Ana Paula Valadão causa polêmica ao realizar “ato profético de transferência de gerações” durante o Congresso de Adoração e Intercessão Diante do Trono

272

Durante o 15º Congresso de Adoração e Intercessão Diante do Trono a cantora e pastora da Igreja Batista da Lagoinha, Ana Paula Valadão, realizou o que ela denominou de um “ato profético de transferência de gerações”. O vídeo do “ato profético” tem causado polêmica nas redes sociais e vêm sendo comparado com outros episódios polêmicos em que a cantora já se envolveu.

O ato que motivou a polêmica se iniciou quando, em meio a uma ministração, Ana Paula Valadão chamou ao palco líderes evangélicos como Valnice Milhomens, Márcio Valadão e Hudson Medeiros para que iniciassem uma oração por sua geração, que era representada por ela, por seu irmão André Valadão e pelo seu esposo pastor Gustavo Bessa.

– Somos apenas símbolos diante de vocês. Sintam-se totalmente representados aqui – afirmou Ana Paula Valadão antes de receber a imposição de mãos e oração dos pastores mais velhos.

Após receber a oração da geração representada por Valnice Milhomens e Márcio Valadão, a geração de Ana Paula Valadão correu em direção à “nova” geração para também realizar uma oração. A geração que recebeu a oração foi representada por integrantes do Diante do Trono como Israel Salazar, Marine Almeida, Amanda Carius e Leticia Brandão.


Um vídeo de cerca de 4 minutos mostrando o “ato profético” começou a circular rapidamente pelas redes sociais, e motivou uma série de discussões e críticas, sobretudo de pessoas que compararam o ato ao episódio que ficou conhecido como a “unção do leão”, quando em uma apresentação, Ana Paula engatinhou no palco como uma leoa, fazendo gestos como se imitasse o animal.

Um dos momentos mostrados pelo vídeo que mais motivou criticas e até mesmo piadas foi quando Ana Paula derruba Israel Salazar ao chão, e começa a dançar em torno dele como se imitasse um avião.

O ocorrido tem causado discussões nas redes sociais e dividido opiniões. Enquanto muitos criticam o ato dos pastores, afirmando se tratar de algo que não tem a ver com o cristianismo e até mesmo envergonha a igreja evangélica, outros afirmam que “não se pode criticar um movimento espontâneo guiado pelo Espírito Santo” e até mesmo afirmam que muitos evangélicos “não entenderiam” o chamado ato profético realizado pela cantora.

Assista ao vídeo:

Assine o Canal

Por Dan Martins, para o Gospel+

272 COMENTÁRIOS

  1. As pessoas incomodadas só mostram que não estão preparadas para viver o reino de Deus. Se incomodam tanto é porque não conhecem os mistérios do criador, pois ele usa os filhos para revelar os mistério que somente aqueles que o adoram, que o temem, entendem suas obras! Pois aquele que blasfema contra Deus será perdoado, mas aquele que blasfema contra o Espírito Santo nunca será perdoado, nem nesse mundo, nem no que há de vir!!! Ninguém pode adotar dois senhores ao mesmo tempo, resumindo, ou Deus ou o mundo!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA