Destaque

Músico cristão diz que autorizou uso de música em 50 Tons de Cinza por achar que filme era “comédia romântica”

Comentários (5)
  1. Marcos Oliveira disse:

    Conversinha esquisita.

  2. josecarvalho disse:

    ha ta só fiquei sabendo depois que os evangélicos fizeram cmpanha contra a porta dos fundos, ai ele viu tudo cinza.certamente da igreja stardustiana.

  3. Eduardo disse:

    Pi LAN TRA!!!!!

  4. Dado disse:

    Verdadeiro imbecil. “Eu não sabia disso…”, “me disseram…eu não tinha ideia…”. Bobo da corte. Foi usado convenientemente pela indústria cinematográfica, debochando do evangelho. Realizou seu ministério de forma relaxada e será cobrado por Deus por isso. Que eu aprenda com este exemplo.

    1. Philosopher disse:

      Mas q coisa feia Dado! Ficar xingando e desejando o mal para um indivíduo que vc provavelmente nem conhece =( .

      O Paul Janeway eh músico (algo requer bastante estudo, prática, dedicação e investimento financeiro), ele soh está executando profissão dele (que naum limita-se a tocar e cantar somente em igrejas, ok?), ninguém debochando do Evangelho.

  5. OBSERVANDO disse:

    ENTAO VC DEIXA COLOCAR UMA MUSICA SUA NUM FILME E NAO PROCURA SABER O QUE EXATAMENTE E O FIME?!!! PARECE MEIO QUE BURRICE! FALAR SERIO NE!?

  6. Antonio de Paula disse:

    Deve ser parente do ex presidente Lula,nunca sabe de nada

  7. Philosopher disse:

    Pessoal, parem d depreciar o cara!! Nos EUA eh bastante comum músicos, cantores e compositores cristãos liberarem suas canções para estúdios cinematográficos as usarem como trilhas sonoras em séries de TV e filmes. Isso naum desclassifica eles como adoradores de Deus, somente segundo a nossa própria perspectiva. Porém, se vc se considera superior… então manda ver =/ .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO