Refém ora durante assalto, evangeliza criminoso e o convence a se render à Polícia

0

Uma refém resolveu apresentar Deus ao bandido que a mantinha sob ameaças e dessa forma o fez desistir do assalto e se entregar à Polícia.

Carrie Coy foi a uma loja no último domingo, 30 de outubro, comprar um cartão de aniversário. Ela havia acabado de sair do culto vespertino na igreja que frequenta, em Dallas, Texas (EUA).

Quando estava na fila do caixa, um jovem entrou na loja, agarrou-a e a arrastou para a parte de trás da loja. Identificado como Jose Torres, o homem segurou Carrie por uma hora, de acordo com informações do Christian Today.

Mantendo a calma, ela começou a orar e falou com o rapaz, que apontava uma arma para ela: “Quando ele me puxou e nós caímos no chão, ele disse: ‘Eu fiz algumas coisas ruins, mas eu nunca machuquei ninguém’. Ele disse: ‘Eu nunca machuquei ninguém’. Então, eu disse: ‘Se você não vai machucar ninguém, você poderia tirar essa arma do meu rosto?’, perguntei a ele”, relembrou Carrie.


A maneira que ela encontrou de manter-se em paz foi repetir para si mesma que o medo não vem de Deus: “Eu não havia sentido medo, mas disse para mim mesma: ‘Deus não nos dá um espírito de medo, Deus não nos dá um espírito de medo’”, disse.

Assim, sentindo-se em paz, ela falou sobre o amor de Deus para o rapaz: “Eu disse: ‘Você sabe, Deus ainda te ama, eu não sei o que você fez, mas você vai piorar as coisas se continuar assim. Lembre-se que Deus ainda te ama’”. Com isso, Jose Torres foi se acalmando aos poucos e se entregou à Polícia ela disse.

Carrie saiu ilesa do incidente e foi recebida pelo marido, que a esperava do lado de fora da loja. À imprensa, ela afirmou que a oração deu forças para suportar o momento de tensão: “Todo o tempo, eu sentia paz, Deus estava no controle e Ele cuidou de mim e de todos os outros”.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA