Cresce o número de evangélicos na militância e liderança do MST, apontam estudos feitos por sociólogos

12

Conhecido como um dos mais contundentes movimentos políticos do Brasil, o Movimento dos Sem-Terra (MST) tem vivido recentemente uma grande mudança em suas fileiras de militantes. Segundo levantamento feito por sociólogos, o movimento tem tido um número cada fez maior de evangélicos entre seus membros, que dividem entre devoção religiosa e militância política pela reforma agrária no interior do País.

Como apontado pela revista IstoÉ, a luta pela reforma agrária no Brasil tem em sua origem um forte DNA religioso, sobretudo devido a grupos da Igreja Católica, que há 40 anos se posiciona sobre o tema por meio da Comissão Pastoral da Terra (CPP). Porém, a presença de cristãos protestantes no movimento é recente.

A crescente presença de denominações evangélicas nos assentamentos no MST tem chamado a atenção de vários pesquisadores que estudam a relação entre religião e reforma agrária, como o sociólogo Fábio Alves Ferreira, autor de “Pentecostais e a luta pela terra no Brasil – deslocamento e equivalências entre identidades religiosas e agentes sociais em assentamentos de reforma agrária”, apresentado como tese de doutorado na Universidade Federal de Pernambuco.

– Trata-se de um novo agente religioso que reivindica políticas sociais para o desenvolvimento rural – afirma Ferreira.


A adesão de um número cada vez maior de evangélicos, principalmente pentecostais, ao MST causa espanto em muitos pesquisadores. Este espanto se dá principalmente pela visão defendida por muitos desses estudiosos de que a teologia pentecostal costuma enfatizar uma espiritualidade mais individualista e menos coletiva.

Porém, essa visão da teologia pentecostal não é unanime, como defende a socióloga Marluse Maciel, que refuta uma visão unilateral que pesa sobre os evangélicos.

– Acham que [os evangélicos] são apáticos à política e vulneráveis a opiniões externas. Mas participam de movimentos sociais e ocupam terras – afirma Maciel, autora de uma tese de doutorado da Universidade de São Paulo (USP) sobre as relações entre os movimentos sociais e as religiões em dois assentamentos paulistas.

Segundo os estudiosos, os evangélicos têm assumido papéis de liderança nos assentamentos e conseguem se dividir entre os compromissos religiosos e a militância política. Um exemplo é Elisabeth de Oliveira Costa, de 41 anos. Fiel da igreja Assembleia de Deus, ela está no MST há cinco anos e, após fazer um curso de militância, faz parte da equipe de educação do acampamento Luiza Ferreira, em Moreno, região metropolitana do Recife (PE).

– Sou socialista, mas antes morria de medo dos sem terra. A vida melhorou muito. Como o que planto e colho – afirma a militante.

Um dos fatores apontados para o crescimento do número de evangélicos nas fileiras do MST é o crescimento da presença das igrejas evangélicas no meio rural. O censo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010 apontou o número de 4,4 milhões de evangélicos em zonas rurais, cerca de nove vezes mais do que o registrado dez anos antes.

Os sociólogos apontam também uma suposta mudança na interpretação da Bíblia por parte dos evangélicos que abraçaram a luta do MST. Ferreira afirma que ao interpretar a “Bíblia” pelo próprio olhar e não mais pelo viés do líder religioso, esses militantes tentam se livrar do “pecado” de estarem tomando o que seria de outra pessoa.

– Quando Deus criou o mundo, deu terra para todos. Ele não queria que um grupo morasse na favela – afirma a militante Elisabeth, em uma das reinterpretações apontadas pelo sociólogo.

12 COMENTÁRIOS

      • Existe uma ala da igreja cristã evangelica ( igrejas históricas ) militando na esquerda , e tentando empurrar os crentes de um modo geral na mesma ribanceira !
        Aqui mesmo tem uns colunistas , que são comunistas e vive fazendo apologia ao esquerdismo ! Normalmente são metidos a intelectuais !
        É normal invadir propriedades alheias e roubar , destruir , matar ? mas; esta não é a função do diabo , que a bíblia fala ? Movimento Transgressor Social — MST !!

    • boa parte do protestantismo tambem ja sucumbiu ante as heresias de matriz socialista veja como estao as igrejas luteranas e presbiterianas.caio fabio que deve ter se alegrado com essa noticia mas nao e de ja hoje que pentecostais vem abandonando a esperança na vida eterna para abraçar a utopia socialista a seita de jim jones o ”templo do povo” começou como uma igreja pentecostal um dia eles resolveram misturar cristianismo com socialismo e olha so no que deu!!

  1. COMO É QUE É?

    Com a devida “VÊNIA”, não me consta nas Escrituras a indicação de Jesus ou de seus Apóstolos para que militássemos na política ou em agremiações do tipo “MST”, envolvendo-nos de maneira direta e comprometedora com elas. Até onde sei, como cristãos – não como evangélicos que outra coisa completamente diferente – temos um instrumento impar para exercermos a política sem precisarmos nos sujar com as mazelas do meio, o “VOTO”. Como seria diferente se os evangélicos soubessem usar com consciência e com responsabilidade cristã o seu instrumento de aferição de um mandato político. Come seria diferente se os evangélicos fossem “CRISTÃOS” na concepção da palavra, com certeza não teríamos esta esculhambação no meio da religião.

    Se as nossas lideranças, ao invés de irem aos gabinetes buscarem favores na calada da noite, fossem até lá para cobrarem e instruíssem seus fieis a fazerem o mesmo, com absoluta certeza estaríamos contribuindo e muito para a moralização de nossa nação. O problema é que a carne é fraca e o espírito sem vergonha, então é mais fácil ser um porco na pocilga da política ou de movimentos chamados sociais do que lutar para moralizar a pocilga fazendo dela um ligar decente. Dá menos trabalho e de quebra rende lucros para a denominação, para a igreja, para o Pastor e até para aqueles que são apadrinhados no famoso “NEPOTISMO RELIGIOSO”.

    As leis estão sendo construídas da forma como estão não é por que não temos evangélicos nos poderes constituídos, mas porque os que estão lá maculam o título de cristão que dizem carregar sobre os ombros. Como já afirmei várias vezes “CHIQUEIRO” é para porcos e não para ovelhas e este é o grande problema. Os evangélicos preferem a vida de porco, tratado à base de corrupção do que ser uma ovelha e ser tratada com um cajado e com uma vara. O porco, pelas suas características é rústico e se satisfaz com qualquer porcaria, aliás, ele vive em função delas. É impossível a um cristão entrar na política e não se contaminar com as porcarias que fazem parte daquele lugar e daquele meio. Mas lamentavelmente os evangélicos vestiram a roupa de porco e não querem se livrar dela, parece até que se sentem bem numa pocilga política.

    Os evangélicos estão se utilizando de um “JESUS AD HOC” para suprir a fé que eles teimam em praticar, uma fé mesquinha, vazia e sem sustentação. O Jesus da cruz não faz sentido para este nosso tempo, ele é muito exigente e difícil de seguir. Os ensinos dele estão ultrapassados, vivemos na era digital, da internet, do homem na lua, das células tronco…

    A Verdade Bíblica

  2. Propriedade privada: o pilar fundamental das sociedades avançadas. Não por acaso o alvo principal dos coletivistas igualitários, muitas vezes dando vazão a um sentimento mesquinho de inveja, tantas outras aderindo a um romantismo boboca de que basta distribuir para tudo ficar bem. Rousseau e Marx atacaram o conceito de propriedade privada como se fosse a causa das mazelas humanas. Era o contrário.

    Mas desde então a esquerda radical flerta com o ataque sistemático ao ícone do modelo capitalista, que é preservar e garantir a propriedade particular de cada um sobre seus bens. No campo, os produtores rurais já convivem com essa constante ameaça há décadas.

    A própria Constituição, ao adotar o elástico e ambíguo conceito de “função social” da propriedade, abriu as comportas para o relativismo e a flexibilização do direito de posse. Muita invasão foi feita em nome dessa busca pela “justiça social”, prejudicando o avanço do agronegócio.

    Mas agora a senha está dada: a esquerda radical quer transportar essa “luta” do campo para as cidades. De uns tempos para cá tem ficado evidente que o alvo não são mais os “latifúndios improdutivos”, que nem mesmo existem mais, e sim os “imóveis ociosos”, ou os “latifúndios urbanos”, como disse a líder do Movimento Passe Livre em seus 15 minutos de fama durante as manifestações de junho de 2013.

    Evidência do fenômeno foi a ascensão de alguém como Guilherme Boulos, um invasor de propriedade que se tornou colunista da Folha e é recebido pela própria presidente Dilma. Líder do MTST, o braço urbano do MST, Boulos quer invadir, pilhar e tomar o que é próprio, tudo sempre em nome da tal “justiça social”. Não são pessoas realmente sem-teto, mas quem liga para esse detalhe quando está em jogo “mudar o sistema” do país, do capitalismo para o socialismo?

    Rodrigo Constantino
    Veja

  3. VOCÊ SABIA QUE O PRÓXIMO PRESIDENTE VAI INDICAR 5 DOS 11 MINISTROS DO STF?

    Um grande perigo trás oculto nesta eleição: Pois o próximo Presidente da República vai indicar 5 dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal. Isso é muito poder, é muito capacidade de manobra e é muito perigoso!

    E o que seria o voto de Joaquim Barbosa contra 5 votos contrários!

    Portanto não vote em no PT de Dilma, não vote em deputados, senadores e governadores (pois esses influenciam os votos dos deputados) nesta eleição. A não ser que você confia nos políticos do PT!

    AGORA estourou o MENSALÃO DA DILMA, agora em setembro. As pessoas indicadas por ela na Petrobrás desviaram R$ 10 bilhões de reais!

    Ela disse que não sabia, mas quem está sendo acusado é o coordenador da Campanha da Dilma e Tesoureiro Nacional do PT, João Vaccari Neto.

    A Campanha da Dilma e Tesoureiro Nacional do PT, João Vaccari Neto é o principal acusado de comandar o esquema de desvio de 10 bilhões da Petrobras, do dinheiro seu. Ele, e Rui Falcão, são os principais coordenadores da campanha presidencial da Dilma!

    E o que Dilma fez? Simplesmente tirou-o do comando da coordenação da campanha dela! Isso para o escândalo não respingar na campanha dela!
    Veja, Dilma não está preocupada com você, com o Brasil. Tudo que ela quer é ficar no poder com o PT!

    Dilma diz que quer apurar os fatos, mas na verdade, na Câmera, tenta impedir as investigações.

    No mensalão do Lula foram desviados R$ 1 bilhão! No mensalão da Dilma a previsão é de R$ 10 bilhões de reais!

    Esses R$ 10 bilhões desviados são suficientes para construir UM MILHÃO E QUATROCENTOS MIL a poços artesianos! Daria para fazer poços artesianos em TODO O POLÍGAMO DA SECA, em todo o Nordeste! Isso é um tapa na cara de todo nordestino que votou em Lula e ia votar em Dilma!

    Esse dinheiro desviado é para o PT, para os aliados e também para próprio, ou seja, isso É ROUBO puro e simples!

    Joaquim Barbosa, um negro que venceu sem roubar ninguém, corajosamente enfrentou a corja do Mensalão do Lula. Agora, somente o voto de Joaquim Barbosa não adiantaria nada contra 5 votos!

    Amigo e amiga vote! Mas vote consciente! Vote sabendo desses fatos, é direito seu!

    Então você está sabendo, que, O PRÓXIMO PRESIDENTE DA REPÚBLICA vai indicar, e o Congresso confirmar, 5 dos 11 Ministros do Supremo Tribunal Federal! Isso é muito poder, é muita capacidade de manobra e é muito perigoso!

    Passe essa informação para frente, principalmente ao sofrido irmão nordestino!

    De um Brasileiro indignado mas que acredita na liberdade e justiça social!

    Jorge Xerém

DEIXE UMA RESPOSTA