Esposa de pastor recebe multa por “orar muito alto” nas ruas; Moradores a acusaram de “gritar” em frente às casas

14

A esposa de um pastor foi multada por orar gritando nas ruas de Lisbon, cidade do estado norte-americano da Dakota do Norte.

Martha Nagbe foi condenada pelo Tribunal da cidade a pagar uma multa de US$ 150 por causa das orações “muito altas”, que foram consideradas uma “contravenção”.

De acordo com o Christian Post, a esposa do pastor Juwle Nagbe, disse que pagaria a multa, mas não deixaria de expressar sua fé em Deus por entender que seus direitos como cidadã estavam sendo violados.

Juwle e Martha Nagbe são liberianos, e imigraram do continente africano anos atrás. Hoje, já são naturalizados norte-americanos e Juwle é dirigente da congregação da Igreja Metodista Unida na cidade.


“Eu não posso parar. Eu estou confiando em Deus”, disse Martha Nagbe em entrevista a uma emissora de TV da região.

A evangélica disse que a Polícia da cidade havia dito a ela que parasse de orar no centro da cidade e nos bairros, porque os moradores a acusavam de “perturbar a paz”. Na entrevista, Martha disse que tomou a advertência como uma contradição do que o país diz ser a democracia.

No entanto, a xerife da cidade disse que a contravenção de Martha não era a oração em público, mas sim o volume das preces: “Quero dizer, todos nós precisamos de orações e é ótimo que ela esteja lá fora, orando por todos nós. Mas é apenas o volume de sua voz que precisa abaixar”, disse a oficial Jeanette Persons.

Jeanette afirmou que não é correto dizer que os direitos de Martha Nagbe estão sendo violados pois a multa aplicada não aconteceu por causa de sua etnia, religião ou por expressar suas ideias, mas sim, por fazer barulho e, segundo alguns moradores, ficar “gritando” na porta de suas casas.

A xerife disse que sugeriu à evangélica que abaixe a voz como sinal de sua intenção de resolver os problemas de forma pacífica.

O marido de Martha lamentou que a situação tenha se tornado tão controversa: “Eles a antagonizam, para fazê-la parecer uma pessoa ruim e isso às vezes me deixa irritado. Alguém deveria dar a ela o respeito que ela merece”, disse o pastor Juwle Nagbe.


14 COMENTÁRIOS

  1. ÁUREOS TEMPOS EM QUE A CORNETA SOBRE A TORRE DA IGREJA LEVARIA O SANTO CULTO AO LARES, E QUE UM POVO TEMENTE, MESMO NÃO GOSTANDO NÃO RECLAMAVAM, HOJE OS STARDUSTIANOS TENTAM DE RODAS AS MANEIRAS CALAR A VERDADE POIS ESTA SALVA.

  2. Mas essa senhora deve respeitar o descanso das outras pessoas. Jesus mandou fechar a ports e orar no quarto em oculto. Jesus condenou os que gostavam de orar nas ruas para serem vistos pelos outros. Será que essa senhora conhece as Escrituras?

  3. Que parte de João 16:8, que diz que o Espírito Santo convence a pessoa do pecado ela não entendeu ? Não é pelo grito ou pela força, mas é pelo Espírito de Deus (zc.4:6). É verdade que devemos clamar em voz alta (Is.58), mas devemos fazer isso com sabedoria e não incomodando a ordem pública social.

  4. “E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.” (Mateus 6:5-8)

    • Jesus disse também se ela calaren as pedra cramarao entra no seu quarto e fale en secreto com Deus men todas palavra precisa ser em secretos com Deus ai valer em secretos com Deus e o seu pobrema não as suas oracaes que precisa ser secreto você orar em vozes alta e Falarem dos seu pobre mas em particular com Deus

  5. “De acordo com o Christian Post, a esposa do pastor Juwle Nagbe, disse que pagaria a multa, mas não deixaria de expressar sua fé em Deus por entender que seus direitos como cidadã estavam sendo violados.” (…) “Eu não posso parar. Eu estou confiando em Deus”, disse Martha Nagbe em entrevista a uma emissora de TV da região.”

    É pra acabar, mesmo! Já pensou se todo evangélico reclamar para si o tal direito de sair berrando pelas ruas e perturbando o sossego público? Esse é o retrato do fanatismo!

    Depois, quando pessoas criticam o movimento pentecostal, e passam a ver todos os evangélicos como uns destrambelhados, aí esses crentes espalhafatosos vêm, com o maior cinismo e desfaçatez, posar de vítimas, de coitadinhos, de perseguidos.

  6. Uma interpretação errônea da palavra do Senhor.

    Quando ele diz: “O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutais ao ouvido pregai-o sobre os telhados.”

    Mateus 10-27

    Ele quer que espalhemos a sua mensagem as todas as pessoas, mas não precisamos gritar nas portas das casas, a mensagem é apenas para aqueles que quererm ouvir.

  7. engraçado tentam sempre de todas as formas, e nessas horas os ateus querem ate mesmo citar passagem bíblicas para punir condenar perseguir… o povo de Deus. estão dando ate mesmo o veredito cada um a sua opinião.esta Senhora foi punida por orar muito alto na rua. Mas e quanto aos despachos que rolam a soltas nas encruzilhadas a qualquer dias a qualquer horário ETC…. ISSO PODE NE???? OBS: Mateus cap 03,, Marcos Cap 01,, Lucas cap 03 ARREPENDAM-SE PÔS O REINO DOS CÉUS ESTA PRÓXIMO!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA