Diretor da Record afirma que emissora “tem um dono evangélico, mas não é evangélica”

12

Há tempos, no meio evangélico, existem críticas ao bispo Edir Macedo pelo fato de sua principal empresa, a TV Record, não atuar como uma emissora evangélica e veicular programas com cenas de sexo, violência e até linguagem de baixo calão.

Essa postura adotada pela emissora tem anuência do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, e um diretor da própria empresa evidenciou isso durante uma palestra no evento Minas Gerais Audiovisual Expo.

“A Record tem um dono evangélico, mas não é evangélica”, afirmou Hiran Silveira, diretor de eventos especiais e coproduções da emissora, se referindo ao bispo Edir Macedo. No evento, Silveira anunciou que a empresa está aberta a receber novas propostas de produções, segundo informações do site Na TV, do portal iG.

O sucesso das minisséries e novelas bíblicas que a emissora produz voltou a suscitar as discussões sobre a empresa ser ou não evangélica. O blogueiro Carlos Alberto Rodrigues, autor do blog Cristão da Universal, analisou a questão do ponto de vista empresarial, e justificou a decisão tomada por Macedo em fazer a emissora apenas mais uma voltada ao público em geral.


“É uma TV comercial, e para se sustentar ela precisa da Fazenda, do Brito Jr., da Ana Hickmann, do Marcelo Resende e de todos os apresentadores e profissionais que lá trabalham. Esse pessoal aí é que atrai audiência, e a audiência chegando, os anunciantes também chegam junto, e com eles o dinheiro que sustenta os custos fixos da Record”, afirmou. “Ou vocês queriam que o dinheiro que sustenta a Record viesse da nossa igreja? Se isso acontecesse, aí sim seria um ‘Deus nos acuda’, um apedrejamento coletivo em cima da Igreja Universal”, acrescentou.

O ponto de vista do blogueiro, no entanto, ignora o fato de a emissora alugar para a Igreja Universal horários de sua grade de programação na madrugada a preços muito acima da média cobrada pelas concorrentes.

“Pode ter o que for, não me importo com o que passa ou o que deixa de passar na Record. Eu não me converti na Record, não foi a Record que me ensinou a palavra de salvação, não foi a Record que me levou ao novo nascimento, não foi na Record que eu me batizei nas águas, não foi na Record que eu me libertei. Foi na Igreja Universal”, argumentou Rodrigues.

12 COMENTÁRIOS

  1. Quando se usa dízimos (que conforme a biblia é para que haja alimentos para os pobres), e o aplica em compra de bens materiais, estamos distorcendo os ensinamentos da Biblia. Analisando o V.T. e o N.T, em nenhum momento foi usado dizimos para comprar lote, casa, carro, pizza, pagar gasolina como se vê nos dias atuais. Então o dizimo do N.T. se transformou na boca de muitos pregadores em barganha

  2. Polícia faz buscas por pastor suspeito de estuprar crianças em Barcarena
    Anderson Gomes, 26 anos, era pastor da Igreja da Renovação.
    Ele é acusado de abusar de seis crianças em 4 meses.
    Do G1 PA

    Anderson Gomes teve prisão decretada por estuprar
    crianças. Ele está foragido (Foto: Ascom/PC)
    A Polícia Civil procura por Anderson Cleiton de Souza Gomes, 26 anos, que está foragido com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, sob acusação de estuprar seis crianças em Barcarena, nordeste do Pará.
    Segundo as investigações, apresentando-se como pastor da Igreja da Renovação, ele ganhava a confiança dos pais das vítimas e conseguia se aproximar das crianças, que depois eram levadas para a casa do acusado, onde os crimes eram praticados. Os casos foram denunciados à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), em Barcarena, onde a delegada Priscilla Naiatte, titular da delegacia, deu início às investigações.
    De acordo com a policial civil, Anderson também oferecia às crianças quantias em dinheiro que variavam de R$ 0,25 a R$ 0,50 para atrai-las até sua casa. Logo após o primeiro caso denunciado na Deam, ressalta a delegada, foi instaurado inquérito policial que resultou na decretação da prisão do acusado. “Após a primeira denúncia, outras vítimas foram surgindo”, detalha a delegada.
    Ela ressalta que as investigações mostraram que o pastor evangélico estava em Barcarena havia quatro meses, mas que, na verdade, o acusado seria originário de Goiânia, capital do de Goiás, para onde pode ter fugido. Ainda, conforme Priscilla Naiatte, Anderson é acusado de envolvimento em outros crimes na região, como roubos e até homicídios. “Existem informações de que Anderson já residiu em diversas cidades do Pará antes de chegar à Barcarena. Entre essas cidades estão Salinópolis, no litoral nordeste, e Ananindeua, na região metropolitana de Belém”, salienta a policial civil. Quem tiver informações do paradeiro do acusado deve telefonar ao fone 181, o Disque Denúncia.

DEIXE UMA RESPOSTA