Templo cristão abriga cerimônia de preces muçulmanas e fiel interrompe reunião dizendo que “Jesus é o Senhor”; Assista

27

A Catedral Nacional de Washington, pertencente à Igreja Episcopal, é um dos templos cristãos considerados históricos nos Estados Unidos, e tornou-se o centro de uma polêmica envolvendo o ecumenismo.

A diretora do templo, Canon Gina Campbell, tomou a iniciativa de abrir um espaço na programação para que muçulmanos usassem o local para fazer suas preces. A ideia ecumênica surgiu de uma conversa entre Gina e o embaixador da África do Sul, Ebrahim Rassol, de acordo com informações do Christian News.

A proposta do evento, segundo Gina, era facilitar a criação de laços de amizade entre cristãos e muçulmanos que convivem na capital norte-americana.

“Os líderes acreditam que ao oferecer orações muçulmanas na catedral cristã é uma mostra de hospitalidade“, disse a representante da Catedral Nacional em um comunicado à imprensa. “Isso demonstra uma apreciação das tradições de oração e é um poderoso gesto simbólico, criando uma relação mais profunda entre as duas tradições abraâmicas”, acrescentou.


A ideia foi levada adiante, e na última sexta-feira, 14 de novembro, Gina saudou os muçulmanos presentes no espaço: “Bem vindos à Catedral Nacional de Washington, uma catedral projetada e concebida por episcopais, ajudados por outros cristãos e fretada pelo Congresso para ser uma catedral nacional, uma casa de oração para todos os povos”, disse a reverenda.

Porém, enquanto os muçulmanos realizavam suas preces a Maomé no templo cristão, entoando a frase “Allahu Akbar”, que significa “Deus é grande”, uma mulher interrompeu a cerimônia e disse que os seguidores do islamismo deveriam procurar suas mesquitas.

Apontando para a cruz no altar da Catedral, a mulher protestou contra a reunião muçulmana: “Jesus morreu naquela cruz ali. E ele é a razão pela qual devemos adorar, somente a Ele. Jesus Cristo é nosso Senhor e Salvador”, afirmou em voz alta.

Na sequência, ela se afirmou que os muçulmanos gozam de liberdade religiosa nos Estados Unidos, e deveriam respeitar os espaços cristãos: “Nós permitimos que vocês construíssem mesquitas no nosso país. Porque vocês não rezam em suas mesquitas? Deixem nossas igrejas em paz”, disse a ativista.

Assista ao vídeo:

Assine o Canal

27 COMENTÁRIOS

  1. eh ridiculo ver que os religiosos tem essa visao tao exclusivista.
    o exclusivismo foi introduzido nas religioes apenas como instrumento de captacao de mais fieis.
    cada um defende que os outros sao hereges e que somente adorando ao meu deus havera a tal salvacao do mundo terreno.
    esse eh um fator muito mais desagregador do que agregador.
    por isso eh preferivel valorizar outras crencas, como o budismo, por exemplo.
    no budismo nao encontramos esse tipo de discurso horroroso.

    • Na Índia existe uma lei contra o proselitismo, pois este só gera confusão e violência.

      E não é que os evangélicos da IURD foram expulsos da Índia, no conflito de Orissa, justamente por descumprirem a lei e por desrespeitarem as imagens sacras dos hindus.

  2. Eis ai uma mulher, ela apenas manifestou a verdade, muçulmanos se espalharam pelo mundo construirão suas mesquitas adoram ala e permanecem com seus costumes, em contra partida la ele matam esquartejam e vendem órgãos de cristãos.

    • José Carvalho, tudo tem a sua hora, o seu lugar, o seu motivo. Essa senhora foi rude, grosseira, desrespeitosa para com a fé muçulmana e de seus próprios irmãos de fé, cobertos agora de vergonha, afinal o convite para ocupar o templo partiu da representante episcopal. Lamentável.

        • José Carvalho, não misture as coisas. Não confunda os radicais muçulmanos com outros que convivem em paz com a liberdade religiosa. Em minha cidade há muçulmanos e nunca os vi em programas de televisão achacando os membros para, através de mentiras, roubá-los nos dízimos em ofertas, alugando canais de tv e rádio, criando partidos, elegendo deputados, formando bancadas religiosas, atacando e perseguindo os gays e promovendo passeatas para promover vendilhões das coisas sagradas. Se localiza, seu caduco!

        • José Carvalho, não misture as coisas. Não confunda radicais com outros que convivem em paz com a liberdade religiosa. Em minha cidade há mu çu lmanos e nunca os vi em programas de televisão achacando os membros para, através de mentiras, roubá-los nos dízimos em ofertas, alugando canais de tv e rádio, criando partidos, elegendo deputados, formando bancadas religiosas, atacando e perseguindo os gays e promovendo passeatas para promover vendilhões das coisas sagradas. Se localiza, seu caduco!

  3. Que cada denominação construa seus templos,e adorem a quem tiver por fé ,sem importunar os outros ou as sua crenças,o pecado iniciou porque? Este e mais um caso, do famoso, não tem nada haver,mas depois estes que cedem seus templos hoje,certamente serão os mesmos que teremos noticias que,foram expulsos,trucidados,mortos por acreditarem que estavam sendo hospitaleiros,e os demais que apoiam hoje são os mesmos que irão criticar maldosamente,dizendo como são capazes de abrigar seitas dentro da casa de DEUS,aonde esta a sua crença? onde esta a sua fé? onde esta o zelo pelas Sagradas Escrituras?onde esta o entendimento bíblico? e melhor rejeitar antes,pois os exemplos que temos são todos negativos..

    • Antonio Henrique, você se esqueceu que os muçulmanos compareceram ao templo em atenção a um convite formulado com base em uma busca de convivência fraterna? Se enxerga, cidadão!

      • Não sei bem como foi a oferta da reverenda, mas acho que ela entrou numa saia justa.
        Se a decisão dela fosse levada para votação pelos membros daquela igreja, acredito que eles não aceitariam a proposta.
        Decisões centralizadas resultam em fatos como esse, diferentemente de igreja que adotam a forma congregacional para tomada de decisões.

        • Quer que isso?

          Ao certo houve consulta.

          O que a igreja não controla são os atos isolados, intempestivos, aliás, se tal não tivesse ocorrido, pelo menos eu não estaria sabendo desse progresso, talvez até mesmo dos islamismo não saibam desse ato de tolerância, respeito, tudo acabado pro obra da tua igreja católica com as ações fundamentalistas das Cruzadas,

          Pergunte a eles qual a versão desses atos da tua igreja logo após o primeiro milênio pós Cristo?

          • Levi Varela,mim responda conforme o que diz a palavra de SEUS não o seu entendimento,2 Cor 6: 14 até 18, 14- Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis;porque,que sociedade tem a justiça com a injustiça? Eque comunhão tem a luz com as trevas?
            15 E que concórdia há entre Cristo e Belial?Ou que parte tem o fiel com o infiel?
            16 E que consenso tem o templo de DEUS com ídolos? Porque vós sois o templo de DEUS,vivente como DEUS disse:Nele habitarei,e entre eles andarei; e eu serei o seu DEUS e eles serão o meu povo.
            17 Por isso saí do meio deles,e apartai-vos, diz o Senhor;
            E não toqueis nada imundo,
            E eu vos receberei;
            18 E eu serei para vós Pai,
            E vós sereis para mim filhos e filhas,
            Diz o Senhor Todo-Poderoso.

            Amós 3:3-Porventura andarão juntos se não estiverem de acordo.?

            E mais I Cor 5: 9 ao 13, 15:33 ,34, aguardo a sua resposta.

          • Antonio henrique.

            Meu caro, as palavras centrais dos versículos citados são jugo desigual, comunhão e infiéis.

            O catolicismo deu exemplo para o mundo todo de belicosidade, intolerância e foi professora do que hoje fazem os muçulmanos, mas daí eu dizer que todos os católicos são criminosos, isso é injustiça.

            Os católicos acreditam em Deus, Judeus também, muçulmanos também, fato que se repete com os evangélicos, então tal nos é comum.

            Queira você ou não, nós podemos ter comunhão sim, embora permanecendo com nossas diferenças até um dia, quem sabe, nos tornamos irmãos inclusive nas mesmas teses.

            Eu não posso dizer que meu o próximo está nas trevas quando invoca e tenta adorar o mesmo Deus, meu caro, então não são aos que seguem o caminho acima que o versículo quis alertar.

            Jugo desigual, pergunto a você, o fato de uma igreja ser fornecida ao próximo, significa que eu estou a fazer o que ele quer, o que ele faz, a ter as mesmas ideias dele? Cristo, não concordando com os do judaísmo, frequentava as casas de oração e mais de uma vez visitou o templo de Jerusalém, Pergunto, Cristo comungava com os descalabros judaicos?

            Você faz as coisas erradas no teu trabalho que os seus colegas fazem em face de ser obrigado a conviver em prol do trabalho que os une?

            Quanto as aberrações que os fundamentalistas/politiqueiros do islã estão fazendo, eis que são minoria. A bíblia traz muitas ordens não socialmente aceitáveis como são os do alcorão, então cabe a gente excluir o que não edifica, pois não sabemos o motivo de tais coisas terem sido atribuídas a Deus, quando Ele é amor.

            É desrespeitoso quando eu digo que eles servem a belial, bem assim eles quando nos atribuem tal coisa. Meu caro, não vivo pela cabeça e radicalismos de líderes religiosos e fanáticos, sei vê Deus no meu irmão, assim como também desconfio dos que invocam e fazem culto a Deus.

            Um rebanho não deve ser medido por algumas cabeças, por uma parte, e o que é pior, a gente costuma cometer o erro de julgar o todo tomando por parâmetro a ovelha negra que está curral do vizinho.

            Cristo deixou bem claro, não vim para os bons, sim em busca dos enfermos. Mas nós costumamos interpretar erradamente que somente existe o bem junto com Cristo, do contrário, Ele sabia do aspecto positivo do judaísmo em prol do povo, pois o judaísmo desenvolvia um papel importante, o de levar o homem a Deus, e que muitos se salvaram via ele. Ele veio acabar com os extremismos das religiões.

      • Sandro,quero lhe pedir duas coisas,primeiro leia a pergunta que faço ao Levi Varela que serve também para você,segunda você já leu a bíblia alguma vez em toda a sua existência? Pois quem já leu,tem opinião formada de muitos assuntos relacionados com a fé,uma das coisas que você vai aprender que ,o ecumenismo é contrario aos princípios cristãos,DEUS não faz aliança com quem é contrario as suas determinações,ELE É SENHOR,ELE DIZ COMO QUER QUE SEJA FEITO,não cabe a nos dizer a DEUS o que é melhor ou pior,ELE manda aquele que crer obedece,DEUS sem você continuará sendo o mesmo DEUS,você sem DEUS, você não é nada, ELE deixou escrito,é só fazer ou não fazer,acreditar ou não acreditar,isto é com cada um de nos. Aguardo a vossa resposta.

        • Antonio Henrique, o que esta em discussão aqui não é o mérito do templo cristão haver sido cedido para os muçulmanos realizarem orações. A questão é o ato tresloucado da beligerante cristã que interrompeu a oração em claríssima falta de compostura, educação e civilidade. Ela poderia ter protestado junto a direção da igreja, mas nunca durante a realização do serviço religioso. Será que você não tem um mínimo de inteligência para entender isso?

  4. Atitude inconsequente e desrespeitosa para com a fé dos muçulmanos que ali compareceram em atenção a um convite formulado pela própria representante da igreja episcopal. Essa senhora tem todo o direito de discordar, mas deveria fazê-lo em local e momento adequado, e não durante a oração. É por atitudes assim, de desrespeito a outras manifestações de fé e espiritualidade, que a igreja evangélica vai se tornando cada vez mais isolada e ignorada em um mundo cada vez mais plural.

    • Sandro,

      Mostre o exemplo igual a esse na tua igreja, nunca ouvi falar que vocês tenham permitido o prédio de vocês para outros credos.

      Aí vem você criticar de um ato isolado de uma pessoa igual a você, fundamentalista, dizendo que é por isso que as evangélicas demonstram o desentoar com as regras plúrimas do mundo.

      Exemplo é o da igreja, reação como a dela, compreensível, embora não aceitável, como também não o fato de tua igreja nunca ter fornecido as instalações pra outrem, o que seria um grande gesto, afinal se fizer igual aos evangélicos, vai demonstrar tolerância, que se constitui algo bem maior que está numa reunião com vários líderes de credos diferentes apenas pra fotos, mas sem ações práticas.

      Meu caro, o mundo precisa é de paz.

      • Levi Varela,

        talvez você esteja me confundindo com outra pessoa, pois, além de eu não ser um fundamentalista, não tenho igreja, não pertenço a igreja alguma. Tenho unicamente a Deus, e Ele me é suficiente. No mais, concordo plenamente com sua frase “o mundo precisa é de paz”. Entretanto, gestos como o dessa senhora não coopera com a paz.

  5. E lamentável k o ser humano catolico muçulmano evangelico nao tenha conhecimento do k deus encina a tds amar uns aos outros eu ja fui muculmana e tornei me evangelica fui a alguns cultos porqur sempre acreditei ser o certo fazendo um estudo sobre religioes cheguei a conclusão k deus e um pra tds e k tdas as religioes tem o seu lado negativo a evangelica p ex com os dizimos e mais dizimos k se fosse usado p ajudar pessoas carentes ate e justo dar mas e mais pra uso e beneficio dos pastores ja pararam pensar se nao e um pecado isso contribuir ao luxo do bem estar do pastor ajudem kem precisa nao tems nenhum direito de julgar e condenar ninguem …qualquer religiao e aceite aos olhos de deus desde k siga a ele.

  6. E hoje de tanta coisa k vejo ja nem sei o certo aceito jesus como meu salvador e amo alem da vida pk sei k ele morreu p mim quantos milagres existem da nossa senhora de fatima da nossa senhora da aparecida quantas preces foram feitas a maria mae de jesus e foram ouvidas entao pk achar que so evangelho e o certo pk se acharem no direito de duvidar d outras crencas somente deus sabe eu precisava desabafar sobre isso afastei meda igreja evangelica p isso e dinheiro somente nao vejo e nem vi na catolica romana e nem na islamica a gente da sim mas uma vez p ano aos pobres e aquilo que tem e pode peco perdao se ofendi alguem. Nao foi minha intenção somente um desabafo

    • Na terra, criada por Deus, há cultos a todos os deuses, mas Deus não discute ao modo como você discute, meu caro.

      E do que se sabe, o Deus deles é o mesmo nosso, embora com algumas interpretações diferentes.

    • Só para corrigir !

      O que já citei, confirmamos segundo essa opinião do senhor ” HVG”.

      “ALLAH um Deus PAGÃO”, e assim seguem muitos no mesmo embalo.

      1º- O ISLAMISMO é considerada é uma Religião Abraâmica, ou seja; que possui como patriarca espiritual na terra; ABRAÃO !

  7. ATENÇÃO! ESTA MENSAGEM, EM CAIXA ALTA, É PARA O MODERADOR DO GOSPELMAIS:

    PORQUE VOCÊ NÃO CORRIGE O SISTEMA QUE ESTA CENSURANDO MENSAGENS EM QUE ABSOLUTAMENTE NADA É DITO QUE CONTRARIE AS REGRAS DO FORUM?

    COMO VOCÊ PODE PERMITIR QUE O DELLDELLPHONE DITA COISAS ABSURDAMENTE SÉRIAS (COMO A DE QUE VAI AGREDIR PESSOAS HOMOAFETIVAS) E NADA SOFRA EM SUA POSTAGENS AO PASSO QUE VÁRIAS DAS QUE ESCREVO SÃO SUMARIAMANENTE ELIMINADAS COM A FALSA PROMESSA DE POSTERIOR PUBLICAÇÃO?

    SOLICITO IMEDIATA EXPLICAÇÃO, POIS VOCÊ TEM O DEVER DE TRATAR COM IGUALDADE OS COMENTARISTAS QUE SÃO A RAZÃO DE SER DE SEU SITE.

  8. Isso é, no mínimo, RE-VOL-TAN-TE!
    Seria o mesmo que judeus permitirem uma cerimônia nazista dentro de uma sinagoga!
    Por essas e outras, às vezes tenho mais simpatia pelos evangelicais, mesmo com todos os seus erros e defeitos, do que por aquelas denominações como a ECUSA e similares que vivem demonstrando diuturnamente desprezo pelos cristãos perseguidos pelo Islã!

  9. Levi Varela,quero deixar bastante claro que não sirvo a dois senhores, você deixou bastante claro que depende do que lhe convêm no momento,em si tratando de fé,salvação,reino dos céu,o meu manual é a Bíblia Sagrada, dispenso toda e qualquer interpretação humana (SOMENTE AS SAGRADAS ESCRITURAS) onde você vê DEUS que não possa comprovar com as escrituras já esta rejeitado,mesmo antes de você pensar quanto mais expressar., Qualquer ensinamento ou doutrina que não se enquadrar nas Sagradas Escrituras,mesmo que faça chover milagres todos os dias rejeite,porque não é de DEUS,quem é de DEUS não procura remendar-se com as coisas do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA