Templo em obras da Assembleia de Deus Madureira desaba; Fiel é encontrada morta

1

Um templo da Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira desabou na tarde da última quarta-feira, 15 de junho, em Diadema (SP), cidade da região do grande ABC. Quatro feridos foram resgatados com vida durante as primeiras horas do trabalho de resgate, e uma pessoa foi encontrada morta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado imediatamente após o acidente, e os trabalhos de busca permitiram a retirada de dois homens dos escombros na madrugada desta quinta-feira, 16 de junho. Anderson Peres Tiago e Ezequiel Matias estão em estado grave, com fraturas, mas segundo os bombeiros, foram levados com consciência para os hospitais.

A vítima fatal – a fiel Vanda Maria Martins, 54 anos, que frequentava cultos no local – foi encontrada próximo ao meio-dia desta quinta-feira, 16 de junho, segundo informações do G1.

Testemunhas disseram que o templo da igreja estava passando por reforma, e a prefeitura de Diadema informou que a denominação não possuía alvará para que a obra fosse feita, e que dois dias antes já havia determinado que os trabalhos fossem interrompidos.


“A Secretaria de Habitação notificou o espaço em 13 de junho e solicitou apresentação de alvará de aprovação e execução da obra. A orientação foi paralisar a obra até a apresentação dos documentos”, disse nota da administração municipal.

O advogado da Assembleia de Deus, Kaique Nicolau de Lima, afirmou que a obra estava parada “há mais de 15 dias”. “É uma igreja antiga, com mais de 60 anos. A documentação estava sendo agilizada junto à Prefeitura”, acrescentou.

Ao todo, 20 veículos do Corpo de Bombeiros atenderam à ocorrência, reunindo 70 profissionais ao todo, incluindo pessoal da Defesa Civil e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

 

Foto do templo antes do desabamento
Foto do templo antes do desabamento

 

Parte dos fundos do templo continua de pé
Parte dos fundos do templo continua de pé

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA