Candidatura da bancada evangélica para Comissão de Direitos Humanos é impedida por manobra do PT; Feliciano dispara: “Perseguição religiosa”

147

A intenção da bancada evangélica de eleger o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) para o exercício de 2015 foi barrada por uma manobra do PT.

O atual presidente da CDHM, deputado Assis do Couto (PT-PR), rejeitou a candidatura avulsa de Sóstenes Cavalcante, alegando que havia um acordo entre os partidos de que a presidência da comissão ficaria com Paulo Pimenta (PT-RS).

“Eu indefiro a candidatura avulsa, respeitando a indicação oficial que é tirada com base na proporcionalidade”, disse Couto. A decisão terminou adiando a eleição da nova diretoria da CDHM, segundo informações do G1.

Sóstenes Cavalvante é pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) e contou com o apoio do pastor Silas Malafaia para se eleger pela primeira vez a um mandato. Sua candidatura avulsa contava com apoio de diversos parlamentares, como por exemplo, Jair Bolsonaro (PP-RJ) e o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), ex-presidente da CDHM.


No Twitter, Feliciano disparou críticas contra o PT e acusou o partido de se mobilizar contra os evangélicos em geral: “Porque o deputado Sóstenes não pode presidir a CDHM? Desde ontem articulamos, para mostrar para todos que [a implicância] não é [com o] Feliciano, é qualquer evangélico! O regimento foi alterado na surdina proibindo candidatura avulsa, mas encontramos no próprio regimento apoio para candidatos do Bloco do PT. Temos votos. Temos o regimento. Mas agora é esperar a coragem dos líderes de partidos em manter nossos nomes da comissão. Usam o argumento “acordo político” não se quebra. Mas quando fui o candidato acordado, o PT, PSOL, PCdoB e outros se levantaram contra”, criticou Feliciano.

O pastor ainda enviou uma mensagem de apoio ao colega de parlamento e ministério: “Preconceito! Perseguição religiosa! Tudo isso e mais um pouco! Amigo deputado Sóstenes, não recue! Estou do seu lado amigo”, escreveu.


147 COMENTÁRIOS

  1. “perseguição religiosa”

    Desculpa padrão dos rebeldes que usam titulo de pastor mas provam que seu chamado ministérial é coisa de homem e se tornam politicos desse mundo.

    • então deixa satanas governar esse País pra vc ver!!

      vc quer perseguição? é só deixar os gays tomar o poder e aprovar a lei da homofobia e etc..
      ai a Bíblia teria que ser proibida, pois ela fala mal da homossexualidade.

      ele pelo menos estão lutando pelos cristão, ao contrario de vc que só ACUSA(papel de satanas)

      • Como se cristãos do tipo Feliciano, não fossem satanases de gays, adeptos de outros cultos, mulheres, descrentes e outros grupos.

        Conta outra.

        Vocês discriminam por convicções religiosas, quer coisa pior do que isso? Eu nunca defendi nenhuma proposta exagerada do LGBT.

        Mas nunca deixem de reconhecer que existe uma discriminação que precisa ser combatida por lei, nunca neguei o fato de que gays são tão cidadãos do estado como qualquer outro e por isso, deveriam ter direitos civis garantidos. Mas quem for debater isso comigo, verá que minhas ideias são diferentes do LGBT.

        Não é preciso pL 122 pra combater a homofobia. Basta alterar a lei 7,716 pra que ela passe a amparar os casos de homofobia na nossa sociedade.

      • kele

        Lamento, mas tenho que te dizer que satanas já governa este país. Caos na educação, crise na saúde, a bandidagem presa pelas forças de segurança é solta pelos juízes de forma que não há explicação, um estado que arrecada dos cidadãos e transfere para a iniciativa privada alegando falta de recursos para atender as necessidades do povo, a policia faz plantão em frente aos bancos, mas nunca está no teu bairro. Um congresso composto por ladrões e corruptos, Uma sociedade que está se homosexualizando a passos largos, uma igreja que deveria ser o fiel da balança mas que no fundo compactua com todas estas coisas sórdidas, revelam que o diabo está no comando. Olha, e nem listei uma rapa de tudo que poderia ser escrito aqui.

      • KELE
        Na verdade star não só sabe que satanás já esta no governo, como fez intença campanha para eleger a candidata dele aqui no site. ( A SABER DILMA ).

          • Aumento da gasolina aumento na energia aumento do ir e tudo que gira em cima de um caminhão e esta no comércio, DILAMA E STARDUST PROVAR O QUE SE SALTA AOS OLHOS, SEI QUE NÃO TE AFETA, POIS TODO PARASITA QUE VIVE AS CUSTAS DE OUTRO NÃO ESTA NEM AI.

          • Não sou eu que quero que os outros me deem 10% de seus salários para sustentar meus luxos, como um barco particular. Logo, não sou parasita.

          • STARDUSTCEGODERAIVADEDEUS
            Mais uma vez pula pula sapinho mas não sai da panela que esta cozinhando bem devagar, não aceita devolver para Deus que tudo lhe da, e apoia dilama na sua carreira de roubos e malandragens petrostardust starmensalone, rapaz fazer parte desta quadrilha declaradamente fere a qualquer pessoa Cristã, graças a Deus vc. não pertence a nós se não nunca deixaria a nós, teu aliciador satã te prometeu o mundo e suas riquezas mas vai ganhar apenas um lago

          • clamando

            Como o diabo poderia tentar me seduzir com as riquezas deste mundo, se é vc, que defende a satânica teologia da prosperidade?

            Sem noção, “pastor”-presidente.

          • STARDUST
            FIQUEI DE FORA SÓ VENDO VOCE APANHAR DO SR. JOSÉ , POIS TEM UMA CARA DE TACHO PARA AGUENTAR TANTA HUMILHAÇÃO E ELE NÃO PRECISA DE AJUDA PARA TE HUMILHAR, MAS VEJA BEM EU POSSO TEU MEU BARCO PORQUE TRABALHO E GANHO PARA ISTO, E GANHO BEM DEUS ME ABENÇOOU PORQUE SOU DIZIMISTA FIÉL E GRANDE OFERTANTE, NÃO TENHO VERGONHA DE NADA QUE TENHO POIS TUDO VEM PRIMEIRO DE DEUS E DEPOIS DAQUELE QUE COME DO SUOR DO SEU ROSTO.

          • Sim teologia da prosperidade, Deus é o dono do ouro e da prata.
            sataniologia stardust quanto mais pobre e explorador melhor, vc. sabia que o diabo promete riqueza mas não da.
            Stardust pulando como sapo na panela de água quente.

          • EU VI E DOU TESTEMUNHO, DEPOIS QUE COMECEI A SEGUIR A JESUS E FAZER SUA VONTADE, DEIXEI DE SER EMPREGADO E ME TORNEI UM GRANDE EMPRESÁRIO, ELE ME DEIXOU RICO E EU DEVOLVO MUITO MAIS DO QUE A BÍBLIA PEDE, E SOBRA E SOBRA E SOBRA EU E MINHA FAMÍLIA SE QUISER PODEMOS FICAR O TEMPO PASSAR, E ANTES QUE DIGA QUE É POR CAUSA DOS DÍZIMOS DA MINHA GRANDE IGREJA EU DIGO FAÇA COMO EU E TRABALHE VAI VER QUE COMER DO SUOR DO PRÓPRIO ROSTO FAZ DA VIDA UMA BELEZURA.

          • “DA MINHA GRANDE IGREJA”

            Sim, clamando… A “igreja” é sua mesmo, pra ter o seu nome até na placa, só pode ser sua.

          • SIM STARDUST
            A IGREJA É MINHA E A DEVOLVEREI QUANDO MEU SR. A REQUERIR DE MINHAS MÃOS E ME DISSER BOM E QUERIDO SERVO FOSTE FIEL NO POUCO NO MUITO TE COLOCAREI.
            ESTÁ NO NOVO TESTAMENTO ENTÃO TAMBÉM NÃO SERVE PARA TI POIS NÃO É HEBREU
            “Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” (Hebreus 13 : 17)

          • PELO QUE SEI O INQUILINO QUE PAGA ALUGUÉL É DONO ENQUANTO MORA EU PAGO ALUGUEL EM DIA NÃO ENTERREI MEU TALENTO, ATÉ ELE ME CHAMAR OU VOLTAR SENDO CONFIADO A MIM EU SOU O DONO.
            ÚNICO POBRE E LAZARENTO É TU STAR

          • clamando

            impossivel essa sua associação de inquilino aluguel/ pastor igreja de Cristo.

            o inquilino não é dono do imovel. Ele não pode mudar o imóvel sem consentimento do proprietario, por exemplo… e por acaso vc alugou a igreja de Cristo e colocou seu nome na placa??? é um comércio mesmo.

    • E deplorável ver exemplos como esse.

      Por casos assim, que eu me recuso a ser cristão. Não quero correr o risco de me tornar isso ou algo até pior, como o delldellphone que é desequilibrado.

      Se eu fosse escolher uma religião, certamente seria oriental por conta delas serem mais racionais.

      Alguém já pensou em quantas pessoas torcem o nariz para o cristianismo, por conta de exemplos como o do luciano ou do delldellphone?

      • Vira budista e vai pro mosteiro e aproveita leva o janio e sandro,ummm mais vocês três num mosteiro não daria certo,vocês ia contaminar os carequinha budista com suas idéias homossexuais e o mosteiro todo ia se perder.
        conclusão:vocês não presta pra nada.
        Haa presta sim,presta para espalhar doenças.

        • Luciano,eu sou cristão católico e tenho caráter.Não sou igual a você que,entre
          o necessitado e o rico,mesmo o rico não prestando e não tendo razão,você
          fica ao lado do rico contra o pobre,seu lixo interesseiro e injusto,falso crente do
          rabo quente.E mais:cuida do seu fiofó que está arregaçado por dentro com a
          maldita próstata.Fariseu.

  2. PASTOR FELICIANO
    Esta só pagando o preço por ter servido de massa de manobra, para entrada de João e Genuino apesar de condenas por formação de quadrilha e peculato, pela porta da frente da câmera federal, em comissão mais importante da casa, infelizmente ele já recebeu seu prêmio.

    • Esse teu comentário é uma piada ou você é mesmo o intelectualmente limitado e ingênuo que aparenta ser? Cara, vai pra igreja rezar, que de política você não entende é nada!

      • Sandro, se uma coisa e eu aprendi na política é que não se descarta nada, TUDO é possivel, como em futebol o jogo só acaba quando o àrbitro apita mesmo assim já teve resultados revertidos no tapetão. A bancada evangélica contra atacou e a candidatura do Petistas foi posta em check! Então eles (PT,PSOL,PCdoB) que se cuidem a batalha não está ganha…

  3. A igreja stardustiana cristofobica renovada dando seus pitacos desgovernados, e de doer tanta mentira, a mentira chegou no mundo pela boca maldita de satanas o inimigo dos homens e de Deus, mas o tal corrabora com a tal, A MENTIRA saida da boca flamejante do sem vergonha do satanais chegou e sem vontade alguma de voltar, A mentira chegou no globo trraquio antes de Jesus Cristo Chegar, asteou sua bandeira no ar na terra e no mar, correndo de boca em boca, dia e noite sem parar, atravessando fronteiras e vai pra qualquer lugar, a mentira com seu veneno separa muitos casais atira pais contra os filhos e os filhos contra os pais, vai separando os amigos e aumentando os rivais quem sofre ou ja sofreu com a mentira sabe e sabe muito bem o mal que ela trais, a cicatriz da mentira não desaparece mais, Eu particularmente luto contra a mentira com a espada da verdade, mas no fim de cada conbate e triste a realidade, se a mentira não vencer ela com certeza destroi a metade, ja perdi um grande amor que ainda sinto saudades, a danada da mentira ja roubou minha felicidade, A mentira tem perna curta mas porem sempre chega na frente, e o pior e que inocenta quem tem culpa e e muitas veses condena um inocente, no lugar que a mentira passa ela sempre espalha semente, vai crescendo a cada instante e ficando mais potente ate calterizar a mente daqueles que com ela convive, pois de tanto mentirem para os outros e para se mesmo a mentira se torna uma realidade em suas almas entorpecidas e suas mentes ou intelectos cauterizados e dominados pela danada da mentira e a estes somente o Pretioso Sangue do Senhor da Gloria que o Senhor Jesus Tenha Misericordia destas eloquentes Almas e miseraveis pecadoras, pois no mundo inteiro em todas as epocas somos sim miseraveis pecadores, e todos precisamos das Santas Misericordias de Deus, a diferença do Crente e que o Crente sabe reconhecer a se proprio nesta condição e sim clmar pelas Misericordias Eternas, eu Tour Natrak vulgo Studebaker o disse

          • ALEXANDRE MACHADO
            Eu vejo seguidamente o poeira ai dizendo que DR. CLAMANDO não tem credibilidade aqui no site, mas vejo que ao contrário ele é cercado por Cristãos com bom testemunho como o seu.
            Parabéns ao DR. CLAMANDO e a todos da família da fé.

          • desconheço esse nick do clamando de zambujero. Ele é clamando, jose carvalho e celia mulata. Esses três nicks formam a trindade clamandiana, entidade criada pelo “pastor” presidente fernando para disseminar suas mentiras aqui no g+.

            Mas graças a Deus clamando está em PAPAS DE ARANHA com stardust.

          • kkkk não é isto que estou vendo, claro não adianta falar em ver com quem é cego, pode até ter uma ideia de como é mas nunca vai saber de verdade.

    • studebaker ou tour natrak
      Não passas de um evangélico de araque
      Mulheres “pastoras” queres defender
      Mas usando a bíblia nunca vais poder

      A mentira sempre foi sua aliada
      Mas eu prefiro a bíblia sagrada
      Me contradizer é o que vc sonha
      Como não consegue sempre passa vergonha

      Dízimo, outra mentira que vc defende
      porque vc ainda não entende?
      Na bíblia nunca vi cristão dizimar
      Não será agora que vamos começar

      Agora vem com essa estória de 36
      Mas prepara-se que um dia chega a sua vez
      David miranda disse que quem o deixou iria morrer
      porém o enterro dele foi esses dias, agora podes entender?

      Outra mentira: pastor-deputado
      Tanta heresia me deixa abismado
      Esse rebelde não é digno de ser chamado pastor
      E ainda quer meu voto como eleitor!

      stubaker quando escreveres no G+
      Procures mostrar-se capaz
      Escrevas direito e sejas coerente
      falando acaipirado, difamas ainda mais o crente

    • studebaker ou tour natrak
      Não passas de um evangélico de araque
      Mulheres “pastoras” queres defender
      Mas usando a bíblia nunca vais poder

      A mentira sempre foi sua aliada
      Mas eu prefiro a bíblia sagrada
      Me contradizer é o que vc sonha
      Como não consegue sempre passa vergonha

      Dízimo, outra mentira que vc defende
      porque vc ainda não entende?
      Na bíblia nunca vi cristão dizimar
      Não será agora que vamos começar

        • Deus nos livre de um país evangélico. Já vamos tomar com 10% descontado diretamente na folha de pagamento para sustentar esses intitulados “homens de Deus”

          • stardust
            icm 23%
            ipi 4,7%
            iss 1,6%
            cofins 11,2
            pis/ pasep 2,7%
            ir 17%
            csll 2,2%
            previdência 17,8%
            fgts 5,2%
            outros 15,6
            sem contar dezenas de outros impostos pagas diferenciados como cigarro bebidas carros gasolina e por ai vai, TENDO EM VISTA QUE PAGA-SE TANTO E SE RECEBE QUASE NADA, MUITO ME ESTRANHA.
            Que não queira devolver o que é de Deus dando ele tudo para todos saúde proteção alimento e tudo mais que se possa desejar.
            Este é teu problema não saber a que veio.

          • Dízimo evangélico: 10% de seu salário, obrigatório a todos os fiéis da religião
            Dízimo bíblico: 10% de animais e colheita, obrigatório somente aos judeus durante a lei de moisés

            Se o dízimo é de Deus, como apregoa a religião evangélica, porque fica com o pastor?

          • STARDUST
            Mais uma vez em desespero fala mas não prova onde Deus ou seu Filho diz não é para dar dízimo.
            Já eu só vejo Jesus dizer de o dízimo mas não esqueça das outras coisas, esta é a única verdade bíblica esta registrado lá é legal.

          • Jamais vi na bíblia Jesus pagando dízimo… já vi ele pagando o imposto romano, mas o dízimo que o clamando diz que é de Deus eu jamais vi… e olha que Cristo é nosso exemplo.

            Jesus pagou o imposto mundano e mandou dar a césar o que é de césar. Então eu pago os meus impostos.

            Jesus nunca pagou o dízimo evangélico. Então eu também não pago o dízimo evangélico.

            Jesus, meu maior exemplo!!!

          • Stardust,

            Concordo,

            Ora, além de bancar as reformas das igrejas católicas, doar os terrenos públicos para ela, também pagar taxas de transmissão de imóveis, pagar os salários dos padres(como ocorre na Áustria), ter que dar mais dez por cento?

            É…, bancar tua igreja e as evangélicas também, não dá.

            Assim é demais.

          • Se fosse teu exemplo Cristo certamente seguirias suas ordens de o dízimo e não esqueça,
            “Mas ai de vós, fariseus! Porque dais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças e desprezais a justiça e o amor de Deus; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas”. Lucas 11:42 grifo meu.
            ESTÁ ESCRITO DEVÍEIS, POREM, FAZER ESTAS COISAS SEM OMITIR AS OUTRAS
            FAZER ESTAS COISA …DAR O DIZIMO…ENTENDEU OU ORECISA QUE DESENHE?
            Agora prove ai onde Deus ou Jesus manda não dar.

          • STARDUST
            E para encerrar esta discussão que não produz fruto algum, que estava me fazendo mal e havia parado de comentar, pois produz só frutos podres.
            Quero te dizer sobre tua ignorância sobre a bíblia e suas verdades, sobre teologia hermenêutica e exegese, nas quais vc. é pobre de marre marre.
            O sr. Jesus diz eu vim para cumprir toda a a lei .logo e corretamente se le dar o dízimo, e vou citar apenas uma das muitas razões, pois doutra maneira nunca poderia falar no templo.
            Não fale mais estas bobagens em defesa de satanás, pois teu gastigo será muito grande, tenha certeza militar contra Deus e sua obra tem um preço, não se engane ele não se deixa escarnecer, tudo que semear vai colher.
            Sei que vai vir cheio de disfarces tentando fugir daquilo que postei, mas lembre o azar é teu.

          • clamando

            Jesus veio cumprir toda a lei e Ele a cumpriu. Ele com certeza daria o dízimo, se estivesse dentro de todos os parâmetros que obrigava a dar dízimo.

            1- Ser israelita
            2- Ter animais ou colheita

            Jesus só cumpria o primeiro requisito… Ele era israelita da tribo de judá, uma das que deveriam dar o dízimo, porém o segundo requisito Ele não cumpria, visto ser carpinteiro, e carpintaria não lida com a terra, nem com animais, portanto, pela lei de moisés, estava isento.

            Após a cruz, porém ninguém mais tem obrigação de dizimar do que colhe ou dos animais de sua posse que procriam. Não estamos debaixo da lei de moisés.

        • LUCIANO
          Não ofenda os Cristãos, pois este ai nem de meia tigela, pois ele nunca foi evangélico não pode ser CRISTÃO, é apenas ateu a serviço pago tentando denegrir a igreja e seus prs. e assim como satã desconstruiu a verdade la no paraíso, Stardust aqui continua na velha prática.

  4. Não é perseguição religiosa.

    Se os pentecostais não fossem tão sectários ou mente fechada(no popular), as pessoas não desconfiariam deles à frente da comissão. Não estou defendendo A ou B para esse posto. Apenas colocando um critério essência. É preciso ter mente aberta pra fazer parte disso.

    Foi como eu disse uma vez, vc não precisa aprovar PL 122 se esta for exagerada. Basta vc reconhecer o que ela quer combater e se dispor a dialogar para propor uma nova solução. Algo mais coerente.

    Eu mesmo não me canso de fazer isso quando tenho oportunidade.

    Mas sabem quantas vezes vi evangélicos pentecostais propondo alguma alternativa sensata que substituísse a PL 122? NENHUMA. O mesmo vale para o caso da cartilha nas escolas. E olha que neste caso, quando foram dar piti pra retirada desse material, a liderança evangélica prometeu ajudar a combater a homofobia nas escolas. Isso foi inclusive noticiado aqui mesmo no Gospel+.

    Mas o que essa liderança fez em relação a homofobia nas escolas? NADA. ABSOLUTAMENTE NADA.

      • Samuel Jose

        A questão é que a lei 7,716 do modo como ela está hoje, não ampara casos de discriminação contra gays. Se duvida, procure por ela e veja os casos que ela ampara.

        Uma alteração visando amparar casos de discriminação contra homossexuais, se faz necessária.

        As penas podem ser as mais variadas. Tipo:

        -Ofensa e impedimento de frequentar locais públicos ou privados. Multa ou/e Serviço Comunitário.

        – Agressões e demais violências físicas. Cadeia

        Isso é dar privilégios?

        Aos religiosos, pode-se negociar o direito de opinar contrária a prática, do ponto de vista bíblico. Ou seja, dizer que é pecado, que não leva à salvação.

        Mas dai a chama-los de DOENTES, ABERRAÇÕES, ANORMALIDADES e etc…. NÃO. Isso não é ser bíblico. Isso é ser ofensivo mesmo e tem que ser punido.

      • Então vamos acabar com os privilégios da classe dos vendilhões do Evangelho junto à Receita Federal, afinal não é fato que eles fazem fortuna e enriquecem através de seitas que não recolhem impostos?

  5. Acordo anteriormente firmado entre os partidos era que a presidência ficaria com o PT.

    Cavalcante manifestou esperteza, oportunismo e cinismo e …. apareceu na imprensa.

    Evangélicos ingenuamente desconhecedores dos fatos agora falam em perseguição.

  6. os ptralhas junto com as aberrações gays estão com os dias contados. podem pegar a presidencia do que quiserem. haverá em breve uma limpeza no brasil tanto de ptralhas como das aberrações gays. aguardem.

    • PMDB

      PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO

      PTB

      PDT

      PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA

      DEM

      DEMOCRATAS

      PSB

      PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO

      8

      PSDB

      PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA

      PTC

      PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO

      PSC

      PARTIDO SOCIAL CRISTÃO

      PMN

      PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL

      PRP

      PARTIDO REPUBLICANO PROGRESSISTA

      PPS

      PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

      PV

      PARTIDO VERDE

      PTdoB

      PARTIDO TRABALHISTA DO BRASIL

      PP

      PARTIDO PROGRESSISTA

      19

      PRTB

      PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO

      28

      20

      PHS

      PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE

      31

      21

      PSDC

      PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO

      PTN

      PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL

      PSL

      PARTIDO SOCIAL LIBERAL

      PRB

      PARTIDO REPUBLICANO BRASILEIRO

      10

      PR

      PARTIDO DA REPÚBLICA

      PSD

      PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO

      PPL

      PARTIDO PÁTRIA LIVRE

      PEN

      PARTIDO ECOLÓGICO NACIONAL

      PROS

      PARTIDO REPUBLICANO DA ORDEM SOCIAL

      SOLIDARIEDADE

    • ALEXANDRE MACHADO
      Sabe quando a polícia pega aqueles marginais que a gente se mija de rir, aqueles que dizem assim o sinho eu não fiz nada sinho
      delegado então porque correu?
      O sinho é que me deu frio sinho dai corri sinho
      Delegado ta mas esta droga aqui
      O sinho não é minha sinho
      MACHADO ve se não é a cara do stardust ladrão de dizimo e inimigo de Deus.
      E é para se mijar de rir vale kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • ESTUDO BÍBLICO:

        “AS 10 MAIORES MENTIRAS SOBRE OS 10 POR CENTO DOS DÍZIMOS”

        Muitas igrejas insistem no ensino errôneo de que os dízimos ainda são obrigatórios mesmo para os cristãos que vivem debaixo da graça de Jesus Cristo, e se utilizam de argumentos que se tornaram verdadeiros mitos dentro da comunidade evangélica, porém como eles dizem que o dízimo é 10 por cento, vamos usar o mesmo princípio numérico e verificar biblicamente as 10 argumentações mentirosas mais difundidas a respeito do dízimo.

        1º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI ORDENADO POR DEUS NO JARDIM DO ÉDEN, POIS A ÁRVORE DO CONHECIMENTO REPRESENTA O DÍZIMO”

        Na verdade, biblicamente o dízimo foi ordenado no monte sinai (levíticos 27:30-32; Números 18:21-24) e portanto, não foram instituidos no Jardim do Éden, pois sequer é mencionado que Adão e Eva receberam o mandamento de dizimar. A associação que muitos religiosos que insistem em receber dízimos fazem de que a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:9), pois não era permitido a Adão e Eva comer dela (Gênesis 2:17) portanto ela seria segundo eles um “símbolo” do dízimo, mas isso é uma associação esdrúxula, pois sequer há um texto bíblico que faça uma ligação entre essa árvore do Jardim do Éden e o dízimo da lei de moisés, sequer se diz que a árvore ocupava 10% do espaço do Jardim do Éden. Trata-se portanto de mais um argumento ridículo usado pelos líderes religiosos para levar o povo a acreditar que o dízimo não era somente obrigatório perante a lei de moisés.

        2º MENTIRA – “O DÍZIMO SEMPRE FOI OBRIGATÓRIO MESMO ANTES DA LEI DE MOISÉS”

        O dízimo antes de sua ordenança no Sinai era voluntário, sendo mencionado apenas 2 vezes antes de se tornar obrigatório, Abraão deu uma única vez um dízimo do despojo de guerra quando resgatou seu sobrinho ló e jacó fez um voto a Deus (gênesis 14:17-20, gênesis 28:20-22)

        Pelas seguintes razões, Gênesis 14:20 não pode ser usado como exemplo para os cristãos dizimarem: 1º – A Bíblia não diz que Abraão deu obrigatoriamente esse dízimo. 2º – O dízimo de Abraão não foi um dízimo santo, da Terra Santa de Deus, produzido pelo povo santo de Deus. 3º – O dízimo de Abraão foi somente do despojo de guerra (hebreus 7:4). 4º – O dízimo de Abraão a Melquisedeque aconteceu apenas uma vez e Abraão mudava sempre de lugar. 5º – O dízimo de Abraão não proveio de sua riqueza pessoal. 6º – O dízimo de Abraão não é mencionado em nenhuma parte da Bíblia, seja no velho ou no novo testamento a fim de respaldar o ato de dizimar. 7º – Visto como nem Abraão nem Jacó tinham um sacerdócio levítico para manter, eles não tinham lugar algum onde entregar os dízimos, durante os seus muitos deslocamentos.

        No caso específico de Jacó, lemos o seguinte: “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista,de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo” (Gênesis 28:20-22). O texto bíblico é claro, que Jacó fez um propósito particular (um voto) de que se Deus fosse favorável à ele, que ofereceria à Deus o dízimo. Não se vê também neste caso nenhuma ordem explicita de Deus ou algum sacerdote a mando Dele, para que Jacó dizimasse, e vemos que foi uma promessa de Jacó para Deus, não há relatos posteriores na Bíblia que ele tenha de fato dizimado, apenas se observa a sua promessa, seu compromisso de entregar o décimo de tudo que viesse a obter daquele momento em diante. Outra vez, não vemos na Bíblia nenhuma passagem em que vemos escrito que devemos dizimar como Jacó fez, portanto trata-se de mais uma mentira que os líderes criaram para tentar fazer parecer que os dízimos eram obrigatórios antes mesmo da lei de moisés.

        3º MENTIRA – “O DÍZIMO DOS ALIMENTOS DO VELHO TESTAMENTO FOI SUBSTITUÍDO POR DÍZIMO DO DINHEIRO NOS DIAS ATUAIS”

        Não há um versículo na biblia informando que dízimo obrigatório da lei de moisés possa ser ouro, prata, moeda, dinheiro, etc. Dízimo sempre foi apenas alimento do campo vegetal ou animal (levíticos 27:30 e 32) mesmo quando havia metais preciosos como moeda corrente. Abraão no seu tempo comprou uma sepultura para sua esposa por 400 ciclos de prata (gênesis 23:16)

        Embora já existisse dinheiro, a substância do dízimo divino jamais foi dinheiro. Ele era o “dízimo do alimento”. Isso é muito importante. Os verdadeiros dízimos bíblicos eram sempre somente o alimento proveniente das fazendas e rebanhos, somente dos israelitas que vivessem exclusivamente dentro da Terra Santa de Deus, as fronteiras nacionais de Israel. A fartura provinha de Deus e não da manufatura ou habilidade do homem.

        Existem 15 versículos de 11 capítulos e 8 livros, de Levítico 27 a Lucas 11, que descrevem o conteúdo do dízimo. E o conteúdo jamais, repito, jamais incluía dinheiro, prata, ouro ou qualquer outra coisa, além de alimento. Mesmo assim, a definição incorreta de “dizimar” é a maior mentira que está sendo pregada sobre esse ato, hoje em dia. (Veja Levítico 27:30,32; Números 18:27,28; Deuteronômio 12:17; 14:22, 23, 26; 2 Crônicas 31:5; Neemias 10:37; 13:5; Malaquias 3:10; Mateus 23:23 e Lucas 11:42).

        Não se observa portanto em toda a bíblia, alguém entregando dízimo em dinheiro, pois dízimo era décima parte dos alimentos ( agropecuários ou agrícolas ), e jamais foi entregue em dinheiro. E o dinheiro já era corrente nos tempos bíblicos, pois o próprio moisés que recebeu a lei para o povo lidou com dinheiro: “Então, Moisés tomou o dinheiro do resgate dos que excederam os que foram resgatados pelos levitas.Dos primogênitos dos filhos de Israel tomou o dinheiro, mil trezentos e sessenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário. E deu Moisés o dinheiro dos resgatados a Arão e a seus filhos, segundo o mandado do SENHOR, como o SENHOR ordenara a Moisés” (Números 3:49-51)

        Mais uma prova de que o dízimos sempre foram alimentos podem ser vista nessa passagem bíblica: “DOS DÍZIMOS NÃO COMI no meu luto e deles nada tirei estando imundo, nem deles dei para a casa de algum morto; obedeci à voz do SENHOR, meu Deus; segundo tudo o que me ordenaste, tenho feito” (Deuteronômio 26:14)

        Portanto, mais uma mentira dos líderes que ensinam sobre a obrigatoriedade dos dízimos é revelada, quando dizem que nos tempos bíblicos dízimos eram entregues em alimentos porque dinheiro ainda não existia, mas abraão e até moisés lidavam com dinheiro, e mesmo assim na obrigatoriedade da lei de moisés nunca se pagava dízimos em dinheiro, pois dízimo sempre foi a décima parte dos alimentos, do campo e animais, e nada tem a ver com a exigência de entrega de 10% do dinheiro que os cristãos recebem para esses líderes que ensinam erradamente sobre dízimos. Dízimo nunca foi pago em dinheiro, apenas em alimentos. Se o seu pastor ou líder insistir em dizer que pode ser pago em dinheiro exija que ele mostre alguém dizimando em dinheiro na bíblia, pois dinheiro já existia e era usado naquela época.

        4º MENTIRA – “O DÍZIMO FOI DADO POR DEUS AOS LEVITAS DA VELHA ALIANÇA E HOJE OS PASTORES DA NOVA ALIANÇA SUBSTITUIRAM ESSES LEVITAS PORTANTO DEVEM RECEBER DÍZIMOS”

        O dízimo foi dado aos levitas, mas para que eles fizessem todo o trabalho da tenda da congregação (Números 18:21-23). Se hoje os membros leigos fazem mais de 90 % do trabalho e os pastores recebem todo o dízimo isso não é biblico, é humano. Na igreja primitiva de atos, um levita, chamado josé de sobrenome barnabé dava ofertas ao invés de receber dízimos dos apóstolos e membros da igreja cristã: “José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, LEVITA, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (atos 4:36-37) Portanto fica evidente que com a mudança do sacerdócio mudou a lei: “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei” (hebreus 7:12)

        Na economia hebraica, o dízimo era usado de maneira totalmente diferente da que hoje é pregada. Mais uma vez, os levitas que recebiam o dízimo inteiro nem sequer eram ministros ou sacerdotes – eles eram apenas servos dos sacerdotes. Números 3 descreve os levitas como sendo carpinteiros, fundidores de metal, artesãos de couro e artistas, que mantinham o pequeno santuário. E 2Crônicas 23-27, durante o tempo dos reis Davi e Salomão, os levitas também foram peritos artesãos, os quais inspecionavam as obras do Templo. Vinte e quatro mil deles trabalhavam no Templo como construtores e supervisores; seis mil eram oficiais e juízes; quatro mil eram guardas e quatro mil eram músicos. Como representantes políticos do rei, os levitas usavam o seu dízimo para servir aos oficiais, juízes, coletores de impostos, tesoureiros, guardas do Templo, músicos, padeiros, cantores e soldados profissionais (1Crônicas 12:23,26; 27:5). É obvio que esses exemplos do uso bíblico da entrada do dízimo nunca se tornam exemplos para a igreja de hoje. É importante saber que na Antiga Aliança os dízimos nunca eram usados para evangelizar os não israelitas. Neste ponto o dízimo falhou. Vejam Hebreus 7:12-19. Os dízimos jamais estimularam os levitas e sacerdotes da Antiga Aliança a estabelecer uma única missão fora do país, para encorajar um só gentio a se tornar israelita (Êxodo 23:32; 34:12,15; Deuteronômio 7:2). O dízimo da Antiga Aliança era motivado e exigido por lei, não pelo amor. De fato, durante a maior parte da história de Israel, os profetas foram os principais portadores da Palavra de Deus e não os levitas e os sacerdotes que recebiam o dízimo.O falso ensino é que os anciãos e pastores da Nova Aliança estão simplesmente continuando de onde os sacerdotes da Antiga Aliança deixaram e por isso devem receber o dízimo. A função e o propósito dos sacerdotes da Antiga Aliança foram substituídos, não pelos anciãos e pastores, mas pelo sacerdócio de todos os crentes. Como outras ordenanças da Lei, o dízimo foi apenas uma sombra temporária, até a vinda de Cristo (Efésios 2:14-16; Colossenses 2:13-17; Hebreus 10:1). Na Nova Aliança cada crente é um sacerdote de Deus (1 Pedro 2:9-10; Apocalipse 1:6; 5:10). E como sacerdote cada crente oferece sacrifícios a Deus (Hebreus 4:16; 10:19-22; 13:15-16). Então, cada ordenança que havia sido previamente aplicada ao antigo sacerdócio foi anulada no Calvário. Visto não pertencer à Tribo de Levi, até mesmo Jesus Cristo foi desqualificado. Desse modo, o propósito original de dizimar já não existe (Hebreus 7:12-19; Gálatas 3:19, 24, 25; 2Coríntios 3:10).

        Portanto, não há nenhum mandamento no novo mandamento do cristão entregar os dízimos aos pastores, pois o dízimo somente podia ser recebido pelos levitas: “Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão” (hebreus 7:5), e os levitas só existiam na velha aliança da lei de moisés, pastores não são substitutos deles pois são ministros de Deus (I Coríntios 4:1) e nem sequer é ordenado que se deva entregar dízimos em favor da obra de Deus, pois ela é sustentada pelas ofertas voluntárias (2Coríntios 9:7).

        5º MENTIRA – “O DÍZIMO RECEBIDO É SOMENTE PARA USO DOS PASTORES”

        Biblicamente, o dízimo pertencia aos levitas (números 18:21-23), mas também para se fazer um festival ao Senhor (deuteronômio.14:22-27) e a cada terceiro ano, para os levitas, órfãos, viúvas e estrangeiros, os quais comiam o dízimo ajuntado dentro das suas portas (deuteronômio14:28-29). Se ofertas e dízimos eram sagrados ao Senhor e não podiam ser comidos por pessoas comuns neste caso Deus abre um exceção, visto que para ele misericórdia é melhor que sacrificio (Oséias 6:6; Mateus 12:7), a vida dos carentes é preciosa ao senhor (veja um exemplo disso em Lucas 6:1-10)

        Portanto mais uma vez, é biblicamente demonstrado que os dízimos recebidos pelos levitas não eram de uso exclusivo deles… os necessitados ( órfãos, viúvas e os de fora de israel ), também se beneficiavam dos dízimos dos alimentos recebidos pelos levitas. Essa conversa de que só os pastores e líderes religiosos podem hoje usufruir dos dízimos não encontra respaldo bíblico. Trata-se de mais uma doutrina de homem.

        6º MENTIRA – “CRISTÃO QUE NÃO DÁ O DÍZIMO SERÁ VITIMA DO “DEVORADOR”
        Se você é evangélico provavelmente já deve ter ouvido alguém falar a respeito do devorador. Muitas igrejas pregam a respeito desse ser. Mas o que os líderes religiosos gananciosos não fazem é mostrar aos membros que a admoestação de Malaquias é dirigida somente à nação de Israel, e não aos cristãos de hoje que não dizimam:

        “Sentença pronunciada pelo Senhor CONTRA ISRAEL contra Israel, por intermédio de Malaquias” (Malaquias 1:1)

        e, se destina especificamente, aos SACERDOTES CORRUPTOS:

        “Agora, ó sacerdotes, para vós outros é este mandamento.Se o não ouvirdes e se não propuserdes no vosso coração dar honra ao meu nome, diz o SENHOR dos Exércitos, enviarei sobre vós a maldição e amaldiçoarei as vossas bênçãos; já as tenho amaldiçoado, porque vós não propondes isso no coração” ( Malaquias 2:1-2)

        Eles estavam ofertando ANIMAIS coxos, cegos mudos, e defeituosos:

        “Ofereceis sobre o meu altar pão imundo e ainda perguntais: Em que te havemos profanado? Nisto, que pensais: A mesa do SENHOR é desprezível. Quando trazeis animal cego para o sacrificardes, não é isso mal? E, quando trazeis o coxo ou o enfermo, não é isso mal? Ora, apresenta-o ao teu governador; acaso, terá ele agrado em ti e te será favorável? – diz o SENHOR dos Exércitos.” (Malaquias1:7-8)

        Quanto a Malaquias 3, notamos que Deus manda trazer somente “DÍZIMOS” para as câmaras do depósito do templo, para que haja “comida” ( alimento, ou mantimento ) em minha casa. Isto é , mantimento = produtos alimentares (ver dicionário da língua portuguesa)

        O texto mais famoso citado para falar a respeito do devorador é Malaquias 3:11, que diz: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.” Esse texto é a continuação de Malaquias 3:10, o tão famoso texto que fala a respeito de dízimos no Antigo Testamento. os líderes gananciosos dizem que o “devorador” mencionado nesse texto é um demônio que destrói as finanças daqueles que não dão os 10%, ou seja, que não são dizimistas. As pessoas que pregam nessa linha trazem ameaças de destruição financeira aos seus ouvintes se os mesmos não forem dizimistas fiéis.

        O DEVORADOR É MESMO UM DEMÔNIO? A resposta é não! Os que afirmam que esse devorador citado no texto é um demônio, no mínimo, faltaram em algumas aulas de interpretação da Bíblia. A primeira coisa a sabermos é que no Antigo Testamento, a aliança que vigorava era uma aliança baseada na obediência. Se o povo fosse obediente às leis de Deus seriam abençoados. Essas bênçãos eram visivelmente mandadas em forma de paz e boas colheitas e prosperidade. Se fossem desobedientes, seriam amaldiçoados. Falta de paz e colheitas ruins estavam em vista aqui. (Deuteronômio 28). Em uma das ameaças de maldições em suas colheitas, que Deus manda ao povo através do profeta Joel, vemos que: “O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor.” (Joel 1:4). Uma maldição que tinha em vista a destruição da lavoura.

        O texto de Malaquias 3:11 diz a mesma coisa: “Por vossa causa, repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos.”. Esse devorador certamente se tratava de um tipo de gafanhoto altamente destrutivo ou outro “bicho” que acabava com as plantações (que eram a base da economia do povo de Israel). A ação devastadora desse “ser” acabava com a prosperidade do povo em pouco tempo atacando suas lavouras. Quando o povo era obediente a Deus e cumpria a Sua lei, que no caso desse texto é a lei de dizimar, Deus abençoava suas colheitas e negócios. Esse é o sentido desse texto. Assim, não faz sentido usar esse texto para afirmar que o devorador era um demônio ou coisa parecida. Nem faz sentido ameaçar as pessoas hoje em dia com esse “devorador”

        “repreenderei o devorador” Versículo 11 (Não é dinheiro que faz isto, é o próprio Deus)

        Devorador, segundo a bíblia, nunca foi demônio, e sim, gafanhotos, que Deus enviava como pragas a terra para castigar o povo, e estes gafanhotos, Deus os chamavam de “O meu grande exercito” (Joel 2:22-27) …”repreenderei o devorador ” significa… espantarei a praga do meio da vossa plantação (gafanhotos), veja também Levítico 11:22 e Naum 3:16.

        Os líderes gananciosos que ensinam que esses “devoradores” são demônios que irão causar doenças na família, o carro vai viver quebrando etc, aproveitam o desconhecimento dos cristãos do verdadeiro devorador ao qual Malaquias se refere, o gafanhoto que devorava as colheitas da nação de israel. Não há confirmação nenhuma no novo testamento de que quem não dizima será vitima desse “devorador”… quando um ladrão quer tomar o dinheiro de uma pessoa, ele a ameaça, pois se pedir provavelmente a vítima não entregará o seu dinheiro, e por conta disso o ladrão usa o recurso da ameaça, para forçá-la, da mesma forma agem esses pastores que insistem em receber dízimos pois usam um texto fora de seu real contexto para ameaçar dizendo que o mesmo “devorador” que viria sobre a nação de israel se não dizimasse virá para aqueles que não entregam seus dízimos a eles.Trata-se portanto de mais um ensino distorcido da bíblia para forçar os cristãos que não estudam a bíblia a dizimarem.

        Hoje em dia, a classe mais pobre é a que mais contribui para beneficência. E, mesmo assim, ela permanece na pobreza. Os dízimos não são uma garantia para alguém enriquecer depressa, em vez da educação, da determinação e do árduo trabalho. Se Malaquias 3:10 funcionasse realmente com os cristãos da Nova Aliança, nesse caso milhões de cristãos dizimistas já teriam escapado da pobreza e se tornado o grupo mais rico do mundo, em vez de continuar sendo pobre. Portanto, não existe evidência alguma de que a vasta maioria dos pobres “pagadores do dízimo” tenha sido abençoada pelo mero fato de o entregar. As bênçãos da Antiga Aliança já não estão em efeito (Hebreus 7:18-19; 8:6-8,13).

        Portanto, não há nenhuma possibilidade de um cristão ser vítima do “devorador” (demônio) por causa de não ser dizimista, pois nenhuma maldição da antiga aliança pode atingir aos cristãos da nova aliança em Jesus ( gálatas 3:13 )

        7º MENTIRA – O DÍZIMO SERVE PARA MANTER A IGREJA FÍSICA HOJE, POIS ELA SUBSTITUIU O TEMPLO JUDAÍCO ONDE SE ENTREGAVAM OS DÍZIMOS.

        Nada poderia estar mais longe da verdade. Trata-se de outro falso ensino os religiosos que exigem dízimos de que os edifícios chamados “igrejas”, “tabernáculos” ou “templos”, substituíram o Templo do Velho Testamento como locais de habitação divina.

        A Palavra de Deus jamais descreve os grupos da Nova Aliança como ”tabernáculos”, “templos” ou “edifícios”. Os cristãos não “vão à igreja”. Eles se “reúnem para adorar”. Também, visto que os sacerdotes do Velho Testamento pagavam o dízimo, então, logicamente, o dízimo não pode continuar. Nesse caso, é errado chamar um edifício de “armazém do Senhor” para receber os dízimos (1 Coríntios 3:16-17; 6:19-20; Efésios 1:22-23; 2:21; 4:12-16; Apocalipse 3:12). Com respeito à palavra “armazém” comparem a 1 Coríntios 16:2 com a 2 Coríntios 12:14 e Atos 20:17, 32-35. Durante vários séculos após o Calvário, os cristãos nem mesmo possuíam um edifício próprio (que chamassem de armazém), visto como o Cristianismo era uma religião ilegal e sofria perseguições.

        Após o sacrifício de Jesus, o véu do santuário se rasgou: “E o véu do santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo” (Marcos 15:38) e hoje, cada cristão é um santuário onde habita o Espírito Santo: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Coríntios 3:16) Não há sequer um Templo ou santuário físico para que os cristãos levem os dízimos pois: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas” (Atos 17:24). Jesus sequer fundou uma igreja física, pois a verdadeira igreja é espiritual.

        1. Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de divisões entre os crentes? (1 Coríntios 1:10; 3:3; 11:18-19)

        2. Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mateus 18:20; 1 Coríntios 5:4)

        3. Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (Atos 11:22; 15:14; 20:28; Romanos 16:5; 1 Coríntios 1:2; Efésios 5:25)

        4. Onde há no Novo Testamento uma referência mandando os Cristãos construírem templos e chamarem esses locais de “Cada de Deus”, sendo que Deus não habita em templos feito por mãos humanas? (Atos 7:48 e 17:24).

        Dizer que os dízimos são necessários para manter a igreja e sustentar os pastores e líderes não tem fundamentação bíblica neotestamentária, O apóstolo Paulo estava entre os que insistiam em trabalhar com as próprias mãos pelo seu sustento (Atos 18:3; 1Tessalonicenses 2:9-10; 2Tessalonicenses 3:8-14). Embora ele não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho. (1 Coríntios 9:12). De fato, duas vezes em Atos 20:29, 35 e também em 2 Coríntios 12:14, ele até mesmo encoraja os anciãos da igreja a trabalharem para manter os necessitados da igreja (Eu só queria ver um dos pastores atuais trabalhando para ajudar os pobres da igreja!).

        Para Paulo, a expressão “viver do evangelho” significava “viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça” (1 Coríntios 9:14). Conquanto verificasse ter “direito” a alguma ajuda, ele concluía que a “liberdade” de pregar o seu evangelho era mais importante, a fim de cumprir a sua vocação de Deus (1 Coríntios 9:15; 11:7-13; 12:13,14; 1 Tessalonicenses 2:5-6). Enquanto trabalhava como artesão de tendas (atos 18:3), Paulo aceitou uma certa ajuda, porém se gloriava de que o seu pagamento ou salário era o fato de poder pregar livremente, sem se tornar um fardo para os outros (1 Coríntios 9:16-19).

        Em nenhum lugar desde Atos 7:58 (onde Paulo é mencionado pela primeira vez) até suas epístolas, não vemos o apóstolo Paulo orientando alguém a dizimar nem recebendo dízimos dos cristãos, portanto uma prova clara que a igreja primitiva não tinha o dízimo como uma doutrina cristã e inquestionável como se vê hoje nessas igrejas que dizem seguir fielmente as Escrituras.

        Paulo deixou claro que os que pregavam o evangelho tinham todo o direito de serem supridos com as ajudas e doações voluntárias dos cristãos (I Coríntios 9:11 e 14, Filipenses 4:18 ), mas nunca disse que seria dos dízimos! Sequer há mandamento seja do Senhor Jesus ou de seus apóstolos dos cristãos entregarem seus dízimos nos “templos” que hoje conhecemos como igreja, pois Jesus nunca fundou uma igreja física, nem ordenou que se fizessem construções para ali os seus seguidores se reunirem! Se o dízimo fosse tão necessário e importante como esses líderes gananciosos querem fazer parecer, teria o apóstolo Paulo esquecido de mencionar algo tão importante? obviamente que não, pois ele é categórico ao dizer: ” jamais deixando de vos anunciar coisa alguma proveitosa e de vo-la ensinar publicamente e também de casa em casa” e ” porque jamais deixei de vos anunciar todo o desígnio de Deus” (atos 20:20 e 27)… ou seja, tudo que era necessário ele, Paulo, ensinou e o Apóstolo Paulo nunca incentivou ou ensinou os cristãos a dizimarem!

        Portanto comprovadamente os dízimos não são obrigatórios serem entregues, muito menos nas igrejas físicas de hoje.

        8º MENTIRA – “DAR OFERTAS, MESMO ACIMA DE 10% DA SUA RENDA, NÃO TEM O MESMO VALOR ESPIRITUAL, POIS QUEM NÃO DÁ O DÍZIMO ROUBA A DEUS E NÃO SERÁ SALVO POIS ESTÁ DEBAIXO DE MALDIÇÃO”

        Tanto a bênção como a maldição de Malaquias 3:9-11, perduraram somente até o término da antiga Aliança, ou seja, até o Calvário. A audiência de Malaquias havia voluntariamente reafirmado a Antiga Aliança (Neemias 10:28-29. “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém” (Deuteronômio 27:26, citado em Gálatas 3:10). E Jesus Cristo deu um fim a essa maldição, conforme Gálatas 3:13: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”. Portanto nenhuma maldição proveniente da não observância da lei de moisés (e o dízimo pertencia a ela) atinge aos cristãos. Mas os lideres gananciosos que recebem dízimos escondem isso dos membros.

        Mas não é porque o Cristão não seja mais obrigado a dizimar que ele esteja isento de ajudar na propagação do evangelho e em favor dos necessitados pois: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria” (2coríntios 9:7).

        “Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus concedida às igrejas da Macedônia; porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários” (2coríntios 8:1-3) Essa era a prática da igreja de Deus que Cristo estabeleceu.

        Os princípios de dar no Novo Testamento, na 2Coríntios capítulos 8 e 9 são superiores ao dizimar, que não é obrigatório aos cristãos.

        Os seguintes princípios de dar voluntariamente na Nova Aliança estão fundamentados na 2 Coríntios 8 e 9 (1). Dar é uma “graça”. A 2 Coríntios 8 usa oito vezes a palavra “graça”, referindo-se à ajuda aos santos pobres (2). Dar primeiro a Deus (8:5). (3) Dar-se a si mesmo para conhecer a vontade de Deus (8:5) (4) Dar em resposta ao dom de Cristo (8:9 e 9:15). (5) Dar com desejo sincero (8:8, 10, 12 e 9:7) (6) Não dar por causa de mandamento algum (8:8,10; 9:7). (7) Dar além de sua capacidade (8:3, 11, 12) (8) Dar para produzir igualdade. Isso quer dizer que os que têm mais devem dar mais, a fim de suprir a incapacidade dos que não podem dar mais (8:12,14) (9) Dar com alegria (8:2). (10) Dar porque está crescendo espiritualmente (8:3,4,7). (11) Dar porque deseja crescer espiritualmente (9:8, 10, 11). (12) Dar porque está ouvindo o Evangelho ser pregado (9:13).

        9º MENTIRA – “JESUS MANDOU OS CRISTÃOS DAREM O DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO”

        O falso ensino é que Jesus ensinou a dizimar, em Mateus 23:23, dizendo que isso está claro no Novo Testamento.

        Em primeiro lugar, A Nova Aliança (o novo testamento) não teve princípio no nascimento de Jesus, mas na Sua morte (Gálatas 3:19, 24, 25; 4:4). O dízimo não é ensinado na igreja, depois do Calvário. Quando Jesus falou sobre o assunto em Mateus 23:23, Ele estava simplesmente ordenando a obediência às leis da Antiga Aliança, a qual ele endossou e obedeceu até chegar ao Calvário.

        Não existe um único texto do Novo Testamento que ensine a dizimar após o período do Calvário. (Atos 2:42-47 e 4:32-35 não são exemplos para se dizimar, a fim de sustentar os líderes da igreja). Conforme Atos 2:46, os cristãos judeus continuavam a adorar no Templo. E conforme Atos 2:44 e 4:33,34, os líderes da igreja compartilhavam igualmente o que recebiam com todos os membros da igreja (o que hoje os líderes gananciosos que recebem dízimos não fazem).

        Aliás, Jesus sequer é mencionado dizimando ou recebendo dízimos… e porque os líderes gananciosos pedem dízimos em nome de Jesus sendo que o próprio Jesus disse: “em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas;pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados” (Marcos 16:17-18)… Ele nunca disse ” em meu nome receberão dízimos…”

        Portanto comprovadamente mais uma mentira desses homens que se dizem ordenados por Deus a exigirem dízimos dos cristãos incautos foi desmascarada! Jesus nunca ordenou que os seus discípulos e futuros apóstolos recolhessem dízimos… e porque esses líderes acham que podem fazer diferente? Bem o Senhor Jesus profetizou sobre esses tipos: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores” (Mateus 7:15)

        10º MENTIRA – “JESUS RECEBE DÍZIMOS DOS CRISTÃOS CONFORME HEBREUS 7:8″

        O início do capítulo 7 de hebreus é apenas citação do Antigo Testamento, onde fala do sacerdócio de Melquisedeque. Em Hebreus 7:5 diz: ” E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão”

        A lei foi dada por intermédio de Moisés, ao povo, direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações ( montagem e desmontagem de tendas no deserto), os quais tinham ordem, segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. Agora note o relato do versículo 11 e 12:

        Hebreus 7:11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se ao Salvador) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

        Hebreus 7:12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

        Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7:5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7:11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7:12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade de que enviasse outro Sacerdote? Mudou o Sacerdócio, necessariamente se faz mudança na Lei.

        A lei dos dízimos foI direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio e não havendo mais “Levitas”, nem “templo”, nem sacerdote a oferecer sacrifícios, pois O Salvador já o fez, logo,se aplicada aos crentes hoje, ela torna-se intempestiva e ilegítima, porque os “pastores” de hoje não são levitas nem foram proibidos de trabalhar, nem menos tiveram promessas de herança de dízimos para sustento por não ter tido herança nas distribução de terras prometidas ao povo israelita por herança.

        Outra particularidade, no capítulo 18 do livro de Números, o Senhor Deus adverte aos sacerdotes levitas dizendo: Na sua terra, possessão nenhuma terás, e no meio deles nenhuma parte possuirás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel.

        Gostaria de recomendar aos pregadores contemporâneos (os que querem se assemelhar aos sacerdotes levitas que recebiam dízimos), seria bom que guardassem os mandamentos do Senhor para aquela tribo, os quais não possuíam bens materiais, pois o Senhor era a herança dos sacerdotes levitas.

        Recapitulando: Hebreus 7 apenas faz a menção pós-Calvário de dizimar, numa explanação de porque o sacerdócio levítico deve ser substituído pelo sacerdócio de Cristo, porque o sacerdócio levítico era fraco e ineficiente. Estude Hebreus 7 e sigam a progressão do versículo 5 ao versículo 12 e ao versículo 19.

        Porém, líderes gananciosos insistem em apenas mostrar hebreus 7:8 aos membros, onde segundo eles, Jesus receberia dízimos dos cristãos: “Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive” (hebreus 7:8)

        Apenas mostrando esse versículo isoladamente aos membros desavisados, querem dar a entender que esse versículo manda os cristãos ainda dizimarem, sem ler todo o real contexto do capítulo 7 de hebreus.

        Portanto hebreus 7:8 não fala de Jesus recebendo ainda dízimos dos cristãos, pois o contexto do capítulo 7 de hebreus fala na verdade da superioridade do sacerdócio de melquisedeque em relação ao levítico que era sustentado pelos dízimos. Cristãos não tem o mandamento bíblico de dizimarem.

        Considerações finais:

        Em Hebreus 7,8,9 e 10, neste 4 capítulos deixa bem claro a questão do sacerdócio perfeito, que, quando mudado o sacerdote Levítico, veio o Cristo, e mudando o sacerdócio se muda a lei ( Hebreus 7:12 ) portanto, notamos, que no novo testamento, não há ninguém dando dizimos em dinheiro, sendo que já existia, porque, Jesus foi traído por moedas, e a viúva ofertou moedas, mas dízimos, foi mencionado em alimentos, hortaliças ( Mateus 23.23 ) jamais em dinheiro, e o próprio Senhor Jesus, relatou que o dízimo era da lei para o povo de Israel , …”o mais importante DA LEI “. (Mateus 23:23)

        Paulo não mencionou dízimos, nem outro apóstolo qualquer deixou exemplo de tal prática. Em Corintios 9, Paulo pede donativos para suprir necessitados e não para manter despesas de instituições religiosas. Em Atos 4:32 em diante, notamos a generosidade dos irmãos,vendendo tudo e depositando aos pés dos apóstolos, para que se fosse feita DISTRIBUIÇÃO AOS NECESSITADOS, de forma a não haver necessitados entre eles ( esta é a justiça que excede a dos fariseus religiosos que apenas punham seus dízimos das hortaliças e achavam que estava, cumprindo sua parte) em Mateus 23:23 e Lucas 18:12. Tal prática dos fariseus, mostra religiosidade e eles não praticavam a fé, de fato, que , quem diz que dizimar é um ato de fé, é engano, porque os fariseus dizimavam , mas não praticavam a fé. O jovem rico, não foi indicado por JESUS a dizimar, e sim, vender e REPARTIR com os pobres. Jó nunca dizimou, e mesmo assim era próspero.

        Abraão só deu o dízimo uma só vez, e não foi em dinheiro, foi despojos, sobras de conquistas de guerra, dizimo de sangue, após matar os reis e tomar seus bens.

        Jacó prometeu dar o dízimo, ( um voto particular dele ) em Gênesis 28:20-22 , mas a bíblia não fala que ele cumpriu…

        Abraão não foi a “suposta” casa do tesouro ( igreja ) mas Melquisedeque lhe saiu ao encontro para receber sua parte, devido ser rei de Salém e receber por que passava em tal parte, imposto semelhante ao que Jesus nos ensinou a pagar a César (Mateus 22:21). Isto é, JESUS mandou sermos fiéis ao estado e não sonegar impostos.

        Os cobradores de impostos ao se converter, restituíram 4 vezes mais aos que haviam defraudado, e foi nisto que Jesus afirmou: “hoje houve salvação nesta casa” (Lucas 19:9)Repare que o Salvador não o mandou dar dízimos.Todas as vezes que você quiser dar algo á Deus, e restituir a Deus com gratidão, faça isto dando ao seu próximo, pois assim,estará cumprindo a palavra na íntegra, conforme Mateus 25 deixa bem claro esta questão.

        No sétimo ano, Israel, não trazia dízimos, devido ser o ano sabático,a terra descansava (Levítico 25:4) Mas e será que a igreja atual faz isto? Fica sem receber dizimos no sétimo ano?

        O DÍZIMO era vendido POR DINHEIRO,devido a distância de levar onde o Senhor escolhera, para santificar seu nome, e o próprio dizimista COMIA DOS SEUS DÍZIMOS, administrava o dízimo, hoje em dia quem come dos dízimos são os pastores, que administram os dízimos, dando ordem quê e no que será empregado os dízimos do povo. Estes ditos “sacerdotes” ( pastores) não são levíticos, nem exercem função sacerdotal superior a qualquer irmão que seja, e muito menos têm eles o direito de administrar o dízimo pessoal de cada um.

        Quanto a sacerdotes, sabemos todos nós somos, depois de Cristo nos fazer um sacerdócio real, nação santa , povo eleito de DEUS, passamos a ter livre acesso ao Pai através de CRISTO que , na sua morte, o que nos separava foi rasgado do alto abaixo, a saber o véu que separava o lugar santo,( local onde entravam os sacerdotes) do lugar santíssimo (onde só entrava o sumo sacerdote 1 vez por ano para pferecer acrificio pelo pecado do povo).

        Paulo recebeu muitas vezes ajuda da igreja, mas era para se manter, e não era salário mensal como se estivesse numa empresa. Paulo trabalhava (atos 18:3) , e em nada pesava os irmãos e a igreja.

        Se Paulo disse: “sede meus imitadores como eu sou de Cristo”, será que nesta parte, os pastores que exigem dízimos imitam à Paulo? Vemos Jesus ou Paulo recolhendo ou ensinando sobre dízimos?Em 2Coríntios 9:9, Paulo cita o salmo 112:9, onde fala da generosidade com os mais pobres: “Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre”. (2 Coríntios 9:9)

        Nada falou de dízimos em dinheiro, e sim, contribuições voluntárias , para “suprir” os que não tem, algo que, é totalmente visto por Deus. Paulo faz uma coleta para “DISTRIBUIR”, hoje em dia se faz uma distribuição (de envelopes) para ajuntar, não para os pobres, mas, para os cofres de uma instituição, que se preocupa mais com a posição social, status, templos, fama, nome, competição, horários de TV, rádios, sites, eventos, shows, viagens, lazer para líderes, carrões, mansões, aviões, e ainda se diz que é expansão da obra de Deus…

        Cada dia os patrimônios religiosos estão ainda maiores, e o evangelho mais distante do que a igreja primitiva pregava e vivia, tudo por causa de dinheiro. A biblia fala para não reter e sim dar. Será que a igreja faz isto? Ou antes retém,para construir seu império e se fortalecer mais e mais, visando dominar a maior parte possível do globo terrestre, e arrebanhar o maior número de pessoas possível, como se tudo fosse uma partida de competição: “Quem tiver mais membros é o vencedor”

        Paulo afirma: “Porque nós não estamos, como tantos outros, mercadejando a palavra de Deus; antes, em Cristo é que falamos na presença de Deus, com sinceridade e da parte do próprio Deus” (2Coríntios 2:17)

        Deus abençoe a todos que leram este estudo e que o Espírito Santo tenha conduzido a leitura e o entendimento para compreender que dízimos não são mais obrigatórios.

        “Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno” (2Pedro 3:18)

    • ALEXANDRE MACHADO
      Nem falei em iptu
      ipva
      e dezenas de outras tributações, mas vc. já viu marcostardust são o jambuzeiro bravo eles não dão zambu só ….. kkkkk vergonha da nação defendores da dilama.

  7. PARA TODOS INTERNAUTAS
    STARDUST CHAMOU O SR. DE VAGABUNDO DISSE QUE NÃO TRABALHAVA POR ISTO NÃO DAVA DÍZIMOS.
    REALMENTE SEU DESESPERO SÓ PROVA QUE ESTA DESPREPARADO PARA ENTRAR NO CÉU.
    PARA QUE PUDESSE PREGAR NO TEMPLO DEVERIA CUMPRIR A LEI
    DESESPERADO STARDUST QUER RASGAR O NOVO TESTAMENTO E QUE NÃO SE CUMPRA AS PALAVRAS DO APÓSTOLO, QUER QUE PAULO SEJA MENTIROSOS COMO ELE.
    D. I Coríntios 9:13-14.
    “Não sabeis vós que os que prestam serviços sagrados do próprio templo se alimentam? E quem serve ao altar do altar tira o seu sustento? Assim ordenou também o Senhor aos que pregam o evangelho que vivam do evangelho…”. I Coríntios 9:13-14.
    Aqui Paulo traça um paralelo entre os levitas (V.T.) e os obreiros do N.T. Implicitamente endossa a prática do dízimo.
    O Dízimo é designado por Deus para a pregação do evangelho. Se não fosse o sistema de dízimos, não teríamos os pastores nos presidindo, os obreiros e outros trabalhadores que dedicam suas vidas em levar o evangelho.

    É graças ao sistema de dízimos que a igreja adventista pode fornecer cursos Bíblicos gratuitos às pessoas e outros materiais. Muitos não teriam conhecido as boas novas da salvação se não fosse o ato liberal e desprendido dos irmãos em separar o dízimo.
    Jesus nunca condenou o dízimo, mas o seu mau uso.

    • Veja como clamando desesperado pelo povo estar conhecendo a verdade sobre o dízimo usa de mais mentiras:

      “STARDUST CHAMOU O SR. DE VAGABUNDO DISSE QUE NÃO TRABALHAVA POR ISTO NÃO DAVA DÍZIMOS.”

      Mas veja a verdade que eu disse:

      “…Ele não cumpria, visto ser carpinteiro, e carpintaria não lida com a terra, nem com animais, portanto, pela lei de moisés, estava isento.”

      Se eu afirmei que Cristo era carpinteiro, logo não falei o que clamando alega.

      Sorria clamando, desmascarado mais uma vez. A mentira é do seu senhor, o diabo.

  8. Pv 3.9,10 Honra ao SENHOR com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
    E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares
    ENTÃO AQUI NOS TEMOS UMA PASSAGEM MUITO IMPORTANTE SE OS NOSSOS BENS SE SÃO NOSSAS PRIORIDADES. UM DOS TEMAS DE GRANDE RELEVANCIA DA BIBLIA E A QUESTÃO DO USO DOS NOSSOS BENS NOSSOS VALORES. MUITAS VEZES NOS PENSAMOS QUE PODEMOS FAZER AQUILO QUE BEM QUIZERMOS DAS NOSSAS POSSES.
    POREM NOS SABEMOS QUE NOS SOMOS APENAS MORDOMOS DE DEUS.
    MUITOS ESTA ESQUECIDOS DE HONRAR A DEUS COM OS SEUS BENS. ESTÃO PROCURANDO DESFRUTAR DA MELHOR MANEIRA POSSIVEL DOS SEUS BENS, SEM HONRAR A DEUS, DANDO DOS SEUS BENS PARA O SERVIÇO DO SENHOR.
    DEUS QUER QUE CONSAGREMOS OS NOSSOS BENS E AS NOSSAS PROPRIEDADES AO SENHOR. NÓS SOMOS APENAS ADMINISTRADORES DOS BENS DO SENHOR. MUITOS ESTÃO AGARRADOS COM AS COISAS MATERIAS DE TAL FORMA QUE DESONRAM A DEUS. VIVEM COMO SE NÃO ESTIVESSEM AS COISAS ESPIRITUAIS. AS GRANDES RIQUEZAS DE DEUS.
    AQUI NÓS ENCONTRAMOS A RECOMPENSA DE USARMOS OS NOSSOS BENS PARA HONRAR A DEUS E TAMBÉM A PROMESA DE TERMOS ABUNDANCIA AINDA MAIOR AQUILO QUE ESTAMOS DEDICANDO AO SENHOR. HÁ MUITA PROMESSA DE BÊNÇÃOS PARA AQUELES QUE ESTÃO HONRANDO A DEUS COM AS SUAS POSSES, COM O SEU DINHEIRO COM OS SEUS BENS COM A SUA PROPRIEDADE.

    • PARA CONCLUIR SE O HOMEM MAIS SABIO QUE EXISTIU ONDE O PRÓPRIO DEUS QUE ANTES NEM DEPOIS HAVERIA, SE ELE DIZ HONRA AO SR. TEU DEUS COM AS PRIMICIAS DE TODA A TUA RENDA, JESUS SABIA O QUE ERA RENDA E O GASOFILACIO QUAL SEU SENTIDO, TANTO QUE DETEVE SEUS DISCIPULOS A FRENTE DELE PARA OBSERVAR.
      OBSERVE STARDUST OBSERVE PARA QUE POSSAS SE ARREPENDER E SAIR DA PANELA DA MORTE.

          • clamando

            josé e celia mulata são vc como outros nicks, e ainda sem ver cristãos na bíblia que tenham dado dízimo.

          • STARDUST
            APESAR DE SER EU DE ORIGEM EUROPÉIA E GOZAR DE DUPLA CIDADANIA DE TRÊS PAÍSES , VOCE NÃO SABE COMO FICO ORGULHOSO DE SER A MESMA PESSOA QUE O SR. JOSÉ QUE É NEGRO E DESTA LINDA MULHER A CÉLIA MULATA, ME ALEGRA SABER QUE PODEMOS SER UM SÓ, E DIGO ISTO PORQUE NÓS REALMENTE NOS IDENTIFICAMOS, POIS TEMOS O MESMO DNA O DO SR. DEUS JEOVÁ, HO!!!!!!!!!!!! GLÓRIAS!!!!!!!!! AINDA BEM QUE NÃO ME ACHA PARECIDO COM VOCE POEIRA DA ESTRELA CAÍDA COM DEZENAS DE NICK FAKES E MAIORIA GAY.

          • clamando

            E daí que vc tem origem européia? Eu sou descendente de europeus também e que diferença faz? cidadania de três paises? prefiro a cidadania celestial. E todos aqui viram que vc, josécarvalho e celia mulata são a mesma pessoa.

          • RAPAZ VEJO QUE TUA IGNORANCIA NÃO É SÓ BÍBLICA MAS TAMBÉM CULTURAL,QUANDO CITEI AS ORIGENS TU NÃO TE APERCEBEU QUE EU EUROPEU E ELES AFRICANOS, BRANCO E NEGROS COM O MESMO DNA DE DEUS, NUNCA VAIS COMPREENDER NADA, PAPAGAIO DE PIRATA ATEU ANALFABETO FUNCIONAL FUNDAMENTALISTA ATEU, NÃO VE QUE ESTOU MOSTRANDO MEU ORGULHO DE SER IRMÃO DE ALGUÉM QUE VEM DE OUTRA PARTE DO MUNDO, MAS QUE SOMOS IGUAIS POIS CRISTO NOS UNE.
            E QUE VC. É APENAS UM ATEU.

          • clamando

            Eu to pouco preocupado com sua origem européia… deveria se preocupar é com seu destino final… se continuar mentindo, já sabe.

          • STARDUST
            CAINDO EM CONTRADIÇÃO QUANDO SE FRAGA QUE LEVOU UMA SURRA SAI PELA TANGENTE, MAS É MUITO BURRO. FOGE FOGE ESTRELINHA, FAZ COMO TEU PAI E CAI DA BOCA COMO DENTE CARIADO.

    • clamando mais uma vez se baseia no velho testamento para fundamentar o dízimo evangélico…

      Se vc precisa do dízimo pra ter proteção contra o devorador e não ser condenado ao inferno, então o sacrifício de Cristo é inutil pra vc.

  9. STARDUST
    VEJA COMO FUNCIONA UMA IGREJA E PARA QUE ELA SERVE.
    ENSINOU MAIS DO QUE ISTO ELE DISSE DAI A CEZAR O QUE É DE CESAR E A DEUS O QUE É DE DEUS, ENTÃO ESTE JESUS VC. NÃO FALA, OUTRA COISA O TEMPLO DA ÉPOCA VIVIA PARA SI MESMO, HOJE AS OBRAS SOCIAIS FEITAS PELAS IGREJAS, SÃO GASTO MILHÕES TODOS OS MESES PARA MANTER, DIGA PARA UM PAI QUE TEVE SEU FILHO LIBERTO DAS DROGAS, QUE DEVEM FECHAR OS DESAFIOS ONDE ESTÃO INTERNADOS SEUS FILHOS, DIGA PARA AQUELA MULHER QUE TEVE LIBERTO SEU MARIDO LIVRE DA BEBIDA E AGORA TEM SEU LAR RESTAURADO, QUE FECHEM AS IGREJAS, DIGA AO BANDIDO RECUPERADO AQUELE QUE ERA LADRÃO E ASSASSINO QUE AGORA TEM UMA VIDA DE TRABALHO E COMO QUALQUER CIDADÃO PAGA IMPOSTOS, QUE NÃO DEVERIA TER GENTE PREGANDO NOS PRESÍDIOS NAS IGREJAS , NAS PRAÇAS, DIGA AO ORFÃO QUE FOI ACOLHIDO EM UM ORFANATO E TEVE CAMA MESA EDUCAÇÃO E AMOR, QUE SE DEVE FECHAR ESTA INSTITUIÇÃO, DIGA A MULHERES QUE CORREM RISCO DE VIDA QUE OS ASILOS ONDE ABRIGARAM A ELA E SEUS FILHOS E AINDA RECEBERAM UMA PROFISSÃO QUE DEVERIAM FECHAR ESTAS INSTITUIÇÕES, DIGA AOS VELHOS QUE RECEBEM CUIDADOS NOS FINS DE SEUS DIAS DEPOIS DE ABANDONADOS POR FAMILIARES A PRÓPRIA SORTE QUE SE DEVEM FECHAR ESTES ASILOS, DIGA AOS MILHARES DE PESSOAS QUE TODOS OS ANOS SÃO DIAGNOSTICADOS COM DOENÇAS INCURAVEIS PELA MEDICINA E QUE ESTÃO CURADOS APÓS RECEBER UMA ORAÇÃO DESTES HOMENS AQUEM VC. CHAMA DE LADRÃO, SE QUEREM QUE FECHEM ESTAS IGREJAS, PERGUNTE A CENTEAS AOS MILHARES DE CASAIS QUE ESTAVAM SE SEPARANDO POR OBRAS DE BRUXARIA, E QUE APÓS ORAÇÕES RECDEBERAM NOVAMENTE A FELICIDADE EM SEUS LARES, AQUELES ONDE CRIANÇAS NÃO VÃO PERDER SEUS PAIS QUE EM MEIO AO AMOR VÃO SER CRIADOS, PERGUNTE SE QUEREM QUE ESTAS INSTITUIÇÕES FECHEM. VC. É POBRE COMO SER HUMANO, NUNCA SENTIU A DOR DE NINGUÉM A NÃO SER A SUA PRÓPRIA, POSA DE BOM MOÇO MAS NA VERDADE FAZ ATIVISMO ATEU, ADVOGANDO A CAUSA DE SATANÁS, NUNCA VI VC. FALANDO DOS 88 BILHÕES QUE DILMA E SEUS PARCEIROS DE CRIME ROUBARAM DA NAÇÃO BRASILEIRA, ONDE FALTAM PRESÍDIOS PARA PRENDER TANTO BANDIDO, A JUSTIÇA ESTÁ MANDANDO EMBORA POIS ESTÃO APINHADOS, NÃO VI VC. FALANDO DOS HOSPITAIS SEM MÉDICO SEM REMÉDIOS SEM ATENDIMENTO SEM EQUIPAMENTO ONDE SE AMONTOAM MILHARES DE BRASILEIROS, INCLUSIVE OS TERMINAIS QUE PRECISAM DE RADIO TERAPIA OU QUIMIOTERAPIA E NÃO RECEBEM, SEM FALAR EM EDUCAÇÃO E SEGURANÇA, NOS ROUBOS AOS COFRES PÚBLICOS. POR FAVOR PELEAR CONTRA ALGUÉM QUE ESTÁ FAZENDO A DIFERENÇA, É ATIVISMO

    • O discurso é esse: “HOJE AS OBRAS SOCIAIS FEITAS PELAS IGREJAS, SÃO GASTO MILHÕES TODOS OS MESES” (clamando)

      Mas a realidade é esta:

      “Precisei de uma cadeira de rodas porque não tinha como locomovê-lo; ele não se levantava mais para nada; onde eu poderia buscar socorro?

      Na Igreja; e para minha surpresa as respostas foram…
      Na Igreja que eu congregava: “Não podemos sacrificar a Igreja, nossos povo já coopera muito pra manter esse lugar de portas abertas…”

      Mais ou menos uma semana depois a Igreja foi assaltada e levaram toda aparelhagem de som e instrumentos; ele, o pastor, levantou uma oferta e em 2 dias comprou tudo novamente a vista!

      Na Igreja do Pastor Silas Malafaia: “Não fazemos este tipo de doação.”

      Na Igreja Batista aqui do Rio próxima à minha casa: “Não temos nenhuma disponível; e se levantarmos alguma oferta para comprar uma vai demorar muito…”

      Na Apascentar de Nova Iguaçu- RJ: “Só ajudamos os membros de nossa Igreja..”

      Fiquei muito desacreditada das Igrejas, e minha mãe também… choramos muito e sem saber o que fazer entregamos a Deus; não tínhamos mais opção; a “Igreja” nos deu as costas!

      Não demorou muito e colocaram um papel em nossa caixa de correio com um endereço e telefone de um Centro Espírita; no desespero minha mãe ligou pra lá e qual foi a resposta?

      “Não temos no momento, mas passe aqui depois das 17:00 hs e teremos a cadeira disponível.”

      Eles compraram a cadeira!

      Falei com meu Pr. que um centro Espírita havia doado a cadeira e ele me exortou e ainda fez isso de púlpito!

      Porque que a Igreja critica mais não faz?

      Com este episódio Deus me mostrou que a “Igreja” está mais preocupada com as quatro paredes do que com o próximo!

      Hoje Deus nos ajudou, meu pai foi operado, fui efetivada a gerente da loja que trabalho, e meu marido recebeu aumento de salário”.

      • STARDUST
        ENTRE O DISCURSO E A REALIDA ESTÃO A VERDADE E AS OBRAS FEITAS PELOS DÍZIMISTAS E OFERTANTES .
        AGORA O DISCURSO FICA POR CONTA DE TI IGREJA DE TI MESMO PR. DE TI MESMO DEUS DE TI MESMO, SEM OBRAS SEM ARGUMENTOS FRAGIL COMO A VIDA, UMA ORA DESTA TE LEVANTAS COMO A ERVA DO CAMPO VEM O SOL E NO FINAL DO DIA MORRE, DAI O ENCONTRO COM O TRONO BRANCO E A SENTENÇA APARTAI DE MIM QUE NÃO TE CONHEÇO.
        ESTA É A VERDADE

        • clamando

          Esse discurso de obras sociais é desculpa pra não pagar imposto. A imensa maioria das evangélicas não ajudam ao necessitado. Vai um pobre pedir uma cesta básica no templo evangélico… a maioria não vai dar, e isso quando encontrar o templo aberto, pq a maioria fica fechado.

          • como sempre a maioria das tuas afirmações são mentiras
            DIGA PARA UM PAI QUE TEVE SEU FILHO LIBERTO DAS DROGAS, QUE DEVEM FECHAR OS DESAFIOS ONDE ESTÃO INTERNADOS SEUS FILHOS, DIGA PARA AQUELA MULHER QUE TEVE LIBERTO SEU MARIDO LIVRE DA BEBIDA E AGORA TEM SEU LAR RESTAURADO, QUE FECHEM AS IGREJAS, DIGA AO BANDIDO RECUPERADO AQUELE QUE ERA LADRÃO E ASSASSINO QUE AGORA TEM UMA VIDA DE TRABALHO E COMO QUALQUER CIDADÃO PAGA IMPOSTOS, QUE NÃO DEVERIA TER GENTE PREGANDO NOS PRESÍDIOS NAS IGREJAS , NAS PRAÇAS, DIGA AO ÓRFÃO QUE FOI ACOLHIDO EM UM ORFANATO E TEVE CAMA MESA EDUCAÇÃO E AMOR, QUE SE DEVE FECHAR ESTA INSTITUIÇÃO, DIGA A MULHERES QUE CORREM RISCO DE VIDA QUE OS ASILOS ONDE ABRIGARAM A ELA E SEUS FILHOS E AINDA RECEBERAM UMA PROFISSÃO QUE DEVERIAM FECHAR ESTAS INSTITUIÇÕES, DIGA AOS VELHOS QUE RECEBEM CUIDADOS NOS FINS DE SEUS DIAS DEPOIS DE ABANDONADOS POR FAMILIARES A PRÓPRIA SORTE QUE SE DEVEM FECHAR ESTES ASILOS, DIGA AOS MILHARES DE PESSOAS QUE TODOS OS ANOS SÃO DIAGNOSTICADOS COM DOENÇAS INCURÁVEIS PELA MEDICINA E QUE ESTÃO CURADOS APÓS RECEBER UMA ORAÇÃO DESTES HOMENS A QUEM VC. CHAMA DE LADRÃO, SE QUEREM QUE FECHEM ESTAS IGREJAS, PERGUNTE A CENTENAS AOS MILHARES DE CASAIS QUE ESTAVAM SE SEPARANDO POR OBRAS DE BRUXARIA, E QUE APÓS ORAÇÕES RECEBERAM NOVAMENTE A FELICIDADE EM SEUS LARES, AQUELES ONDE CRIANÇAS NÃO VÃO PERDER SEUS PAIS QUE EM MEIO AO AMOR VÃO SER CRIADOS, PERGUNTE SE QUEREM QUE ESTAS INSTITUIÇÕES FECHEM. VC. É POBRE COMO SER HUMANO, NUNCA SENTIU A DOR DE NINGUÉM A NÃO SER A SUA PRÓPRIA.

          • FAÇAMOS O SEGUINTE DEIXE AI O ENDEREÇO DONDE VOCE CONGREGA PARA QUE EU MANDE VERIFICAR, QUE COM CERTEZA TE DAREI, O ENDEREÇO DE UMA DE NOSSAS IGREJAS NO BRASIL, SEM PROBLEMA.

          • clamando

            Vc é que deve deixar o endereço de “sua igreja” para verificarmos essas maravilhas que vc propaga… ou será que vc está mentindo de novo?

            pra quem diz que jacó deu dízimo pra anjo, vai saber…

          • FIZ A PROPOSTA AO CONTRÁRIO DE VOCE TENHO MUITO A PERDER SABENDO QUEM EU SOU, TU NÃO TEM NADA NADA PERDE E MESMO ASSIM DEI A CARA PARA BATER VAMOS SEU ATEU SEJA HOMEM E DE O ENDEREÇO PARA QUE MANDE ALGUÉM VERIFICAR.

          • clamando

            eu sei quem vc é. E como sei quem vc é, também sei que vc não vai dar o endereço da “sua igreja” porque não falas a verdade por aqui.

          • TODO COVARDE DA ESTA DESCULPA QUANDO CONFRONTADO COM A VERDADE, A MELHOR OPÇÃO É FUGIR, MAS TODOS ESTÃO VENDO ESTOU COLOCANDO MINHA CARA ARRISCANDO, SIM POIS O ÚNICO QUE TEM ALGO A PERDER SOU EU, E ESTAS A FUGIR, COMO SEMPRE STARFUJÃO

  10. ORA JULGUEM VCS. MESMO MEUS IRMÃOS EM CRISTO
    STARDUST BEREANOSANDROFELIPEAFONSOMAUROWANDERLEIMARYJANIO
    QUEREM QUE A IGREJA DO SR. QUE POSTAREI MAIS ABAIXO SUAS OBRAS PAGUE IMPOSTOS AO GOVERNO, SIM EU SEI É UMA VERGONHA, SÓ QUE COMO EM TODAS AS AREAS STARDUST É DESPREPARADO, SIM DESPREPARADO POIS NÃO TRABALHA E POR NÃO TER GANHO PRÓPRIO NÃO SABER QUANTO CUSTA PARA GANHAR O PÃO DEIXA ESTAS PEROLAS.
    ELE NÃO SABE QUE O DINHEIRO QUE A IGREJA RECEBE JÁ FOI TRIBUTADO, AS OFERTAS E O DIZIMO QUE ENTRAM NA IGREJA SÃO DE PESSOAS TRABALHADORAS QUE JÁ TEM TODOS OS TIPOS DE IMPOSTOS EMBUTIDOS E POR SER DOAÇÃO NÃO PODE SER NOVAMENTE TRIBUTADO, OU SEJA BI-TRIBUTAÇÃO.
    COMO SEMPRE ALHEIO AS LEIS E TAMBÉM COMO EM PAÍSES DA EUROPA POR EX. ALEMANHA OU SUÍÇA ONDE PARA CADA EURO DOADO PARA ALGUMA IGREJA O GOVERNO DEPOSITA UM OUTRO PERCENTUAL, LA O GOVERNO QUE É LAICO COLABORA COM A IGREJA, AQUI STARDUST ALÉM DOS IMPOSTOS COM A MAIOR CARGA TRIBUTÁRIA DO MUNDO SEM DAR UM CENTAVO PARA AS IGREJAS, STAR QUER BI-TRIBUTAR,
    STARDUSTE É OU NÃO É UM BELO DE ATEU FAZENDO APOLOGIA .
    VEJA COMO FUNCIONA UMA IGREJA E PARA QUE ELA SERVE.
    ENSINOU MAIS DO QUE ISTO ELE DISSE DAI A CEZAR O QUE É DE CESAR E A DEUS O QUE É DE DEUS, ENTÃO ESTE JESUS VC. NÃO FALA, OUTRA COISA O TEMPLO DA ÉPOCA VIVIA PARA SI MESMO, HOJE AS OBRAS SOCIAIS FEITAS PELAS IGREJAS, SÃO GASTO MILHÕES TODOS OS MESES PARA MANTER, DIGA PARA UM PAI QUE TEVE SEU FILHO LIBERTO DAS DROGAS, QUE DEVEM FECHAR OS DESAFIOS ONDE ESTÃO INTERNADOS SEUS FILHOS, DIGA PARA AQUELA MULHER QUE TEVE LIBERTO SEU MARIDO LIVRE DA BEBIDA E AGORA TEM SEU LAR RESTAURADO, QUE FECHEM AS IGREJAS, DIGA AO BANDIDO RECUPERADO AQUELE QUE ERA LADRÃO E ASSASSINO QUE AGORA TEM UMA VIDA DE TRABALHO E COMO QUALQUER CIDADÃO PAGA IMPOSTOS, QUE NÃO DEVERIA TER GENTE PREGANDO NOS PRESÍDIOS NAS IGREJAS , NAS PRAÇAS, DIGA AO ORFÃO QUE FOI ACOLHIDO EM UM ORFANATO E TEVE CAMA MESA EDUCAÇÃO E AMOR, QUE SE DEVE FECHAR ESTA INSTITUIÇÃO, DIGA A MULHERES QUE CORREM RISCO DE VIDA QUE OS ASILOS ONDE ABRIGARAM A ELA E SEUS FILHOS E AINDA RECEBERAM UMA PROFISSÃO QUE DEVERIAM FECHAR ESTAS INSTITUIÇÕES, DIGA AOS VELHOS QUE RECEBEM CUIDADOS NOS FINS DE SEUS DIAS DEPOIS DE ABANDONADOS POR FAMILIARES A PRÓPRIA SORTE QUE SE DEVEM FECHAR ESTES ASILOS, DIGA AOS MILHARES DE PESSOAS QUE TODOS OS ANOS SÃO DIAGNOSTICADOS COM DOENÇAS INCURAVEIS PELA MEDICINA E QUE ESTÃO CURADOS APÓS RECEBER UMA ORAÇÃO DESTES HOMENS AQUEM VC. CHAMA DE LADRÃO, SE QUEREM QUE FECHEM ESTAS IGREJAS, PERGUNTE A CENTEAS AOS MILHARES DE CASAIS QUE ESTAVAM SE SEPARANDO POR OBRAS DE BRUXARIA, E QUE APÓS ORAÇÕES RECDEBERAM NOVAMENTE A FELICIDADE EM SEUS LARES, AQUELES ONDE CRIANÇAS NÃO VÃO PERDER SEUS PAIS QUE EM MEIO AO AMOR VÃO SER CRIADOS, PERGUNTE SE QUEREM QUE ESTAS INSTITUIÇÕES FECHEM. VC. É POBRE COMO SER HUMANO, NUNCA SENTIU A DOR DE NINGUÉM A NÃO SER A SUA PRÓPRIA, POSA DE BOM MOÇO MAS NA VERDADE FAZ ATIVISMO ATEU, ADVOGANDO A CAUSA DE SATANÁS, NUNCA VI VC. FALANDO DOS 88 BILHÕES QUE DILMA E SEUS PARCEIROS DE CRIME ROUBARAM DA NAÇÃO BRASILEIRA, ONDE FALTAM PRESÍDIOS PARA PRENDER TANTO BANDIDO, A JUSTIÇA ESTÁ MANDANDO EMBORA POIS ESTÃO APINHADOS, NÃO VI VC. FALANDO DOS HOSPITAIS SEM MÉDICO SEM REMÉDIOS SEM ATENDIMENTO SEM EQUIPAMENTO ONDE SE AMONTOAM MILHARES DE BRASILEIROS, INCLUSIVE OS TERMINAIS QUE PRECISAM DE RADIO TERAPIA OU QUIMIOTERAPIA E NÃO RECEBEM, SEM FALAR EM EDUCAÇÃO E SEGURANÇA, NOS ROUBOS AOS COFRES PÚBLICOS. POR FAVOR PELEAR CONTRA ALGUÉM QUE ESTÁ FAZENDO A DIFERENÇA, É ATIVISMO

    • “QUEREM QUE A IGREJA DO SR. QUE POSTAREI MAIS ABAIXO SUAS OBRAS PAGUE IMPOSTOS AO GOVERNO”

      Se o Cabeça da Igreja pagou imposto ao governo, porque a igreja D’ele não deveria seguir esse exemplo?

      ” dai a césar o que é de César…”

      ” a quem tributo, tributo…”

      • ISRAEL ERA ESCRAVO DE ROMA, E O IMPOSTO ERA DADO POR SEUS OPRESSORES , TU AINDA É ESCRAVO DO EGITO E POR ISTO QUER QUE PAGUE IMPOSTO, OUTRA COISA A IGREJA NÃO PAGAVA IMPOSTO, QUEM PAGAVA ERA OS CIDADÃOS E ISTO JÁ FAZEMOS, JESUS PAGOU ENQUANTO CIDADÃOS E NUNCA COMO IGREJA, COMO VE TEUS ARGUMENTOS ANTI-BÍBLICOS NÃO PASSAM DE FALÁCIAS.

          • A igreja de Cristo paga imposto… a igreja do clamando não paga imposto.
            A igreja de Cristo não paga dízimo… a igreja do clamando recebe dízimo.
            A igreja de Cristo não é um templo… a igreja do clamando tem seu templo.

            Apenas algumas diferenças… e vc? quer ser da igreja de Cristo ou da igreja do clamando?

  11. Clamando meu querido Irmão deixa essa igreja stardustiana cristofobica renovada de banda essa doutrina escarlata e um trem descarrilhado, não vale a pena o trem e atrapaiado a tortura e dantesca e cheia de nou nou cego daqueles de amarra pe de porco na vara, essa doutrina stardustiana cristofobica renovada e mais ispiritista que a do vale do amanhecer, note que a mesma e contra tudo e contra todos os que Professam a fé Biblica a fé Abraonica e contra todos os Pastores e Crentes, portanto dar guarida a um inimigo não e conveniente, deixe-o em seu desvaneio descaminho, pois o mesmo em sua revolta contra os Crentes, se achara em feu de amargura e olhará para traz e com certeza vai se perguntar valeu a pena?

  12. MENTIRAS DE STARDUST
    A IGREJA DE ISRAEL NÃO PAGAVA IMPOSTOS RECEBIA
    JESUS PAGAVA IMPOSTOS ENQUANTO CIDADÃO E NÃO IGREJA
    IGREJAS NÃO PODEM RECEBER DÍZIMO, MAS CRISTO DAVA DÍZIMO ELE CUMPRIU TODA A LEI
    I – A SOCIEDADE EM QUE JESUS VIVEU

    Economia:

    A sociedade em que Jesus viveu deve ser analisada a partir da economia, das relações de produção. Em termos econômicos era uma sociedade pré-capitalista, transacional, substancialmente agrícola. Não era urna sociedade industrial como a nossa. Lá predominava a agricultura. E como eram as relações na agricultura.

    Latifúndio:

    A propriedade da terra na palestina, Judéia, Samaria, Galiléia, estava concentrada nas mãos de pouca gente. Aliás, dá para perceber que no fundo de muitas parábolas, temos a situação do latifúndio, da concentração da propriedade da terra. Por exemplo, a Parábola dos Talentos. O grande patrão antes de ir para a cidade, entrega os talentos, o dinheiro, para os seus servos, de maneira que esses possam produzir. Temos a Parábola dos Vinhateiros. O patrão que sai arrenda a vinha aos empregados. Existem umas quinze Parábolas contadas por Jesus tendo como pano de fundo o latifúndio.

    Essas Parábolas mostram a situação econômica do tempo de Jesus, mostram uma economia agrícola, onde as relações das pessoas com a terra são relações de latifúndio.

    Diante desta situação Cristo tem uma atitude bastante critica, quando o Evangelho fa­la de riqueza; em geral entendemos riqueza por dinheiro, por moeda. Enquanto a riqueza principal daquela época era a propriedade da terra.

    Cristo considera a riqueza de uma maneira muito negativa, porque vê que propriedade da terra está muito concentrada. Então a riqueza é um ídolo que faz concorrência com Deus. A riqueza e um obstáculo para seguir Jesus Cristo, ou seja, para ser Cristão.

    É difícil ser rico, latifundiário, no tempo de Jesus e ao mesmo tempo ser discípulo ser Cristão. A riqueza recebe uma das considerações mais fortes da sua boca, quando diz: ”É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos Céus”. Mesmo diante do espanto dos apóstolos Jesus a repetiu sem pestanejar. E qual é a sua proposta positiva?

    A proposta positiva do Cristo é a partilha. Cristo não é contra a como tal. Também não é contra a terra. É contra a concentração da terra nas mãos de poucos. Então sua proposta é a partilha.

    Todos os discípulos de Jesus têm de partilhar os bens, têm de entrar numa economia de partilha, de socialização, para poder seguir Cristo. Ou seja, é impossível ser rico e ser seguidos de Cristo. Na perspectiva de Jesus isto aparece muito claro. Nós é que, muitas ve­zes, obscurecemos o fato por causa da ideologia do dinheiro que esta em nossas cabeças.

    Artesanato:

    O segundo pólo econômico da época eram as atividades artesanais. O artesanato é o trabalho manual em cima de qualquer matéria, com instrumentos muito rudimentares, primitivos. No tempo de Jesus ele era mais desenvolvido nos grandes centros, como em Jerusalém, onde havia uma camada de artesões mis qualificada. Nas pequenas cidades da Galiléia, como Nazaré, era muito rudimentar.

    Nós sabemos que Jesus era artesão. Ele era um carpinteiro do interior, sem grande qualificação. O pai de Jesus, São José, também era carpinteiro. A profissão passava de pai para filho. Nas cidades pequenas esta atividade era muito explorada e desprestigiada. Isso dá para compreendermos a posição de classe de Jesus. Na verdade ele era um artesão que possuía alguns instrumentos de trabalho, mas aio exercia o controle sobre a matéria-prima necessária para o seu trabalho. Na verdade ele era ia artesão pobre.

    Comércio:

    O terceiro pólo econômico era as atividades dos comerciais. Existia nas pequenas cidades um comércio local (feiras) ,onde se fazia a troca, de produto. A economia monetária ,a circulação de dinheiro, era muito reduzida. Mas havia os grandes mercados, como o de Jerusalém, com o controle de grandes o comerciantes. Era mercados atacadistas, que faziam importações, como o mercado do templo.

    É importante guardarmos este dado: a economia era principalmente rural e tem muito pouco a ver com a nossa sociedade moderna, onde a economia agrícola é na verdade uma economia de exceção, controlada pelo pólo industrial que leva â frente o progresso de um pais modo moderno.

    Quais era as relações de produção, as relações de exploração no tempo de Jesus?

    Hoje a exploração ocorre a nível de salário. O salário cada vez menor em relação ao custo da vida. No tempo de Jesus, a exploração ocorria a nível de impostos, que literalmente esmagavam o povo.

    Não é à-toa que os romanos dominavam a Palestina, que a tinham transformado em colônia. Eles estavam ali para tirar bens econômicos do povo, através dos impostos. O sistema de impostos era o canal principal pelo qual o povo era explorado pelos colonizadores roma­nos.

    Havia dois sistemas de impostos:

    – O romano e o

    – religioso.

    O Imposto Romano: Era dividido em três tipos:

    a) Debário: Pago por cabeça. Como os romanos poderiam controlar o seu pagamento? Através de recenseamento ou censos. O próprio Jesus nasceu numa época de recenseamento e, naquele tempo, houve um grande levante revolucionário na Galiléia. Sur­giu o movimento guerrilheiro denominado “Zelotismo” dos Zelotes, que perceberam que o recenseamento nada mais era do que a forma de garantir o imposto por cabeça.

    b) Produçâo: Um quarto da produção agríco­la (25%) era entregue nas mãos do colonizador romano.

    c) Circulação: Nas grandes cidades, nas encruzilhadas, nas divisões das províncias, era taxado um tributo de circulação.

    O Imposto Reli­gioso: Era imposto judaico, para o templo, tem também três tipos:

    a) DRACMA: Pago por cabeço. No Evangelho aparece a referência quando o Sacerdote diz a Pedro: “O mestre de vocês não paga a didracma, o imposto do Templo”? Depois Cristo manda Pedro pescar. Ele encontra quatro dracmas embaixo da orelha do pei­xe e os entrega como pagamen­to.

    b) PRIMÍCIAS: Todo primeiro fruto da terra ou do animal era entregue no templo, ao sumo sacerdote. E até mesmo todo filho que nascesse tinha de ser entregue simbolicamente ao Templo, através de um animal. Os ricos entregavam camelos ou bodes; os pobres, um par de rolas ou de pombinhos. Quando Jesus foi apresentado ao Templo, São José levava um par de rolinhas pa­ra ser entregue no lugar da criança.

    c) dízimo: Dez por cento (10%) da produção vai para as mãos do sumo sacerdote, da classe sacerdotal’ do Templo. E não havia um só dízimo, havia três ou quatro tipos: Dai percebemos o quan­to era profundamente explorado o povo no tempo de Jesus exploração que se fazia através do sistema tributário.

      • RESUMO STARDUST O MAIOR MENTIROSO DESTE SITE, NÃO SABE NADA COMENTA NADA E SÓ FALA MENTIRAS, LEIA E APREENDA ANTES DE POSTAR BOBAGENS SEU NEÓFITO, POIS JÁ CAIU NAS GARRAS DE SATÃ, DEIXOU A SOBERBA CRESCER, PENSANDO QUE O SIMPLES FATO DE COPIAR E COLAR ESTUDOS DE ATEUS, SERIA DONO DA VERDADE.

    • Clamando

      Muito boa, tua sintese sobre a economia e política de israel nos tempos de domínio romano.
      Inclusive, os Zelotas tomaram o poder e fizeram a maior carnificina no templo, misturando sangue de animais com o dos sacerdotes, momentos antes de serem invadios por Tito. Vc encontra estes registros em a História dos Hebreus de Josefo. Parabéns, Irmão Clamando.

  13. Existiam três partidos políticos principais:

    1 – Saduceus: Nele se encontrava a classe rica: O alto clero, os proprietários de terra (anciãos) . Como dá para desconfiar, era um partido totalmente “capacho”, pró-romano. Não tinham nenhuma posição crítica frente ao poder romano. Por quê? Ora, porque ele era mantido sem nenhuma perspectiva messiânica. Eles não acreditavam na vinda do Messias, porque o Messias significa mudança. Ele se opunha a mudança, porque se beneficiava da situação tal como ela era, e mantinha a ideologia da conservação. Era extremamente conservador e reacionário. Este partido se concentrava em torno do templo, tinha os papéis principais’ do governo colegiado do Sinédrio e detinha o poder político.

    2 – Fariseus:

    Composto por leigos, da classe média ascendente. Ascendente porque os fariseus e os escribas controlavam a interpretação da Bíblia. Como saber é poder, eles estavam subindo na sociedade e adquirindo bas­tante postos no Sinédrio, dentro do governo Judeu. O partido era formado pelos intelectuais do templo, pelos advogados, copistas, teólogos. Frente aos romanos ele era uma espécie de oposição confiava. Tinha uma resistência pacifi­ca. Seus membros pagavam os impostos e se sub­metiam para evitar o pior. Procuravam ganhar espaço pouco a pouco, com o tempo.

    Seus partidários se concentravam em torno da Sinagoga, porque aí era o lugar em que se lia a Lei de Deus, Era a liturgia da palavra. i2les dominavam porque eram os únicos que sabiam ler e interpretar a Lei Bíblica. Tinham a hegemonia, no sentido de que detinham a direção moral, intelectual; o povo confiava neles. Então, na verdade, detinham o poder na mão, Um histo­riador daquele tempo dizia que o povo era o aliado natural dos fariseus,

    3 – Zelotas: É um partido radical, que rompe definitivamente com os romanos e adota a prática da guerrilha, da violência ar­mada. Nascido na Galiléia, é integrado sobretudo por camponeses escravizados por dívidas.

    Visa realmente destruir a estrutura política romana e também o poder judaico “capacho” dos saduceus. Em certos momentos, fazem alianças com os fariseus.

    Para entender como é que Jesus se posiciona diante dos revolucionários, é necessário lembrar que esse partido tem um projeto nacio­nalista na cabeça. Além da independência da Palestina, ele tem uni projeto expansionista, imperialista. Quer colocar o judeu no centro e sobre todos os outros povos, e criar um império mundial judeu. O César judeu seria uma espécie de César-Moises, César Bíblico que dominasse o mundo, já que isso estava nas profecias da Bíblia.

    No projeto dos zelotas havia também a restauração de teocracia, do rei santo, muito parecido com Davi.

    Cristo age ao contrario. Ele dessacraliza o poder político, não pensa em poder religioso, teocrático. Deste ponto de vista, há diferença entre Cristo e os revolucionários zelotas.

    Existiam ainda outros partidos de significação menor, como os essenios, os heroditas e outros, e tinha também o povo, o “povilhéu” como era chamado a gente da terra. Era o povo sem organizações populares de base e que estava mais sob a dominação dos saduceus e dos fariseus.

DEIXE UMA RESPOSTA