Reverendo cria festival de cerveja em sua igreja para atrair fiéis e faz sucesso

36

As estratégias de líderes cristãos para manter fiéis frequentando as igrejas variam bastante, e na Inglaterra, um reverendo resolveu ousar o suficiente para se tornar manchete na mídia cristã internacional.

Líder da Diocese de Richfield, da Igreja da Inglaterra, Chris Rushton resolveu organizar um festival de cerveja, a fim de trazer de volta aos fiéis. No festival, os visitantes degustam as cervejas, trocam ideias e ouvem um sermão disfarçado, em meio às conversas.

A iniciativa fez tanto sucesso que já está no quarto ano, e é patrocinada por uma cervejaria local, segundo informações do Christian Today.

As reuniões, realizadas em salões anexos ao templo da igreja, tem tido público crescente a cada ano, e de quebra, o festival tem gerado lucro, que é revertido para as atividades da Diocese.


No festival de 2013, haverá catorze marcas de cerveja diferentes, e a expectativa é que o número de fiéis que compareçam ao festival, que vai de quarta a sábado, seja recorde.

Assista ao depoimento do reverendo sobre a iniciativa:

Assine o Canal

*Se necessário, use o serviço de legendas do YouTube

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

36 COMENTÁRIOS

  1. Realmente uma estratégia polemica, mas como cerveja é um tabu dentro da comunidade evangélica, creio que a maioria dos comentários serão de reprovação. Mas pelo que fui informado, na europa as denominações não tem muito essa restrição a bebidas alcoólicas… o membro beber cerveja por lá não causa tanto escandalo como aqui no brasil.

    É um estratégia, e se está resultando em almas, sem escandalos (ninguém se embebedando) e está atraindo a atenção, penso ser interessante… não sei se essa estratégia daria certo no brasil, pois a restrição ao consumo de bebidas por aqui é muito forte, mas para a cultura européia pode até ser válido.

    Eu não bebo, nem recomendo que ninguém beba, mas consumir bebida alcoólica com moderação não tem pecado. Mas se o fato de vc beber um copo de cerveja escandaliza o seu irmão, por favor, não beba.

    • Stardust,me perdoa,msmo sendo cultura do local ,não está certo,acaso o evangelho que tem que ser adaptado conforme a cultura do local?Eu creio que nós que temos que adaptarmos nossa vida ao evangelho,ainda que tenha que renunciar varias coisas(cultura,manias,vicios,coisas que gostamos,mas que não agradam a Deus etc)

      • nubia

        Eu já esperava reações como a sua… cultura… obviamente entendo e concordo com seu raciocínio… ora… o evangelho é igual em toda a parte… mas eu falo é em relação a doutrinas dos homens…

        por exemplo: a teologia da prosperidade é amplamente aceita nos EUA… aqui ela causa polemica… entendeu? é coisa da cultura do país.

        Quando eu falei em cultura da igreja, eu quis dizer em relação mais ao entendimento dos homens… na europa realmente não há tanta restrição do consumo de bebidas alcoólicas por parte dos crentes… já aqui no brasil isso é quase que 100% repudiado nas igrejas… é a cultura local… a forma de evangelização na europa não entende que bebida seja algo “do diabo” coisa que aqui no brasil já é causa de escandalo.

        entendeu o que eu quis dizer nubia? não estou fazendo apologia ao consumo de bebidas, tanto que eu não bebo, nem recomendo ninguém beber, mas biblicamente eu não consigo ver restrição ao consumo moderado de bebida alcoólica.

        Beber demais é tão reprovável como comer demais…

        Espero ter sido mais claro agora… e vc está bem? está melhor? depois do que vc contou fiquei com preocupação…

        • Falou tudo meu caro, pena nem todos entenderem! Eu que sou europeu, e não sou apreciador de álcool, conheço aqui em Portugal, pastores brasileiros que já bebem cerveja e vinho. Mas nunca os vi bêbedos. Mas tem de beber às escondidas de membros brasileiros de suas igrejas. Mas essa de Jesus fazer o milagre de transformar água em suco de uva sem álcool, só mesmo de quem não conhece a Bíblia e nem a cultura das terras bíblicas e nem conhece a Jesus. Na noite da santa ceia, o que ele deu a beber a seus discípulos? Foi suco de uva? Ou foi vinho fermentado? Aqui no Hemisfério Norte a colheita das uvas é em Setembro e está atualmente a decorrer aqui em Portugal, lógico que no mês de Nisa, o vinho era fermentado! Entendido?

          • Da silva

            ainda bem que vc é portugues (e por consequencia europeu) e pode confirmar o que eu disse… aqui no brasil, a forma que o evangelho foi pregado nesses 100 anos, foi se instalando essa cultura de que “crente não pode beber”. Mas eu sei que na europa não há esse tipo de ensino… é como eu disse…. cultura diferente.

            biblicamente não há restrição ao consumo de bebidas alcoólicas, desde que se observado os limites, obviamente! o pecado é se embriagar, se viciar, não controlar… ora, beber muito é tão pecado quanto comer muito.

            nem beberrões nem glutões herdarão o reino dos céus… então se entende que beber e comer com moderação não é pecado.

            infelizmente aqui no brasil muito se fala contra o beber, mas nada contra o comer além da conta… é realmente uma hipocrisia só. E eu não falo que beber bebidas alcoólicas não seja pecado em causa própria, visto eu não beber nada que contenha alcoól, nem recomendar o consumo desse tipo de bebida, mas dizer que a bíblia condena beber um copo de cerveja, ou vinho, ou champagne é pecado, isso não tenho base bíblica.

            Jesus transformou água em vinho… não foi em suco de uva… se consumir bebida alcoólica fosse pecado, obviamente o Senhor Jesus não teria realizado tal milagre…

            Os evangélicos aqui no Brasil tem esse problema em “demonizar” qualquer tipo de bebida alcoólica, mas nós cristãos não temos esse problema. Sabemos que não há problema no consumo moderado e responsável desse tipo de bebida.

            Ou será que os evangélicos do Brasil acham que Jesus só bebeu guaraná?

      • edy

        Eu estou com a cara gorda porque depois que deixei o engano que é a iurd, comecei a engordar.

        agora imagina se não tavam arrancando minha gordura sem dó lá na iurd…

          • Stardust,li comentários dele sobre vc ,sobre gay,prefiro acreditar ke vc esta enganado,nao acredito que um ser ke conhece a Cristo trate um semelhante seu da forma ke ele trata

          • Nubia
            Boa tarde!
            Não sou ateu eu gosto de pegar no pé de todo mundo aqui seja gay ou stardusts,pego no pé geral.
            Não julgue ninguém aqui pelo que escrevem pois se conhece-los pessoalmente irá se odiar.
            Eu comento aqui a mais de 5 anos e conheço a maioria antes tinha uns gays e ateus,mais não igual agora.
            Muitos dos mais antigos comentaristas deixaram de comentar aqui e eu também vou parar pois perdeu a graça.
            Mais não julgue o livro pela capa antes de conhecer pessoalmente.
            Uma vez uma AMIGA que comentava disse o seguinte:”Cuidado Internet não tem rosto”,eu guardei esta amiga era a Lúcia.
            Estas são minhas últimas postagens.
            Pois acabou a graça este site.

          • Ex,nao ti julguei,quem sou eu para julgar,mas a näo ser que vc esteja mentindo,nossos comentarios aqui,saem do coraçao,o que nós somos e pensamos,e escrevo novamente seus comentários não são de um cristão.boa tarde pra vc tb,sem mais

          • nubia

            O edy pode encher a boca pra falar:

            “eu sou a universal”

            Agora vc imagina pq eu caí fora dessa organização… Foi um livramento de Deus na minha vida!

          • Nubia
            Não gosto de seguir cartilhas entendeu?
            Não sou hipócrita!
            Se acha que menti.
            Problema seu.
            Quem me garante que você é este poço de santidade?
            Suas palavras aqui.
            Ou não acompanha os noticiários pedófilos,enganadores e o próprio satanás vem disfarçados de bonzinhos,eu sou assim e acabou agora entendo por causa das sua frustração com seus pastores,e fica elogiando e dando as mãos a Jussara stardust.

          • edy

            Lembre-se que a nubia não é a primeira pessoa a questionar suas atitudes não cristãs neste site…

            Mentiu dizendo que não era da iurd mas se descuidou e confessou… Lembra edy? E as outras moças que falaram das suas atitudes fora do g+…

            Edy… Realmente vc é a universal!

          • Stardust ou melhor Jussara loicano
            Você não saiu você e seu ex marido foi expurgados ou expulsos.
            Você só engana quem não te conhece aqui,eu te conheço e você nunca me desmentiu que estou mentindo a seu respeito.
            Você é a pior mentira aqui.
            Só que tem pessoas”puras”,preferem acreditar em palavras que escrevem aqui.
            Aqui e igual a papel higiênico entendeu?

          • aqui vc se refere a que? O gospel+ ou a iurd? Não entendi.

            Só se ambos forem papel…

            Gospel+ é papel antes do uso. A iurd é papel após o uso.

            Foi isso que vc quis dizer?

  2. Para STARDUST. É verdade. Aqui na Europa e em especial no Sul, Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia e nos países mediterrânicos, faz parte da cultura beber às refeições, ou seja vinho (em especial) ou cerveja. Ou na companhia de amigos para uma festinha, etc. Na Alemanha e na Inglaterra são mais de beber cerveja. (Eu não sou muito apreciador de álcool e tomo medicação, por isso não bebo, mas se não tomar medicação, gosto de um pouco de vinho tinto.) E tem sido recomendado por médicos, beber um pouco de vinho tinto às refeições, por motivos de saúde, o que está de acordo com o que Paulo disse a Timóteo para beber “um pouco” de vinho por causa de suas enfermidades no estomago. Não entendo porque as igrejas evangélicas são tão criticas para com as bebidas alcoólicas! Desde o princípio até ao fim da Bíblia, ela condena o uso imoderado de bebidas alcoólicas, mas não o uso com moderação. E quem conhecer a cultura das terras bíblicas, sabe que o vinho era usado às refeições e como medicamento, junto com o azeite. Lembra a parábola do Bom Samaritano? O problema é que no Brasil as igrejas evangélicas nem conhecem algumas das culturas e hábitos mediterrânicos que por sua vez são faladas na Bíblia, tais como: as azeitonas e o azeite, o trigo e a cevada e a cerveja, as alfarrobas, as uvas e o vinho, etc. Assim demonizam o que não conhecem. Mas fazer o que aquela igreja inglesa fez, isso está errado, tentar ganhar as pessoas através de cerveja? Isso é algo que não entendo e não concordo, pois a igreja não é para tratar o evangelho dessa maneira. Obrigado pela sua atenção.

    • Da silva

      Realmente as igrejas evangélicas em geral aqui no Brasil “demonizam” o consumo de bebidas alcoólicas… mas aqui essas denominações são assim mesmo… coam mosquito e engolem camelo… proibem o que não é proibido e permitem o que não é permitido.

      Graças a Deus eu saí fora desse meio evangélico, que é uma hipocrisia só… lideres gananciosos e amantes de si mesmos, povo mergulhado em crendices supostamentes cristãs, mandamentos de homens, misticismo em nome de Deus…

      Quando eu passei a estudar a bíblia, pude começar a ver melhor o quanto o cristianismo praticado nas denominações evangélicas é invenção de homens sedentos de poder.Quantas vezes eu deixei pastores sem resposta diante dos meus questionamentos à luz da bíblia:

      ” ei, pastor… aonde tem ministério de louvor na bíblia? ”

      ” ei, pastor… aonde na bíblia vcs pastores substituiram os levitas do velho testamento?”

      ” ei, pastor… aonde na bíblia diz que esse templo físico é a casa de Deus? ”

      ” ei, pastor… aonde na bíblia diz que cristão deve dar dízimo em dinheiro? ”

      Essas e outras perguntas sempre deixam os pastores evangélicos em apuros… claro… são ensinos baseados em ensinamentos de homens sem a devida comprovação bíblica… prefiro seguir os ensinamentos de Cristo e seus Apóstolos, do que desses caras que põe uma camisa social branca, uma gravata e se intitula pastor…

      ora… pastor tem que pastorear as ovelhas… mas a maioria dos pastores só querem tosquiar as ovelhas e não cuidam das ovelhas feridas… são mesmo os lobos devoradores mencionados por Jesus em mateus 7:15!

      O evangelho é simples… mas as igrejas evangélicas fazem questão de complica-lo…

      Só conheci o reino de Deus fora desse arraial evangélico!

      ” Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.” (romanos 14:17)

    • da Silva,da minha parte eu sei que um pouco de vinho desde que não cause tropeço em outro irmão,não é proibido,fui contra ao que o Stardust escreveu de ganhar almas dessa forma,pq é cultura do local,como se o evangelho tivesse que ser adaptado de acordo com a cultura de cada lugar,se assim fosse seria valido ganhar almas na India através de adoraçao,imagens,aki no Brasil através do Carnaval?Por isso não concordei e não concordo

      • Ok. entendi seu ponto de vista e o respeito. Claro que para apresentar o evangelho, usar cerveja, isso é um absurdo completo. Agora beber em família ou entre amigos, desde que seja moderado, não tem problema. E veja, que eu nem sou fã de bebidas alcoólicas. Cumprimentos desde Portugal.

      • Nubia, concordo plenamente com vc.
        1 Coríntios 8:9-13 é bem claro a respeito disso, não é questão de beber ou comer muito, mas mesmo bebendo ou comendo pouco… se escandalizar ou fizer o meu irmão tropeçar é pecado sim.

  3. Quando o “púlpito” é fraco e a exposição da palavra deixa de ser o atrativo, é lamentável ver as tentativas do homem em chamar a atenção! Ideias criativas, que deveriam ser “sue generis”, mas que acabam surgindo como imitação/reflexo de outras, são usadas como iscas para chamar as pessoas, e então oculta-se (melhor dizer: dilui) a mensagem, tentando conquistar o ouvinte. Esta nunca foi a estratégia dos apóstolos verdadeiros! Veja Paulo, aos Romanos, 1:16- “Não me envergonho do evangelho, que é o PODER de Deus para salvação…” Ele não estava pregando num “vácuo”: tinha todo tipo de crença e descrença em Roma, mas Paulo simplesmente afirmava a superioridade de sua mensagem. Aos Atenienses, Atos 17:16-34, Paulo apresentou o Deus que eles desconheciam, mas supostamente tentavam adorar; era exclusivo, não habitava em templos feitos por homens, mas se relacionava com vistas a salvação. Ao jovem pastor Timóteo, Paulo diz: “Prega a palavra, insta…” 2ª Tm 4:2, “ …aplica te à leitura, exortação, ensino…tem cuidado de ti mesmo, e da doutrina…” 1ª Tm 4:13,16. O que vai conquistar o fiel é a verdade, exposta de modo claro, coerente, seguida de uma vida comprometida, honesta, reflexo do senhorio de Cristo na vida do mensageiro. Nada substitui o poder da Palavra!

  4. Respeito as opiniões contrárias, mas gostaria de esclarecer que o vinho que Jesus usou na Ceia, na véspera de sua morte, foi o “fruto da vide” (no grego: guenêmatos tês ampelou”: “E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide até àquele Dia em que o beba de novo convosco no Reino de meu Pai” (Mt 26.29). Essa expressão equivale a “suco da uva”, e não a vinho fermentado, que, no grego, é oynos. O bom vinho, no tempo de Jesus, usado nos casamentos, aniversários e festas familiares, era vinho fermentado, sim. Mas era bebida tomada de modo social, fabricada em casa. Fazia parte da cultura da época. Nâo se bebia para ficar embriagado. Seria uma ofensa. Realmente, em países europeus, em lugares de clima frio, evangélicos fazem uso do vinho às refeições. Nâo podemos julgá-los por isso. Entretanto, usar a bebida alcoólica, cerveja, vinho ou cachaça, para atrair fiéis é prova do fracasso de um ministério; prova da decadência de uma igreja, em que, não havendo mais a unção do Espírito Santo, recorre a uma estratégia desse tipo. Paulo diz que devemos usar todos os meios para ganhgarmos as pessoas para Cristo, mas “todos” não quer dizer quaisquer uns. Imagine-se um pastor, que a igreja está esvaziada, usar a estratégia de promover um festival de sexo, nas dependências da igreja; de colocar “sex-shops” e disponibilizar ambientes para a prática do sexo, para atraír os fiéis! Seria um absurdo inominável. Mas alguém iria aprovar o “vale-tudo” para encher a igreja de gente e os cofres da igreja de dinheiro. Creio que a questão da bebida é a de menos importância na questão em apreço. Em nossa cultura, onde a embriaguês mata tantas pessoas, o vício do álcool tem destruído tantas famílias, é melhor evitar o uso da bebida alcoólica. Ninguém morre por isso. Mas muitos morrem por causa do alcoolismo, no trânsito, nos homicídios.

  5. EX,se santa eu fosse nem comentaria neste site,sou pecadora e cheia de falhas,falsa eu seria se eu chamasse meu semelhante de lixo,depois se passasse por cristã,defendo o Stardust sim,vou defender quem nao tem um pingo de respeito com ser humano?Nunca

    • edy

      É evidente nos seus comentários o seu preconceito aos gays e aos que estão fora da iurd.

      Vc fala que os gays tem de ser esmagados… Aonde vc viu isso? A iurd pelo que eu sei não foi pq nunca vi isso lá e sabemos que homossexualismo existe na iurd.

      Que perseguição é essa sua aos homossexuais? Que te fizeram? Quanto ódio…

      • Pois é Stardust,tenho um primo de criaçao gay e usuario de drogas,não aprovo as praticas dele,mas nao condenamos,nao temos esse direito,e o amamos igualzinho a todos,ao contrario pelos seus problemas damos a ele mais carinho e atençao,por isso fico chocada com tais comentarios.

        • nubia

          O maior dom é o amor… E quem se diz cristão mas odeia quem é diferente tem que repensar em quem tem crido.

          Esse discurso de ódio do edy pelos gays e quem não é da iurd mostra a condição dele… Apenas convencido, porém não convertido.

    • Nubia
      Escrevo o que eu quiser.
      Vai aprender a interpretar o que escrevi.
      E para de bancar a vítima.
      ………………………………………………………
      Jussara sempre aproveitando para destilar seu veneno hein na IURD,ódio quem tem aqui é você contra quem é da IURD.

      • edy

        Eu não odeio iurdianos… Só quero que eles conheçam o evangelho e o verdadeiro Jesus que eu só conheci fora da iurd.

        O que foi bom pra mim eu quero aos outros… Ouvi um testemunho de ex-iurdiano tão lindo… A pessoa sofreu na iurd mas hj conhece a vdd…

        Eu sei que um dia vc será um ex-iurd… Vc já tá profetizando isso sem perceber… Vc acha que é a toa que vc tá postando como “ex” ???

        Deus tem um propósito na sua vida e vai ser fora da iurd.

DEIXE UMA RESPOSTA