Brasil

Eduardo Cunha foi para a Assembleia de Deus sem sair da Sara Nossa Terra, diz jornalista

Comentários (25)
  1. STARDUST disse:

    Pior que lauro jardim está certo. Cunha tem ligação com o dono da radio melodia do rj, uma rádio que já foi acusada de curral eleitoral, onde cunha tem um espaço na programação pra falar de politica… como o toma lá, dá cá da politica se repete no arraial evangélico, cunha agradou francisco silva:

    “Ele repassou 200 000 reais de uma doação da Vale à sua campanha para o deputado estadual Fábio Silva, candidato à reeleição pelo PMDB do Rio. Silva é filho do ex-deputado Francisco Silva, dono da Rádio Melodia, onde Cunha tem um espaço diário para falar o que quiser e repetir seu bordão “o povo mereeeeeece respeito” FONTE: veja- radar online

    Agora quer ser membro de duas denominações… interesse puramente eleitoral.

  2. Studebaker disse:

    E e o que este jumento deste jornalista tem haver com isto, por ventura alguem mudar de igreja tem que dar satisfação a outrem, um Católico por exemplo quando se converte e vai para outra igreja por ventura ele volta la e fala hó padreco eu sai viu num fixo mais aqui viu, ou vice versa, eu esse jornalista deve com certeza ser um puxa saco da dimoca mossoroca e deve ser pt

    1. clamando disse:

      E e o que este jumento deste jornalista tem haver com isto, por ventura alguem mudar de igreja tem que dar satisfação a outrem, um Católico por exemplo quando se converte e vai para outra igreja por ventura ele volta la e fala hó padreco eu sai viu num fixo mais aqui viu, ou vice versa, eu esse jornalista deve com certeza ser um puxa saco da dimoca mossoroca e deve ser pt

      1. O jornalista não tem nada a ver, mas que a negócio foi um trocar “seis por meia dúzia” não há dúvida.
        Mas ao ler a notícia, lembrei de uma anedota portuguesa, rsrsrs…
        “O gajo se chamava Joaquim Bostta, descontente com o nome, entrou na justiça para mudar o nome que o deixava descontente, o Magistrado ao analisar o caso, concluiu, realmente tem razão o Sr Joaquim em sua petição, e, autorizou a troca de nome. Então perguntaram ao Joaquim, qual seria seu novo nome, qual não foi a surpresa, quando todo sorridente Joaquim respondeu, meu novo nome será Manoel Bostta”. rsrsrs…
        Foi o que fez o deputado citado.

      2. Studebaker disse:

        E e num e memo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Ao ler a notícia, lembrei de uma piada de português, rsrsrs…
    “O gajo se chamava Joaquim Bosta, descontente com o nome, entrou na justiça para mudar o nome que o deixava descontente, o Magistrado ao analisar o caso, concluiu, realmente tem razão o Sr Joaquim em sua petição, e, autorizou a troca de nome. Então perguntaram ao Joaquim, qual seria seu novo nome, qual não foi a surpresa, quando todo sorridente Joaquim respondeu, meu novo nome será Manoel Bosta”. rsrsrs…
    Foi o que fez o deputado citado.

  4. Eduardo Nobre disse:

    Um político ardiloso, maquiavélico, e um exímio articulador.

  5. zeze disse:

    Não importa o ministério que se congrega, tem que haver santidade, porque sem santidade ninguém verá a glória de DEUS..

  6. Janete disse:

    SÃO QUASE 50 MIL DENOMINAÇÕES EVANGÉLICAS NO BRASIL, TODAS LUTANDO CONTRA TODAS, POR ESPAÇO,DINHEIRO, DIZIMISTAS,ELEITORES, FAMA E PODER.

    1. Eduardo Nobre disse:

      É porque são muitas “Verdades”.. para agradar todo tipo de freguês.

    2. Manuel disse:

      O Cristo deste povo está dividido?

      1. Eduardo Nobre disse:

        E existe alguma religião que não esteja?

  7. gil disse:

    Sim, e daí!
    Ainda tem gente que replica o que esse jornalista fofoqueiro diz!

  8. Eliport disse:

    Pura Ignorância ou má fé dizer que alguém tem que ser membro de carteirinha de alguma “igreja”, não existe base bíblica pra tal, foi inventado para dominar e controlar o povo de Deus e mais nada.

  9. Sandro querido,você está fazendo falta ao site.Dê notícias,amigo.

    1. Sandro disse:

      Atenção brasileiros! Atenção povo evangélico! Eduardo Cunha poderá ser lembrado como o político que conduziu o Brasil para a precarização do trabalho através da terceirização. Esse homem fumador de charutos cubanos serve-se da religião para fins políticos. Que a nação se levante contra a grave violação dos direitos trabalhistas que se esta armando no Congresso Nacional. Não foi para isso que Vargas morreu.

    2. Sandro disse:

      Oi, Janio querido, tudo bem? Obrigado por se lembrar de mim.

  10. Andre disse:

    Levam ovelhas bobas, Hoje seu chefe Eduardo Cunha acabou com CLT, com a lei das terceirizações que este homem com unhas e dentes defende.
    Todas as empresas podem privatizar tudooo tudo mesmo.
    Ai vocês vocês serão demitidos de seus empregos, e sera readmitido com a metade do que você ganhava pra fazer a mesma coisa, é assim que funciona a terceirização, Eduardo Trabalha para os empresários, e não pra vocês muito menos pra DEUS.
    Este homem serve a Mamon assim como Silas.
    Quando você perdeu seu emprego e seus avanços ai lembre de Silas e Cunha, Dilma fez de tudo para o Monstro evangélico não pautar a lei, mas a ganância deste homem não tem fim.

  11. Andre disse:

    Eduardo Cunha destruiu as leis trabalhistas CLT, este é homi de deus de vocês, votaram.

  12. Andre disse:

    Eduardo Cunha, Silas estão rindo de vocês a FIEP e as maiores empresas deste país doaram milhões a Cunha e Silas com certeza tira o seu.
    E vocês ovelhsa boba, vai ser terceirizados ganhar metade do que ganham hoje podem perder todos os direitos que Getúlio Vargas garantiu.Já Dilma tentou frear o monstro que vocês criaram.

    A cortina que fumaça que vocês bobinhos foram cegados foi falar e pensar só em gay gay e fora dilma…
    Enquanto isso Cunha e os demônios destruião o futuro de vocês, são os evangélicos no poder que destruirão nosso país.

      1. clamando disse:

        E vocês gays ateus boba, vai ser terceirizados ganhar metade do que ganham hoje podem perder todos os direitos que Getúlio Vargas garantiu.Já Dilma tentou frear o monstro que vocês criaram.

        A cortina que fumaça que vocês bobinhos foram cegados foi falar e pensar só em gay gay e fora dilma…
        Enquanto isso Cunha e os demônios destruião o futuro de vocês, são os evangélicos no poder que destruirão nosso país.

  13. Sandro disse:

    Atenção brasileiros! Atenção povo evangélico! Eduardo Cunha poderá ser lembrado como o político que conduziu o Brasil para a precarização do trabalho através da terceirização. Esse homem fumador de charutos cubanos serve-se da religião para fins políticos. Que a nação se levante contra a grave violação dos direitos trabalhistas que se esta armando no Congresso Nacional. Não foi para isso que Getúlio Vargas entregou sua vida.

    1. Vanessa disse:

      Oi meu amigo, tá sumido!

      1. Sandro disse:

        Oi, Vanessa, tudo bem? Tenho estado muito ocupado, amiga querida. Um ótimo final de semana para você e seus queridos. Bjs e obrigado pela lembrança.

        1. Vanessa disse:

          Oi Sandro querido, tá tudo bem graças à Deus, desejo o mesmo para vc, Beijos e fica com Deus!

  14. Vanessa disse:

    E o problema é de quem? Dele mesmo.

  15. Andre disse:

    Olha o PRESENTE que Eduardo Cunha, lançado e apoiado por SILAS.
    Tramaram para todo o povo brasileiro com ajuda das ovelhas assembleianas e fundamentalistas em GERAL.
    O FIM DA CLT.

    Terceirização: 9 razões para você se preocupar com a nova lei
    Procuradores do trabalho, auditores-fiscais e juízes trabalhistas afirmam que o PL da Terceirização é nocivo aos trabalhadores e à sociedade. Nove motivos explicam por que você deve se preocupar com a mudança

    O número de trabalhadores terceirizados deve aumentar caso o Congresso aprove o Projeto de Lei 4.330 (o PL já foi aprovado na Câmara dos Dep. e precisa ainda passar pelo Senado para depois ir à sanção presidencial). A nova lei abre as portas para que as empresas possam subcontratar todos os seus serviços. Hoje, somente atividades secundárias podem ser delegadas a outras empresas, como por exemplo a limpeza e a manutenção de máquinas.

    Entidades de trabalhadores, auditores-fiscais, procuradores do trabalho e juízes trabalhistas acreditam que o projeto é nocivo aos trabalhadores e à sociedade.

    Descubra por que você deve se preocupar com a mudança:
    1. Salários e benefícios devem ser cortados

    O salário de trabalhadores terceirizados é 24% menor do que o dos empregados formais, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

    No setor bancário, a diferença é ainda maior: eles ganham em média um terço do salário dos contratados. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, eles não têm participação nos lucros, auxílio-creche e jornada de seis horas.
    2. Número de empregos pode cair

    Terceirizados trabalham, em média, 3 horas a mais por semana do que contratados diretamente. Com mais gente fazendo jornadas maiores, deve cair o número de vagas em todos os setores.

    Se o processo fosse inverso e os terceirizados passassem a trabalhar o mesmo número de horas que os contratados, seriam criadas 882.959 novas vagas, segundo o Dieese.
    3. Risco de acidente vai aumentar

    Os terceirizados são os empregados que mais sofrem acidentes. Na Petrobrás, mais de 80% dos mortos em serviço entre 1995 e 2013 eram subcontratados. A segurança é prejudicada porque companhias de menor porte não têm as mesmas condições tecnológicas e econômicas. Além disso, elas recebem menos cobrança para manter um padrão equivalente ao seu porte.
    4. Preconceito no trabalho pode crescer

    A maior ocorrência de denúncias de discriminação está em setores onde há mais terceirizados, como os de limpeza e vigilância, segundo relatório da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Com refeitórios, vestiários e uniformes que os diferenciam, incentiva-se a percepção discriminatória de que são trabalhadores de “segunda classe”.
    5. Negociação com patrão ficará mais difícil

    Terceirizados que trabalham em um mesmo local têm patrões diferentes e são representados por sindicatos de setores distintos. Essa divisão afeta a capacidade deles pressionarem por benefícios. Isolados, terão mais dificuldades de negociar de forma conjunta ou de fazer ações como greves.
    6. Casos de trabalho escravo podem se multiplicar

    A mão de obra terceirizada é usada para tentar fugir das responsabilidades trabalhistas. Entre 2010 e 2014, cerca de 90% dos trabalhadores resgatados nos dez maiores flagrantes de trabalho escravo contemporâneo eram terceirizados, conforme dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Casos como esses já acontecem em setores como mineração, confecções e manutenção elétrica.
    7. Maus empregadores sairão impunes

    Com a nova lei, ficará mais difícil responsabilizar empregadores que desrespeitam os direitos trabalhistas porque a relação entre a empresa principal e o funcionário terceirizado fica mais distante e difícil de ser comprovada. Em dezembro do último ano, o Tribunal Superior do Trabalho tinha 15.082 processos sobre terceirização na fila para serem julgados e a perspectiva dos juízes é que esse número aumente. Isso porque é mais difícil provar a responsabilidade dos empregadores sobre lesões a terceirizados.
    8. Haverá mais facilidades para a corrupção

    Casos de corrupção como o do bicheiro Carlos Cachoeira e do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda envolviam a terceirização de serviços públicos. Em diversos casos menores, contratos fraudulentos de terceirização também foram usados para desviar dinheiro do Estado. Para o procurador do trabalho Rafael Gomes, a nova lei libera a corrupção nas terceirizações do setor público. A saúde e a educação pública perdem dinheiro com isso.
    9. Estado terá menos arrecadação e mais gasto

    Empresas menores pagam menos impostos. Como o trabalho terceirizado transfere funcionários para empresas menores, isso diminuiria a arrecadação do Estado. Ao mesmo tempo, a ampliação da terceirização deve provocar uma sobrecarga adicional ao SUS (Sistema Único de Saúde) e ao INSS. Segundo juízes do TST, isso acontece porque os trabalhadores terceirizados são vítimas de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais com maior frequência, o que gera gastos ao setor público.

    Fontes: Relatórios e pareceres da Procuradoria Geral da República (PGR), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e de juízes do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Entrevistas com o auditor-fiscal Renato Bignami e o procurador do trabalho Rafael Gomes.

  16. costa disse:

    esse jornalista e uma biba ,,,fofoqueira fica fazendo tempestade de um copo dagua e um burro ,,,inda fica uns safados cumplice do PT , q ficam falando mau do deputado,,,vao olhar p/ rabo d vcs do PT, quebrou o pais inda ficam dizendo q esta td bom ,,, bom p/os ladroes da petrobras junto com o PT,,,,o pais esta numa ressecao ……

  17. Daniel Costa disse:

    Realmente são quase cinquenta mil igrejas evangelicas pregando a salvasão oferecida por Jess, porém as pessoas preferem ficar olhando o erro de homebs desprovidos da graça de Deus. Meu conselho é que olhem para o autor e consumador da nossa fé. Se que que vocês sabem o que é isso?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO