Billy Graham sugere que cristãos parem de se inspirar em líderes: “Sejam imitadores de Cristo”

0

“Deus conhece nossos corações e mentes, e só Ele sabe quem seguiu Cristo com mais fidelidade ao longo dos séculos”. Essa foi a resposta do evangelista Billy Graham, 98 anos, a um leitor de seus artigos que o questionou sobre quem seria o seguidor de Jesus mais fiel.

A pergunta do leitor era, aparentemente, motivada por desejo de inspiração: “Quem você acha que foi o maior cristão que já viveu? Eu não estou apenas curioso em saber, pois quem quer que ele seja, gostaria de tentar seguir o seu exemplo”, afirmou.

Billy Graham, ciente da repercussão que uma resposta descuidada poderia causar, disse que essa pessoa “provavelmente seria alguém que você e eu nunca ouvimos falar”, pois dentre os bilhões de servos de Deus que já viveram ou vivem, a maioria é desconhecida.

“Alguém que humildemente viveu para Cristo em circunstâncias muito difíceis e sombrias, mas amou a Cristo e viveu para Ele, independentemente do custo”, acrescentou o experiente evangelista.


Posteriormente, no texto, Billy Graham encorajou o leitor a olhar para o Filho de Deus como modelo a ser copiado, pois “somente Cristo é digno” de tal devoção. No mesmo contexto, destacou que até os mais fiéis seguidores de Jesus são imperfeitos: “Aprenda com essas pessoas, seja grato por elas, aplique lições que eles deixaram em sua própria vida – mas não faça deles o seu modelo”.

Graham destacou que seu conselho era baseado nos conselhos dados pelo apóstolo Paulo aos cristãos de Corinto: “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo […] Sem dúvida, o maior líder cristão de todos os tempos é Jesus de Nazaré, o Salvador do mundo, e com o passar do tempo somos abençoados pela influência de alguns outros líderes cristãos que deixam um legado incomparável”, concluiu.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA