Ironizando atos pró-governo, deputado evangélico distribui pão com mortadela na Câmara

13

Pode parecer pegadinha de 1º de abril, mas não é. O deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) distribuiu pão com mortadela no Plenário da Câmara dos Deputados na última quinta-feira, 31 de março.

A ação foi um protesto à forma como o governo federal, através de entidades sociais que recebem verbas públicas e o Partido dos Trabalhadores, reúnem militantes para protestar em dezenas de cidades do Brasil.

É de amplo conhecimento que os militantes que vão aos atos em defesa da presidente Dilma Rousseff (PT) recebem, além de transporte gratuito, lanches feitos com frios. Na maioria das vezes, pão com mortadela. E essa foi a deixa para o protesto, debochado, do deputado.

“O deputado Sóstenes Cavalcante diz que fez uma homenagem ao PT e às manifestações pró-Dilma que serão realizadas nesta quinta. Levou ao plenário pão e mortadela e distribuiu aos parlamentares. No microfone, ofereceu aos colegas um pão com ‘mortandela’ e, entre críticas do PT, ouviu que mortadela não tem ‘n’. Pouco rogado, rebateu: ‘Falo da maneira que o povo entende’”, informou a coluna Radar Online, da revista Veja.


Sóstenes, que é pastor evangélico e afilhado político de Silas Malafaia, está em seu primeiro mandato e recentemente trocou o PSD pelo DEM, por conta de sua postura pró-impeachment. O PSD é um partido da base aliada de Dilma, e tem seu presidente, Gilberto Kassab, ocupando o cargo de ministro das Cidades.

“Minha nova casa partidária será o Democratas. Vamos engrossar a luta pelo impeachment de Dilma”, disse Sóstenes no dia 21 de março, quando anunciou sua filiação ao partido de oposição.

Dias antes, Sóstenes fez um inflamado discurso no Plenário da Câmara criticando a iniciativa do Partido dos Trabalhadores em indicar o ex-presidente Lula para ser ministro do governo Dilma. Assista:

Assine o Canal

13 COMENTÁRIOS

  1. 29/12/2013
    Bancada Evangélica: a mais ausente, inexpressiva e corrupta de todas

    Muitos de vocês, jovens leitores, têm pais e parentes evangélicos. Pessoas boas, que não concordam com a corrupção e com o roubo e desvio do dinheiro dos fiéis para enriquecimento ilícito de pastores mal intencionados.
    Você, leitor, tem uma missão: informar a sociedade da existência desta corja que usa o nome de Deus em benefício próprio.
    Se estes amigos e parentes forem pessoas honestas, eles ajudarão a limpar esse lixo infectado da política que se alojou no seio das Igrejas de dentro para fora!
    Dados do Transparência Brasil indicam que:
    1) Da bancada evangélica, a maioria dos deputados que a compõe respondem processos judiciais;
    2) 95% da referida bancada estão entre os mais faltosos;
    3) 87% da referida bancada estão entre os mais inexpressivos do DIAP;
    4) Na última década não houve um só projeto de expressão, ou capaz de mudar a realidade do país, encabeçado por um parlamentar evangélico.
    Veja a quantidade de deputados por igreja, que respondem processos na justiça eleitoral e ou comum:
    Assembleia de Deus: – 11 – Hidekazu Takayama; Sabino Castelo Branco; Ronaldo Nogueira; João Campos de Araújo; Costa da Conceição Costa Ferreira; Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara; Cleber Verde Cordeiro Mendes; Nilton Baldino (Capixaba); Silas Câmara; José Vieira Lins (Zé Vieira; Marcelo Theodoro de Aguiar.
    Igreja Presbiteriana – 05 – Leonardo Lemos Barros Quintão; Edmar de Souza Arruda – PSC/PR; Edson Edinho Coelho Araújo (Edinho Araújo); Benedita Souza da Silva Sampaio; Anthony William Garotinho Matheus De Oliveira (Anthony Garotinho).
    Igreja Universal do Reino de Deus: – 04 – José Heleno da Silva; Vitor Paulo Araújo dos Santos; Antonio Carlos Martins de Bulhões; Jhonatan Pereira de Jesus.
    Igreja Do Evangelho Quadrangular – 03 – Jefferson Alves de Campos; Mário de Oliveira; Josué Bengtson
    Igreja Internacional da Graça – 02 – Rodrigo Moreira Ladeira Grilo; Jorge Tadeu Mudalen.
    Igreja Mundial do Poder de Deus – 02 – José Olímpio Silveira Moraes; Francisco Floriano de Souza Silva
    Igreja Metodista – 02 – Walney Da Rocha Carvalho; Áureo Lidio Moreira Ribeiro.
    Igreja Nova Vida – 01 – Washington Reis de Oliveira
    Igreja Cristã Evangélica – 01 – Iris de Araújo Resende MachadoCongregação Cristã no Brasil – 01 – Bruna Dias Furlan.
    Igreja Sara Nossa Terra – 01 – Eduardo Cosentino da Cunha.
    O pior é que ainda almejam em ampliar a bancada em 30%. Será que serão iguais a estes?

  2. quantos eleitores “pão com mortadela”(MASSA DE MANOBRA), elegerem esse ai??????
    porque, PARA apoiado por malafaia$$$,
    só SAIU voto de pobres ermãos, massa de manobra isso é fato

  3. Quando o povo vai às ruas para protestar, não gasta nada.
    Já o governo da DILMArionete precisa pagar se quiser gente agitando bandeiras e segurando cartazes com uma frase qualquer.
    As pessoas não estão ali para apoiar a Anta e o Nove Dedos, não é por ideologia.
    O que elas querem é o dinheiro e a barriga cheia.

    Mas teve um lugar aí onde prometeram pra cada um 50 reais e um pão com mortadela, só que depois descobriram que o responsável pelo pagamento não comprou pão, nem mortadela e ainda fugiu com o dinheiro.
    Um monte de otários “protestaram” de graça.

    É incrível, eles roubam até eles mesmos!
    Mas fica a pergunta: quem paga essas pessoas?
    Será que o dinheiro é público, ou seja, o nosso dinheiro?

    Ou então, há a alternativa que não custa um centavo.
    É só espalhar a história de que vão cortar o Bolsa Família no município em que não houver um mínimo de X pessoas presentes na manifestação.
    Pronto, tá garantido, tipo aquela que encheu a Praça da Sé aqui em SP.

    Ameaçou tomar do pobre o $$$ fácil sem trabalhar, é igual dar pedrada em vespeiro.
    Aparecem milhares desorientados e furiosos, pois trabalhar não querem.
    Pé na bunda da Dilma Anta.
    Cadeia no vagabund0 Lula Nove Dedos.
    Tão esperando o que?
    Acontecer uma guerra?

  4. ora que esperar de ativistas ateus gays maconheiros mulheres de bandido mst ongs de todos os tipos, acostumados a morrer de fome, nunca que recusarão bolsa família industria que ocupou a da seca, nunca que mulheres que são casadas com bandidos e tem filhos e o preso recebe muito mais do que a maioria de trabalhadores brasileiros, é uma grande industria que cresce a olhos visto, dizem que tragam a mortadela e o pão.
    são pessoas de baixa escolaridade acostumados a miséria, mais ou menos como os ativistas gays

  5. Os parlamentares transformaram o ambiente do Congresso Nacional num palco de imoralidades e desatinos. É um horror ver o que acontece no ambiente das CPIs, das Comissões, inclusive da que trata do impedimento da Dilma Mentirosa e Cínica. Agora desce-se mais um degrau com esse pseudo-pastor que deveria ser exemplo. Fazendo graça com o que não tem nenhuma graça, contribuirá somente para o escândalo do Evangelho e para enxovalhar, ainda mais, o perfil dos seus colegas parlamentares que, em nada, ajudam o Brasil. Espera-se que o exacerbado Silas Malafaia, seu padrinho político, diga alguma coisa útil.

    • clamando disse: 2 de abril de 2016 ás 9:40 am
      ora que esperar de ativistas ateus gays maconheiros mulheres de bandido mst ongs de todos os tipos, acostumados a morrer de fome, nunca que recusarão bolsa família industria que ocupou a da seca, nunca que mulheres que são casadas com bandidos e tem filhos e o preso recebe muito mais do que a maioria de trabalhadores brasileiros, é uma grande industria que cresce a olhos visto, dizem que tragam a mortadela e o pão.
      são pessoas de baixa escolaridade acostumados a miséria, mais ou menos como os ativistas gays
      Responder Comentar

DEIXE UMA RESPOSTA