Católicos e evangélicos se reúnem em ação social na Cracolândia e celebram o Natal junto a dependentes químicos

11

A região da Cracolândia em São Paulo é uma das áreas mais problemáticas da capital paulista devido ao alto número de dependentes químicos nas ruas.

Neste Natal, uma ação conjunta entre católicos e evangélicos mostrou que o esforço de recuperação das pessoas que buscam drogas no local dá resultados.

Os católicos da Missão Belém e os evangélicos do projeto Cristolândia, projeto sustentado pela Junta de Missões Nacionais, ligada à Convenção Batista Brasileira organizaram a distribuição de lanches, panetones e sucos aos moradores de rua.

Além disso, a Missão Belém apresentou um auto de Natal, com a representação do nascimento de Jesus, e o projeto Cristolândia reuniu ex-moradores de rua que foram atendidos pela iniciativa num coral que interpretou uma cantata.


“Não há solução mágica e imediatista. Assim como as pessoas não vivem em pedaços, não podem ser tratadas em pedaços, com uma ou outra ação. O Brasil tem que combater com clareza e firmeza o narcotráfico e não as pessoas que são vítimas dele”, conceituou o padre Julio Lancelotti.

O padre João Pedro Carraro, coordenador da Missão Belém, contou que há oito anos trabalha no bairro, e em 2013 atendeu quatro mil pessoas: “São 15 a 20 pessoas por dia que vão para as nossas casas. Eu posso dizer que 70% se salvou, conseguiu sair da rua”, comemorou, segundo informações do jornal O Globo.

Já os responsáveis pelo Cristolândia ressaltaram que as ações do projeto abrangem todo o estado de São Paulo, e neste ano, aproximadamente 20 mil pessoas foram atendidas.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

11 COMENTÁRIOS

  1. A União faz a força. Cristãos unidos jamais serão vencidos! Agora se vivermos separados por causa de placas de igrejas e doutrinas o mundo islamico vai nos engolir e nos atrocidar matando e degolando como estão fazendo no Oriente medio.

  2. a igreja fazendo o trabalho do governo, enquanto camara e senado tiram ferias prolongados de serviço nenhum prestado, arrombando os cofres publicos a sociedade Brasileira amarga a morte nas filas dos hospitais, roubos pelos bandidos soltos com o indulto de natal, morrem de fome pela pobreza e drogas que marginalizam e acabam com as familias,,, depois vem gentalha aqui pobres de espirito mesquinhos falar em taxar impostos sobre a igreja…vejam se não é o diabo falando na boca deles

      • Também com os 39 milhões que as igrejas arrecadam por dia, é mais do que obrigação mesmo, nem que seja pra alguém filmar, mas que sempre seja feito o trabalho social.

          • Não sou mas sim vcs evangélicos que justificam o dízimo com as ONGs e os trabalhos sociais que fazem, já que a desculpinha pra manter essas igrejas que vivem caindo aos pedaços não cola mais. Os pastores pegam embolsam os 95% do $$$ e os outros 5%, fazem um trabalhinho social desde que tenha uma câmera pra filmar!

          • diogo qual diferença, para as ongs ateias e ong lgbt, é a m,esma coisa usa de trouxas para inriquecerem, andam de carrões moram em mansões, com dinheiro dos impostos e assim como na igreja tem fiéis que confiam neles, e o que é pior na igreja quem da são os crentes, mas para ateus e gays é toda população concordando ou não eu pago para gay desfilar em praça pública, entende, se voces não obtivessem nenhuma vantagem do governo, até dava para aceitar tua reclamação, e mais ainda as igrejas pelo menos livram o governo de fazer m,ais cadeias hospitais orfanatos abrigos para menores desajustados para mulheres e muito mais

  3. ajudar ao pròximo é acâo que temos a obrigaçäo de realizar pois é a essencia de ser CRISTÃO com midia ou 365dias e com certeza podemos fazer melhor….Que tal presentearmos com a nossa união no aniversàrio de SP 25 janeiro proximo DIA DO BEM saindo da Pça da Sé até Republica….siga a missao twitter.com/siteoprodutor envolva JUNTOS FICA MAIS FÁCIL SEMPRE.

  4. Cara, vc é ridículo! Se o Cristão não faz é criticado, se faz é criticado. O problema de pessoas como vc é que não fazem e odeiam que faz porque se sentem inúteis. Então ficamai fazer nessa “jihade” ou cruzada contra os cristãos. Vá fazer algo de bom a alguém e seja mais útil ao invés de só criticar!

DEIXE UMA RESPOSTA