Comemorando 15 anos de Diante do Trono, Ana Paula Valadão diz que hoje o grupo “enfrenta preconceito dos próprios evangélicos”; Assista

11

No ano em que comemora 15 anos de estrada, o ministério de louvor da Igreja Batista da Lagoinha (IBL), Diante do Trono, tem se tornado alvo do preconceito dos próprios evangélicos, segundo sua líder, Ana Paula Valadão.

A impressão da cantora e pastora foi passada à TV Uol numa entrevista especial sobre a data comemorativa. Ana Paula afirmou que no começo do planejamento para lançar o ministério, ela vivia uma crise de fé, mas vê isso como um fator diferencial.

“Eu acho que é importante a gente passar por crises ao longo da vida, porque nelas a gente se pergunta muita coisa. Ou a gente vai ter as coisas abaladas e destruídas, ou elas vai ficar ainda mais fortes”, conceitua.

O maestro Sérgio Gomes, convidado pelo pastor Márcio Valadão para comandar a primeira gravação das músicas do DT, afirma que foi enviado aos Estados Unidos pelo líder da IBL ao lado de Ana Paula, para aprender o processo de gravação ao vivo e assim, aplicar no projeto do ministério.


“Quando a gente reuniu o grupo de músicos com a ideia de fazer a gravação de um CD ao vivo, nós reproduzimos o que aconteceu nos Estados Unidos. Ou seja, a Ana cantou a canção pra eles, e todo mundo achou a canção maravilhosa, que é realmente”, disse Gomes, referindo-se à música “Diante do Trono”.

Entre os cantores que integraram a primeira formação do DT, estão Helena Tannure, Nívea Soares e André Valadão. “Um dia a Ana me ligou e disse: ‘Nívea, eu gostaria que você fosse uma das vocalistas. Você aceita participar?’ Foi um prazer muito grande, um presente de Deus pra mim”, declara Nívea Soares.

“O Diante do Trono ia gravar o primeiro CD quando eles me chamaram pra fazer parte. Mas eu tinha acabado de ter meu segundo filho, os ensaios eram meio atribulados, acabava tarde, então eu não pude atender a esse primeiro convite. Antes do lançamento desse primeiro trabalho, então com meu bebê um pouquinho maior, eu pude passar a integrar o grupo”, relata Helena Tannure, que assim como Nívea, não integra mais o ministério.

Mariana Valadão, que passou a integrar o grupo anos depois, também deu seu depoimento: “Desde o primeiro, a gente como família, participa de tudo, não é? Nos ensaios, eu sempre ia, participava. Mas a partir do terceiro CD, que foi ‘Águas Purificadoras’, gravado também aqui em Belo Horizonte, [eu passei a fazer parte]”.

“Quebra de paradigmas”

Ana Paula Valadão disse que o contrato com a Som Livre, gravadora secular – da qual o grupo estaria tentando se desvincular – foi uma quebra de paradigma que possibilitou a expansão do alcance do Diante do Trono.

Segundo ela, todos os cuidados para que não houvessem interferências da gravadora no trabalho do DT foram tomados: “O nosso jeito de ser tem que parecer intocado. Se vão vender o nosso produto, vão vender exatamente o que nós colocarmos ali. Ninguém vai escolher o meu repertório, entendeu? Então existem limites. Ninguém vai dizer o que eu devo vestir, como eu devo falar, e graças a Deus, a minha experiência com pessoas não evangélicas tem sido muito boa”, comemora.

O fato de o DT aceitar os convites da mídia secular para se apresentar em programas de TV, por exemplo, tem sido um imã de críticas dos próprios irmãos na fé para o grupo, de acordo com Ana Paula: “Hoje a gente enfrenta o preconceito do lado de cá, dos próprios evangélicos, que muitas vezes não entendem essa abertura da mídia, essa conquista que o meio evangélico está tendo junto aos meios de comunicação”, diz, antes de ironizar: “Uma vez eu vi uma pessoa dizendo que você sempre vê cachorros latindo pra lua, mas você nunca vê a lua respondendo (risos)”.

Para André Valadão, as opiniões contrárias vem de quem não entende o momento da música cristã no Brasil: “A crítica a esse transbordar da música dentro da igreja existiu no começo. Hoje ela já mudou. E é literalmente um transbordar, como se não coubesse só dentro do copo, vai pra fora”.

A líder do DT afirma crer que a abertura da mídia não pode ser vista apenas como uma forma dos veículos de comunicação conseguirem audiência, mas também como uma oportunidade: “Do lado do computador, da televisão, do rádio, tem alguém que nunca entraria numa igreja evangélica e que está ouvindo nossa mensagem”.

Assista a íntegra da entrevista à TV Uol:

Assine o Canal

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


11 COMENTÁRIOS

    • Verdade ovelha tem muitos por ai adorando estes conjuntos tal como este diante do trono, que na realidade somente querem e fama e dinheiro e mais nada por que de Jesus Cristo mesmo este e muitos outros não tem nada, muito melhor e adorar o REI dos reis e SENHOR dos senhores este sim e digno o resto e resto ser humano e nada não passa de comedores de fava e olha la

  1. REALMENTE O PROPIO POVO EVAVANGÉLICO critica, em vez de cada um cuidar do seu cisco do olho!!

    um bando de invejosos que falam sem ao menos ir perguntar para a pessoa!

  2. Minha irmã, os seus primeiros CD´s marcaram minha vida, mas ultimamente… Tudo bem que abertura para mídia, então aproveite e anuncia a Palavra de Deus, o Evangelho genuino sem “misturas”. O mundo nos odeia, e não lícito simpatizar por este sistema mundano, principalmente no Brasil. Nós somos luz para o Brasil, e isso traz assombros para os inimigos da Cruz. E certamente, seremos perseguidos e odiados por causa do Evangelhos, a Verdade que liberta. Querida Ana, que voltemos ao Evangelho. Não é preconceito… por favor, analise e reflita. Estarei orando por vc. Ir. Roberto – Fortaleza,CE

  3. Diante do trono, que qui e isso e de comer come assado frito ou cozido, não conheço então como posso ter inveja de uma coisa que não conheço não escuto não participo não apoio, eu em

  4. Essa moça sempre está envolvida em alguma coisa polemica,só parece que ela está querendo está na mídia para aparecer.Aliada da globo para aparecer nas telinhas do plin plin demoníaco..Sua família adquiriu fortunas cantando e vendendo cds para o povo evangélico,agora chama esse mesmo povo de preconceituoso,parecendo os ativistas gay quando chama os evangélicos de preconceituosos por não aprovar os pecados de prostituição deles..

  5. Aproveite esta oportunidade!

    Cursos de teologia sem mensalidades e em taxa única à partir de R$ 50,00 e mais nada, com direito a diploma, histórico e carteirinha. Confira!

    http://www.comembrasil.org

    Curso Bacharel em Teologia R$ 150,00 e mais nada;

    Curso de Pastor R$ 150,00 e mais nada;

    Curso Juiz de Paz Eclesiástico R$ 150,00 e mais nada;

    Curso de Capelão (capelania) R$ 160,00 e mais nada;

    Curso de Psicanálise R$ 350,00 e mais nada;

    Curso Médio em teologia R$ 90,00 e mais nada;

    Curso Básico em teologia R$ 70,00 e mais nada;

    Cursos Introdução à teologia R$ 50,00 e mais nada.

    Essa você não pode perder!

    Acesse

    http://www.comembrasil.org

    http://www.conselhodeministros.com.br

    55 (21) 3182-9192

  6. Os evangélicos de hoje não mais como aqueles de 20 anos atrás. A grande massa ainda precisa examinar mais as Escrituras, porém elas tem uma consciência cidadã tão aguçada que as suas críticas ultrapassam os limites da religião.
    Sem tirar o mérito da qualidade das músicas do Diante do Trono (DT), que eu também ouço e gosto, as atitudes de alguns membros que exploram a sua “fama” para às vezes, querer fazer das suas tripulias uma verdade. É só não querer inventar, a Palavra de Deus não precisa de enxertos, adendos, muito menos de aberrações, como por exemplo: imitar animal no palco. Não vejo as críticas como preconceito, mas como forma de cuidado por aqueles que conhecem a Palavra de Deus e velam para que ela seja pregada, tanto na forma mais comum (pregação) como na forma de louvor, de forma genuína.
    Agora quanto às alianças com a rede globo, som livre, etc e tal, cabe à consciência dos membros do grupo DT. Portanto, fico com Jesus: “…quem contra nós, é por nós…”

  7. Já tivemos grandes grupos musicais e o DT não chega a produzir letras com qualidade bíblica,
    Para o melhor é o Vencedores por Cristo que 1968 está na ativa.
    Este, sim, foi quem acrescentou riqueza à música cristã no Brasil com sua diversidade de ritmos e instrumentos e da mesma com letras cristocêntricas.

  8. Gente esta faltando amor Cristao!
    Voces entram aqui para criticar quem esta trabalhando para Jesus!
    Vao fazer alguma coisa util e parem de criticar
    Acusacao e o trabalho do diabo (DIABLO quer dizer o acusador)
    Irmaos vamos fazer A OBRA DE JESUS e nao do do diabo ele e um derrotado

DEIXE UMA RESPOSTA