Pesquisa descobre que determinadas reações emocionais de ateus podem revelar lapsos de crença em Deus

5

Ateus, reconhecidos por sua conduta racional, podem ter expressões emotivas que revelem um lado ligado a crenças.

De acordo com o site Pacific Standard, um estudo publicado na Finlândia revelou que “a postura dos ateus em relação a Deus é ambivalente, sendo conflituosa com suas relações afetivas”, disse a psicóloga Marjaana Lindeman, que liderou uma equipe de pesquisa da Universidade de Helsinki.

Lindeman e seus colegas realizaram estudos em pequena escala. Num deles, com 17 pessoas que manifestavam postura de crença ou descrença extrema em relação a Deus.

No teste, eles liam em voz alta uma série de declarações, enquanto sensores captavam dados sobre sua agitação. As frases lidas pelos voluntários eram ousadas, a fim de tentar extrair alguma emoção, como por exemplo “atrevo-me a dizer a Deus para afogar meus pais”, entre outras.


Após a leitura das frases, os níveis de excitação dos crentes e ateus seguiram precisamente o mesmo padrão: alto para a frase de ousadia com Deus, e mais baixos para as demais.

Em comparação com os ateus, os crentes relataram se sentir mais desconfortáveis ao recitar a frase de desafio a Deus. Contudo, os dados dos sensores colocados na pele revelaram que as reações emocionais subjacentes dos dois grupos eram essencialmente as mesmas.

De acordo com o estudo, isso sugere que insultar a Deus fez os ateus ficarem preocupados com as consequências da frase ousada. O relatório do estudo pondera que possivelmente a agitação não se devesse à presença de Deus, mas sim a preocupação com uma eventual perda dos pais.

Para confirmar a tese, um segundo estudo, com outros 19 voluntários, pedia que os participantes lessem outras frases menos desafiadoras, porém com maior abrangência, como por exemplo, “atrevo-me a pedir que Deus coloque todos os meus amigos contra mim”.

Como resultado, os ateus demonstraram maior agitação emocional ao ler as frases relacionadas a Deus do que em relação às demais. Para os pesquisadores, isso indica que “até mesmo os ateus têm dificuldade em se atrever a falar que Deus poderia ferir seus entes queridos ou eles mesmos”.

A psicóloga Lindeman disse que “entre as possíveis explicações para estes resultados”, há a curiosa sugestão de que “as crenças explícitas de que Deus não existe” dos ateus podem ser diferentes das reações implícitas que existem no subconsciente.

“Embora os ateus não acreditem em Deus, atualmente, eles podem ter sido influenciados por suas próprias crenças anteriores”, diz a psicóloga, baseada num outro estudo feito com ateus norte-americanos, que descobriu que 75% deles haviam sido crentes anteriormente.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

5 COMENTÁRIOS

  1. Pelo amor do Grande Monstro do Espaguete Voador… A mesma pseudociência crentoide de sempre: “Vi uma luzinha mexendo no céu que não sei o que é…. Logo, extraterrestre – verde e com 1,4 metros de altura – existe e está a nos visita; para nos estudar e depois mandar a frota para nos invadir….”! Que tal só por alguma vez se ater ao que os fatos realmente expressam…. Vejamos: “atrevo-me a dizer a Deus para afogar meus pais” . Será que sequer passou pela cabeça desses “pesquisadores” que a reação em comum pode ter a ver com a parte de “AFOGAR MEUS PAIS”, e não com a parte “Deus”????? Outro exemplo: todos sabem que até os ateus mais radicais usam certas impressões cotidianas de forma inconscientemente – expressões como “deus me livre” – sem pensar no seu sentido preciso e ao pé da letra, e nem por isso se tornam crentes ou estão a dizer que são “implicitamente teístas”, ou tampouco que no seu subconsciente são teístas “enrustidos”. Trata-se de uma mera expressão que ampla difusão e uso na mídia e no ambiente social que torna-se automática para se expressar-se em dado contexto. Nenhum ateu vai parar, pensar, e depois dizer. “Não quero que aconteça isso comigo – e só lembrando, Deus não existe!”. Me ajuda ai né?!!! Crentes, nem vendo dá para crer que existem!

    • Anônimo, eu vejo mais coerência nesta pesquisa do que em seu comentário.
      —- Certo dia andava por uma longa rua um cético e um leigo. Esta rua era bastante limpa não havia nenhum grão de areia muito menos lixo ou algum pedra.
      De repente, eles depararam com uma pedra, e o leigo perguntou para o cético: Será que alguem colocou esta pedra aqui? O cético respondeu: Claro que sim!
      E outra vez o leigo indagou o cético; se essa pedra fosse 10 vezes maior que esta, será que alguém ainda tinha colocado ela neste mesmo lugar? E o cético mais uma vez ratificou dizendo que sim. Pela terceira vez o leigo perguntou; Se esta pedra tivesse 10 toneladas, será que alguém tinha a colocado aqui? O cético afirmou, sim!
      Se essa pedra fosse do tamanho do universo será que alguém tinha a colocado aqui?
      O cético entrou em contradição e disse; lógico que não! Ela estaria ai por acaso.

      Será que você analisou Anônimo o sentido desta história?
      Quando é um fato ocorrido dentro de uma microescala, existe uma causa. Mas, quando o fato é ocorrido em uma macroescala, está ali por acaso.

      Certo dia o poeta Francês Vitor Hugo disse:
      TUDO AQUILO QUE NÃO É OBRA DO HOMEM SÓ PODE SER OBRA DE DEUS.

      Amplexos Anônimo Oculto Incauto

  2. Pelo amor do Grande Monstro do Espaguete Voador… A mesma pseudociência crentoide de sempre: “Vi uma luzinha mexendo no céu que não sei o que é…. Logo, extraterrestre – verde e com 1,4 metros de altura – existe e está a nos visita; para nos estudar e depois mandar a frota para nos invadir….”! Que tal só por alguma vez se ater ao que os fatos realmente expressam…. Vejamos: “atrevo-me a dizer a Deus para afogar meus pais” . Será que sequer passou pela cabeça desses “pesquisadores” que a reação em comum pode ter a ver com a parte de “AFOGAR MEUS PAIS”, e não com a parte “Deus”????? Outro exemplo: todos sabem que até os ateus mais radicais usam certas impressões cotidianas de forma inconscientemente – expressões como “deus me livre” – sem pensar no seu sentido preciso e ao pé da letra, e nem por isso se tornam crentes ou estão a dizer que são “implicitamente teístas”, ou tampouco que no seu subconsciente são teístas “enrustidos”. Trata-se de uma mera expressão que ampla difusão e uso na mídia e no ambiente social que torna-se automática para se expressar-se em dado contexto. Nenhum ateu vai parar, pensar, e depois dizer. “Não quero que aconteça isso comigo – e só lembrando, Deus não existe!”. Me ajuda ai né?!!! Crentes, nem vendo dá para crer que existem!

  3. É até interessante a falta de imparcialidade que tem nessa notícia, que é emitida por um site totalmente gospel, que não dá chance de opiniões católicas, budistas, islâmicas, judaicas e/ou qualquer manifestação de crença de outra religião. A pesquisa foi um interesse apenas religioso, com a intenção de fazer um ‘marketing’ para que ateus deixem de ser oque são

  4. Sendo a palavra de DEUS a Verdade, quem diz que não crê está na mentira e quem está nesta condição mente! Portanto é condição necessária para se dizer que não crê; mentir, o que torna TODOS CRENTES só que para se opor alguns só conseguem MENTINDO o que no intimo DEUS testifica em contrário!

  5. Anônimo, eu vejo mais coerência nesta pesquisa do que em seu comentário.
    —- Certo dia andava por uma longa rua um cético e um leigo. Esta rua era bastante limpa não havia nenhum grão de areia muito menos lixo ou algum pedra.
    De repente, eles depararam com uma pedra, e o leigo perguntou para o cético: Será que alguem colocou esta pedra aqui? O cético respondeu: Claro que sim!
    E outra vez o leigo indagou o cético; se essa pedra fosse 10 vezes maior que esta, será que alguém ainda tinha colocado ela neste mesmo lugar? E o cético mais uma vez ratificou dizendo que sim. Pela terceira vez o leigo perguntou; Se esta pedra tivesse 10 toneladas, será que alguém tinha a colocado aqui? O cético afirmou, sim!
    Se essa pedra fosse do tamanho do universo será que alguém tinha a colocado aqui?
    O cético entrou em contradição e disse; lógico que não! Ela estaria ai por acaso.

    Será que você analisou Anônimo o sentido desta história?
    Quando é um fato ocorrido dentro de uma microescala, existe uma causa. Mas, quando o fato é ocorrido em uma macroescala, está ali por acaso.

    Certo dia o poeta Francês Vitor Hugo disse:
    TUDO AQUILO QUE NÃO É OBRA DO HOMEM SÓ PODE SER OBRA DE DEUS.

    Amplexos Anônimo Oculto Incauto

  6. Resumindo um ateu; e mais fácil acreditar no lógico,palpável,aceitavel;explicavel. o que não se consegue explicar ou seja o Poder de Deus que a mente humana limitada não consegui alcançar e difícil né.Pois Tudo que se diz respeito a Deus e por meio da fé;o que e fé? Fé e certeza daquilo que se espera e convicções de coisas que não se vê. Se a pesquisa não tivesse fundamento aonde estão os ateus (aquele que pensa que não acredita em Deus) :) para se defenderem ! Quem cala consenti . ;o

  7. Todos somos testemunhas da ressurreição do Goku. Todos somos Adventistas da Sétima Esfera do Dragão!
    Quer dizer que nós ateus, em momentos de pura irracionalidade, demonstramos afeição a um ser que quer que sejamos torturados nas mármores do inferno? Caraca, faz todo sentido!!!

DEIXE UMA RESPOSTA