Especialista afirma que o islamismo e Maomé são a besta profetizada no Apocalipse; Entenda

1

O cumprimento de uma das profecias bíblicas do Apocalipse estaria diretamente ligada ao islamismo, diz o escritor e estudioso Michael D. Fortner, autor do livro The Beast and False Prophet Revealed (em tradução livre “A Besta e o Falso Profeta Revelado”), onde são apresentados os resultados de mais de 30 anos de pesquisa sobre as profecias bíblicas.

No texto de Fortner são apresentados argumentos que apontam o surgimento da besta e o falso profeta do livro de Apocalise como fruto do islamismo e de Maomé. De acordo com a revista eletrônica Charisma News, o livro afirma que quando a cabeça da besta tem uma ferida fatal, representa a morte do último império islâmico, o Império Otomano (turco), na Primeira Guerra Mundial, o que significaria que um outro império islâmico voltará à vida novamente para travar a jihad (“guerra santa”) no mundo .

O livro afirma que a segunda besta do Apocalipse é o islã, e os dois chifres representam as duas facções: sunitas e xiitas. O islã tem codificado, em seus ensinamentos, o assassinato, a mentira, a pilhagem, escravidão, estupro, guerra e até mesmo o terrorismo como parte de sua doutrina religiosa oficial.

“Jesus disse que o ladrão vem somente para roubar, matar e destruir, e isso é exatamente o que o Islã tem feito desde o seu início. Nenhuma outra religião se encaixa tão completamente a descrição na Bíblia da besta e falso profeta do islã”, diz o Charisma sobre o islamismo, no editorial que descreve o livro.


Fortner afirma que o “islamismo é diferente de todas as outras religiões que não acreditam em Jesus, porque declara oficialmente que Jesus não é o Filho de Deus (Alcorão 4:171; 18:4-5), tornando-se assim a definição bíblica do anticristo: ‘Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo, aquele que nega o Pai eo Filho’ (1 João 2:22).

Historicamente, a religião islâmica governou o segundo maior império da história, que se estendia do Oceano Atlântico até as fronteiras chinesas. Milhões de cristãos já foram martirizados pelos seguidores de Maomé, e ainda hoje, a perseguição se mantém no Egito, Iraque, Síria, Nigéria e Sudão, entre outros. A expansão da religião, que só cresce, “deixou um rastro de sangue, sofrimento e destruição como nenhuma outra ideologia na história mundial. A história, até a época atual, mostra-nos que o islã é uma religião muito violenta e fascista, cheia de ódio por cristãos e judeus. Ninguém poderia inventar um culto mais maligno”, afirma o autor.

“A Besta e o Falso Profeta Revelado” apresenta a história do islamismo como argumento de constatação do por que a religião é a besta do Apocalipse, que estaria “como um animal agarrando as bordas do abismo, tentando sair”. Fortner incluiu, os detalhes esclarecidos por ele em sua pesquisa, do capítulo 11 do livro de Daniel.


1 COMENTÁRIO

  1. Rapaz é mesmo, se eles tem prazer em matar cristãos então são anticristos.o papa ainda fica de abraços com esta raça de demônios e assassinos, o Ocidente tem que ficar com as antenas ligada.

  2. O falso profeta foi bin laden.

    Como seja, uma figura que iria fazer cair fogo dos céus, que foi o atentado às torres americanas, na presença de todos, ou seja, as câmeras filmaram tudo.

    E pra deixar mais claro ainda, a bíblia fala do falso profeta, a saber, que seria algum ligado a uma instituição que tem como figura muito importante, quase sagrada, um profeta, no caso Maomé.

    Bin Ladim prometeu coisas boas para quem queria a destruição de Israel, construiu em exército, era bom de lábia, e ligado à religião que tem como figura máxima um profeta.

    • E tem mais, a bíblia fala que recebeu o poder da outra besta, qual seja, aprendeu muitas coisas ruins com a católica, em especial a perseguição aos de credos deferentes.

    • Bin lander e outros asseclas espalhados pelas esquinas do Brasil caçando almas não para
      evangelizar de fato e de verdade,mas para formar currais eleitorais e tudo por causa de fama,dinheiro e poder.Se der poder a esses falsos,com certeza os fundamentalistas
      islâmicos viram fichinhas pertos deles.JESUS chama esses falsos crentes de víboras e
      feras terríveis…..É isso que Levi defende e quer que os católicos aceitem.Católicos não
      tem nada contra o evangelho de JESUS CRISTO,mas,sim, contra os falsos pregadores,viu.

      • Jânio,

        Tá bom, um país eminentemente evangélico, mas com autoridades católicas, esse é o atual retrato do Brasil. O problema é que muitos evangélicos ainda não sabem que são a maioria, pois assim como você acredita nas estatísticas falsas deste país.

        Bom, se não for os evangélicos no poder, é o mesmo que um país islâmico possuir todos as suas autoridades, políticos e parlamentares de outras fileiras, como por exemplo, o cristianismo.

        Não se preocupe, será algo natural nada á força como tua igreja fez, sim de forma sadia e ordeira, e pode ter certeza, quando instalado, não vai chegar a milionésimo dos desmandos católicos como ocorrido na França, em que o povo se rebelou e botou tudo quanto era padre para correr, pois viviam as expensas do estado.

  3. Hj em dia ainda tem uns ignorantes q pensam q a besta e o papa( eu acho q ele e 333 meio besta mais nao a besta) o edir macedo e seu impero se aproxima muito da besta ( se bem q de besta ele nao tem nada besta sao os iurdiotas) mas nenhuma religiao atual e como o islã essa religiao e de satanas e eu tenho certeza q eles sim sao todos bestas do diabo

    Maldito seja Alá, o Grande e Poderoso Jesus te quebra pelo meio e bota no bolso

  4. São duas bestas: a católica, que agiu sem escrúpulos para permanecer no mundo, e outra, o islã, que aprendeu direitinho as práticas católicas, e desde o seu princípio vem impondo sua vontade à força, inclusive assumindo os estados. daí convertê-los em anexos da religiosidade.

    Lição bem dada, bem aprendida. É como enfatiza em apocalipse que a besta deu o “poder” a outra besta, aí subentendida palavra poder como técnicas, modos, métodos, ações.

    • A Igreja Católica se mantém graças a muito trabalho, oração, fidelidade e dedicação dos seus fiéis. A falta de escrúpulos que o senhor fala, a Igreja certamente tem sim, mas em uma proporção certamente bem menor que a avidez com que a sua “igreja” busca os dízimos dos seus seguidores.

  5. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…….
    Vixi! Esse tá morto!
    Por muito menos já quiseram matar o Papa, agora imagina o que não farão com esse Michael D. Fortner.
    É melhor ele cavar uma cova e se enterrar antes que achem ele.

    • Isso só ocorrem com aqueles que não tem um compromisso fiel com Deus, eu te afirmo que esse homem só irá morrer quando ele terminar o que Deus ordenou que o mesmo fizesse aqui na terra…

  6. Ele segue a mesma linha de Anne T. Garcia em seu livro: Apokalypsis.
    Antigamente eu seguia muito a interpretação de que o anticristo surgiria da Europa ressurgida, porem, ao analisar livros como este de Anne T. Garcia e percebemos claramente ao interpretar os livros de Daniel, Zacarias e Apocalipse que os eventos escatológicos bíblicos surgem sempre em Jerusalém ou em seu torno, isto é, na região da crescente fértil.

    O anticristo surgirá com uma volúpia por guerras religiosas que em 2 Ts 2:4 afirma: “aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração”…. será mesmo uma jihad.

    Faço uma ressalva que conheço alguns muçulmanos e afirmo, nem todos participam desta interpretação errônea do Al corão para fazer guerras e matar em nome de Alá.

    Enquanto espero a tradução deste novo livro de Michael D. Fortner, sugiro a leitura do livro Apokalypsis de Anne T . Garcia.

  7. Essa interpretação não tem fundamento algum, até porque o anticristo é uma pessoa e não uma instituição.

    Outro equívoco é a interpretação de João 10:10 que trata acerca dos falsos profetas e não muçulmanos ou o diabo como muitos pregam.

    • Se é ou não, bem que o islã se encaixa como besta. Eles se gabam de ter mais de 1 bilhão de adeptos, a maioria por pressão, ameaça, tortuna inimagináveis e morte, nesses países de maioria islâmica vcs já viram algum ser de 1º mundo? quando o cidadão nasce, já nasce com a identidade de um muçulmano, se quiser sair, meu Deus, pode perder a vida. Lamentável

  8. A maior besta da terra faz parte da babilonia ,descrita em apocalipse cap 17.,que mataram milhoes em nome de DEUS,nas fogueiras ,estruparam,praticam o homosexualismo,pedofilia ,e dizem ser de DEUS ,continuam enganando e rouband

    o as naçoes,pratica ocultismo e feitiçarias ,idolatria,quem é inteligente sabe de que igreja estou falando ,essa vai ser o braço do anticristo na terra,e depois vai ser destruida.

    • Pesquise aí e me diga quantos séculos durou a reforma protestante e quantas pessoas foram mortas. Ela matou quase o dobro. E o inquisição foi promovida pelos reis e não pela igreja. Não repita o que você escuta na mídia porque a mídia hoje com o granchianismo e o marxismo cultural está encumbida de destruir a igreja católica e a família para instaurar o comunismo, principalmente no Brasil.

  9. A unica coisa q vejo é vcs defendendo a igreja em vez de Deus. Uma querendo ser melhor do que a outra. Se somos filhos de um Deus so, pq tudo isso então, pq tantas religiões? A besta não é o islan, e tambem não sei quem é.

DEIXE UMA RESPOSTA