Falece pastor que lutava contra dezenas de tumores há anos: “A vida me deu escolhas e enquanto tiver força eu vou pregar”

11

Faleceu o pastor Valdir Leal Bulhões aos 33 anos em Guarapuava (PR), após uma luta de 12 anos contra o câncer. As dezenas de tumores estavam espalhados pelas colunas lombar e toráxica, estômago, axila e pulmões.

Valdir Bulhões, como era comumente tratado pelos fiéis, era pastor da Assembleia de Deus e marcou a reta final de sua vida com o testemunho de perseverança e fé: “Independente de qualquer coisa, viva cada dia como se fosse o último e lembre-se que a sua vida tem um propósito de Deus. Pela medicina eu estou sentenciado, mas pela vontade de Deus eu estou aqui, levando a Palavra de Deus a quem precisa”, disse há pouco mais de 20 dias.

De acordo com informações do site O Presente, Bulhões se manteve pregando o Evangelho mesmo durante seu estado terminal e usou sua condição para ilustrar a mensagem em que acreditava: “Estive na casa de um senhor que também está com câncer. Ele estava no fundo de uma cama, deprimido, comendo por sonda, cheirava mal. Falei com ele, pedi que olhasse para mim, para a sua esposa, o fiz comer. Despertei nele a fé e a esperança e ele se reabilitou. Passou a lutar pela vida”, relatou o pastor.

Seguindo esse princípio, Valdir optou por lutar a batalha contra o câncer mesmo com a doença mutilando-o aos poucos: “Já tive choques anafiláticos, minha perna explodiu, já tive nove sentenças de morte, mas a minha vida está dentro de mim e eu quero viver. Somos em oito pastores na família em ministérios diferentes. Eu sou da Assembleia de Deus. A nossa máxima é: insista, persista e nunca desista. Então a minha fé é uma fé exigente. Eu vou insistir, pois a vida me deu escolhas e eu escolhi viver e escolhi pregar a Palavra e enquanto tiver força eu vou pregar”, disse o pastor, que cumpriu o propósito a que se comprometeu.


Valdir Leal Bulhões deixa a esposa, Milena, e três filhos de sua esposa, que ele adotou quando se casou.

11 COMENTÁRIOS

  1. ser fiel até a morte e dar te ei a coroa da vida eterna nos diz o senhor.este irmão e mais uma prova de que o nosso Deus encheu de graça celestial não só os profetas da bíblia mas todos aquele que confia no senhor

  2. O mais gosado são esses impostores (religiosos) que passam o tempo todo “curando os enfermos” em nome de Jesus…E não conseguem se curar. Na verdade, eles são mentirosos, usurpadores, demagogos, ou simplesmente “hipócritas!”, como os classificou Jesus Cristo e foi registrado na Bíblia em Mateus 23:27,28,33 – Menos um para enganar o POVO!!!

    • Daniel, me faz um favor, se você não tem o comentar, que vai edificar alguém, pare de colocar comentários destrutivos. O que você precisa entender é que…Paulo também tinha um espinho na carne…ele orou para que Deus tirasse…e Deus não tirou…Deus disse a ele a minha graça te basta…e Paulo curou pessoas no poder de DEUS….e por causa disso não deixou de ser um homem de DEUS….com exemplos e demonstração de fé….como eu vejo na vida deste pastor..

    • Disseram a Jesus “médico cure a ti mesmo” isso foi um insulta ao médico dos médicos. A pior coisa do mundo é voce querer falar de assunto que nao conhece, e esse Daniel Alves fez um comentário sem conhecimento algum, melhor que ele ficasse calado para pelo ao menos respeitar a esposa do falecido pastor e os seus tres filhos.

DEIXE UMA RESPOSTA