Internacional

Pesquisadores encontram a cópia mais antiga do Evangelho de Marcos em tumbas no Egito

Comments (7)
  1. clamando disse:

    té o egito da conta da existencia do salvador

  2. regis disse:

    kkkkkkkkkk Não vai demorar muito pra essa farça de um fantasma cair por terra, se esses pesquisadores for isentos de qualquer religião a verdade irá aparecer

    1. Elder Lima disse:

      Regis

      Realmente, é uma ótima oportunidade de saber se o que acreditamos é uma farsa, ou se mongolóides da sua estripe realmente não passam de imbecis que não enchergam um palmo a frente do nariz!

      Particularmente eu acredito na segunda opção!!!

      1. nosferatu disse:

        crentes costumam acreditar em burros falantes, carroças voadores, mortos vivos etc.

        vc dizer que acredita na segunda opção não causa surpresa alguma kkkk

        1. Miguel disse:

          Olha quem fala, um retardado como você que usa nick de nome de filminho de vampirismo, coitado.

        2. Rodrigo disse:

          Nosferatu. Acho muito interessante o seu modo de pensar. Interessante tbm é ver como vc conhece as histórias. provavelmente é ex-crente. Interessante seria ver sua expressão ou fala na hora da morte. Eim? Nessa hora todo mundo tem um pouquinho de fé, é ou não é?

        3. Elder Lima disse:

          Também acreditamos em burros que digitam, você é um ótimo exemplo!

      2. regis disse:

        Crânio revela convivência entre humanos e neandertais no Oriente Médio pesquise e tire suas conclusões

        1. Gonçalves disse:

          Pra quê análise de crânio, basta ler acima e tirar as suas conclusões.

  3. Edson lima cabofrio disse:

    Santa ignorancia! MMA aqui?

  4. Antonio Carlos de Carvalho disse:

    Luz e fé para todos vocês!!!!!!!!

  5. Assim como os achados de Quram, a cada dia a arqueologia expõe evidencias do texto bíblico. Temos a base da historicidade, dos hebraístas, dos helenistas, testes químicos de datação (ex: carbono 14), e ainda contamos com mais de 15 mil cópias antigas dos originais veterotestamentários e neotestamentários. A preciosidade não está nos “achismos”, mas nas evidências, fatos, provas palpáveis, e na excelência das mentes mais nobres da história, como Louis Pascoal e Albert Einstein, entre outros.

    Pr. Charles Maciel Vieira, Dr.Th.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *