Com diversos tumores e desenganado pelos médicos, pastor usa seu testemunho para inspirar luta pela vida

3

O testemunho do pastor assembleiano Valdir Bulhões impressiona, não apenas pela expressão de sua confiança em Deus, mas também pela gravidade e extensão de seus problemas de saúde.

Bulhões tem cânceres – sim, no plural – espalhados nos pulmões, colunas lombar e toráxica, estômago e axila. Somente nos pulmões são 23 tumores. A descoberta aconteceu há 12 anos, e a evolução da doença já causou a amputação da perna direita, na altura virilha, onde o tumor explodiu os ossos.

“Independente de qualquer coisa, viva cada dia como se fosse o último e lembre-se que a sua vida tem um propósito de Deus”, diz o pastor, que adota esse princípio como um lema de vida. “Pela medicina eu estou sentenciado, mas pela vontade de Deus eu estou aqui, levando a palavra de Deus a quem precisa”, acrescenta.

Nesse tempo em que tem se mantido na luta contra a doença, viu o quadro se agravar de forma bastante rápida: “Eu descobri um caroço na coxa direita, na altura da virilha, e achei que fosse uma íngua. Descobri que estava com câncer. Fiz cirurgia e sessões de quimioterapia”, conta o pastor, antes de revelar que o tratamento foi insuficiente para evitar o surgimento de outros tumores que atacaram os pulmões, o tórax, o estômago e uma das axilas: “É um sarcoma das partes moles, o mesmo que tirou a vida do ex vice-presidente da República José de Alencar”.


Sua trajetória, sofrida, não o impede de fazer escolhas que definam seus rumos: “Já tive choques anafiláticos, minha perna explodiu, já tive nove sentenças de morte, mas a minha vida está dentro de mim e eu quero viver. Somos oito pastores na família, em ministérios diferentes. Eu sou da Assembleia de Deus. A nossa máxima é ‘insista, persista  e nunca desista’. Então a minha fé é uma fé exigente. Eu vou insistir, pois a vida me deu escolhas e eu escolhi viver e escolhi pregar a Palavra e enquanto tiver força eu vou pregar”, disse ao site Rede Sul de Notícias.

Para que sua história continue inspirando pessoas – e também para ajudar a custear o dispendioso tratamento – o pastor gravou um DVD: “Gravei testemunho de vida, palavras de fé, pois eu estou aqui, vivo, quando uma junta médica achou que estado em que me encontro deveria estar entubado, em coma. A medicina me desenganou, mas eu digo a mim mesmo que não vou, porque para Deus nada é impossível.  Ele sabe de todas as coisas e dá à sua vida um propósito. A minha vida é animar as pessoas, motivá-las a viver. Quando a minha esposa entra em desespero sou eu que vou acalmá-la  porque a minha fé é muito maior do que o desespero. É a minha fé que me faz viver”.


3 COMENTÁRIOS

  1. Só resta uma coisa que ninguém pode tirar, a fé esta é indispensável, nos faz vencer mesmo quando perdemos. como diz Davi mesmo que eu ande pelo vale da sombra da morte.

  2. Sofrido, mas… VENCEDOR!
    “… diga o fraco: Eu sou forte.” Joel 3: 10

    “Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza.” 2 Corintios 12: 9.

  3. Vejamos o que a Palavra de Deus diz:

    “Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados”. Depois de lhes ter falado, o Senhor Jesus foi elevado ao céu e assentou-se à direita de Deus. Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; E O SENHOR COOPERAVA COM ELES, CONFIRMANDO-LHES A PALAVRA COM OS SINAIS QUE A ACOMPANHAVAM”. (Marcos 16:17-20)

    Era por causa do anúncio desta mensagem que Deus cooperava com eles:

    “Irmãos, filhos de Abraão, e gentios que temem a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. O povo de Jerusalém e seus governantes não reconheceram Jesus, mas, ao condená-lo, cumpriram as palavras dos profetas, que são lidas todos os sábados. Mesmo não achando motivo legal para uma sentença de morte, pediram a Pilatos que o mandasse executar. Tendo cumprido tudo o que estava escrito a respeito dele, tiraram-no do madeiro e o colocaram num sepulcro. Mas Deus o ressuscitou dos mortos, e, por muitos dias, foi visto por aqueles que tinham ido com ele da Galiléia para Jerusalém. Eles agora são testemunhas dele para o povo. “Nós lhes anunciamos as boas novas: o que Deus prometeu a nossos antepassados ele cumpriu para nós, seus filhos, ressuscitando Jesus, como está escrito no Salmo segundo: ‘Tu és meu filho; eu hoje te gerei’. O fato de que Deus o ressuscitou dos mortos, para que nunca entrasse em decomposição, é declarado nestas palavras: ‘Eu lhes dou as santas e fiéis bênçãos prometidas a Davi’. Assim ele diz noutra passagem: ‘Não permitirás que o teu Santo sofra decomposição’. “Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs. Mas aquele a quem Deus ressuscitou não sofreu decomposição. Portanto, meus irmãos, quero que saibam que mediante Jesus lhes é proclamado o perdão dos pecados. Por meio dele, todo aquele que crê é justificado de todas as coisas das quais não podiam ser justificados pela lei de Moisés”. (Atos 13:26-39)

    (continua no comentário seguinte…)

    • (continuação do comentário…)

      Quando não discernimos o corpo do Senhor é isto o que acontece (leia o trecho a seguir), não para que percamos a salvação, mas para que nos arrependamos e passemos a andar realmente na justiça de Deus. E se Deus nos chama a atenção, nos dá tempo para que nos arrependamos e isso não acontece, ele vai nos julgando e uma hora ele acaba nos levando antes do tempo, exatamente para que não sejamos condenados à morte eterna:

      “Sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha. Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor. Examine-se o homem a si mesmo, e então coma do pão e beba do cálice. Pois quem come e bebe sem discernir o corpo do Senhor, come e bebe para sua própria condenação. Por isso há entre vocês muitos fracos e doentes, e vários já dormiram. Mas, se nós nos examinássemos a nós mesmos, não receberíamos juízo. Quando, porém, somos julgados pelo Senhor, estamos sendo disciplinados para que não sejamos condenados com o mundo.” (1 Coríntios 11:26-32)

      Os apóstolos não poderiam anunciar esta mensagem enfermos, exatamente porque a cura era um dos sinais sobrenaturais que acompanhava o anúncio da mensagem de salvação eterna pelo perdão dos pecados através do sacrifício de Cristo. Assisti um vídeo do pastor Valdir Bulhões e não vi em nenhum momento ele falar claramente a mensagem de salvação acima, anunciada pelos apóstolos. Todos os homens de Deus que ocuparam seus tempos em anunciar a mensagem de salvação com clareza, assim como os apóstolos fizeram, se não morreram antes do tempo assassinados por causa da perseguição ao evangelho, morreram de velhice, e em bom estado de saúde, para confirmar a fidelidade de Deus. Será que não é isto que está faltando para este pastor ser totalmente curado, e mais pessoas começarem a crer em Jesus da forma correta? Meditemos na Palavra, porque Deus é absolutamente fiel ao que instituiu eternamente. Ele jamais falhou, e jamais falhará!

  4. ESSE É O DEUS QUE SERVIMOS, PASTOR VADIR BULHOES QUE POSSAR COMBATER O BOM COMBATE ACABAR A CARREIRA E GUARDA A FÉ, COMO O APOSTOLO PAULO…POIS PARA NOS VAI ESTAR RESERVADA A COROA DA JUSTIÇA….
    Se a medicina te desenganou,
    Se a lei do homem te injustiçou
    Se a tua benção ainda não chegou, lá vem Ele
    Se em tua mesa está faltando pão e sua vitória foge da sua mão, pare de chorar e preste atenção, lá vem Ele

  5. sem comentarios….sinto-me envergonhada diante deste pastor, e diante do meu Deus….porque por pouca coisas e ate banais nos murmuramos e muitas das vezes culpamos e cobramos Deus, sem palavras apenas louvo e admiro este meu irmao pela sua atitude , deixo a paz que trancende todas as coisas e creio que o melhor Deus vai fazer pela sua vida, abraÇos.

  6. Isso que está acontecendo com você, com certeza, tem um propósito divino. O fato ultrapassa o mundo das palavras. Quaisquer palavras que se escreva são insuficientes diante do fato. Vá em frente, meu irmão. A vida está nas mãos de Deus. Nada e ninguém pode arrancar algo de suas mãos. O Senhor Jesus não o levará a um estado de perecimento, porque ninguém perece nas suas mãos. Recentemente tive várias ressonâncias magnéticas diagnosticando um câncer com metástes ósseas. Nas minhas orações era mais ou menos isso que eu dizia a Ele: Tu farás o melhor por mim. Não há lugar melhor para estar do que nas tuas mãos. Se me levares é porque isso será o melhor. Se me curares é porque a cura será o melhor. Agora, no mês de maio passado, fiz outra ressonância cujo resultado foi a ausência de células neoplásicas (cancerosas). A minha oncologista ficou sem palavras. Ela tirou fotos dos meus exames, pois duas ressonâncias feitas com diferença de poucos dias deram resultados completamente diferentes. Sempre fiz a minha parte, mas a minha parte é definitivamente insuficiente para o que se operou. Pesquisei medicina alternativa e achei um site “amigos da cura” onde constatei que além dos procedimentos clássicos contra o câncer, havia outros. Passei a fazer “auto-hemoterapia. Faz quatro meses que faço isso. Pesquisei também sobre o “Dr. Luiz Moura”, ele dá verdadeiras aulas sobre métodos naturais de cura. Mas eu estou certo que Não haveria tempo hábil para ocorrer a mudança no meu diagnóstico. Foi o Senhor quem me curou, não tenho dúvidas. Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA