Brasil

Camisas Cristãs Brasil são o novo “hipe” da Moda Gospel

Comentários (15)
  1. JOELINE disse:

    Acho muito interessante.Eu , por exemplo, gosto e possuo várias.Como estratégia de evangelismo em locais onde não podemos falar muito é excelente.Mas não devemos esquecer que o nosso testemunho ainda é a melhor arma para mostrarmos nossa fé.Não adianta você vesti uma camiseta , com dizeres bíblicos que louvem ao Senhor, se a sua vida não condiz.Neste caso, em vez de glorificarmos a Deus estaremos escandalizando seu nome.

  2. Missionária Delair disse:

    É verdade amada irmã, Joeline.

    Nosso comportamento ( testemunho ) é a melhor propaganda do Evangelho do Senhor Jesus Cristo!

    Depois vem as outras coisas…

    A PAZ!!!

  3. Luis Fernandes disse:

    Muito bacanas as camisetas gospel! Acho que estavam faltando camisetas de qualidade para cristãos.

  4. Carlos Roberto disse:

    TIRANDO A MÁSCARA

    Eu gostaria de ouvir de cada crente a resposta à seguinte pergunta: “O QUE SIGNIFICA CRISTIÃO PARA VOCÊ?” Tenho uma curiosidade enorme, às vezes, discretamente pergunto a um e a outro, mas as respostas, invariavelmente, são absurdas, desprovidas de qualquer conceito ou fundamento Bíblico. A resposta mais comum é e a mais pobre também é: “Ser cristão é ser CRENTE”. Ora, partindo deste princípio e usando a Bíblia, temos que concordar que o Diabo também é um CRISTÃO, pois a própria Palavra de Deus diz e mostra em vários textos que ele crê, portanto é CRENTE. Outra resposta interessante que sempre ouço é: “Ser CRISTÃO é não cometer nenhum ato que desabone a minha conduta”. Com rara, mas muito raras exceções ouve-se que ser CRISATÂO é andar em novidade de vida, aliás parece que ninguém tem assimilado isto nos últimos tempos, novidade só se for de costumes e práticas danosas ao evangelho, isto tem com sobra no mercado religioso hoje.

    Há alguns anos atrás, uma pessoa aceitava a Cristo como Senhor e Salvador de sua alma – não da vida que é o que pregam abertamente por ai hoje os administradores de negócios relativos á fé com a vergonhosa Teologia da Prosperidade – e havia uma mudança radical de comportamento, de práticas e de formas de reverenciar o nome de Deus, mas ao longo dos tempos a coisa foi mudando e ganhando novos contornos, a vida religiosa foi floreada por um monte de penduricalhos, com alegorias e adereços que distorceram os conceitos estabelecidos na Bíblia como regra básica no exercício da fé cristã. A introdução de coisas APARENTEMENTE ingênuas e inocentes no meio das programações de nossas igrejas, abriram as portas para que hoje, qualquer uma prática mundana seja aceita como natural no meio evangélico. Em Ouro Preto, Minas Gerais, no carnaval há um bloco que desfila todos os dias com a participação maciça da turma que se diz crente em Jesus Cristo. Tudo com o apoio da Igreja Batista da Lagoinha, que afirma estar pregando o Evangelho e que não há pecado no que fazem. No Rio de Janeiro, há o “Cordão do Bom à Beça”, com enredo próprio e um sem numero de participantes que desfilam nas avenidas todos os dias no carnaval carioca. Obviamente que tudo é feito em NOME DE DEUS.

