Sobrevivente a capotamento de ônibus diz que “a mão de Deus” o protegeu no acidente

0

Um dos sobreviventes do capotamento de um ônibus na Rodovia Presidente Dutra, que deixou três mortos e 23 feridos na madrugada da última segunda-feira, 20 de janeiro, atribui a uma intervenção divina o fato de ter saído ileso.

“Foi a mão de Deus. Não acredito que tenha sobrevivido em um acidente feio como esse”, disse o vendedor ambulante Fábio Santos, de 46 anos.

O acidente aconteceu na região de Pindamonhangaba, cidade do interior de São Paulo localizada a 162 Km da capital paulista. O ônibus seguia viagem com destino a Itaguaçu, cidade a 130 Km de Vitória, capital do Espírito Santo.

O ambulante vive em São Mateus (ES) e tem o hábito de vir a São Paulo para fazer compras no bairro do Brás, conhecido pela grande quantidade de atacadistas especializados em vestuário. Para Fábio, vai demorar para entender o que aconteceu: “Depois do acidente ainda ajudei duas pessoas a saírem do ônibus. Ainda não acredito que tenha conseguido sobreviver”.


Entre as vítimas fatais, duas eram mulheres, e uma ainda não foi identificada. As outras duas vítimas são Cristiane Costa Brandão, com idade aproximada de 30 anos, e Wildegard Gomes da Costa, 44 anos.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA