Projeto quer acabar com o feriado no dia dos evangélicos, segundo deputado

Alegando que o feriado no dia dos evangélicos prejudica o andamento do comércio, deputado cria projeto que pretende extinguir a folga durante a comemoração. O texto deve ser apresentado nesta terça feira

0

O deputado Heitor Júnior (PDT-AC) está elaborando um projeto de lei para ser apresentado nesta terça na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que visa acabar com o feriado no dia dos evangélicos, em 23 de janeiro, e dos católicos, no dia 20 do mesmo mês, ambos comemorados no estado do Acre.

Para o deputado Heitor, que é evangélico, a intenção não é eliminar as datas comemorativas, mas sim a folga nesses dias. Segundo ele, não é justo que o comércio seja prejudicado por conta do feriado:

“O projeto vai ter a data comemorativa, mas não vai ser mais feriado. Não justifica algo que atrapalha os comerciantes, o andamento normal do comércio. Sou evangélico e estou propondo a extinção das datas. Já conversei com meus colegas e estão de acordo”, disse ele em publicação no G1, dizendo também que já tem o apoio dos colegas para aprovação da medida.

“Estou fazendo os embasamentos jurídicos, porque as comissões ainda não foram formadas nesta legislatura de 2017. Estou esperando a construção dessas comissões”, acrescentou.


O dia dos evangélicos em um ano especial

O dia dos evangélicos no Brasil é comemorado em 30 de novembro, mas alguns estados possuem datas diferentes. No caso do Acre, a data foi criada em 2010 pelo então deputado Helder Paiva. Seguindo a mesma iniciativa, em novembro de 2015 o também deputado Manoel Moraes (PSB-AC) elaborou outro projeto pedindo a criação do dia dos católicos, o qual teve aprovação da maioria dos parlamentares.

Dessa vez, se aprovada a proposta do deputado Heitor Júnior, ambos os feriados serão extintos, mas o dia dos evangélicos continuará existindo para recordação tanto em 23 de janeiro, no Acre, como em 30 de novembro no Brasil inteiro.

Esse ano em especial a data possui um motivo a mais para comemoração, porque em 31 de outubro a Reforma Protestante vai completar 500 anos de história. Portanto, os evangélicos em 2017 terão entre outubro e novembro um mês inteiro de muitas comemorações, e isso, claro, independente de ser feriado ou não.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA