Sobreviventes do desabamento de prédio em São Paulo agradecem a Deus pelo resgate com vida

2

O desabamento de um prédio em obras na zona leste da cidade de São Paulo deixou até agora nove mortos e 26 feridos, e os bombeiros continuam os trabalhos em busca de um pedreiro que continua desaparecido entre os escombros.

Entre os sobreviventes, três operários contaram os momentos de pavor vividos antes de serem resgatados. Os eletricistas Silvio Rogério Rodrigues, 28; Bento Lopes, 37; e Rubens Antonio de Oliveira, 44, foram entrevistados pelos jornalistas e agradeceram a Deus a sobrevivência.

“Eu só pedia a Deus para sobreviver”, afirmou Silvio, referindo-se ao tempo em que ficou sob o entulho. “Achei que ia morrer, não dá nem pra falar o que foi. O teto desabou e foi levando tudo. Corri para um quarto, duas paredes caíram, mas o teto ficou. Só bati um pouco o braço, nada grave. Quem me salvou foi Deus”, relatou Bento Lopes.

Já Rubens Oliveira afirmou à mulher, Noemia Matos, que acredita ter saído vivo por milagre. “Ele ficou soterrado a uns dois metros de cima da laje. Um bombeiro colocou uma lanterna em uma fenda e gritou se ele estava conseguindo ver. Ele rastejou até a luz e os bombeiros começaram a puxá-lo para cima. Ele pensou que ia morrer e agradeceu muito a Deus por não ter deixado ele morrer. Eu fico triste pelos outros, que não tiveram a mesma sorte. Mas Deus vai consolar cada um deles”, disse a esposa ao G1.


Após o final dos trabalhos de resgate realizado pelos bombeiros, a perícia iniciará a investigação sobre as causas do desabamento.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


2 COMENTÁRIOS

  1. Esse tal de Anta mendel e o cara negativo deste site, vai ser burroloide la pras cucuias assim ele fala mal dos crentes TU es um energúmeno vibriatico Tu es um polo negativo portanto deves ser gay e palavra de um gay negativo como tu fica dificio de alguém concordar,

DEIXE UMA RESPOSTA