definição, não há novidades. A Revelação se concluiu com a morte do último dos apóstolos (aos curiosos, trata-se de João, no final do Século I; ele era adolescente quando da Crucifixão).

    Desta forma, a imprensa vai buscar sempre os pontos em que a maluquice daquele momento, daquele segundo, daquela etapa microscópica dos interesses demagógicos e vacilantes de uma sociedade em decadência está em conflito com a eternidade, e tentar vender a falsíssima idéia de que há alguma novidade, de que a Igreja “finalmente mudou”, como se isso fosse possível. Há alguns dias, era um burocrata da Santa Sé que deu vazo a delírios da imprensa, torcendo suas palavras para usá- las como se ele negasse o celibato dos sacerdotes (e, mais ainda, como se esta suposta negação mudasse algo na doutrina da Igreja!). Agora, é uma série de delírios interpretativos absoluta e completamente bizarros acerca de algumas declarações de Francisco em uma entrevista, ignorando não só o contexto mas as próprias palavras dele para falar sandices acerca de aborto, sodomia e o que mais vier.

    Temos, assim, de um lado, um clérigo falando da Eternidade. Do outro, um jornalista buscando a titilação do momento, o devir, a mudança.

    Ora, como poderia haver algum diálogo?! Como poderia haver alguma comunicação??!!

    A imprensa vai, sempre, tentar torcer as palavras dos religiosos. Não é por maldade, mas porque o “radar” deles só registra mudança, movimento. E os falsos positivos do radar são muitos chocando os leitores com a má qualidade das informações.

    Ao tratar da Igreja, então, que se lhe é tão radicalmente contrária em sua visão de mundo, é praticamente impossível que a imprensa faça uma leitura que tenha algum sentido. Tudo, sempre, vai retornar àquilo em que o fabulário geral do delírio cotidiano se afasta mais visivelmente do que é Eterno: no momento, é aborto, sodomia e camisinhas; daqui a alguns anos, pedofilia e zoofilia entrarão no jogo.

    O que a Igreja prega, contudo, não é nem aborto, nem camisinhas, nem sodomia. Nem por mais incrível que isso possa parecer aos jornalistas, a negação deles. A Igreja prega o Eterno. Estes temas, tão titilantes e palpitantes para o jornalista que simplesmente não consegue entender como cargas d’água alguém pode diferir da sabedoria coletiva principalmente das Organizações Globo, para a imensa maioria dos cristãos mais sérios e comprometidos com a Fé, simplesmente não se registram no radar.

    Eu mesmo, por exemplo, sou casado. Não tenho a menor intenção de cometer adultério, e creio que não fosse sequer saber como se usa uma camisinha (tomei jeito antes delas virarem coisa normal) se resolvesse cometê-lo. Tanto melhor: assim tenho ainda mais razões para não o cometer!…

    A sodomia simplesmente não me atrai. Como, contudo, eu tenho cá minhas tentações, quem seria eu para brigar com alguém, ou mesmo para simplesmente trata-lo de modo diferente, por ele ter esta tentação?! Simplesmente não é da minha alçada.

    Aborto, para mim, é exatamente igual a qualquer outra forma de homicídio: espero sinceramente jamais sofrer esta tentação, e espero ter forças para perdoar quem nela caia.

    Nenhum destes temas jamais foi objeto de uma homilia que eu tenha ouvido numa missa, numa pregação por ser, para qualquer cristão, algo evidente. Ao contrário, as boas pregações que ouvi, as que me fizeram prestar mais atenção, falaram de como lidar com o que nos tenta, de como Deus Se nos revelou e Se nos revela, dos Sacramentos, dos Mandamentos, do amor conjugal de Cristo pela Igreja, etc.

    Reduzir a Igreja à sua oposição a este ou aquele tema titilante da moda é simplesmente perder a Igreja de vista. É mais que evidente que isto ou aquilo é errado. Não é por a sociedade pregar isto ou aquilo como certo, contudo, que eles são errados: é por serem armadilhas velhíssimas, enferrujadas e cheias de teias de aranha, com as quais nós tentamos fugir da Eternidade que nos chama, e que é tão maior que tudo isso.

    Quem, assim, reclama de Francisco ou de qualquer religiosos por não tratar a imprensa como a imprensa quer ser tratada, por não cair em uma guerrinha imbecil de “pundits” e frases de efeito, simplesmente não entendeu a que vem a Igreja.

    • Senhores, a tão propalada fala de Francisco sobre não se poder «insistir somente sobre questões ligadas ao aborto, ao casamento homossexual e uso dos métodos contraceptivos» não está solta no tempo e no espaço, como se fosse uma diretriz emanada para toda a Igreja que um belo dia o Romano Pontífice resolveu dispôr para toda a Igreja.

      É uma RESPOSTA a uma PERGUNTA ESPECÍFICA de um entrevistador e, portanto, deve estar circunscrita AO CONTEXTO DELA, obviamente não valendo como determinação para toda e qualquer ação dos católicos.

      A pergunta à qual Francisco RESPONDE é a seguinte:

      «[Existem cristãos que vivem em situações não regulares para a Igreja ou, de qualquer modo, em situações complexas, cristãos que, de um modo ou de outro, vivem feridas abertas. Penso nos divorciados recasados, casais homossexuais, outras situações difíceis. Como fazer uma pastoral missionária nestes casos? Em que insistir?»

      Portanto,

      1. Francisco não está falando da ação evangelizadora da Igreja simpliciter (e nem muito menos da apologética!), e sim da «pastoral missionária» junto a CRISTÃOS específicos que têm problemas de ordem moral.

      2. Francisco não está falando do embate com o movimento gay internacional ou com a indústria do aborto, e sim do diálogo com INDIVÍDUOS ARREPENDIDOS de seus atos: «Penso também na situação de uma mulher que carregou consigo um matrimônio fracassado, no qual chegou a abortar. Depois esta mulher voltou a casar e agora está serena, com cinco filhos. O aborto pesa-lhe muito e está sinceramente arrependida. Gostaria de avançar na vida cristã. O que faz o religioso?»

      3. Não se trata portanto de pretender convencer os pecadores sem lhes apontar os pecados, mas sim de ACOLHER os pecadores JÁ ARREPENDIDOS de suas faltas e que BUSCAM SINCERAMENTE A GRAÇA DE DEUS, sem que se lhes fiquem remexendo feridas dolorosas.

      4. Francisco não está dizendo que se deixe simpliciter de falar nesses assuntos, mas que eles sejam apresentados não de maneira solta (como se fossem regras arbitrárias cuspidas), e sim como CONSEQÜÊNCIA do seguimento de Cristo: «Uma bela homilia, uma verdadeira homilia, deve começar com o primeiro anúncio, com o anúncio da salvação. Não há nada de mais sólido, profundo e seguro do que este anúncio. Depois deve fazer-se uma catequese. Assim, pode tirar-se também uma consequência moral. Mas o anúncio do amor salvífico de Deus precede a obrigação moral e religiosa».

      5. Estas palavras de Francisco, por fim, sobre a melhor maneira de ACOLHER CRISTÃOS JÁ ARREPENDIDOS DE SEUS PECADOS, não muda em um átimo o dever da Igreja de continuar COMBATENDO os promotores dos pecados. Pretender que se deva agir com estes últimos da mesma maneira que o papa manda agir com os primeiros é uma falsificação grosseira das palavras do mesmo Francisco.

      • 3. Não se trata portanto de pretender convencer os pecadores sem lhes apontar os pecados, mas sim de ACOLHER os pecadores JÁ ARREPENDIDOS de suas faltas e que BUSCAM SINCERAMENTE A GRAÇA DE DEUS, sem que se lhes fiquem remexendo feridas dolorosas.
        Resposta: Me desculpe caro Mauro mais nada demonstra essa interpretação sua. Veja a fala do Papa: “Uma pessoa uma vez me perguntou, de maneira provocadora, se eu aprovava a homossexualidade. Retruquei com outra questão: ‘Quando Deus olha uma pessoa gay, ele endossa a existência dessa pessoa com amor, ou a rejeita e condena?’ Devemos sempre considerar a pessoa”, disse o pontífice católico”.
        Veja bem como essa resposta tem um caráter subjetivo.Se chego a um Padre e pergunto ao mesmo se minha conduta se encontra de acordo ou não com a palavra de Deus,e ele me fala que isso varia conforme Deus possa ver aquela atitude.Eu poderia muito bem continuar acreditando que este ato não teria relevância com Deus e continuar no erro.O argumento do Papa com relação ao homossexualismo foi de uma besteira transcendental e que não um versículo bíblico que aprove isso.
        4. Francisco não está dizendo que se deixe simpliciter de falar nesses assuntos, mas que eles sejam apresentados não de maneira solta (como se fossem regras arbitrárias cuspidas), e sim como CONSEQÜÊNCIA do seguimento de Cristo: «Uma bela homilia, uma verdadeira homilia, deve começar com o primeiro anúncio, com o anúncio da salvação. Não há nada de mais sólido, profundo e seguro do que este anúncio. Depois deve fazer-se uma catequese. Assim, pode tirar-se também uma consequência moral. Mas o anúncio do amor salvífico de Deus precede a obrigação moral e religiosa».
        Resposta: Analise a pergunta como a resposta dada segundo o que escrevi no tópico anterior.De onde ele tirou este argumento para responde-lo conforme o que explicitei a cima? Da história da Igreja? Da Bíblia?
        Caro Mauro te faço um desafio: Quero que com base a pergunta e a resposta dada me explique o que ele quis dizer com : “Quando Deus olha uma pessoa gay, ele endossa a existência dessa pessoa com amor, ou a rejeita e condena?’ Devemos sempre considerar a pessoa”, disse o pontífice católico”.