    Aliás, o nome de Deus hoje é usado até para agradecer PROPINAS, fruto da corrupção de evangélicos, ou melhor, de crentes que ainda não conseguiram colocar em prática as recomendações de Paulo para que mantivéssemos distância da APARENCIA DO MAL. Na realidade, o que se vê é uma aproximação cada vez maior dos crentes com as coisas do mundo, pouco importa se são boas ou ruis, se são morais ou não, se são éticas ou se são corruptíveis, o que vale é estar no mesmo passo da modernização e da adaptação às novidades e as novas invenções do Diabo. Outro dia, na estrada, vi um carro que portava um adesivo que convidava para um carnaval temporão chamado de “JESUS FOLIA”, com direito a Trio Elétrico e a presença de um ídolo do “Mundo Gospel”, o tal Irmão Lázaro. A coisa chegou ao extremo, o Evangelho perdeu o sentido de “Boas Novas”, que foram trocadas “boas festas” regadas a muita bagunça e a muito barulho, tudo sob a batuta da marca “GOSPEL”. Agora já não se fala em salvação, é sim o “salve-se quem puder”, cada um para si e Deus… Aliás, a falta de CRIATIVIDADE dos crentes é evidenciada até nesta onda, importaram e copiaram as sujeiras Americanas sem fazer qualquer alteração, enfiaram as porcarias para dentro das igrejas e o que se vê é uma bagunça generalizada, com o bando de cara de pau usando o Evangelho para venderem seus produtos e enriquecerem com facilidade e sem ter que pagar impostos.

    Por trás do MUNDO GOSPEL vem a pirataria, a micareta, o carnaval cristão, a folia com Jesus, os pregadores de prosperidade – põe prosperidade nisso, com uma Bíblia sendo NEGOCIADA na bacia das almas pela bagatela de R$ 900,00 – vem os brindes oferecidos como agentes de bênçãos em troca de algum trocado nas igrejas, vem os banhos de águas e os copo com águas, tudo em nome de DEUS, óbvio. Será esta a novidade de vida ensinada por Jesus? Será esta a vida fundamentada numa nova criatura pregada pelos Apóstolos? A Bíblia diz que a Palavra de Deus é imutável, portanto, se as distorções estão acontecendo, é preciso confrontá-las com o que ensinam as Sagradas Escrituras, pois ela mesma diz: “Quão formosos os pés dos que anunciam as Boas Novas, dos que anunciam a paz”. Ora, o que há de bom nesta relação promiscua do crente com o mundo? Que novidade há para se oferecer ao mundo como exemplo de transformação patrocinada pelo Espírito Santo? Que diferença Jesus está fazendo na vida dos crentes deste nosso tempo?

    Vestir uma camisa é algo que não faz nenhuma diferença, lógico, desde que você não seja torcedor do Flamengo e queira entrar no meio da torcida com uma camisa do Fluminense, aí o pau quebra, e feio. Mas uma mensagem numa roupa qualquer, se não vier acompanhada de testemunho, de exemplos e de ações que evidenciem a mensagem, ao contrário do que se espera, irá causar até constrangimentos. Outro dia, mostraram uma reportagem de um pedófilo com uma camisa escrita “I LOVE JESUS”. E aí? Assim, há muitos crentes carregando no peito uma mensagem, mas no coração outra, completamente oposta e comprometedora, carregam por achar que é moda, que chama a atenção, mas não estão dispostos a pagar o preço daquilo que anunciam e estampam como propaganda da fé que professam. Qualquer economista, por mais desinformado que seja, sabe que é tudo uma estratégia do MOVIMNTO GOSPOEL para aumentar a participação e os lucros advindos do mercado da fé.

    O princípio elementar que deveria ser observado quanto a carregar uma mensagem, seja ela qual for, é ver se o comportamento, as atitudes e o discurso correspondem ao que levam consigo nas indumentárias. Simples, antes de usar, faça uma reflexão profunda e veja se há contradição entre um e outro, entre a mensagem que se propões passar e as atitudes inerentes daquela mesma mensagem. Hoje, pelas circunstâncias, é mais fácil ser CRENTE, do que ser um CRISTÃO, é mais cômodo crer do que praticar aquilo que se professa como crença, daí as distorções e as aberrações cometidas em nome de Deus e do Evangelho. Muitas, ameaçadoras e comprometedoras, isto para os mais atentos e preocupados com os fundamentos da fé, para os demais…

    Só a titulo de curiosidade, olha só a roupagem dos Padres, dos Bispos e dos que tradicionalmente se penduram em alegorias e adereços para pregarem…

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  5. dilson disse:

    yo!! irmaos, o evangelho entre as juventude no orkut entre outras comunidades da rede tem q ser pregado em formas diferenciadas e atual essa e a moda jesus e fashion!!!!! valew

  6. leide disse:

    joeline é isso ai………….

  7. mariah queiroz disse:

    meu querido Carlos Roberto
    não quero aqui fazer apologia nem tão pouco defender uma religião
    porque não sou religiosa nem fanático como muitos teem taxados os cristãos por aí.sou cristãm sim graças a Deus,mas isso não significa que concorde com os absudros que teem acontecido no no meio desses que se dizem cristão até concordo com vc as pessoas estão relmente se aproveitando da palavra de Deus pra comercializar e assim a tentado se esconder atrás do evangélio só que o problema é que quando as pessoas generalizam, difamando os verdadeiros cristãoque ainda guardam os estatutos de Deus e vivem de acordo com a sua palavra,pode ser uma minoria mas tenha certeza que ainda existem pessoas que teem compromisso que não vendem o ministerio que o própio Deus lhes entregou,que são testemunhas vivas da justiça de DEUS.Aproveto pra ja dar a minha resposta sobre a sua dúvida ser cristão meu amado é isso eo o mais importante de tudo: SER CRISTÃO É SER IMITADOR DE CRISTO”.
    Aí você me pergunta: mas será que realmente existem essas pessoas? SIM.existem e elas podem estar bem próximas de vc ,quem sabe neste momento algumas delas podem estar orando por vc hein?…
    quanto aos enganadore não fique tão indiguinado sei que é inevitavel,eu particularmente fico arrasada comto das essas noticias e escandalo envolvendo os “Crentes”.mas saiba que isso tudo é cumprimento das sagradas escrituta todos esses escandados teem que acontecer por a palavra do Deus tem que se cumprir.
    saiba que isso tudo é só o comesso coisas piores e absurdas ainda virão…A biblia e muito clara a respeito disso:”PASSARÃO OS CEUS E A TERRA MAS AS MINHAS PALAVRAS NÃO HÃO DE PASSAR”.
    perdão se por algum momento o ofendi a meu desejo é que vc seja abençoado mais ainda por Deus.porque só o fato de vc procurar resposta para suas dúvidas e não se conformar coa a injustiça é sinal de carater e verdade coisas que agradam o coração de DEUS.
    Só mais uma coisa sempre que tiver qualquer dúvida a sobre qualquer assunto examine a palavra de Deus porque ela te dará respostas que o homen não pode lhe dar!
    que DEUS te abençoe.

  8. Carlos Roberto disse:

    A FOGUEIRA DA SANTA ENGANAÇÃO
    MILAGRES FINANCEIROS

    Porque a “FOGUEIRA SANTA DE ISRAEL” só mostra milagres financeiros? Esta é uma pergunta que não cala, toda vez que ligo a televisão e vejo os PILANTRAS da UNIVERSAL – IURD falando aquele monte de besteiras, encenando um espetáculo digno do inferno e pregando mentiras, eu me sinto culpado por tanta picaretagem sendo praticada livremente e sem que alguém tenha a coragem suficiente para contestar. É muito molecagem levar as pessoas para contar como conseguiram prosperar depois de passarem pela “FOGUEIRA DE SÃO JOÃO”, ou melhor, “Santa de Israel”. Santa por quê? Qual a relação de santidade que ela possui? Seria a madeira que é queimada? Seria as cinzas por ela deixada? Ou seria o poder das chamas? Os testemunhos são sempre de vitórias financeiras para lá de exageradas, onde pessoas quase falidas viram donas de patrimônios extremamente grandes. De cara eu já pergunto: Qual a base Bíblica para esta picaretagem? O que há por trás desta farsa e deste imbróglio comercial? O que querem estes mercenários expondo estas pessoas ao ridículo?

    Mas, por que será que só são mostrados pelos PILANTRAS testemunhos de vitórias financeiras e não vemos pessoas testemunhando sobre arrependimento, boas obras, santidade, etc.? Por que será que os PICARETAS não mostram pessoas convertidas, que falem sobre as mudanças espirituais experimentadas com a presença de Deus em suas vidas? Eu sei, dá urticária neles ouvirem tais coisas, eles são alérgicos a questões espirituais de transformação da alma e do coração.

    Da mesma forma que a televisão brasileira normalmente consegue, de forma baixa e ridícula, mais ibope através de programas que mostrem mulheres semi-nuas, sensacionalismo, violência e coisas semelhantes, as igrejas também tem suas formas podres e sujas de conseguir ibope. Os ditos “PROGRAMAS EVANGÉLICOS” estão entre os piores já produzidos pelas televisões hoje, a coisa é tão baixa que beira ao ridículo. O que não falta são picaretas dispostos a explorar a fé e principalmente o BOLSO do cidadão.

    Os testemunhos dos arrependidos, dos salvos em Cristo Jesus, dos libertos de vícios, dos que largaram tudo para servir a Cristo, dos que dedicam suas vidas ao próximo e não a conseguir riquezas, dos que não receberam a cura, mas receberam a graça da salvação, dos que não ficaram ricos, mas tem o dom da fé, dos que venceram o pecado, dos que tem algo a ensinar sobre a Bíblia, dos missionários que lutam em terras distantes, dos que oram segundo a vontade de Deus… Estes testemunhos não dão ibope, não dão audiência à igreja que controla a mídia. Seus templos e suas reuniões não estariam cheias através dos testemunhos citados, sua fogueira talvez seria um “PALITINHO DE FÓSFORO” aceso, suas escadarias não poderiam ser de mármore, não haveria tanta riqueza, não haveria tanta audiência, tanta gente no templo. Não haveria dinheiro para depositar nas contas secretas e nas cuecas…

    É mais fácil dizer o que as pessoas querem ouvir do que o que elas precisam ouvir. Com isso uniu-se o útil ao agradável. É o queijo com goiabada dentro da igreja. É a relação de consumo entre Deus, seus “SERVOS”, o público que assiste e participa e as bênçãos. É por isso que na maioria das vezes são colocados testemunhos de “BÊNÇÃOS” financeiras. O céu é aqui e agora…

    Ao invés de pregar o Evangelho de verdade, que nunca deu tanto ibope, desde os tempos de Jesus, optou-se por pregar o “EVANGELHO” do ibope e da prosperidade, que engana seus ouvintes, mas deixa a audiência lá em cima. De “Boas Novas” a “Negócio da China”, literalmente, é tudo falsificado e pirateado sem nenhum pudor. Os comerciantes, transvestidos de BISPOS, APÓSTOILOS, MISSIONÁRIOS e PASTORES deitam e rolam com a falta de discernimento de nossa gente, eles falsificam tudo, embrulham em lindos arranjos e jogam tudo sobre o povão, e vamos que vamos, é tudo fé-dido, podre e imoral.

    “Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina, pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas” – II Timóteo 4.3 e 4.

    A VERDADE está com pouca audiência, ninguém quer saber dela, e isto está claro, pelo que se vê na televisão e em algumas igrejas! Mentir usando a Bíblia como pano de fundo virou moda, e o que não falta são candidatos a MENTIROSOS, eles estão soltos e agindo livremente no mercado da fé. Estes camaradas são especialistas em PROSPERIDADE, principalmente de suas contas bancárias e as de suas Emprejas S/A. Na Fogueira da ignorância eles queimam as esperanças dos desavisados, e de quebra aquecem o mercado da exploração religiosa com falsificações grosseiras das Escrituras Sagradas.

    “Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para não se atirem a ti” – Salmos 32:9.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  9. Carlos Roberto disse:

    “SER CRISTÃO É SER IMITADOR DE CRISTO…”

    Eu sou cristão de berço, tenho experiência bastante para saber definir com alguma exatidão o que significa ser um IMITADOR de Cristo. Imitar é tentar fazer igual, mesmo que isto seja impossível, afinal, cópia é cópia, original só há um. Paulo afirmou que ele estava CRUCIFICADO com Cristo, que ele já não vivia, mas Cristo vivia na vida dele: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim” – Gálatas 2:20.

    “Não sou mais eu quem vive…”. Quando nós saímos de cena Cristo entra. Quando nós saímos do trono Ele reina. Quando nós morremos, Ele vive em nós. A obra da Cruz opera em nós o “NÃO SOU MAIS EU QUEM VIVE”. Esta obra é instantânea, mas também contínua, por isso o Senhor nos diz para tomarmos a cruz a cada dia. A cruz mantém o velho homem morto dia após dia no seu lugar. Hoje, com a experiência que tenho, posso assegurar que se há algum IMITADOR de Cristo, ele não deve estar no nosso meio, sério. O comportamento humano hoje, diante dos avanços tecnológicos e da subserviência do homem aos padrões de ética, moral e de vida não permitem que ele possa imitar Cristo de forma alguma, o máximo que este homem vai fazer é morrer tentado. Mas, são poucos os que se dispõem a jogar com as tentativas, muitos confessam uma coisa, mas nas praticas são contraditórios. Crucificado com Cristo!!!

    Mas o que é a cruz? O que foi a cruz para Jesus? Podemos relacionar, usando a Bíblia, pelo menos quatro aspectos que mostram o que a cruz foi para Jesus: RENUNCIA, HUMILHAÇÃO, SOFRIMENTO e MORTE. Para nós não será diferente. Ela tem o objetivo de quebrar o nosso orgulho, tirar o EU do centro e aniquilar a vida da alma baseada em seus sentimentos, pensamentos e vontade própria. Ela tem o objetivo de quebrar-nos para que a verdadeira vida saia, para que ele floresça. É preciso compreender que a humilhação é uma ferramenta de Deus para nos quebrar, tratar com nosso orgulho e nos tirar do pedestal. E o sofrimento? Como você encara estas coisas?

    O homem caído enxerga todas as coisas girando ao seu redor. Tudo deve ser usado para seu benefício, inclusive Deus. Todo nosso modo de pensar, planos, orações, pregações estão voltadas para o EU. Às vezes, simplesmente queremos Jesus para facilitar a vida do EU. Que contradição! A cruz aniquila a vida do EU, para que a vida de Jesus surja triunfante em você. Por isso o texto diz: “Fui crucificado… não mais EU…” Por isso Deus nos crucificou. Ele não depositou nenhuma esperança na natureza humana caída, Ele a crucificou, matando o velho homem com seus feitos. Que eu estou morto com Cristo é um fato consumado. Não precisamos pedir a Deus que nos crucifique ou nos ajude a morrer. Ele já fez esta obra. Porém, somente pela FÉ é que esta morte se torna realidade para nós.

    A cruz é onde você não vive mais. Está morto. Se Deus desistiu de você, você deve render-se e desistir também. NÃO TENTE VIVER A VIDA CRISTÃ NAS SUAS PRÓPRIAS FORÇAS. Enquanto confiarmos em nós mesmos para atingir o padrão de Deus, para sermos santos, para sermos humildes, para amarmos, etc., Ele irá permitir fracasso sobre fracasso, até que confiemos somente em Jesus e vivamos pela sua vida para que toda a glória da vitória seja Dele e não nossa.

    Não devemos nos esforçar para amar como Jesus, mas sim, renunciar a nossa maneira da amar, reconhecer que somos incapazes de amar e deixar Cristo amar em nós. O mesmo vale para orar, falar, reagir, perdoar, frutificar, ministrar, pensar, etc. porque Cristo em nós é a esperança da glória, etc.

    Assim, temos um alto padrão de vida no Reino de Deus. Mas atingi-lo só é possível quando reconhecemos que somos incapazes por nós mesmos, CREMOS que fomos crucificados e CREMOS que Ele vive hoje em nós toda a plenitude de sua vida. O problema hoje é que ninguém quer saber de crucificação, a não ser na semana chamada santa, que de santa não tem absolutamente nada, cruz, nem pensar, Jesus já foi lá e ralou por mim, então para que sofrer? É assim que vivem os crentes hoje, ninguém, em lugar algum, está disposto a colocar a vida em risco por causa da fé que defendem. Tá maluco? O negócio é PAZ e AMOR… Paz com o mundo e amor às coisas que ele oferece. O “Festival de Woodstock”, com toda a sua imoralidade e com todos os seus conceitos distorcidos reina soberanamente hoje, e os shows e espetáculos promovidos pelo segmento “MOVIMENTO GOSPEL” retratam isto fielmente. Mudaram apenas as épocas, de agosto de 1999 para os anos 2000…

    Paulo disse: “Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” – I Coríntios 11:1, assim, se conseguirmos imitarmos Paulo na nossa trajetória de vida cristã neste mundo, já está de bom tamanho, a questão é que nem mesmo Paulo o povo quer, pelo menos tentar, imitá-lo. Até porque ele é direto quando trata das relações do crente em Cristo com as coisas deste mundo quando diz: “…E não vos conformeis com este mundo…” – Romanos 12. 1 e 2. Não conformar é algo profundo, vai além de discordarmos, é não aceitarmos e não praticarmos as coisas que são naturais para quem vive e deleita-se no mundo. Uma nova criatura, segundo a Bíblia, há de viver no mundo, mas não pelo mundo e para o mundo, pelo contrário, viveremos por Deus e para Deus. Não devemos adorar a Deus por medo do inferno, e de queimas lá. Não devemos adorar a Deus pelo paraíso, mas por entender que Deus é Deus. Assim, se adoramos a Deus pelo que Ele é, ele não esconderá de nós a Sua face. Mas, para isto, precisamos estar crucificado a cada ação, a cada atitude e a cada pensamento na cruz, sentido as mesmas dores e as mesmas aflições pelas quais passou Cristo Jesus, o nosso redentor.

    Carlos Roberto Martins de Souza
    crms2casa@hotmail.com

  10. claudia disse:

    eu adorei as camisas, são muito bonitas, de muito bom gosto. da vontade de usar e é uma maneira moderna de evangelizar as pessoas e louvar ao nosso Deus!!!!eu já comprei a minha!!!
    parabens pela ideia!!!

    1. luiz disse:

      oii passa seu email, queria te mostrar algumas camisetas

  11. JOELINE disse:

    Este texto do Pastor laurito da I igreja Batista de Niteroí falou muito ao meu coração e espero que fale ao coração dos amados irmãos.

    Preparando-nos para a volta de Cristo

    16-Mar-2007

    Nestes dias de lutas e dificuldades, devemos retornar nossos pensamentos para a volta de Cristo. Por quê? A resposta é direta e sem rodeios: Ele vem buscar a sua Igreja. Daí a necessidade de estarmos preparados para encontrá-Lo. Todavia, há muitos na Igreja que não dão a menor importância para esse assunto. Mas todos sabem que, a cada segundo que passa, nos aproximamos mais e mais do fim dos tempos. O fim virá após o Evangelho ter sido pregado ao mundo inteiro (Mt 24.14). Um dia, todos nós teremos que nos apresentar ante o tribunal divino. Se não nos prepararmos aqui e agora, lá não teremos a mínima chance de salvação. O momento oportuno para esse preparo é hoje. Mas que preparo? Logicamente, o espiritual. Esse engloba todas as facetas da vida. Por exemplo, se uma pessoa se diz crente, mas não tem uma vida moral digna da aprovação de Deus, como poderá ter a certeza da salvação? Jesus mostra que “pelos frutos os conhecereis” (Mt 7.16).

    Preparando-nos para a volta de Cristo

    Paulo ensina que nos fins dos tempos não seria nada fácil. Ao escrever a Timóteo, diz: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos” (II Tim 3.1). Por isso, cada um de nós deve estar preparado para enfrentar os desafios deste século. Essa preparação envolve um verdadeiro avivamento espiritual. Em que áreas devemos melhorar nossa vida, a fim de que experimentemos esse avivamento, enquanto aguardamos a volta de Cristo?

    1.Precisamos urgentemente voltar ao primeiro amor

    Esse foi o desafio da Igreja de Éfeso. A repreensão do Senhor para ela foi: “Tenho, porém, contra ti, que deixaste o teu primeiro amor” (Ap 2.4). Lamentavelmente, há crentes que abandonaram esse amor. Não amam mais a sua Bíblia, não amam a sua Igreja como dantes, não entregam mais os dízimos e ofertas, perderam o interesse pela oração, e, ainda mais, não amam o seu Salvador, e não amam o seu próximo como nos primeiros dias de vida cristã.

    2.Precisamos de uma completa mudança nos aspectos éticos e morais da vida

    Não podemos andar segundo os ditames deste mundo. É triste quando um crente dá mau testemunho. Paulo chega a dizer: “porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso” (Ef. 5.12). Se alguém está na Igreja com a vida moral em pecado, o melhor é arrepender-se e, imediatamente, se acertar com Deus. Há alguns adolescentes e jovens que praticam um namoro dominado pela sensualidade. Outros optam por uma vida sexual contrária aos ensinamentos da Palavra; praticam a fornicação (ato sexual ilícito, exercido fora dos laços matrimoniais), como se fosse normal. Deus não aceita isso. É hora de um completo arrependimento. É hora de abandonar os ensinos mundanos que invadem o nosso lar, seja através da internet, do orkut, e-mails, games, DVD, MP4, TV, ou qualquer outra mídia. Temos que retirar o lixo da imoralidade que é jogado dentro de nossos lares e de nossos corações.

    3.Precisamos de nos vestir adequadamente para adorar o Senhor

    Outro aspecto que temos que prestar muita atenção refere-se à vestimenta. Há alguns membros de Igreja (homens ou mulheres) que vêm ao Santuário, usando uma roupa não condizente com o local de culto. Perderam o temor a Deus. Como Ele vai agir na vida dos adoradores, se, nos cultos, há pessoas com roupas que provocam a sensualidade? Jim Cymbala, em seu livro “Uma Igreja abençoada por Deus”, adverte: “Ainda que um culto nunca deva parecer um ‘desfile de modas’, roupas inadequadas podem causar distração e atrapalhar a adoração a Deus” (p. 57, Grifo nosso). Para consertar isso, é necessário fazer uma verdadeira limpeza espiritual. Deus quer tirar todos os elementos imorais de dentro de nós. Se queremos estar preparados para adorar o Senhor, tanto aqui quanto na eternidade, devemos usar as vestes apropriadas da noiva de Cristo.

    Que estejamos preparados para a volta de Cristo. “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus” (Ap 22.20).

    Seu pastor e amigo,

    J. Laurindo.

  12. Elton disse:

    Isso não é noticia,é uma propaganda.

  13. Bruno disse:

    Muito bonitas as camisetas. Eh bom ver coisas assim louvando a Jesus! Bruno Lima

  14. juan velazquez disse:

    Hola. He visto la noticia y las camisetas. Es lindo que en Brasil, al contrario de otros paises, las personas hagan productos lindos para que la fe se fortalezca. Muchas gracias, Juan Velazquez

  15. Paula Bonatto disse:

    Olá, muito bonitas as camisetas e a iniciativa de fazer uma moda gospel assim. O público gospel está aumentando e a procura por coisas de maior qualidade é visível. Não vejo mal nenhum em ter produtos como este, sendo, é claro sincera comigo mesma em relação à minha fé. Um cristão não deve ser feio nem vestir coisas feias para ser puro. Deve sim, em primeiro lugar obedecer aos preceitos cristãos e ao mesmo tempo poder comprar produtos que a satisfaçam e façam da sua fé uma coisa ainda mais bonita. Sucesso cada vez maior no site de vocês que é muito bom e informativo para os cristãos! att. Paula Bonatto

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.