Dilma Rousseff planeja renunciar e convocar novas eleições em outubro

15

A presidente Dilma Rousseff planeja enviar ao Congresso uma proposta de emenda constitucional (PEC) para que novas eleições ocorram em outubro deste ano. Próximo do Senado votar se aceita ou não o processo de impeachment, Dilma, em uma cartada final, estaria preparando um pronunciamento em rádio e TV em que renunciaria ao cargo e pediria ao vice para fazer o mesmo.

Ministros do governo, como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) apoiam a ideia de eleição, mas há quem defenda que a manobra seria a negação do discurso de que o impeachment é um golpe. Seria preciso, também, buscar apoio dos movimentos sociais, pois há resistência do MST, por exemplo.

Já o vice-presidente Michel Temer, que vem se movimentando em caso de assumir o cargo por 180 dias após o plenário decidir o destino de Dilma Rousseff, é enfático ao dizer se renunciaria ao cargo: “seria fugir da responsabilidade. Essa, sim, é uma proposta golpista”, disse Temer ao GLOBO sobre a possibilidade, que passou a circular na semana passada.

A oposição também desconsidera a possibilidade de novas eleições presidenciais. A justificativa é que em caso de apenas a presidente renunciar, não existe respaldo na Constituição.


O senador Paulo Paim (PT-RS), que defende a antecipação do pleito, disse que a base governista não possui o número de votos suficientes para aprovar uma PEC, já que não conseguiu barrar o processo de impeachment.

“Percebemos que o impeachment está caminhando e decidimos no meio do caminho encontrar uma alternativa. Claro que hoje não tem voto. Sabemos. Só é viável se houvesse um grande entendimento entre Executivo e Congresso”, disse Paim.

Na próxima quarta-feira (04), o senador Antonio Anastasia, relator da comissão que analisa o impeachment no Senado, deve entregar o parecer para que seja votado pelo colegiado ainda na sexta-feira (06). Caso o parecer seja favorável, ele será enviado ao plenário do Senado, para uma votação no dia 11 de Maio. Se 41 dos 81 senadores entenderem que a denúncia deve ser aceita, Dilma Rousseff será afastada do cargo por 180 dias e o vice Michel Temer assume o cargo.


15 COMENTÁRIOS

  1. Apoio a idéia de novas eleições. Assim o povo pode “escolher” novamente quem deve governar o país e não simplesmente passa-lo a outro sem votos.

      • MARCOS VIEIRA

        Os votos do presidente também valem para o vice.
        O que para mim é um erro.
        A pessoa escolhe um e depois ele é substituído por alguém sem votos diretamente.
        E se ocorre o impichamento e o vice é ainda pior?

        E isso nem é o pior…
        Lula anarfaberto nove-dedos não perdeu os direitos poíticos!
        Se tiver eleição antecipada em outubro, Lula concorre…e vence!
        De brinde leva o foro privilegiado…e adeus lava-jato…

        Quem foram os eleitores de Lula e Dilma?
        Moradores do norte e nordeste, onde há mais pobreza e miséria.

        E pobres e miseráveis são os mais fáceis de enganar!
        Vide bolsa-família, que na era FHC o próprio Lula chamou de “criadouro de vagabundos”!.
        E quando subiu ao poder, aumentou ainda mais o “BENEFÍCIO”…

        • Sou do Nordeste – Maranhão e tenho orgulho disso. A maioria votou em Dilma e Lula porque vimos a chance de termos um governante que viu para o nordeste e para os pobres deste pais. Vc é muito preconceituosa, os benefícios sociais ajudam muita gente aqui. Através do ProUni muitos conseguiram vagas em universidades, liberdade de crédito para obter casa, carros, eletrodomésticos, empréstimos e muitos outros benefícios que durante o governo de FHC os pobres não tinham acesso, somente os ricos.

          • são os chamados votos de cabresto…

            como eu vi em uma reportagem: projetos sociais tem que ter 2 portas: uma de entrada e outra de saída. tem que ter projetos sociais? COM CERTEZA, desde que coloquem prazo e que TAMBEM obriguem o individuo a aprender (cursos como os do pronatec, por exemplo).. do contrario, são esmolas trocadas por voto…. Sendo que esse $$ é pago por todos aqueles que trabalham honestamente e também desviados daqueles aposentados que trabalharam bastante pra hoje sustentar VAGABUNDOS.

            Só mais um lembrete: dizer que tirou da pobreza dando 300, 00 pro caboclo não significa nada…. apenas que baixaram o “índice de pobreza” para o governo ficar bonitinho aos olhos ignorantes….

          • são os chamados votos de cabresto…

            como eu vi em uma reportagem: projetos sociais tem que ter 2 portas: uma de entrada e outra de saída. tem que ter projetos sociais? COM CERTEZA, desde que coloquem prazo e que TAMBEM obriguem o individuo a aprender (cursos como os do pronatec, por exemplo).. do contrario, são esmolas trocadas por voto…. Sendo que esse $$ é pago por todos aqueles que trabalham honestamente e também desviados daqueles aposentados que trabalharam bastante pra hoje sustentar VAGABUNDOS.

            Só mais um lembrete: dizer que tirou da pobreza dando 300, 00 pro caboclo não significa nada…. apenas que baixaram o “índice de pobreza” para o governo ficar bonitinho aos olhos ignorantes….

        • princesa de Arendelle
          Errado.
          Os votos são tanto da Dilma como do Michel Temer.
          Não tem essa de zero voto do vice.
          O PMDB tem a maior bancada no congresso, então conte os votos que elegeram essa bancada e os votos que elegeram a bancada do PT.
          Os que votaram no PMDB também votaram na chapa Dilma/Temer.
          Se fosse uma coligação PMDB/PSDB, a Dilma não se reelegeria.

    • Ana
      Os votos da Dilma são os mesmos do Michel Temer.
      Não há diferença porque ele formaram uma chapa de candidato Presidente e Vice e os votos foram para os dois.
      Essa história do Vice não ter votos é o que o PT quer que o povo engula, pois não houve eleição separada para Vice.
      Quem assume mandato sem levar voto é o suplente de senador.
      E novas eleições agora é tudo o que o Lula quer enquanto não vira réu em processo, é uma manobra do PT, é um engodo para o brasileiro. Eles querem se eternizar no poder assim como o Evo Morales, o Hugo Chaves e depois o Maduro e o Fidel Castro. Perceba o que eles tem em comum.

      Se todos os senadores e deputados também renunciarem e os candidatos das duas últimas eleições para presidente da República se comprometerem em não se candidatarem, será bem interessante assim como os atuais senadores e deputados também não disputarem.

  2. A Dilmentira e a quadrilha do PT, agora, querem transformar o impedimento com base constitucional em GOLPE? Bandidos procuram sempre um jeitinho! Por que essa mentirosa não arruma a trouxa e desocupa a casa???

    • Qual a próxima quadrilha você escolhe para governar o Brasil? pmdb + psdb, a nova quadrilha já está formada, com sede de poder. O sistema está corrompido, o que estamos vemos claramente é uma tentativa de golpe sim, quem assistiu a votação viu isso, a maioria dos políticos eram contra o impedimento, más, eles votaram de acordo com a orientação dos partidos e não por sua vontade. o psdb não consegui ganhar no voto e agora já está unido aos pmdb para depois armar e tomar o poder à força. Os ladrões da petrobras devem ser punidos. Más, o que estamos vendo no Brasil é um tentativa de golpe. Como podemos confiar em Temer que traiu o pt, o qual eram aliados para assumir assumir o poder, ou em aecio, que nas pesquisas não passa de 1%. A vontade da maioria deve prevalecer. Lula não se vende para o G7, é por isso que os banqueiros internacionais não estão apoiando o Brasil, eles não tem liberdade para atuar no Brasil e entregar nosso país para o grande líder mundial que vai surgi (o anticristo). A dívida externa do Brasil foi zerada com Lula e isso não gerou lucro para os banqueiros internacionais. é por isso que agora eles não querem investir no Brasil, eles fazem isso se o novo presidente concordar em pagar imensos juros e o Brasil continuar dependendo do G7 e facilmente manipulado pela nova ordem mundial(o anticristo-o grande líder mundial) apoiado pelo G7. Ap. 17:11 E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.

  3. Qual a próxima quadrilha você escolhe para governar o Brasil? pmdb + psdb, a nova quadrilha já está formada, com sede de poder. O sistema está corrompido, o que estamos vemos claramente é uma tentativa de golpe sim, quem assistiu a votação viu isso, a maioria dos políticos eram contra o impedimento, más, eles votaram de acordo com a orientação dos partidos e não por sua vontade. o psdb não consegui ganhar no voto e agora já está unido aos pmdb para depois armar e tomar o poder à força. Os ladrões da petrobras devem ser punidos. Más, o que estamos vendo no Brasil é um tentativa de golpe. Como podemos confiar em Temer que traiu o pt, o qual eram aliados para assumir assumir o poder, ou em aecio, que nas pesquisas não passa de 1%. A vontade da maioria deve prevalecer. Lula não se vende para o G7, é por isso que os banqueiros internacionais não estão apoiando o Brasil, eles não tem liberdade para atuar no Brasil e entregar nosso país para o grande líder mundial que vai surgi (o anticristo). A dívida externa do Brasil foi zerada com Lula e isso não gerou lucro para os banqueiros internacionais. é por isso que agora eles não querem investir no Brasil, eles fazem isso se o novo presidente concordar em pagar imensos juros e o Brasil continuar dependendo do G7 e facilmente manipulado pela nova ordem mundial(o anticristo-o grande líder mundial) apoiado pelo G7. Ap. 17:11 E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.

  4. bom dia! o fim está próximo parém de discutir sobre assuntos que já estão sob controle da mão de Deus, e busquem o arrependimento pois o Senhor Jesus esta voltando, abba up is coming soon!

DEIXE UMA RESPOSTA