Famoso ator de comédia conta como sua mãe o convenceu a ler a Bíblia e como isso mudou sua vida

Considerado o comediante mais bem pago de Hollywood, avaliado em mais de 80 milhões de dólares, Kevin Hart teve uma infância difícil com um pai usuário de cocaína e ausente, mas aprendeu a ler a Bíblia com sua mãe de um jeito bem inusitado

0

Fazer com que seus filhos leiam a Bíblia é um desafio de muitos pais cristãos, especialmente em uma época de tantos atrativos digitais, como as redes sociais. Apesar disso, a mãe do ator e comediante Kevin Hart, famoso por atuar em filmes como “Todo Mundo em Pânico 3”, “Policial em Apuros” e “Ajuste de Contas”, viu uma maneria bem inusitada de convencer o filho ler a bíblia.

Nascido em 1979 na Filadélfia, Estados Unidos, Kevin teve uma infância difícil. Seu pai era viciado em cocaína, ausente da sua vida. Segundo uma declaração ao New York Times, ele tinha tudo para ter seguido o mesmo caminho que o pai, mas algo estava para mudar na vida de Kevin.

No início da sua carreira, Kevin contou durante uma entrevista a apresentadora Oprah Winfrey que não tinha condições de pagar o aluguel do apartamento onde morava. Devido a isso, ligou para sua mãe pedindo ajuda financeira, mas tudo o que ela dizia para ele era: “Você estava lendo a sua Bíblia?”, disse ele em uma publicação do God Reports.

Relutante, Kevin ligava para sua mãe todos os meses pedindo ajuda com o aluguel de casa e ele ouvia o mesmo questionamento; “Quando você lê sua bíblia, então vamos falar sobre o seu aluguel”, dizia a sua mãe.


Kevin, quando ele era jovem, com sua mãe, Nancy, e seu irmão.

Irritado com a insistência da mãe e frustrado por considerá-la “excessivamente religiosa”, Kevin Hart deu o braço a torcer e resolveu abrir a Bíblia para ler. Para sua surpresa, a mãe de Kevin havia deixado seis cheques em sua bíblia, correspondente aos meses de aluguel que ele teve dificuldade. Os anos se passaram e atualmente, famoso, Kevin já foi considerado pela revista Forbes o comediante mais bem pago, avaliado em US $ 87,5 milhões.

A leitura da bíblia mudou a percepção de Kevin sobre o mundo e seus próprios valores. Isso o ajudou a perdoar o pai pela ausência e o uso de drogas. Para o pai de Kevin o filho poderia ter seguido o mesmo caminho e sobre isso ele comenta: “Eu estava tipo, ‘Papai, cala a boca’, mas então eu pensei sobre isso, e era estúpido, mas fazia sentido. Ele estava dizendo que, basicamente, ele era meu exemplo para nunca ir por esse caminho. “

Kevin teve diversos contratempos ao longo de sua carreira. Já foi preso por dirigir embriagado em 2013, mas sempre deixa uma lição para os fãs, baseado nos princípios que aprendeu com sua mãe; “Este é um alerta para mim, eu tenho que ter mais cuidado e na noite passada eu não tive. Tudo acontece por uma razão.”, disse no Twitter ele após sair da prisão.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA