Famosa atriz revela que desistiu de fazer aborto após orar e ouvir “a voz de Deus”

6

A atriz Stacey Dash, 49 anos, revelou que tempos atrás estava disposta a fazer um aborto, mas que desistiu de interromper sua gravidez ao ouvir a voz de Deus dizendo para não levar a ideia adiante.

Stacey ficou mundialmente famosa ao estrelar a série e o filme “As Patricinhas de Beverly Hills” nos anos 1990.

“Quando fiquei grávida, eu usava muitas drogas e não queria viver. Eu queria morrer. Eu ia fazer um aborto. Eu estava chorando e disse a Deus: ‘Por favor, me diga o que fazer'”, afirmou a atriz à revista People.

De acordo com Stacey, essa oração simples e objetiva a proporcionou uma experiência decisiva em sua vida: “Deus me disse: ‘mantenha seu filho’. Eu rasguei o papel e disse para mim mesma: ‘eu vou manter o meu filho!'”, revelou.


Stacey Dash no filme "As Patricinhas de Beverlly Hills"
Stacey Dash à direita no filme “As Patricinhas de Beverlly Hills”

Aborto

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 25% das gestações em todo o mundo sejam interrompidas por procedimentos de aborto. Os dados foram obtidos em uma pesquisa realizada em parceria com o Instituto ‘Guttmacher’, e o levantamento estimou que são praticados 56 milhões de abortos anualmente, um número superior aos 50 milhões realizados, na média, entre os anos de 1990 a 1994, quando outro levantamento similar foi realizado.

O aumento se deve, de acordo com os pesquisadores, ao crescimento do número de procedimentos em países em desenvolvimento, como o Brasil e seus vizinhos na América Latina. Nos países já desenvolvidos, o número de abortos para cada mil mulheres em idade de reprodução caiu de 24 para 14.

“Muitas vezes, o aborto é visto e vendido como a única solução para as mães, que são incentivadas a exibir uma gravidez não planejada como ‘um problema que precisa ser resolvido’. Mas devemos nos certificar que as mães estão plenamente conscientes que há diferentes opções lá fora, além do aborto”, pontuou Nola Leach, presidente da organização CARE.

A própria OMS defende a prevenção à gravidez como melhor forma de evitar uma gestação indesejada: “Investir em métodos contraceptivos modernos seria muito menos oneroso para as mulheres e para a sociedade do que ter gestações indesejadas e abortos inseguros”, comentou a doutora Bela Ganatra, representante da entidade.

Recentemente, a cantora Solange Almeida, vocalista da banda Aviões do Forró, revelou ter feito um aborto anos atrás e que se arrepende dessa escolha.

6 COMENTÁRIOS

    • Engraçado como Deus não permite o aborto mas permite que as crianças não abortadas sejam abandonadas e até jogadas em caçambas de lixo, em riachos e até em latrinas depois que nascem. Esse Deus ébipolar ou psicopata. Só pode…

      • claudio
        engraçado é este teu comentário que demonstra apenas falta de conhecimento
        Deus não permitiu esta criança ser abortada, e as jogadas no lixo ele providencia alguém para salvar e amar a elas, sim algumas morrem, pelo mal que os homens tem no coração, fazer o que o dono da vida e da morte sabe o que faz, tem planos para a mãe e para a criança

    • claudio
      engraçado é este teu comentário que demonstra apenas falta de conhecimento
      Deus não permitiu esta criança ser abortada, e as jogadas no lixo ele providencia alguém para salvar e amar a elas, sim algumas morrem, pelo mal que os homens tem no coração, fazer o que o dono da vida e da morte sabe o que faz, tem planos para a mãe e para a criança

DEIXE UMA RESPOSTA