Assessor do pastor Marco Feliciano, cantor Roberto Marinho diz que considera ser candidato a deputado federal: “Tenho esse desejo no coração”

7

O cantor gospel e assessor parlamentar do pastor Marco Feliciano (PSC-SP), Roberto Marinho, afirmou que tem a intenção de sair candidato a deputado federal para ajudar a fortalecer a bancada evangélica no Congresso.

Marinho se tornou conhecido nacionalmente ao aparecer no vídeo em que ativistas protestam contra o pastor Marco Feliciano dentro de um avião, em pleno voo. Na ocasião, o cantor estava sentado ao lado do deputado quando os manifestantes cantaram a música “Robocop Gay”, dos Mamonas Assassinas.

“Tenho esse desejo no coração. Ao ver a luta de Feliciano, cresceu a vontade de ter uma bancada cada vez mais forte, com cada vez mais políticos cristãos. Faltam deputados como Marco. Quero estar sempre ao lado de Feliciano, ajudando ele”, declarou, em entrevista ao site Christian Post.

A parceria entre Roberto Marinho e Marco Feliciano começou em 2009, pouco antes do convite do PSC para que o pastor saísse candidato à Câmara: “Tínhamos receio. Não sabíamos nem se iríamos ganhar”, revelou.

Para ele, a rivalidade entre Feliciano e os ativistas gays cresceu durante o mandato: “Feliciano sempre defendeu a família. Aos poucos, foi se tornado uma pedra no caminho do grupo LGBT e se opondo a alguns deputados que trabalham nesse causa gay. Um dos primeiros embates, foi para suspender o kit gay”.

Caso saia candidato à Câmara dos Deputados, Roberto Marinho deverá seguir a linha de atuação do pastor: “Marco é meu mentor”, afirmou. “Somos a favor da família natural: pai, mãe e filhos. Apesar de ser bíblico, não é só religião. É constitucional, até que se mude. Não somos contra as pessoas gays. As práticas é que são abomináveis para Deus. Nossa Igreja é frequentada por homossexuais. Alguns se converteram. Tratamos todos com maior respeito. […] A luta [dos ativistas gays] não é por direito, é por privilégios. Algo mais”, criticou o cantor.

Enquanto define se sairá ou não candidato, Roberto Marinho já recebe a exposição necessária para se tornar conhecido entre os evangélicos acompanhando o pastor Marco Feliciano: “Onde ele prega, sou cantor oficial”, disse.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

7 COMENTÁRIOS

  1. A mote, utilizada por Feliciano, tá dando certo ” pela família”, consegue eleger, quem aparecer na mídia ao lado dele, no caso o episódio do avião, onde héteros satirizam com a música dos manonas.
    Já rendeu frutos ao tal “Roberto Marinho” deve ser nome artístico rs.
    Dilma e sua mote “Brasil contra a miséria”, Lula “Brasil sem fome” e Feliciano ” em favor da família” , slogan, mentiroso e sem nexo.
    Povo voto de cabresto faça-me o favor, por culpa de vocês votarem em cima de “mote”, os mais esclarecidos tem de ir as ruas e levar tiro de borracha, de seus eleitos “deputados” que depois de levar ovo, sátira em avião, e se fazer de coitadinhos.
    Cada povo, tem os governantes, que merece.

  2. soltaram os bichos e eles acharam o caminho da roça…heheheh mais um querendo mamar nas tetas fartas do governo…se prometer não votar com o pt gay comoi faz o pr. que ele acompanha

DEIXE UMA RESPOSTA