Professor é acusado de bullying contra aluno cristão que defendeu a Bíblia Sagrada como livro de relatos reais

20

A intolerância religiosa possui vários aspectos e um dos ambientes em que tem se tornado mais corriqueira é o escolar. Um caso recente nos Estados Unidos forçou uma entidade de defesa da fé a se manifestar em defesa de um aluno que expressou sua crença e foi vítima de bullying de um professor.

No estado norte-americano da Califórnia, uma tarefa de literatura passada pelo professor resultou num constrangimento a um de seus alunos. O exercício era baseado na leitura em casa de um livro de não-ficção durante 30 minutos. No dia seguinte, o professor iria conferir se o livro escolhido tinha sido adequado e ler o relatório dos alunos.

Quando fazia as correções, o professor deparou-se com uma Bíblia e questionou o aluno se ele considerava o livro sagrado como um relato da realidade. “Honestamente, eu acredito que seja”, respondeu o aluno.

Insatisfeito, o professor pegou o livro e dirigiu-se aos demais colegas de sala questionando se alguém mais considerava a Bíblia Sagrada como um relato histórico. A atitude do professor foi enfrentada por outros dois alunos, que ergueram as mãos dizendo que acreditavam ser real o que a Bíblia conta.


Porém, as reações negativas à atitude do professor se intensificaram, e a entidade Advocates for Faith and Freedom (algo como “defensores da fé e liberdade”) posicionou-se em repúdio à postura adotada pelo educador.

“Este foi um exemplo da crescente hostilidade em relação ao cristianismo, que é visto nas salas de aula de escolas públicas, e assim acreditamos que devemos tomar uma posição. Acreditamos que as ações desse professor violam a Cláusula de Estabelecimento, que obriga o Estado a manter-se neutro em questões de religião”, afirmou Robert Tyler, presidente da entidade.

Segundo Tyler, há dois pesos e duas medidas na forma como as autoridades lidam com questões semelhantes: “Hoje em dia, não há restrição ao bullying contra estudantes cristãos por parte dos professores. Se um professor agisse da mesma forma contra um estudante homossexual, com base na orientação sexual do aluno, o professor seria disciplinado de forma séria e significativa. Mas por alguma razão, esses professores sentem que têm a capacidade de se envolver em este tipo de hostilidade e tentativa de humilhar os alunos cristãos”, protestou, de acordo com informações do Christian Post.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

20 COMENTÁRIOS

      • CASSIO, PARECE QUE ALÉM DE GAY VOCE É MAL INFORMADO, O COMENTÁRIO NESTA NOTICIA APENAS TRANSPARECE QUE OUTRAS QUE FORAM NESTES DIAS VEICULADAS, ONDE ATEUS E GAYS SE OPUSERAM , E SEUS DIREITOS FORAM PRONTAMENTE RESPEITADOS E ATÉ UMA ESCOLA TEVE DE PAGAR INDENIZAÇÃO…OK QUANTO A SER RETARDADO SOU MESMO HAHAHAHAHAHA

        • o cassio esta num nervo cuidado pru nervos num sai pulando mutia carma nesta hora essa brabesa esta estampada do seu porque nas palavras de defesa aos consumidor de coisas

        • esquenta com o cassio não Clamando e que esta estampado nas palavras de defesa dos consumidor de coisas que ele escreveu o home ta cum os nervos a flor da pele, deixa ele tomar o cha com ch de funcho ai ele vai ficar bao, ai como diz o EX ele vai falar ate com o dedinho mindinho na boca cururuis credo

      • Cururuis credo tuis anda mutio nervosa, mutia carma nesta hora toma um cha com ch de funcho que e mutio bao pra os nervoristicos e bao tamem pra o estomago, assim tuis fica carminho carminho, essa brabesa sua esta estampada do porque da mesma em suas palavras, então como disse mutia carma nessa hora

  1. a mais fajuta conversa que vejo,por alguém é a tal (sou ateu),é tão fajuta que é até em minusculo que se escreve (ateu) o ser humano ja nasce com a consciência de criação e criador,e acabou deixa de besteira e se converte e pronto asno……

  2. Certa vez um professor entrou em uma discussão entre dois alunos sobre a travessia do povo Hebreu no Mar Vermelho assim afirmando: Caros alunos no referido mar em certas épocas de maré baixa pode-se passar com água pela canela, e foi isso que aconteceu com eles; no mesmo instante o aluno cristão levantou-se e gritou: Aleluias, o milagre foi ainda maior que eu pensava, e, tanto o professor quanto os alunos não entenderam nada, prontamente o entusiasmado aluno clareou as idéias deles – Se passaram com água pela canela, tudo bem, agora me conta como um exército com seus cavalos e cavaleiros morrem afogados com água pela canela, é muito milagre pra um dia só.

    • sinceramente vocÊs estão perdendo tempo com essas besteiras,o ser humano sempre vai ser contra qualquer coisa!quem se diz cristão deve fazer a sua parte amando o próximo e o respeitando!

    • sinceramente vocÊs estão perdendo tempo com essas besteiras,o ser humano sempre vai ser contra qualquer coisa!quem se diz cristão deve fazer a sua parte amando o próximo e o respeitando!

  3. sinceramente,o ser humano está perdendo muito tempo com essas besteiras,sempre vai ser assim qualquer ser humano vai ser contra qualquer coisa,não importa o que!
    agora para todos que se dizem cristão,amem ao proximo e respeitem o próximo,independente de qualquer.coisa!

  4. Atacar argumentos não é bullying. Atacar a moral de uma pessoa sim. A Bíblia afirma que é o Sol que gira em torno da Terra, que morcegos são aves e que baleias são peixes, entre outras alegações que se desencontram dos fatos. O professor fez bem ao questionar o aluno, e ao que parece, não o insultou, nem o agrediu moralmente.

    • Se alguém na frente de várias pessoas colocasse em cheque tudo aquilo em que você acredita, simplesmente pelo fato das opiniões dele serem contrárias as suas, em uma demonstração clara de ironia e deboche, como você sentiria?

  5. ESSE professor deve ser um ateu atoa como temos uns energúmenos aqui neste site, pois e verdade que neste site esta infestado de pragas ateias energuminadas e vibriaticas coléricas com argumentos puramente dominoides satanaticos de uma ignorância nas coisas de Deus, dignos da jumentadologia burrologica dos quintos beiraticos terceirizados e centranoides do fuso do inferno

  6. ESSE professor deve ser um ateu atoa como temos uns energúmenos aqui neste site, pois e verdade que neste site esta infestado de pragas ateias energuminadas e vibriaticas coléricas com argumentos puramente dominoides satanaticos de uma ignorância nas coisas de Deus, dignos da jumentadologia burrologica dos quintos beiraticos terceirizados e centranoides do fuso do inferno

  7. Onde está explícito que houve bullying do professor ?? Ele apenas fez uma pergunta aos alunos, notaram ? O artigo não contem nenhuma outra frase do professor, que possa ser interpretada como bullying. Vou repetir a pergunta do professor : “Vc. acredita que a bíblia é um relato da realidade ? ” Notaram ?

DEIXE UMA RESPOSTA