Brasil

Fiel tenta expulsar “demônio” do celular gravando o culto da Igreja Mundial e se torna hit na internet. Assista

Comments (0)
  1. estamos chegando cada dia mais perto do fundo do poço da ignorância… a velha lavagem…

    se esse caso fosse na igreja rival IURD…o pastor mandaria jogar o tal aparelho endemoniado no alforje…

  2. vou ter que exorcizar o meu vídeo-game! KKKKKKKKKKKKKKKKKK isso só mostrou o quanto alguns estão interessados em aprender a Palavra de Deus, pobre senhora.

    1. Edson Souza disse:

      Não acredito.kkkk
      O cara brigando com o celular achando que tem demônio?

      Deve ser zuera ou então tem um desvio mental. só pode.

    2. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  3. Bele Freitas disse:

    nossa ri muito..kkkkkk cada uma que aparece!!!

  4. oh..tadinha da mulher……kkkkkkkk

  5. Rônei Rossi disse:

    Ta na cara que isso é fake. E tem gente que acredita!! kkkkkkkkkkk

  6. É esse tipo de gente sem cérebro que carrega uma das armas mais destrutivas do mundo: o título de eleitor.

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

    2. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  7. Thais Silva disse:

    Eu acho que ela deveria comprar um celular mais simples…
    Esse com GPS é muito complicado…
    Tadinha, mas não tem como não rir…

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

    2. Thais Silva disse:

      Maria Aparecida de Oliveira
      Gostaria de lhe pedir perdão, mas quando você postou o vídeo no youtube, ficou exposta aos comentários do mundo inteiro, e não te chamei de analfabeta e quando disse que este celular é complicado não menti, e eu ri simplesmente pelo fato do celular continuar falando. Simplesmente também expressei minha opinião, e fiquei com pena de você por muitos comentários que vi, mas te peço, se te ofendi me perdoe…de <3…

  8. rogerio da silva lima disse:

    isso que da,as pessoas vão a igreja e só ouvem falar em ofertas dinheiro ofertas votos dinheiro ofertas votos dinheiro,da nisso.

  9. "que aperreio"… Dá um desconto gente… kkkkkk

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

  10. Ramón disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que louca.

  11. Henrique Carlini disse:

    ela foi assistira a novela ela disse , hora da novela kkk quem tem temor a DEUS nao ssiste novelas pois só tem lixo.

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  12. Não é atoa que tiram sarro de nós esta sena realmente é cômica rsrsr, que falta de sabedoria e conhecimento, diabo falando em Inglês mandando o diabo se converter, Deus tem misericórdia do povo que se diz seu e não te conhece.

    1. e Vale De Azevedo, ´e com "d" minúsculo. E cadeira tem assento.kkkkkkkkkkkkkkkkk

    2. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  13. é muita idiotice demais!!!…isso não é falta de sabedoria…é um ser anecefalo!!!!…muito mais ainda colocar isso no You Tube…quem instruiu ????…brincam com o Nome de Jesus, não devemos levar seu nome em vão!!!

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  14. Senhora com lesão cerebral, feito pelo sistema neopentecostal.

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  15. a imbecilidade humana não tem limites
    e essa é diariamente alimentada por pastores mais imbecis ainda….

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

  16. É, COMPREI UM APARELHO ELETRONICO E O MANUAL ESTAVA ESCRITO EM LINGUA UMA LINGUA
    ESTRANHA, SERÁ QUE É INFERNÊS , DIABÊS OU É INGLÊS? DEPOIS DESSE VIDEO AGORA ESTOU EM DUVIDA.

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  17. Joabe Rios disse:

    Maldita inclusão digital.
    Nem todas as pessoas deveriam ter acesso a tecnologia!
    Internet para todos? Nem pensar! :)

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  18. Claudia disse:

    Quanta cegueira! Muitos enganados, por não entenderem nada!

    Isso que ela ‘aprende’ não tem nada de Fé inteligente! é burrice mesmo!

    Vê umas coisas dessas, chega á da uma revolta por tanta muita gente sendo enganada por esse pessoal da Mundial!

  19. Odair Jose disse:

    vejam a que ponto chega a lavagem cerebral que as ovelhas recebem nestas seitas , uma pessoa simples , com muito pouco ou nenhuma instruçao e como uma minhoca para uma galinha , presa facil , nota-se que essa mulher nao tem cultura , ela nao tem culpa nenhuma do que esta fazendo , ela nao tem culpa de passar por esse papelao , ela nao tem culpa de ser motivo de piada , a culpa e do seu lider religioso e dos crentes que veem demonio em tudo e em todos , imagino quantas vezes essa coitada ouviu falar do demonio na sua igreja , em vez de falarem de jesus , falam mais no demonio . O o que mais incomoda e saber que os crentes que sao os culpados dessa paranoia hje estao rindo dessa mulher e chamando -a de besta, de ignorante e dizendo que ela nao deveria ter acesso a tecnologia , se a maioria dos crentes nao fosse assim como ela , nao haveria tantas seitas no BRASIL hoje .

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

    2. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  20. Odair Jose disse:

    todos os evangelicos tem o mesmo problema dessa mulher , em maior ou menor grau , mas tem , so que esta mulher atingiu o grau maximo . Se esta pobre mulher continuar na igreja vai acabar completamente louca , por enquanto ainda tem um resquicio de normalidade .

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  21. Pensei que já tinha visto de tudo, rsrsr;…. me lembrou um fato quando eu tinhas uns 7 anos, tinha uma empregada em casa vinda recente do norteste… ela se arrumava toda para ver tv, colocava até perfume(televisão era para poucos na epóca), de onde ela veio não existia. quando perguntava porque ela se arrumava, ela respondia que era por que os artistas estavam vendo ela. rsrs

    1. Paulo você so pode estar de brincadeira rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs a sua historia é muito engraçada não pode ser verdade rsrsrssrrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    2. mas é verdade sim kkkkkkkkkkkkkkkkkk coisa de crente que nem sabe o que é um GPS e coordenadas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    3. Andréa Bastos Lopes aconteceu mesmo, eu era pequeno, mas lembro…rrsrsr

    4. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

  22. Fala-se tanto contra o preconceito nesse país, mas é só balela. Só porque uma senhora humilde, vulnerável, que não teve a oportunidade de estudar uma língua estrangeira, como uma minoria nesse país, pau nela!E o pior: ela é evangélica!Sua opção religiosa (para muitos preconceituosos de plantão, metidos a politicamente corretos quando lhes interessa) rebaixa a coitada a uma condição análoga à das amebas: um subproduto das igrejas pentecostais!! Ela é ignorante? Sim! Ignora os recursos pra lá de complicados de seu aparelho celular, não domina o inglês e, certamente, conhece muito pouco da Bíblia. Entretanto, o maior ignorante, na minha opinião, é aquele que ignora as necessidades e vulnerabilidades do outro e – pior! – olha para elas com desdém e preconceito…

    1. Observação:.(.em 08 de setembro de 2012..posto esse agradecimento.."Tô passando aqui para agradecer pelas "muitas ofensas.."..que tem sido atribuidas através de comentários desconexos e irreverentes á minha pessoa, sem siquer terem a misericórdia do Respeito, á liberdade de expressão, num momento de verdadeiro desespero (pelo fato.. de um aparelho de celular..estar quase para explodir..e de se fazer tudo para desligá-lo ..e de ser quase impossível..espero em Deus, que ningu´rm venha a passar por isso..)"

      Como simples professora aposentada do Ensino Fundamental (de 1ª a 8ª sériee já tendo ensinado como também interagido com mais de três mil alunos, valho-me da minha trajetória, como 'facilitadora' em especial, da aprendizagem,..para "dirimir"..quaisquer dúvidas, a respeito da maneira 'deselegante"..como tô sendo tratada, embora que confesso..que me aborreci sobremaneira, pelo fato de já ser o segundo celular.(o outro..de outra marca.)antes desse , que foi dado com perda total, através do laudo elaborado pela assistência..(que no caso..é no mesmo local, que levei o meu celular, de que ora estão comentando com tanta ênfase..na maioria das vezes, com carater ofensivo..que chega a magoar na âmago da alma..poré, o meu Deus, que tudo ve,, há de me perdoar, se o ofendi com esse vídeo, como também..clamo pelo perdão daqueles ..que sem motivo estãp "achincalhando a minha pessoa, no intuíto, de quiçá aparecer e ou seja ..se promover..Um pouquinho de mim.."escritora..desde os anos 70..só para se ter uma ideia..com vasto acervo de obras escritas..a maioria pára a Educação..entre outras..com mais de cem obras com a graça de Deus!..Mais de 10 projetos aprovados..pelas universidades de Curitiba: Federal, Tuití, Unicemp; Faculdade de Artes do Paraná, entre outras de renome..Sou evangélica, porém, não religiosa e muito menos "fanática"…não dou a ninguém, o direito de colocar palavras, que eu não disse..e muito longe de querer denigrir a minha imagem de mulher madura da terceira idade, e "contaminar" o meu bom nome em Cristo, que zelo..Ver mais

    2. Que a Mão de nossso Deus te alcance..e muito obrigada por me defender..só pode ser inspirada por Deus, acredito..OBRIGADAAAA!!!1

    3. Obrigadaaa..pela generosidade e amor ao próximo, que ora no caso..sou eu! Jesus Cristo te aumente em bênçãos!

  23. srsrrsrsrssrrsrrsrssrsrrs coitada gente, ele não sabia do que se tratava só isso, exagerou um pouco por achar que era um demônio, mas hoje em dia tudo o povo fala que é demônio, não seria diferente nesse caso rsrsrsrsrssrrs

    1. Deus seja glorificado na sua vida ó moça generosa!

  24. É isso o que as Religiões Geram..

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

  25. João Hernane disse:

    Meu do deus do ceu quanta bobagem….Que deus nos livre desse fanatismo e desse lixo gospel e sim nação cujo deus é o senhor kk

    1. Você está aqui: Página Inicial › jornal › 81 › "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      Info
      "… tira primeiro a trave do teu olho…"
      (Mateus 7.5)
      O que seria de nós sem os nossos inimigos, sem alguém em quem pudéssemos depositar todos os males? Será que muitos de nós conseguiríamos viver sem um outro personagem em quem miramos, apontamos o dedo e dizemos: ‘você é o culpado’?

      Geralmente quando refletimos sobre os problemas pessoais ou do mundo, saímos à caça dos causadores dos problemas, e é óbvio que não nos incluímos nesse grupo. Isso é bem nítido nas guerras, onde povos ou soldados são conduzidos a combater o inimigo comum, geralmente outro povo ou soldados também orientados nessa direção. Também nos conflitos religiosos os inimigos são importantes, pois, como justificar determinadas atitudes com perfil claramente interesseiro se não houver um inimigo ‘maligno’ do outro lado, deixando Deus do nosso lado?

      Além disso, o inimigo também é importante nas questões pessoais. É muito mais fácil colocar sobre o outro a culpa de tudo, do que ver-nos como parte dos problemas e termos do que nos posicionar, e, para isso, termos que fazer uma avaliação de nós mesmos.

      Penso que é isso que o texto bíblico fala: "…Tira primeiro a trave do teu olho", pois "… como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tens a trave no teu?"

      No Evangelho, Jesus se dirige àqueles que usavam o rigor da lei religiosa para punir a mínima coisa naqueles que não se conduziam conforme o esperado, mas não observavam o poço de incoerência em que suas próprias vidas estavam mergulhadas. Sugere até mesmo que a trave no olho fazia com que eles vissem incorretamente o cisco no olho do outro: "…tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o cisco do olho de teu irmão".

      Como conclusão poderíamos dizer que o texto acima sugere que devamos fazer avaliações constantes, avaliações sobre nós mesmos, sobre nossa religião, sobre nossas crenças, idéias e valores. Isso é avaliar, é olhar para si mesmo sem medo do que será visto. Temo que poucos tenham a coragem de fazer isso, poucos seguem esse mandamento de Jesus, preferindo buscar um inimigo para neles projetar suas podridões escondidas. Daí tantas divisões políticas, religiosas e pessoais, pois é mais fácil ver o cisco no olho do outro.

      Ações do documentoImprimir Enviar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *