Equipe de atletismo vence prova mas é desqualificada por comemorar com gesto de agradecimento a Deus

5

Uma equipe de atletismo que venceu a prova de revezamento 4×100 da Liga Universitária Interescolar do Texas foi desclassificada porque o corredor Derrick Hayes teria cometido excessos ao comemorar a vitória com um gesto de agradecimento a Deus.

Ao apontar para o céu, a direção da prova entendeu que sua postura caracterizaria “conduta anti-desportiva” e “celebração excessiva”. A equipe representava a Columbus High School, e ficou inconformada com a decisão dos diretores da competição.

O pai do atleta afirmou em entrevista à Fox Houston que a decisão chocou os atletas: “É um negócio triste. Eu acho que é uma farsa. Essas crianças trabalham duro…”, afirmou, lembrando que seu filho apenas agradecendo a Deus. “Como uma equipe que atingiu o seu objetivo e, em um seguida, foi acabado, a partir de algo que acho que é não é a questão. Acho que ninguém veja isso [agradecer a Deus] como um problema. Ele apenas disse ‘pai que eu estava apontando para os céus’”.

A desclassificação da equipe resultou num intenso debate, em que algumas pessoas entenderam que a decisão foi uma clara violação da liberdade religiosa. Entretanto, a Liga defende-se afirmando que a decisão foi tomada porque comemorações tinham sido proibidas.


O pai do atleta que comemorou e agradeceu a Deus disse que seu filho apenas estava reconhecendo a fonte de sua força: “Não é um ato malicioso. Não foi um ato de provocação. Foi como se ele dissesse ‘nós fizemos isso’ e ele [o filho] sabe onde a fonte vem”, afirmou, segundo o Christian Today.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

  1. O único que vejo que teve uma opinião consciente e inteligente foi o Carlos Albuquerque, que é ateu e sabe que tem liberdade pra isso e defende a minha liberdade de acreditar em Deus. Isso é livre culto.

    Agora, esses organizadoras proibirem qualquer comemoração e punir assim o time campeão, foram intolerantes e abusam do poder. Inadmissível… sorte que foi lá.

  2. O ATLETA DE DEUS é um vencedor, o deus do atleta nunca o abandona em nenhum certame. Dado às maravilhas que este teu deus não tem operado na vida de teus concorrente, tua fé é uma obscenidade e demonstração de total desapego pelo bem estar de teus semelhantes.

    • Deus salva gratuitamente todos os homens, mas recompensa na medida dos seus esforços. Não trata-se de um desfavorecimento aos outros atletas, apenas o reconhecimento de que Deus é a fonte de tudo na vida, inclusive do esforço próprio do atleta vencendor!

DEIXE UMA RESPOSTA