        5. Estas palavras de Francisco, por fim, sobre a melhor maneira de ACOLHER CRISTÃOS JÁ ARREPENDIDOS DE SEUS PECADOS, não muda em um átimo o dever da Igreja de continuar COMBATENDO os promotores dos pecados. Pretender que se deva agir com estes últimos da mesma maneira que o papa manda agir com os primeiros é uma falsificação grosseira das palavras do mesmo Francisco.

        Resposta: Discordo totalmente de você, pois não foi isso que foi demonstrado na pergunta do rapaz ao Papa. Mostre-me onde na fala do rapaz demonstra algum ato de arrependimento advindo deste? Ele simplesmente pergunta se o homossexualismo é ou não pecado.
        Agora houve sim distorções como mostrei na fala do Reinaldo Azevedo. Mais isso não impediu que o Papa falasse várias ideias totalmente contrárias tanto ao posicionamento da Igreja Católica como da Bíblia.

        • As palavras do chiquinho não vão contra o posicionamento da Igreja Católica, vão contra o egoismo dos descendentes de Lutero, em achar que são os únicos donos da *salvação*, que são os que mais entendem da biblia, que é um livro católico, segundo a história do mundo, feita para os católicos.

          vocês *Crentes* são egoístas e não admitem a possiblidade do seu deus resolver salvar outras almas que não sejam a de vocês. não que essa *salvação* me interesse, mas observo vcs cresnte e vejo um egoismo desmedido sobre essa tal de salvação, onde vcs piram o cabeção com a mínima possibilidade do seu deus se compadecer de outras almas e salvá-las também.

          Pior ainda ver a loucura que os *crentes* chegam ao ver qualquer pronunciamento do Papa, *Pastor* da maior Igreja Cristã do mundo, sobre qualquer coisa que vcs descordem. a Inveja de vcs em não ter alguém com o conhecimento de um sacerdote católico é tão grande que desdenham de tudo que falam. mas como um amigo Católico que tenho diz:

          – Nunca discuta com um ignorante, ele te rebaixa ao nivel dele, e ainda te ganha pela experiencia. rsrsrsrsrs

          é o que vcs fazem com o Chiquim, tentam rebaixá-lo ao seu nível para ganhar dele pela experiencia que tem em baixismo.

          não sou Cristão, mas admiro muito o posicionamento do Chiquim e da Igreja Católica frente ao bom censo e a educação com os demais seres humanos.

          • Sinceramente atoa as tuas falas e tao banal que chaga a dar asco, você se supera em ignorância de conhecimento de Deus você não sabe nada de Deus ate o mais simples dos verdadeiro crentes de sobre a face da terra tem muito mas muito mais conhecimento de Deus do que os papas e bispos e padres católicos, estudo e inteligência humana nunca foi nem nunca sera pareo para o conhecimento de Deus, você se extrapolou em suas asneiras falaticas, são falas de um cem por cento ignorante na Santa e gloriosa Palavra de DEUS

          • Não to falando rsrsrs

            é só falar no Chiquim ou em qualquer sacerdote católico que os crenti pira rsrsrsrs

            to quase acreditando que esse tal diabo existe, é só falar nos que, se essa baboseira de deus existisse mesmo, deveriam ser os verdadeiros cristãos, que os servos do *tinhoso* piram o cabeção.

            o Burrão, vc não percebeu que eu não sou um desses perturbados que acreditam neste deus todo poderoso, assassino e egoista que vcs acreditam?

            mas olha que interessante, o simples fato de eu ter me formado em história, já me fez ter que estudar essa balela de religião e acabei sabendo mais desse deus que os *crenti* rsrsrs. mas isso é facil, basta saber ler e ter um mínimo de discernimento que já se conhece mais do livro católico que os crenti rsrsrsrsrs

            Mas eu “si divirutu” vendo a pira que os crenti fica só em mencionar o nome do Papa rsrsrsrs. parece o diabo escarnecendo a cruz rsrsrsrsrsr

          • PAPA!!

            PAPA!!

            PAPA!!

            PAPA!!

            FRANCISCO!!

            FRANCISCO!!

            JORGE!!

            JORGE!!

            agora pra abalar as portas do inferno onde estão todos os Crenti protistantis:

            NOSSA SINHORA PARECIDA!!

            NOSSA SINHORA PARECIDA!!

            MÃE DE DEUS!!

            MÃE DE DEUS!!

            KKKKKK

          • Ateu e Atoa vamos por partes em seu argumento:

            1- Os evangélicos acham que são os únicos donos da salvação ou eles ao contrário da Icar acreditam que quem salva seria Jesus Cristo e não a Igreja Católica? Se fosse informado veria que no Catecismo da Icar eles afirmam que a salvação vem através da Igreja olhe:

            “O Concílio Vaticano II em seu Decreto sobre o Ecumenismo explicita: ‘Pois somente através da Igreja Católica de Cristo, auxílio geral de salvação,pode ser atingida toda a plenitude dos meios de salvação’.” P. 234, #816.

            2- Eu não consigo ver a possibilidade de Deus salvar alguém que não crê que Jesus Cristo seja o nosso salvador.Ora se ele mesmo afirma que a salvação é conseguida somente a partir dele veja: “Eu sou o caminho a verdade e a vida. Ninguem vem ao Pai senão por mim”.
            Se leu com atenção observará quem quem afirma isso não somos nós evangélicos,mais sim Jesus Cristo.

            3-Sobre o vasto conhecimento do Papa eu não estou discutindo em seu todo,mais simplesmente no pronunciamento dele sobre esse caso em particular.Agora convenhamos, falar que não existe pessoas mais qualificadas teologicamente que o Papa nas Igrejas Evangélicas é acreditar que ela se restringe a Edir Macedo,Valdomiro e R.R Soares(nenhum dos três podem ser considerados evangélicos segundo a doutrina que prega). Só vou citar 4 nomes: Augusto Nicodemos;Willian Craig;Norman Gresyler e Hernandes Dias Lopes.

            4-Você cita que não é Cristão, mais tudo indica que você é Católico.Sua raiva procede que a Doutrina Protestante é a unica que defende que ao homem não cabe nenhum esforço para buscar a salvação.Eu posso praticar boas obras,ser um homem quase beirando a perfeição mais mesmo assim não sou salvo.Pois ela não vem de obras mais sim da Graça de Deus.Isso faz com que outros religioso fiquem furioso,pois o ego fala mais alto.Nos como pecadores colocamos-nos nos centro das coisas,mais a religião Protestante faz o inverso: Coloca Deus.

          • Sabe o que acontece Rafael, é que em uma convenção de historiadores (maioria ateus devido ao conhecimento adquirido), debatemos algumas questões religiosas, e ali ficou bem claro que entre as religiões, a mais coerente nas crendices é a Igreja Católica. SIMPLES. os protistantis fazem tantos absurdos que entre todas as religiões, são os que fazem mais absurdos e saem totalmente dos trilhos das verdades históricas descobertas até hj. sito como exemplo a tão famigerada Inquisição, que de acordo com a ótica Histórica, ela teve um papel muito importante na formação do Novo Mundo, inclusive teve mais lados bons do que ruins, mas o protestantismo conseguiu deturpar a história de uma maneira que NENHUM, veja bem, NENHUM livro de história escrito por protestantes é aceito em NENHUMA, veja bem, NENHUMA faculdade séria de lugar NENHUM, leia novamente, NENHUM do MUUUNNNDOOOO, não é so do Brasil.

            e esse é só um pequeno exemplo das deturpações *históricas* da mundo protestante, chegamos ao absurdo de ler um livro protestante, que não me lembro o autor agora, que sitava um édito de Constantino em meados do ano de 350 DC, sobre Bispos do catolicismo. rsrsrsrs Constantino já estava morto a tempos rsrsrsrsrsrsrs

            Mas a real é a seguinte, se fosse para eu acreditar em fábulas, como burros falantes (só vi no filme do Sherek), cobras falantes, entre outros absurdos, eu acreditaria na Igreja Católica. Mas eu abdico desta *salvação*.

      • Caro Mauro vou respondê-lo por cada tópico criado:

        Senhores, a tão propalada fala de Francisco sobre não se poder «insistir somente sobre questões ligadas ao aborto, ao casamento homossexual e uso dos métodos contraceptivos» não está solta no tempo e no espaço, como se fosse uma diretriz emanada para toda a Igreja que um belo dia o Romano Pontífice resolveu dispôr para toda a Igreja.
        É uma RESPOSTA a uma PERGUNTA ESPECÍFICA de um entrevistador e, portanto, deve estar circunscrita AO CONTEXTO DELA, obviamente não valendo como determinação para toda e qualquer ação dos católicos.
        Resposta: Concordo que por parte da imprensa houve uma certa distorção( como de costume) na fala deste como de outras pessoas.
        A pergunta à qual Francisco RESPONDE é a seguinte:
        «[Existem cristãos que vivem em situações não regulares para a Igreja ou, de qualquer modo, em situações complexas, cristãos que, de um modo ou de outro, vivem feridas abertas. Penso nos divorciados recasados, casais homossexuais, outras situações difíceis. Como fazer uma pastoral missionária nestes casos? Em que insistir?»
        Portanto,
        1. Francisco não está falando da ação evangelizadora da Igreja simpliciter (e nem muito menos da apologética!), e sim da «pastoral missionária» junto a CRISTÃOS específicos que têm problemas de ordem moral.
        Resposta: Ok sigamos em frente.
        2. Francisco não está falando do embate com o movimento gay internacional ou com a indústria do aborto, e sim do diálogo com INDIVÍDUOS ARREPENDIDOS de seus atos: «Penso também na situação de uma mulher que carregou consigo um matrimônio fracassado, no qual chegou a abortar. Depois esta mulher voltou a casar e agora está serena, com cinco filhos. O aborto pesa-lhe muito e está sinceramente arrependida. Gostaria de avançar na vida cristã. O que faz o religioso?»
        Resposta:Sobre esse ponto seu ouso discordar e como prova cito um grande católico que é o Reinaldo Azevedo que mostra quais foram os erros da fala do Papa.

        • Rafael, não adiante falar com os “protistantis” quando vc menciona o nome do Chico eles ficam enlouquecidos e não veem mais nada. Eu que não sou cristão li o pronunciamento do Papa, até porque me interessa saber algumas coisas relacionadas a isso pois dou aulas em faculdades e tais assuntos sempre entram na pauta, mas os protistantis só conseguem ler as partes que eles podem criticar e fazem critica sobre uma péssima interpretação.

          • Histórinha verídica que aprendemos nas boas faculdades, nos mestrados e doutorados em História.

            MAS AI QUE OS CRENTI PIRA MESMO, FICA TUDO DOIDO DE ÓDIO E INVEJA.

            eu gosto de citar a Igreja Católica para os Crenti porque eles ficam tão enfurecidos que chego a imaginar o tal *inimigo* se contorcendo quando vemos naqueles filmes de vampiros os padres mostrando a cruz para os diabretes rsrsrsrs

            Historiador alemão Ludwig von Pastor (1854-1928)

            Ele era protestante e, certa ocasião, desafiou publicamente a Igreja Católica a abrir os seus arquivos secretos. Tinha certeza, afirmava, de que eles jamais seriam abertos, para não serem revelados horrores tremendos…

            Na ocasião, acabava de ser eleito Papa Leão XIII, que mandou dizer a Pastor que os arquivos do Vaticano estavam inteiramente abertos para ele.

            No início, o Pastor não acreditou, mas viajou para Roma e ali encontrou, realmente, todas as facilidades em seu trabalho de pesquisa.

            Nada lhe foi negado, nada lhe foi escondido. Ele passou anos trabalhando e produziu uma obra monumental, em 40 volumes, com a história dos Papas desde a Renascença até o final do século XVIII.

            Nessa obra, registrou todos os horrores de Papas renascentistas.

            A certa altura da sua pesquisa, solicitou e obteve uma audiência com Leão XIII.

            Apresentou-se ao Papa, agradeceu as facilidades que obtivera na pesquisa e, para grande surpresa de Leão XIII, declarou que desejava tornar-se católico.

            O Papa, muito espantado, respondeu:

            – Mas, Professor, antes de conhecer por dentro os horrores praticados por antecessores meus, o Sr. era contra a Igreja Católica, e agora, que conhece tudo documentadamente, quer ser católico?

            Não estou compreendendo sua atitude.

            A resposta de Ludwig von Pastor foi muito interessante:

            – Santidade, eu me convenci de que a Igreja Católica é realmente uma instituição divina. Se nem Papas conseguiram destruí-la, é porque é divina mesmo!

            Armando Alexandre dos Santos,
            jornalista e diretor da Revista da Academia Piracicabana de Letras

          • Não que o alemão tenha deixado de ser idiota e acreditar em fábulas, mas ao menos passou a conhecer a história do mundo de verdade. e se é pra acreditar em um livro de fábulas, que ao menos o interprete direito de acordo com a intenção de quem o criou, ou seja a Igreja Católica, que foi quem realmente criou o livro de fábulas mais lido do mundo. rrsrsrsrs

            desculpa ai amigo católico (Reinaldo) mas vc conhece bem minha opinião.

          • Respeito sim as posições contrárias as minhas, o que não respeito são as pessoas que querem enfiar goela abaixo uma *istoria” do mundo que nunca existiu.

            vcs não sabem o que é para um professor universitário ensinar alunos com a mente engessada nas *ixtórias* protestantes, nas falácias que ensinam nas igrejas para darem respaldo as crendices cristãs, e veja bem, a unica Igreja que acaba dando um bom embasamento histórico as pessoas é a Católica, que não deturpa a verdadeira história, que traz a tona documentos que são usados pelas melhores universidades do mundo todo. apesar de não me deixar levar pelas fábulas religiosas, ao menos em matéria de História antiga a unica Igreja que ensina o que é certo é a Católica, queiram vcs protistantes ou não, em matéria de História, a Igreja CAtólica é a dona do mundo, não existe nenhum historiador no mundo que conteste o material que encontramos naquela religião.

            Posições ideológicas a minha eu respeito e muito, porém quando se fala em protestantismo, sou obrigado a ver somente como fanatismo e burrices históricas.

  12. Falando em “objeto de culto a Deus” na universal é assim, ajoelham e veneram a algo parecido a estatua da arca da aliança, e o pau tora! E coisa mais difícil é ver alguém ajoelhado na universal a não ser o cramunhão.


    Assine o Canal
  13. Concordo com o papa Francisco.
    Afinal, a bíblia está aí para TODOS que QUEIRAM conhece-la!
    A palavra é ANUNCIADA, mas ela não pode ser imposta, ela tem que ser VIVIDA por quem diz que a conhece!
    Enfim, os exemplos vividos, falam mais alto que palavras gritadas.

  14. A igreja não precisa se posicionar contra ou a favor de nada, tem que seguir o que está escrito na bíblia, o mais é invenção humana, a palavra de Deus é uma só e é atual em todos os tempos.

  15. Isso que é amor cristão, bendita hora que o Bento renunciou e assim veio este exemplo de humildade e sabedoria. Ele respeita sim nós homossexuais, que apesar da igreja ser contrária a prática, não nos ofende e humilha nos chamando de aberrações e aidéticos como um tal de Feliciano. Viva Francisco!

  16. Ateu e atoa,

    1-Resposta: E quem dá autenticidade a essa Convenção de Historiadores a ponto de colocá-la como válida? Esse seu argumento me parece a “falácia da autoridade”. E com bases em fatos históricos quais seriam os lados positivos da inquisição?

    2-Resposta: Que exemplo? Você jogou argumentos ao vento e não mostrou nada.Vou citar aqui somente alguns autores consagrados no meio Protestante e gostaria,já que se diz historiador, mostrar qual seria o possível erro(s) nestes livros:
    BETTENSON, H. Documentos da Igreja Cristã. São Paulo, ASTE.
    CAIRNS, Earle E. O Cristianismo Através dos Séculos. São Paulo: Vida Nova, 1995.
    CLOUSE, Robert, PIERARD Richard e YAMAUCHI, Edwin. Dois reinos. São Paulo: Cultura Cristã, 2003.
    GONZÁLEZ, Justo. Uma história ilustrada do Cristianismo. 10 vols. São Paulo: Vida Nova.
    LEITH, John H. A Tradição Reformada. São Paulo: Pendão Real, LINDBERG, Carter. As Reformas na Europa. São Leopoldo: Sinodal, 2001.
    McKIM, Donald K. (org.) Grandes Temas da Tradição Reformada. São Paulo: Pendão Real, 1998.
    NICHOLS, Robert H. História da Igreja Cristã. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.
    NOLL, Mark. Momentos decisivos na história do Cristianismo. São Paulo: Cultura Cristã, 2000.
    SCHALKWIJK, Frans L. Igreja e Estado no Brasil Holandês. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.

    3-Resposta: Sobre estes seus argumento tão batidos cito Willian Craig como Alvin Plantinga que são os mais defensores do Cristianismo.O dia que o senhor conseguir mostrar quais seriam os erros do que os mesmos defendem ai volto a conversar com você.
    OS:Lembrando que o maior nome do Novo Ateísmo, Richard Dawnkings foge do debate contra o Willian Craig,aponto de ser chamado por outros ateus de covarde.

    Te aconselho a debater com pessoas do meio de Universal,Mundial e outras de vertente neo-pentecostal.Mais não invente debater com Protestantes históricos pois se não,vai ter que estudar e muito.

    • A validade das vonvenções de historiadores incauto ignorante, é dada pela comunidade mundial de estudos de História, talvez vc nunca tenha ouvido falar, nem me surpreende rsrsrsrs, mas queira vc ou não, os conselhos e comunidades desta categoria tem embasamento físico e legal para falarem e debaterem sobre esses assuntos, como diz um amigo católico: Morra de raiva rsrsrsrsrs

      A validade histórica que esses escritores protestantes tem é tão grande que somente o lixo protestante ensina em seus *cursinhos* de garagem. quer aprender história? inscreva-se em uma universidade séria, ai vc vai ler livros de Ateus, Judeus e Católicos entre outros (com exceção de protestantes) que realmente falam de história antiga e não trazem dados fantasiosos e mentirosos como os que os protestante trazem.

      me de o nome de uma unica faculdade, nem que seja brasileira que use um unico texto protestante para ensino de história antiga. NÃO VAI CONSEGUIR. sabe porque? porque não tem. veja lá: nenhuma, absolutamente NENHUMA faculdade no Brasil ou no Mundo usa livros protestantes para ensinar história antiga. MORRA DE RAIVA RSRSRS

      obs. Não existem “protestante históricos” existem protestantes que se valem de textos unicamente protestantes, sem embasamento histórico algum, sem comprovações físicas algumas para dar validade as falácias que querem pregar.

      mas volto a dizer. quer aprender mesmo História antiga, inscreva-se em um curso do tipo em uma faculdade, não faça cursinho em igrejolas protestantes.

    • vc pode começar lendo: Uma História de Deus: quatro milênios de busca do judaísmo, cristianismo e islamismo. São Paulo: Companhia das Letras.

      de uma escritora muito afamada no meio histórico. uma ex-freira, cujas obras são ensinadas nas melhores universidades do mundo.

      fica a dica. rsrsrsrsrsrs

      • Caro Ateu e atoa:

        Resposta: Estou vendo que essa discussão nunca vai terminar. Eu estou observando pelos seus comentários alguns pontos que devem ser discutidos:
        1- Diz o senhor que é professor de Historia certo? A forma com que fala,demonstra o total despreparo e a falta de respeito como o senhor trata os protestantes.Não consigo enxergar você como um professor de historia.Se alguém aqui nesses comentários observar a forma xula,como pejorativa como se pronuncia duvidaria e muito que o senhor seja um professor.Tenho dó dos seus alunos (se realmente for professor). Me faz o seguinte: Me diga onde leciona?
        2- A validade histórica dos protestantes é tão grande caro ateu e atoa que as maiores Universidades do Mundo foram criadas por protestantes (Havard,Yale,Princenton…). Amigo não estou aqui para mostrar se sou melhor que você ou outra coisa ( E em questão de estudo faço minha segunda graduação na UFMG, o senhor tem a coragem de dizer que lá é uma universidade ruim?).O engraçado que cita Judeus, mais os livros apócrifos considerados pela Icar não são aceitos pelos Judeus como canônicos.
        3- Agora afirmar que não existe protestantes históricos é de um embasamento que me faz rir vindo de um professor de história.O engraçado que se for analisar dados históricos os protestantes se aproximam muito mais que os Católicos dos credos antigos (como o Credo Apostólico).
        4- A questão não é discutir eventos históricos mais sim que você me mostre a distancia da doutrina evangélica frente aos ensinamentos de Cristo segundo a Bíblia.Me prove fazendo uma análise das duas religiões(Protestante e Católica Romana) e me mostre quais das duas teriam mais proximidade com os Credos antigos.
        5-Com todo respeito, você fala muito pra quem não prova nada.Estou aguardando para saber onde o senhor leciona e irei averiguar.

        • corrigindo vc. Harvard nunca foi relacionada a nenhuma religião.

          e volto a afirmar para vc, já que diz que está fazendo a segunda pós, estude mais um pouco e pesquise com mais afinco camaradinha, NENHUMA, leia novamente N-E-N-H-U-M-A universidade séria do MUNDO, novamente pra vc: DO MUNDO, usa a “literatura protestante” em seus currículos, simplesmente porque não trazem a verdade, são lixos que ensinam mentes pequenas sobre lixo literário.

          outra coisa. que tipo de estudante é vc que não sabe interpretar textos? ahhh já sei. é o TIPO PROTESTANTE. eu nunca desqualifiquei universidade nenhuma, eu disse que não existe no Brasil e nem no mundo uma universidade séria que use a literatura protestante para ensino camaradinha. se vc conhece alguma, denuncie então porque estão fora do currículo oficial de ensino pois estão ensinando mentiras. ENTENDEU?

          falemos também sobre o meu linguajar: vc realmente fez alguma pós? se fez conhece muito bem o linguajar de professores universitários e professores mais graduados, nem vou discutir aqui a esse respeito, mas vou dizer-te algo: EU RESPEITO CADA UM EM SUA OPNIÃO PARTICULAR, mas não me venha querer falar mentiras e burrices históricas não comprovadas perto de mim. NÃO TENHO RESPEITO POR PESSOAS QUE SE RECUSAM A APRENDER POR BURRICES, MESMO QUE SEJAM ALUNOS.

          vou t dar só um pequenino exemplo da burrice protestante: a Igreja Católica usa imagens em seus cultos e liturgias, alegando que tais práticas são biblica, ao passo que a Igreja evangélica nega tais fatos e condena o uso de QUALQUER IMAGENS.

          Pois bem, todos os achados arqueológicos mostram que os primeiros Cristãos usavam em seus templos imagens, inclusive há na própria biblia relatos de uso de imagens. Há relatos escritos e achados arqueológicos dos primeiros séculos e dos seguintes CRONOLOGICAMENTE relatando uso de imagens.

          veja bem, não estou questionando a ADORAÇÃO ou não, estou questionando que os protestantes afirmam e batem o pé que fazer imagens é ´PECADO, kkkkk, pois segundo todos os indícios o uso de imagens é antiquíssimo, e o próprio Jesus fazia pregações em templos adornados com imagens.

          quer mais burrices protestantes podemos falar por horas.

          Agora onde eu leciono ou deixo de lecionar, não interessa ao Sr. meu caro, sinceramente TO CAGANDO E ANDANDO com sua opnião.

          • Então vamos ao seus argumentos:

            1- Não afirmei que essas Universidades tem atualmente caráter religioso, mas sim foram fundados por Protestantes. Por favor não mude minhas falas.
            2-Diz o senhor que eu deveria denúncias Universidades que se utilizam de livros protestantes. Ora te pergunto: Com base em que você se utiliza de uma “suposta autoridade” para afirmar isso? No Brasil poderia muito bem citar o Mackenzie . Vai denúncias lá com base em quais normas ou qual convenção? É cada coisa que tenho que ouvir.
            3-Agora sobre o uso de imagens eu fiquei perplexo com seu argumento. De onde você tirou que Protestantes condenam usam de imagens? Se fosse assim, me explique o uso do crucifixo como outros símbolos nas Igrejas Presbiteriano,
            Metodista, Luterana e Batista? E ainda se diz professor de história.
            4-Depois desse arrombo e deturpação da doutrina evangélica, somente afirma o qie venho falando:Você é católico, não possui formação em histór nenhuma(pois se tivesse saberia que o que condena os evangélicos seria o ato de veneração/adoração as imagens).

            Conclusão : Como uma pessoa que se diz ser professor afirma que os Protestantes são contra imagens? Realmente não necessito mais saber onde leciona, pois o ato de lecionar você não o prática . E ainda tem a ousadia de se postar como professor.

          • Mas RAfael, NÃO ME FAÇAS PEGAR NOJO RSRSRSRSRS

            vc vê como são as coisas. apesar das universidades que vc sitou, supostamente terem sido fundadas por protestantes, estes não instituiram nelas uma doutrina protestantes (talvez por saberem respeitar as diferenças, diferentemente do que são os protestantes hj ou por saberem que as doutrinas e ensinos protestantes eram falácias)

            Rafael, não vou afirmar, vou te pedir pra pesquisar por si: APESAR DE SUPOSTAMENTE TAIS UNIVERSIDADES TEREM SIDO FUNDADAS POR PROTESTANTES, HJ NÃO USAM LITERATURAS PROTESTANTES PARA ENSINO DE HISTÓRIA. pesquise Rafael, não fale o que vc ouviu no meio protestante. OLHA QUE LINDO, USAM PRINCIPALMENTE LITERATURAS DE HISTORIADORES ATEUS E CATÓLICOS. que controvércia não é? mas normal no mundo protestante.

            sobre as denuncias, como sempre, vcs protestantes nunca entende o que leem. deixe-me tentar lhe desenhar: EU DISSE QUE SE VC CONHECER ALGUMA FACULDADE NO BRASIL (ou no mundo) que utilize literatura protestante para ensinar História, denuncie ao Ministério da Educação, pois não é o material autorizado exatamente por CONTER MUITAS FALÁCIAS.

            explicação sobre protestantes odiarem imagens: Crucifixo não é imagem, é simbolismo Rafael.

            QUER ME DIZER ENTÃO QUE o protestantismo aceita imagens? rsrsrsrss de ima corrida de olhos nos tópicos apenas deste site que falam sobre imagens e verás por sim próprio.

            Conclusão: se vc aceita ou não que eu de aulas de História ou que eu tenha mestrado, doutorado ou PHD (esse de fato não tenho ainda kkk) não vai me tirar o diploma então, TO CAGANDO E ANDANDO COM TUA OPNIÃO.

            mas olha que interessante, vc tenta me desqualificar como mestre em História porque não tem argumentos suficientes então melhor alardear que eu não sei sobre história. kkkkkk

      • Sobre o de Karen Armstrong já ouvi falar sim e muito bem dele. Deixo como resposta ao livro uma crítica do Ricardo Quadros Gouveia que é professor do Mackenzie

        PS:Vale ressaltar que se utilizou esse livro como válidade e apoio a Icar,que eu saiba Karen possui uma certa frustração com o Cristianismo.Mais esse livro não pode ser levado em conta no que se refere a visão de Deus no contexto bíblico como cristão.

      • Ateu e atoa

        Sobre o livro de Karen.Conheço como já a li a crítica feita pelo Ricardo Quadros Gouveia.O livro em sí é bom mais não pode ser considerado válido no contexto bíblico nem cristão do ser de Deus.

    • livros e documentos aceitos pela comunidade MUNDIAL de história.

      deleite-se com a verdadeira sabedoria.

      1. DANIELS, Estele. Wicca Essencial. São Paulo: Pensamento, 2001, p.324;
      2. CAMMILIERI, Rino. La Vera Storia dell´Inquisizione, Piemme: Casale Monferrato, 2001;
      3. GONZAGA, João Bernardino G. A Inquisição em seu Mundo. São Paulo: Saraiva, 1993;
      4. AYLLÓN, Fernando. El Tribunal de la Inquisición; De la leyenda a la historia. Lima, Fondo Editorial Del Congreso Del Perú, 1997;
      5. WALSH, William T. Personajes de la Inquisición. Madrid, Espasa-Calpe, S. A., 1963;
      6. Revista História Viva nº 32 – especial Grandes Temas / A Redescoberta da Idade Média, São Paulo: Duetto março/2011;
      7. FALBEL, Nachman. Heresias Medievais. São Paulo, Ed. Perspectiva S. A., 1977.

      • Quais e quem dão validade para que estes livros sejam aceitos por esta “suposta convenção” que afirma? Você fala de uma suposta Convenção,que possui autoridade, mais até agora não a citou.Cite-a,deixa eu pesquisa-la?

        Todos os livros que você cita, são do site Montfort que é de origem Católica.Que dão uma visão de acordo com o posicionamento que eles adotam. E quando isto dá alguma autoridade,como autenticidade pelos fatos ocorridos? Você é muito tendencioso.

        Eu poderia aqui citar vários livros,como já os citei mais isso não faz com que meu posicionamento esteja certo.O que eu quero e que você comprove que aos longos dos séculos a Icar não distorceu o evangelho e eu mostro o contrário (Já que vc afirma que a Icar é a mais “verdadeira”).

        • Eu já sabia que dialogar com gente tapada era dificil, mas dialogar com gente tapada e PROTESTANTE é quase impossivel kkkk

          cara, eu não disse que os livros são aceitos nas convenções, não disse isso, mas são kkkk

          EU DISSE CARO PROTESTANTE QUE TAIS LIVROS SÃO USADOS NA LITERATURA ENSINADA NAS MELHORES FACULDADES DO MUNDO. eesses livros desmente muito do que é ensinado no protestantismo. nos cursinhos de “Teologia de garagem” protestante.

          VAI QUERER QUE EU DESENHE?

          • Caro Ateu e atoa,

            Em quais universidades esses livros servem como referência bibliográfica?
            Me mostre a matéria como a Universidade que utilizam esses livros?
            Estou aqui mais uma vez te pedindo que comprove o que fala, mais você só enrola.
            Com todo respeito. Seus argumentos são tão fracos(fora os erros de pprtugues), que você se coloca como ateus mais ao mesmo tempo defende a doutrina católica, afirmando que dentre essas religiões, seria ela a mais autêntica. Eu nunca na minha vida ví tamanho paradoxo nos seus argumentos.
            Como pode um Ateu, que afirma que as doutrinas da Igreja Católica seriam verdadeiras? Os dois se excluem.

          • sabe porque vc nunca viu um paradoxo como estes?

            porque protestante não entende o que le, e vc é mais uma grande prova disso.

            em lugar algum eu defendi a doutrina católica como verdadeira, viu como vcs são lentos? eu disse que é a que segue mais fielmente o que diz o livro de fábulas que guia a fé cega de vcs.

            eu defendi até aqui as versões Históricas, os fatos apresentados pela Igreja Católica, os documentos que toda comunidade histórica tem aceito como verdadeiros porém os protestantes trazem outros fatos totalmente diferentes, contudo sem um unico documento que comprove suas versões. ENTENDEU AGORA?

            Deixe-me te explicar uma coisa sobre o mundo ateu: Não temos interesse algum nesse deus que vcs seguem, se fosse para acreditar em fábulas, deuses etc. acho que escolheriamos algum outro deus menos carrasco que esse de vcs que mata criancinhas, que joga “filhos amados” no “fogo do inferno” porque “ama o pecador mas odeia o pecado” kkkkkkkkkk EXISTEM TANTOS DEUSES PARA CRERMOS MENOS RUINS QUE ESSE DE VCS.

            a respeito dos ateus que estudam história, acho que que 100% deles leram a biblia até mais que uma vez, e digo por mim, que é até um livro interessante, curioso e desperta o interesse em ver como eram as culturas e os pensamentos antigamente, porém vemos neste livro de fábulas muita semelhança com outras fábulas mais antigas, como algumas da Grécia (algumas cópias perfeitas kkk)

            contudo, como afirmei, conheço ou seu livrinho de fábulas, e afirmo que a Igreja que segue melhor as orientações do livro é a católica. NÃO CONCORDEI que eles estejam certos, SIMPLESMENTE EU E TODOS OS ATEUS QUE CONHEÇO CONCORDAM QUE COMO ATURA DO LIVRO, A IGREJA CATÓLICA É A QUE MELHOR FAZ O QUE SEU PRÓPRIO LIVRO MANDA.

            E Caro Rafael, em textos de debates como estes, não se corrige erros de portugues como falta de acentos ou troca de uma ou outra letra (quando o fato não é gritante como por ex: tropeço por tropeso kkkk) quando o interlocutor passa a questionar as falhas na escrita do texto é por total falta de argumentos.

    • Rafael

      Se os protestantes históricos querem jogar culpas da ICAR baseados na Inquisição então ou estão sendo hipocritas ou tolos. Nunca se esqueça de que, de seu nascimento no século XVI até o sec XVIII, calvinistas, luteranos e anglicanos usaram de inquisições contra a catolicos, judeus e acusados de bruxaria. Um pequeno exemplo é o caso das Bruxas de Salém nos EUA.

      Um dos maiores historiadores que o mundo já viu foi o luterano Leopold Ranke. Em seu livro sobre os papas msotrou uma visão moderada e equilibrada sobre a instituição do papado no nos secs XVI e XVII. No sec XiX, quando o mesmo publicou o livro, foi atacado por seus amigos luteranos que o julgaram muito suave com a IG Catolica, e atacado pelos catolicos, que o julgaram muito duro com a ICAR.

      Sobre um ponto positivo da Inquisição dou dois:

      Em casos de delitos civis, que os eclesiasticos sempre julgavam com menor severidade que nos crimes contra fé, a Igreja apilcava multas e penitencias leves aos infratores. Se fosse a justiça regia, um ladrão poderia ser enforcado por roubar um prato de comida, por exemplo.

      E mesmo no que se refere a tortura(que era praticada livremente nas cadeias e processos juduciais ordinarios do Estado), acusado tinha direito a um processo (o inquerito policial moderno nasceu na Inquisição) e so era submetido aos maus tratos se ficasse comprovado que estava mentindo ou negando-se a reconhecer um erro teologico depois que este era apresentado ao acusado.

      Se estudar serio, vai ver que em todo lugar onde havia um tribunal eclesiastico o povo preferia ser julgado nele que nos tribunais do Reino.

      • Caro Leandro vamos por partes:

        1-Resposta: Sobre a Inquisição Protestante eu conheço e muito mais não sei o que isso teria a ver com o artigo do Gospel Mais. Agora ficou obscuro o termo “jogar a culpa nos católicos”. Jogar a culpa de quê?

        2-Resposta: Usando o argumento da autoridade? E o que isso garante ou trás de validade ao seu argumento? Poderia citar vários historiadores contrários ao posicionamento de Leopold (como católicos) mais isso não faz com que meu argumento seja considerado válido/autentico.
        Vale ressaltar que Ranke ao escrever “ie römischen Päpiste, ihre kirche und ihr Staat im sechzehnten und siebzehnten Jahrhundert” ele não foi atacado pelos Luteranos, que viram uma posição neutra, mais pelos Católicos que acusaram sua obra de anti-católica(nem todos).

        3-Resposta: Igual no caso de Galileu rsrsrsrsrs.Sobre isso não vale a pena adentrar na questão,pois o mesmo foge totalmente do tema abordado na notícia.Aprofundar nisso seria dar volta em círculos.

        Conclusão:Voltemos ao escopo da notícia.

        • Rafael

          Apesar de vc não reconhecer Ranke foi sim criticado por muitos protestantes de ter sido muito “bonzinho” com a IG Catolica.

          Como todo ser humano o eminente historiador pode errar. contudo, este livro dele que vc citou é até visto como a melhor obra sobre o periodo e até hoje ninguem fez melhor que ele.

          Não espero que todos concordem ou gostem da If Catolica, mas o exemplo de Ranke serve para mostrar como mesmo alguem de fora e com motivos para nos critcar pode ser justo. Aqui neste site vemos muitos que só querem atribuir defeitos e pessimas qualidades aos catolicos e sua Igreja.
          No que se refere a Inquisição digo que se por tal motivo se prova que a ICAR é um erro, então, pelo mesmo motivo fica claro que não deveria nem ter começado a Reforma Protestante.
          E no caso de Galileu ele ficou bem vivo e não foi condenado por conta da tese heliocentrica.

          • Leandro

            1- Ok poderia ter sido criticado por alguns protestantes, mais isso não faz com que ele na época, fosse (no caso seu texto) aceito pela Icar.
            2-Concordo quando fala sobre alguns que se dizem Cristãos e usam de palavras pejorativas para ofender.
            3-Galileu não foi condenado simplesmente por ter sido pressionado a reconsiderar o que afirmava.

          • Caro Leandro,

            Mais pra concluir, respeito sua opinião. Você ao contrário de outros é uma pessoa equilibrada e educada. Tem todo meu respeito e admiração.

  17. Ateu e atoa,

    1-Resposta:No inicio elas não instituíram nenhuma doutrina protestante? Kakakakaka.O maior exemplo que se você for em Yale, uma parede inteira é dedicada aos missionários cristãos que foram mortos no campo missionário. Em Harvard, existe a famosa estátua retratando o fundador da escola com uma Bíblia aberta no colo. O campus de Amherst inclui uma estátua do fundador da escola Noah Webster, que criou o dicionário americano, e que disse a famosa frase: “A educação é inútil sem a Bíblia.”.
    Amherst, agora considerada uma das melhores universidades privadas do país, era tão conservadora e tão comprometida com as Escrituras que teve dificuldade em receber acreditação do estado de Massachusetts no século 19.

    Em Princeton, em sua enorme capela, se observa a “Oração para Princeton.” Esta oração é muito mais relevante para a Arizona Christian University do que qualquer escola da Ivy League hoje.
    Eu poderia aprofundar mais.Creio que o que foi postado já se consegue ter uma base que no inicio existia uma forte influência cristã nestas Universidades.

    2-Resposta: Mais foi você que disse que não existe Universidades com literaturas protestantes. O ônus de provar é do senhor e não meu. No meu caso, não fiz nenhuma afirmação.Essa jogada por parte do senhor é batida, se afirma algo,mas quando se pede pra provar,inverte o jogo.

    3-Resposta:Eu afirmei que o Mackenzie por ser uma Instituição Cristã pode muito bem adotar uma literatura de algum autor Protestante para ensinar história.E qual é o material autorizado pelo Ministério de Educação? Onde se lê ou reprova o uso do material de autores protestantes?Com base em quais normas que desqualificam a literatura Protestante? Me mostre que eu quero pesquisa-las.

    4-Resposta:Você como Professor de história tira bases de doutrinas de certa religião simplesmente analisando comentários? Não existiria outros meios válidos para auferir de como seria a Doutrina Protestante?Mostra o quanto no quesito conhecimento da doutrina protestante, o senhor está por fora.
    Segundo o raciocínio seu então eu poderia muito bem afirmar que sou contrário a doutrina católica somente tendo base em comentários de católicos? Aqui não necessitaria de mais amostras? Não deveria eu pesquisar, como bem estudar a história da Igreja?

    5-Resposta: Você mesmo se desprestigia quando usa da falácia da autoridade. O senhor tem um repertório vasto de argumentos,que simplesmente seu raciocínio é o seguinte: 1-Sou Historiador; 2-Afirmo que a Icar se aproxima mais da Bíblia ; 3- Logo meus argumentos serão válidos.
    O problema que quando peço que prove(no sentido de mostrar o porque a Icar se aproxima mais que a doutrina Protestante) o senhor volta e meia usa que é professor de história e foge de apresenta-las kakakakaka.

  18. Resposta: Entendi seu ponto de vista. Mias então vamos aprofundar no mérito:
    A-Quais doutrinas a Icar se aproxima mais da Bíblia e quais a doutrina Protestante se afasta da Bíblia?
    B-Você afirma que segundo uma suposta Comunidade Mundial de Estudos da Historia (dito por você no dia 24 de Setembro às 4.12, ainda ironizando que eu não deveria conhece-la) a literatura protestante no âmbito da historia é rejeitada. Me mostre onde existe essa suposta Comunida, como a validade dela.No aguardo.

    2-Resposta:Você defendeu o que? Você não mostrou nada amigo. Voltei aqui nos comentários seus anteriores e você não cita ( e não sita) nenhum documento. Se não sei interpretar, como seria eu de fato uma pessoa ignorante, não custa nada mostra-los de novo.A única coisa que afirmou aqui e não provou que se diga de passagem, que seria Professor de Historia e que a literatura protestante contem vários erros.

    3-Resposta: Lá vamos nós com a velha desculpa do Richard Dawnkins para não debater com o Willian Craig. O velho argumento do Deus maldoso que matou criancinhas…
    Você tem todo direito de não acreditar nele, em nenhum momento aqui venho mostrando do porque deveria acreditar.O assunto do artigo do Gospel Mais não tem nenhuma relação com isso.Não fujamos do assunto.Eu volto a afirmar o que falei no meu primeiro comentário: Falas como essas de ateus é o que mais se encontra.Mias eu aguardo, o dia em que um ateu conseguir contradizer o argumento que foi posto pelo Willian Craig e pelo Alvin Plantiga.

    4-Resposta:Já disse que o intuito da nossa conversa não possui nenhuma relação de converte-lo.Você acredita no que quiser.Vivemos num País Democrático.

    5-Resposta:Ai seria uma suposição sua que carece de fundamentação como provas.Poderia muito bem dizer que os ateus que conheço pensam diferente de vocês.Ai fica minha pergunta: O que isso prova?
    Agora eu te desafiei no outro comentário e o faço aqui: Me mostre segundo a doutrina Católica como esta estaria mais de acordo do que a Doutrina Protestante em relação ao que é ensinado na Bíblia.Aqui vamos entrar no mérito do assunto.

    6-Resposta: Se não podemos considerar como um fato gritante a formulação da sua frase anterior ( sem ser essa que respondo mais a penúltima) para uma pessoa que diz (?) ter mestrado é a forma com a qual vemos a facilidade que as pessoas conseguem seu diploma.
    O engraçado que o senhor em todos os comentários usa da falácia da autoridade como se isso valesse algo ou desse autoridade nos seus argumentos, vem aqui criticar meu posicionamento.Na hora que o senhor vier debater ( ao invés de menosprezar com quem debate- a outra falácia – crítica o argumentador e não o argumento) e conseguir mostrar os documentos que teria validade ai sim, você terá todo o direito de contestar minhas falas.Enquanto isso…

    • Rafael, Caro Rafael!!!

      eu não sou religioso Rafael, não sou defensor da doutrina católica, será que em tatos textos vc não conseguiu captar isso? eu defendo sim os documentos históricos e livros católicos que falam sobre história, então Rafael, não me faça perguntas sobre crenças, pois nessas eu não acredito, porém, HISTÓRICAMENTE falando, vou citar pra vc uma, já que vc faz tanta questão: O Culto aos mortos.

      vamos lá, falar sobre história e achados arqueológicos: veja que interessante, os protestantes afirmam que não se deve fazer orações aos mortos nem lhes pretar culto. pois bem, inicialmente não vou falar sobre biblia, já que é um assunto que não domino muito, até por falta de interesse kkkk, mas vamos falar históricamente: nas CATACUMBAS encontradas por arqueólogos na região onde se deram os fatos bíblicos contemporâneos a Gizuis (desculpa, não resisto kkk) (40, 50 etc. depois de Cristo e algumas anteriores a morte dele) foram encontrados escritos nas pedras de tais catacumbas orações pedindo a deus que tivesse piedade da alma do “defunto”, também junto as catacumbas, foram encontradas figuras gravadas em pedras e imagens, o que comprova que a tradição de se pedir pelos mortos é uma tradição apostólica, diferente do que os protestantes ensinam. (esse fato é indiscutivel, e se quiser pesquise por si, tem muita informação na internet. muitas dicas de leituras de livros ateus, católicos e judeus também kkk)

      uma coisa que aprendi aqui com um Católico chamado Reinaldo, é que o Apóstolo Paulo também fez orações pedindo a deus pela alma de um amigo seu que estava morto. não me lembro o nome do defunto, mas quando ele referiu tal passagem da biblia fui pesquisar e realmente, faz sentido, analizando-se a contextualidade daquele livro biblico com outros, denota-se que o amigo de Paulo já era falecido quando da realização da “orações” porém este fato é bastante questionado pelos protestantes que alegam que o amigo do Paulo estava vivo, mas “não se encontrava em casa” … mas nesta seara eu não entro, já que discuto história e não fábulas.

      Deixe-me te explicar uma coisa. vc não entendeu novamente bem as coisas, não me referi a uma comunidade mundial de estudos da História, comunidades de historiadores existem em todo o mundo e às vezes são realizados encontros, congressos desses historiadores, e todos são convidados a participar dos debates (mediante pagamento de um valor irrisório, nunca inferior a 5 ou 6 mil reais fora as passagens kkkk) no Brasil, sito como exemplo a SBTHH que conheço bem.

      Também não disse que a literatura protestante é rejeitada no ambito histórico, disse que nas universidades sérias ela não é inserida por conter dados errados, informações inverídicas e informações não comprovadas. existem bons historiadores protestantes, contudo quando eram na seara da religião, pecam muito contra a história do mundo.

      PERCA A MANIA DE INTERPRETAR ERRADOS OS TEXTOS, TO ACHANDO QUE É PURA MALDADE KKKKKKKK espero que seja maldade mesmo, pois não gosto de debater com gente fraca de conhecimento.

      em meus debates com protestantes aprendi bastante com seus rodeios e escapadas, portanto, vc não me pega com suas estratégias Rafael, TODOS, ABSOLUTAMENTE TODOS OS PROTESTANTES QUE DEBATERAM COMIGO no quesito “história” se furtaram em ficar pedindo “provas” de algo que qualquer criancinha consegue achar facilmente na internet, mas quando vcs não tem argumentos ficam insistindo em apresentação de provas kkkk gaste um pouquinho o seu dedo no teclado e faça uma busca rápida que vc encontrará suas respostas por si.

      O velho argumento do deus maldoso é o melhor até hj, pois nenhum protestante ou católico consegue responder. poxa que diabo de pai bondoso e amoroso é esse que joga o filho no fogo do inferno pela eternidade porque não gosta do que ele fez kkkkkkkkk

      no seu 5 quesito vc insiste em me perguntar sobre doutrinas católicas x protestantes, como seu eu já tivesse tido interesse por isso kkkkk, no que diz respeito aos fatos históricos eu realmente tenho, sempre entra nos debates com os amigos e até com alunos, como costumes judaicos inseridos no cristianismo etc. porém a fé de vcs, tanto protestantes como católicos, eu não posso opinar, para mim são todos uns tapados que creem sem sentido.

      e olha o Rafel tentando me desqualificar novamente. kkkkk eu não me chateio com isso Rafael. mas te explico porque venho aqui debater: primeiro porque querendo ou não acabo me encontrando estudando novamente, como o fato que relatei acima onde aprendi algo novo com o Católico Reinaldo (não que eu acredite no que ele falou, mas fui estudar os fatos históricos narrados na biblia kkk) e outra que, como eu não estou preso a um deus que me ama, mas que vai me atirar no “mármore quente do inferno pela eternidade para um sofrimento eterno” se eu não fizer o que ele manda, eu tenho realmente um ego bastante grande, e gosto muito de inflá-lo conversando com pessoas até inteligentes, porém cegas pela religiosidade, incluo vc no rol das pessoas inteligentes, mas perdidas no meio de ensinamentos tortos e sem comprovação.

      pra não ter que escrever mais no seu tópico abaixo deste, já vou responder:

      olha só, as universidades que vc sitou, demonstraram fé Cristã e não fé protestante, a biblia é um livro católico, as imagens, como as que vc mesmo sitou do fundados de uma delas segurando uma biblia, são instrumentos católicos para alienação dos fiéis. e veja que interessante, TAIS UNIVERSIDADES SÓ SE MOSTRARAM PRÓSPERAS a partir do momento em que se desligaram do protestantismo e se alinharam com a ciencia.

      t+

      • A-Resposta:Deixa eu vê se entendi o seu argumento: Com bases em dados históricos em que foram encontrados escritos nas Pedras de onde se deduz que existiam orações em que as pessoas pediam a Deus que tivesse piedade das pessoas que já se foram.Agora vem minhas indagações:
        B-E mesmo se existisse isso, os seus argumentos anteriores relatam que a Icar se aproximaria mais da Bíblia do que a religião Protestante.O ato de orar aos mortos podem ser encontrados,como pregados pelos apóstolos em quais documentos ou onde se encontra isso na Bíblia?
        2-O dia de Finados só começou a existir a partir do ano 998 DC. Foi introduzido por Santo Odilon, ou Odílio, abade do mosteiro beneditino de Cluny na França. Ele determinou que os monges rezassem por todos os mortos, conhecidos e desconhecidos, religiosos ou leigos, de todos os lugares e de todos os tempos. Quatro séculos depois, o Papa, em Roma, na Itália, adotou o dia 2 de novembro como o dia de Finados, ou dia dos mortos, para a Igreja Católica.
        C-Tradição Apostólica isso é você quem fala e eu quero algo que consiga comprovar isso.Esse argumento seu de que essa tese é indiscutível seria por demais fraca e desonesta.O Credo mais antigo que seria o Credo Apostólico não menciona nada a respeito dessa prática.Não existe um documento que comprove que os Pais da Igreja oravam as pessoas mortas.Não me venha com mentiras.

        2-Resposta: Nem deveria entrar, pois aborda um assunto que nem sabe onde estaria isso escrito.O texto que fala seria 1 Tm 1.16 mais não vem ao caso o debate.

        3-Resposta: Sim e sobre isso eu lhe mostrei que elas existem como no caso da Universidade Mackenzie.E ainda por cima lhe pedi que comprovasse quais Universidades não aceita obras literárias de Protestantes.Eu acredito que deva ser a quinta vez que aguardo que o senhor mostre quais seriam estes supostos erros e quais seriam os autores desses livros.

        4-Resposta: E com todo respeito eu não gosto de debater com pessoas que usam da falácia da autoridade e até agora não se observa que o mesmo consiga reafirmar seus argumentos.Quando peço que comprove o que fala você simplesmente cita que é Professor de história.Faça-me um favor amigo.

        5-Resposta:O ato em si não seria provas mais sim dados que comprova o que fala.Não podemos falar de provas.Se lhe é tão fácil provar que eu estou errado porque não mostra qual seria os meus erros? Conheço seu jogo caro Ateu.Você cita o seguinte “nas universidades sérias ela (literatura protestante) não é inserida por conter dados errados, informações inverídicas e informações não comprovadas”:
        Fica umas dúvidas na sua fala:
        A-Quais seriam os erros? Quais seriam as informações inverídicas? Como se é analisado no sentido de como seria a comprovação de que estas obras estão em desacordo?
        B-Porque eu deveria buscar algo se é você que afirma? Eu poderia como faço aqui,dizer que você está errado e sair ganhando.Foi o senhor que afirmou que as obras não são inseridas.Aqui entramos na área do direito, em que o ônus cabe a quem afirma algo.Vou fazer você raciocinar um pouco:
        Imaginemos que o senhor afirma que eu o agredi,eu simplesmente falo que não.A quem cabe o ônus de provar o ato ilícito?

        6-Resposta: É tanto o melhor que já foi rebatido pelo Willian Craig. Como o senhor fala comigo eu jogo para você : Pesquise na Internet onde o Willian Craig fulmina esse argumento e mostre quais seriam os erros desse argumento.Não seria só ele que contesta esse argumento,como também o Norman Geisler.Se o senhor realmente conhecesse este argumento,não o utilizaria,pois foi com esse argumento que o Richard Dawnkins foi chamado de covarde pelos próprios ateus.

        • Continuando,

          7-Resposta: Você afirma em tópicos anteriores que no sentido histórico a Igreja Católica se aproximava mais da Bíblia ao contrários dos Protestantes.Eu simplesmente pedi que comprovasse isso,o que por sinal não fez.Sobre o ato de ser tapado ou não isso não vem ao caso do que estamos conversando.Mais me admira que uma pessoa que se diz professor,aja com uma falta de respeito perante as pessoas que pensem diferente de você.Como eu falo.Hoje formamos pessoas que certamente são despreparadas para assumir cargos.

          8-Resposta:Não quero que se chateie, não é minha intenção.Com todo respeito. Estranho seria um Deus que amasse as pessoas e que tivesse por obrigação salvar os que a rejeite( isso em suma seria sem nenhuma base lógica).Mais fica algo como reflexão: Se cabe a mim acreditar ou não nesse Deus como você afirma.O ato de ir para o inferno ou não seria 100% decisão minha e não de Deus.Este argumento de que não existe comprovação poderia ser usado o inverso: Não existe comprovação da não existência de Deus e isso os ateus mais estudiosos sabem disso,como nunca utilizam este argumento num debate.

          9-Resposta: Demonstraram a fé cristã sim , mais todas são de cunho protestantes e não vale a pena comprovar isso mais do que já mostrei. A Bíblia nunca foi um livro Católico, se realmente for Professor de Historia saberia muito bem que o Antigo Testamento já havia sido escrito muito antes do surgimento da Icar. Agora sobre o ato de estas terem e estão sendo prósperas afirmando que foi por causa do afastamento da doutrina é uma falácia “Ad Hominem” composta simplesmente de especulação sem nenhuma comprovação. Uma Universidade não se constrói e não se afirma como umas das melhores de uma hora pra outra,isso é feito gradativamente e todo mundo sabe disso.Estas Universidades já se destacavam desde aquela época.

          • Fico pensando com meus botões até quando essa conversa vai se estender.O assunto da notícia é um e o debate gira em torno de outras coisas que não possui nexo com a notícia.
            Com todo respeito caro Ateu e Atoa. Chega!

          • vou te responder só o que me chamou mais atenção pra não delongar a conversa, veja que cada resposta minha vc vem com tres ou quatro novas duvidas e vai alargando o texto. ai fica dificil de conversar kkkk

            mas vamos lá. Rafael. PELO AMOR DO SEU DEUS (kkk) não se deduz que existiam orações caríssimo, as inscrições foram encontradas de fato em suas linguas originais (hebraico na maioria) e traduzidas, revelando-se em orações e interseções a “alma dos mortos”.

            então Rafael, entenda por favor, ESSE FOI UM EXEMPLO DOS ERROS DE ENSINAMENTO DO PROTESTANTISMO E DA PROXIMIDADE DA IGREJA CATÓLICA COM OS PRIMEIROS CRISTÃOS. aqui já morre muito da nossa conversa.

            para mostrar todos os erros doutrinários do protestantismo atual (já que no início o apartamento trouxe poucas diferenças) teria que escrever um livro (não seria uma má idéia não é?) e passar a etudar todas as denominações protestantes. imagina só, levaria centenas de anos ou demandaria um batalhão de colaboradores. ou vc acha que a DOUTRINA DA IGREJA MUNDIAL ESTÁ DE ACORDO COM A BIBLIA, OU É A DOUTRINA DA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS, OU É A DOUTRINA DA ASSEMBLÉIA DE DEUS ETC??? não me faça esse tipo de pedido Rafael, eu nem acredito em deus, como posso fazer um milagre destes? kkkkkkk

            Sinceramente eu não havia me atido com atenção as datas e “autores” do dia de finados, mas me ative aos fatos comprovados, como os achados arqueológicos que te falei (fatos que vc facilmente encontra em buscas simples na própria internet), contudo, vendo pela ótica Católica, e tendo como verdade o que vc falou sobre a instituição do dia de finados, vemos que os sacerdotes católicos apenas oficializaram algo que os primeiros Cristãos já faziam, ou seja, estão de acordo com os ditames dos primeiros anos da era Cristã, quando a Igreja Católica nem existia com esse nome, e antes da fada “corrupção da igreja por parte do império Romano” que se daria a partir de Constantino em meados do Séc 325.

            e quanto ao Apóstolo Paulo, ele fazia sim caro Rafael uma oração intercessória a um tal de “ofésio ou omnésio” algo assim (procurei a postagem do Reinaldo mas não encontrei pra te falar com certeza), a uns meses atras quando ele se referiu a tal, eu fui verificar na biblia, e de fato, lendo o texto de Paulo evidencia-se que ele pedia por um amigo já falecido, e lendo outros trechos comparando com aquele, vemos que de fato, à epoca da “oração”, vemos que o tal realmente já era falecido. OU seja, O PRÓPRIO APÓSTOLO FEZ UMA INTERCESSÃO POR UM FALECIDO. Não que eu esteja de acordo, mas concordo que se é pra seguir o livrinho de fábulas, que seja fidedigo a ele.

            Mas vc está correto Rafael. não vamos chegar a lugar algum mesmo, vc está com a mente engessada demasiadamente.

            porém gostaria que vc tentasse me fazer entender um pouco mais sobre esse deus (olha que o Reinaldo já tentou bastante e com bons argumentos, mas falhou)

            me tire uma dúvida.

            neste mesmo site, vi uma postagem sobre um padre que pediu uma mãe abandonasse o filho por ser guei, acho que vc deve ter visto… bem, dentre os comentários, eu li um criticando o padre por isso, dizendo algo assim : – ” Como que esse fulano tem coragem de pedir para uma mãe abandonar um filho só porque é guei, que Cristão é esse?”

            Bem, estive pensando, e vou exemplificar para vc: digamos que um individuo (homem ou mulher) seja uma pessoa ótima, bondosa, caridosa, trabalhadora, respeitadora das Leis e com uma fé grande nesse seu deus, porém ela tem desejos homossexuais e acaba se “casando” com outra pessoa do mesmo sexo, porém, não se esquece de deus em momento algum da vida, sempre fazendo suas orações, suas boas ações etc. digamos que essa pessoa morra nessa condição, pecadora, fazendo algo abominável aos olhos do seus deus e totalmente reprovado pela bíblia. ELA VAI SER CONDENADA AO FOGO DO INFERNO? seu deus, mesmo amando esse “filho” e sabendo do amor que esse filho lhe tinha, vai atirá-lo no sofrimento eterno devido a esse pecado?

            então? deixe-me te falar mais uma coisa, o Reinaldo me disse que esse sofrimento eterno não se refere a sofrimento físico, mas sim o sofrimento de estar “apartado” do amor de deus (disse algo assim, claro que mais profundo que isso) mas não me convenceu, e veja porquê: eu sou pai Rafael, e meus filhos não demonstram inclinação para homossexualidade (ainda bem, não que eu seja preconceituoso, mas prefiro que não) contudo, sinceramente, se algum deles demonstrasse esse lado, apesar de um sofrimento grande, pode ter certeza que eu aceitaria isso em um filho meu, pois os amos demais, demais para me “apartar” deles por algo que eu não concordo. agora vcs dizem que esse deus é tão amoroso, ama tanto seus filhos, porém não aceita MUITA coisa, mas muitas mesmo.

            pense, e se possível me responda.

DEIXE UMA RESPOSTA