Benny Hinn afirma que acontecem mais milagres na Igreja Católica que nas evangélicas

4

O pregador neopentecostal Benny Hinn está sempre envolto em polêmicas, e a mais recente delas envolve a Igreja Católica. Para ele, na denominação liderada pelo papa Francisco acontecem mais milagres do que nas demais igrejas cristãs.

A declaração foi feita durante uma palestra em uma igreja e gravada em vídeo. Benny Hinn diz fundamentar sua declaração em um estudo “que eles fizeram” a respeito das curas na Igreja Católica e denominações pentecostais.

Surpreendentemente, Benny Hinn credita sua afirmação à crença católica na presença real de Jesus na eucaristia, que Hinn diz também afirmar, e acrescenta que os católicos não ficam pulando de paróquia em paróquia, como os pentecostais fazem, mudando de igreja.

“Eles acabaram de lançar um estudo que mais pessoas são curadas em uma igreja católica do que em igrejas pentecostais”, afirmou, sem especificar a qual pesquisa se refere: “É real. Os estudos têm provado isso”, acrescenta.


“[Isso] acontece porque as pessoas católicas reverenciam a eucaristia. Mais pessoas são curadas em uma igreja católica durante a comunhão do que entre os pentecostais… porque, para nós, é simbólica. Bem, Jesus não disse: ‘Este é o símbolo do meu corpo’, ele disse, ‘Este é o meu corpo’; [Ele não disse] ‘isto é o meu sangue simbólico’, disse ele, ‘Isto é o meu sangue’”, afirmou Benny Hinn, defendendo a doutrina tradicional católica para a eucaristia como fonte de milagres.

“E eu acredito, eu sempre acreditei no espírito, que é o seu corpo, no Espírito, seu sangue oculto, para reverenciá-lo. Há cura em comunhão. Absolutamente, eu já vi isso acontecer em meu próprio ministério”, argumentou.

É importante notar que os católicos acreditam na transubstanciação, que diz que o pão e o vinho realmente tornam-se o corpo de Jesus, em substância, não apenas espiritualmente. Ao dizer que ele acredita que o pão e o vinho torna-se corpo e sangue de Jesus “no Espírito”, Hinn parece estar afirmando algo diferente do que a doutrina católica.

Sobre a fidelidade católica à paróquia e à comunidade formada em torno dela, Hinn se aprofundou um pouco mais: “Há cura nas igrejas católicas, porque essas pessoas são dedicadas e comparecem todos os domingos. Eles não mudam de igreja. Nós sim, eles não. É por isso que estamos doentes, e muitos deles são curados”, comentou.

Na sequência do vídeo, ele fala sobre a presença de milagres nas comunidades de cristãos coptas, uma tradição presente no Egito e arredores, dizendo que eles experimentam o sobrenatural pelas mesmas razões dos católicos.

Assista:

Assine o Canal

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA