Deus está ajudando a pôr o país nos trilhos, diz presidente interino Michel Temer

5

“Deus está ajudando”, disse o presidente interino Michel Temer (PMDB), a respeito das últimas semanas à frente da República. A afirmação foi feita durante um evento com empresários em São Paulo (SP).

Temer destacou que acredita na ajuda divina, mesmo quando muitos dizem que “Deus não tem nada a ver com isso”.

“Eu digo que sim, tem espiritualidade, religiosidade – especialmente a palavra religião, que vem de religo, religare – é que permitirá que no nosso trabalho, nós possamos fazer a pacificação nacional. Portanto, religar todos os brasileiros. Por isso é que invoco a palavra de Deus”, afirmou o presidente.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), também estava presente no evento e seguiu a mesma linha de pensamento do presidente: “O destino colocou sob suas mãos este grande desafio de retornar a primavera da democracia, do desenvolvimento e da paz. Conte conosco para as reformas inadiáveis que o Brasil precisa, para que possamos chegar à terra prometida”, afirmou, de acordo com informações do jornal O Globo.


Michel Temer disse que não tem pretensões políticas após o final de seu mandato e que, se o Senado decidir favoravelmente pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT) e ele ficar no cargo até dezembro 2018, quer deixar o país “nos trilhos”, mesmo que isso custe a implementação de “medidas impopulares”.

“As pessoas me perguntam: ‘você não teme propor medidas impopulares?’ Eu digo que não, meu objetivo não é eleitoral”, acrescentou.

O evento que contou com a participação do presidente é organizado por um grupo de entidades ligadas ao agronegócio, e os responsáveis entregaram a Temer um manifesto defendendo a “legitimidade constitucional” de seu governo, afinal, ele foi eleito como vice-presidente em 2014.

No manifesto, os organizadores incentivam a realização de “reformas estruturais profundas” em nome da volta da “confiança do setor privado e a retomada de investimentos”.

“O agronegócio brasileiro […] acredita que o governo Temer tem todas as condições de dar novo ritmo, com pragmatismo diplomático e inteligência comercial, à conquista de novos mercados para os produtos brasileiros no comércio internacional”, diz o documento.

Temer agradeceu o apoio: “Vou colocar em um quadro para colocar em meu gabinete. […] Isso nos permite ganhar forças para enfrentar os problemas, temos hoje o apoio dos setores produtivos do país”, afirmou o presidente interno, acrescentando a expressão em latim “verba volant scripta manent” (as palavras voam, os escritos permanecem).

5 COMENTÁRIOS

  1. Acima dos interesses pessoais e políticos tem que estar a população e o país. Como diz a inscrição no brasão de São Paulo, "Pelo Brasil façam-se grandes coisas". Foi com este espírito que o governador Geraldo Alckmin deu seu apoio ao governo Temer. Balizado em proposta, longe do velho e danoso fisiologismo.

  2. tira deus do meio disso laia de ladrao . deus esta muito lonje de voçeis acabando com tudo no pais ainda fala no nome do meu deus chega de impocrezia ladraoes de colerinho branco

  3. Quando os homens falham em seus negócios, seja o que for, lembram de deus. Deus não tem nada a ver com isso. Governo golpista……. não foi eleito pelo povo…. cade a democracia?

  4. No livro de Mateus está escrito que não cai uma folha de uma arvore sem que seja a vontade de Deus, o PT deu vazão as leis homossexuais (as PLs) , Dilma é homossexual (me pergunto como um crente vota numa pessoa que vai oprimir sua vida espiritual), deu vazão ao aborto, a liberação das drogas, a roubo de mais 80 bi. Os crente oraram pelo fim dessas aberrações e hoje reclamam por ter Temer como presidente, vai entender.

DEIXE UMA RESPOSTA