Tom Araya, autor de letras satanistas da banda Slayer, fala sobre sua fé cristã: “Tenho uma fé cega em Deus”

18

O vocalista e baixista da banda de trash metal Slayer, Tom Araya, afirmou numa entrevista que sua fé cristã foge aos padrões comuns, e é mais baseada no relacionamento com Deus do que nas recomendações da religião.

“Eu sinto que tenho uma relação muito próxima com Deus. Isso é entre mim e ele (risos). Mas, sabe, na verdade não vou à igreja. Eu faço orações em casa, de coração. Oro com a minha família, que também tem sua própria relação com Deus. Eu sempre digo que sou católico ou cristão, pois nasci nisso, fui criado para o catolicismo. Mas, na verdade, sou mais cristão, tento viver mais como Cristo, sabe? ‘Faça com os outros o que gostaria que fizessem com você’. Quero dizer, é tudo sobre amor. É assim que eu e minha família tentamos viver”, explica o músico.

Questionado sobre as críticas que recebe por falar publicamente de sua relação com o cristianismo e o fato de as músicas de sua banda falarem de temas opostos à religião, como o demônio, Tom Araya demonstrou não se importar: “Sim, eu recebo críticas, mas, quer saber…”, disse rindo.

Em 2008, numa entrevista ao site BW&BK, Araya já havia falado sobre sua fé e dito que na banda era o “único que se aproximava” de uma vida espiritual.


Na ocasião, disse também que vive e orienta seus filhos a viverem com uma “fé cega” em Deus, confiando plenamente nEle: “Eu tento ensinar meus filhos para que acreditem ou não. Acreditar e ter fé – fé cega. Jeff (Hanneman, guitarrista de sua banda) me perguntou uma vez, ‘Você pode explicar isso? Como você você acredita em alguma coisa que você não pode ver?’ Eu olhei para ele e disse ‘apenas faça.’ Você tem que acreditar. Você simplesmente acredita. Eu não sei como isso foi inserido em mim. Porque ninguém me disse isso. É como eu sou e como me sinto. É o que eu acredito. Alguém me ensinou a acreditar – eu aprendi de alguma maneira. Mas meus pais nunca me disseram para acreditar em Deus. Eles nunca disseram ‘você tem que acreditar em Deus’, somente queriam me ensinar sobre Deus, sobre Cristo e todas essas coisas. Eu estou tentando ensinar isso a meus filhos, porque para mim, tem ajudado muito em minha vida. Me deixado fazer o que eu quero. Ser bem sucedido no que eu faço. Fé cega”, afirmou.

Antes disso, em 2007, Tom já havia falado sobre sua fé com ausência de religiosidade: “Eu não sou um ateu, eu acredito em Deus. Mas a minha religião termina aí. Eu tenho meu próprio sistema de crença pessoal que é tão forte que me permite fazer o que eu faço. Eu não preciso me preocupar se vou para o inferno por causa do Slayer, sabe? Todo mundo tem um sistema de crença pessoal e acredita em vida de alguma forma”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


18 COMENTÁRIOS

    • Diego, você disse: “simples, ele sabe separar sua carreira musical do resto da vida pessoal”. Saiba você, e os demais contradizentes, que o verdadeiro e autêntico cristão, nunca separa sua vida espiritual de sua vida material, física, familiar, ministerial e ou do seu trabalho. É impossível a um servo de DEUS, cantar músicas com letras satanistas e ou entoar louvores a satanás. O servo de DEUS, tem com ele, o ESPÍRITO SANTO que glorifica a CRISTO; e o SENHOR DEUS não divide a glória Dele com ninguém, (isto é Bíblia). A Bíblia sagrada, a Palavra de DEUS, nos diz que: “Quem está em CRISTO é nova criatura, as coisa velhas já passaram”. Portanto esta pessoa que recebeu JESUS, tem que mudar de vida, vai fazer outro tipo de música, vai passar a adorar ao SENHOR DEUS, se era um drogado ou um traficante vai deixar de ser, ou seja qualquer coisa ruim que era, tem que deixar para trás e passar a agradar a DEUS. O nosso foco passa a ser JESUS.
      Deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta. Olhando para JESUS, autor e consumador da fé, o qual pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz, desprezando a afronta e assentou-se à destra de DEUS.

      • Ser crente, qualquer um pode ser, até os demônios creem e estremecem. Porém ser cristão, é algo mais, é ser seguidor de CRISTO, isto importa em mudança de vida; e não venham me dizer que cada um tem um modo de seguir; pois o próprio SENHOR JESUS disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai a não ser por mim”, portanto há um modo de servir ao SENHOR, não é de qualquer maneira. E o SENHOR JESUS não tem compromisso com cidadãos de “per si”, mas sim com a sua igreja, lavada e redimida no Seu sangue remidor. Tenho lido muitas colocações aqui neste site, que são verdadeiras aberrações, inclusive de alguns crentes, que não leem a Bíblia e então se expressam de maneira errada e provocante. Queridos e amados irmãos, leem a Palavra de DEUS, para serem sábios e úteis nas suas colocações.

  1. kkkkkkkkkkkkkkkk realmente a fé dele e cega kkkkkkkkkkk não mentiu falou a mas pura verdade, mas vc precisa ver com a luz de Cristo Jesus, abra os olhos,Jesus não quer fé cega mano,que vc livre,venha para Cristo e Ele de esclarecera.

  2. As coisas estão realmente mudando! Primeiro Niko McBrain do iron maiden, depois Dave Mustaine do megadeth agora Tom Araya do slayer. É estranho ter uma fé em Deus, e ao mesmo tempo(no caso deles) transmitir às pessoas através de sua música uma ideia de morte, perdição, capas de discos com sangue, demônios e etc.

    • Dave Mustaine no ano de 2012 se converteu ao cristinismo, depois disso as letras do Megadeth mudaram bastante, tá certo que não são letras bonitinhas e românticas mas não chegavam a ser um culto a satanás. Algumas musicas do Megadeth inclusive exaltam a Deus. Falo isso porque eu sou fã da banda e acompanho eles a um bom tempo.

  3. satan é o senhor, pai celestial, vocês deviam parar de acreditar nessas mentiras que deus prega, imagine só, quem disse todas essas coisas boas de deus foi ele mesmo, e quem falou mal de satanás tambem foi ele. Porque voces insistem em ouvir só um lado da razao? E porque satanas iria punir todos que fossem pro inferno, ele por acaso é empregado de deus? Nao! A funcao dele na terra é fazer os humanos viverem a vida intensamente, sem se preocupar com pecados e dogmas. Religião traz guerras, satan traz luz.

  4. É impressionante como aqueles que se dizem tão religiosos são os primeiros e os mais preocupados em julgar seu próximo. Sempre com aquele “ar de superioridade” como se o lugar no paraíso estivesse garantido.
    Fugindo um pouco…
    Fico imaginando lugares onde o cristianismo não chega, essas pessoas que nunca ouviram (e talvez nunca ouvirão) falar de Deus, elas mereceriam o inferno?
    A verdade é simples (embora ninguém queira admitir), somos humanos, não sabemos de absolutamente nada. Temos uma vida e cada um leva conforme suas escolhas, crenças e possibilidades. Cremos no que nos fortalece desde que seja verdadeiro, com a real entrega.
    Imaginem vocês todos que julgaram Tom pela forma que ele crê tivessem que responder a seguinte pergunta: “Quem são vocês para medir ou determinar a veracidade da fé de um homem? ”
    Todos têm o seu quinhão ruim, todos seremos julgados (religiosamente falando, e cá pra nós acho que o inferno vai lotar viu), eu mesmo sei que minha passagem já está garantida.
    Ele assim como todos os que comentaram (a favor e contra) vão estar no mesmo julgamento, ser obcecado por Jesus Cristo (ou fingir ser… Entendam) não vai livrar ninguém de uma queimadinha na bunda. Portanto… Eu curto Slayer e muitas outras bandas, nem por isso deixo de ser humano e virar pó como qualquer um de vocês virarão.

  5. Pronto, agora Tom Araya é o exemplo de cristão a ser seguido. Pra mim, ele só pode estar de brincadeira, “eu sou cristão, tenho um sistema de crença pessoal…”, quanta balela. Um cara que faz parte de uma banda que lança um disco com o nome “God Hates Us All”, pra mim, já mostra tudo o que pensa e pratica, na verdade. Sem mais.

  6. Me recuso a concordar com um cara que se diz cristão e faz parte de uma banda que lançou um disco chamado “God Hates Us All”. Só pode ser piada desse cara, que Deus tenha misericórdia de sua vida.

  7. Eu acho que faz sentido! Diretores de filmes de terror então são satanistas? E escritores? HP Lovecraft e Stephen King são o que? Demônios encarnados!? Atores que fingem enfiar uma faca na barriga de um outro ator para um filme/novela é automaticamente um assassino? Acho que o Tom Araya é um exemplo pra muita gente justamente por ser tão certo a respeito de sua crença que não deixa esses “detalhes” abalar a sua fé. Estou vendo nos comentários pessoas criticando ele porque -na visão deles- se ele é cristão, precisa viver seguindo um padrão pré-determinado. E quem disse que os padrões são corretos? O Papa prega a humildade, mas tá lá sentado numa cadeira de ouro. (pelo menos até antes do papa francisco, e lembrando que isso era o “padrão” para os papas: tudo de ouro, perfeito, lindo e caro…MUITO caro!)
    Alguém aqui se deu ao trabalho de analisar a letra da música God Hates us All antes de criticar? A música fala justamente da falta de fé atualmente devido à evolução da ciência:

    Pills had a role now
    There is nothing to take
    Nothing to trust
    No one to fake!

    Por uma ótica mais radical – mas não menos verdadeira – o Slayer expressa muito do que está acontecendo ou já aconteceu com o mundo: “Angel of Death” fala sobre o Holocausto, por exemplo. E isso em NADA interfere na sua religião…ou, pelo menos não deveria interferir. Na minha opinião, a culpa não é da música, é de quem se deixa influenciar.

    • Ok amigo, legais os versos, mas por que cargas d’água justamente este título extremamente blasfemo foi escolhido? É isso que quero entender. É o básico cara, por favor, entenda, Deus foi, é e sempre será amor. Simplesmente não entendo a escolha dessa frase como título de um álbum. A letra de “Disciple” mostra a blasfêmia contra Deus de maneira mais clara impossível. Os versos são bizarros! Por favor amigo, acorde e leia a Bíblia, acompanhe os profetas, tais como Isaías e Paulo. God Loves Us All.

  8. Acho que o propósito do Slayer, sempre foi atacar a hipocrisia humana, devido todos acharem que Jesus tinha pele clara e olhos claros, crescido em uma região muito quente e árida. Seus pregadores pedófilos, pessoas que matam umas as outras devido a fé cega e não compreender as reais lições que Cristo deixou na terra, que é amar uns aos outros.
    O verdadeiro demônio é o ego do ser humano, julgar o que não sabe, atolar seus irmãos ao limo e desencadear guerras por coisas fúteis.

    SLAAAYERRRRRR!

DEIXE UMA RESPOSTA